terça-feira, 27 de novembro de 2012

Viçosa Encerra festividades do mês da Consciência Negra

Para celebrar o Dia Nacional da Consciência Negra,  20 de novembro, Prefeitura de Viçosa, através das Secretarias de Cultura e Turismo, e de Educação realizou uma trilha ecológica com destina a Serra dos dois irmãos; oficinas de Berimbau, percussão, Coco de Roda, som e Sentido e capoeira, e apresentações culturais nas Escolas e praças do Município.

Durante as duas primeiras semanas de novembro os viçosenses presenciaram apresentações da capoeira Arte Ligeira, das bandas afro Gurungumba e Afro Peti, e do coco de roda da Escola Alegria e Esperança.

Na Trilha de Zumbi - No domingo (11) os viçosenses participaram da quarta caminhada ecológica “Viçosa na Trilha de Zumbi”, com destino à Serra Dois Irmãos, local onde o líder negro foi capturado e morto. Toda a trilha foi conduzida pelo grupo de escoteiros Camaleão, da 7° AL. Ao longo do percurso a secretária de Cultura de Viçosa, Karina Padilha foi explicando para os participantes, a saga de Zumbi na Serra dois Irmãos.

No dia 14 foi a vez da população assistir apresentação do grupo Ynaê, na Praça das Amêndoas, na Avenida Firmino Maia, no momento também foi exposta a Culinária Afro, e peças de artesanato com bambu.

Para Celebrar o dia 20 de Novembro Viçosa recebeu a caravana da I Cavalgada da Liberdade, a Cavalgada ocorreu no dia 18, data que marcou a demarcação do local do assassinato de Zumbi, cometido pelo português Domingos Jorge Velho,a cerimônia que contou com a participação dos ministros Aldo Rebelo(Esporte) e Luiza Bairros(Igualdade Racial), do Prefeito Flaubert Filho.

A 1ª Cavalgada da Liberdade partiu às 6h da manhã do domingo, 18 de novembro,  de União dos Palmares, na serra da Barriga, com uma tropa de 50 cavaleiros. Vestido a caráter como homem do sertão, usando um gibão, calças de couro e um chapéu típico de sertanejo, Aldo Rebelo fez todo o percurso de 48km numa égua, acompanhado do secretário de Esportes de Alagoas, Jorge Sexto, e de dezenas de outros participantes.

O encerramento da comemoração do mês Consciência Negra ocorrerá no próximo dia 30 com exposições de Arte relacionada à temática “Cultura e Identidade Afro-brasileira” e o grande Concurso da Beleza Negra.


Por: Sidinéia Tavares
Fonte: vicosa.al.gov.br

Viçosa promove curso de Atendimento ao Cliente do Sebrae/AL

Visando capacitar os micros e pequenos empresários viçosenses a Prefeitura de Viçosa em parceria com o Sebrae/AL, promove entre os dias 26 e 28 de novembro o curso de Atendimento ao Cliente.
 
A iniciativa faz parte do Programa Territórios da Cidadania do Sebrae/AL e tem o apoio da Prefeitura de Viçosa, através da Sala do Empreendedor, o curso terá a duração de 20 horas, e os participantes receberão certificados.
 
O curso ocorrerá na Escola de Música e Folclore José Aprígio Vilela, e terá como instrutor o professor do Sebrae/AL, Thiago Sales. O curso oferece certificação de 20 horas.


Cursos nova data
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Viçosenses recebem tratamento contra o Glaucoma

A população viçosense respondeu positivamente ao chamado da Secretaria Municipal de Saúde e do Iofal (Instituto Oftalmológico de Alagoas) para comparecer ao no Centro de Formação Conego Pimentel e participar da campanha de combate ao glaucoma, que foi realizada nos dias 23 e 24 (sexta e sábado) deste mês.
De acordo com a organização da campanha foram atendidas em média 2 mil e quinhentos viçosenses. O glaucoma é uma lesão do nervo óptico, relacionada à pressão ocular alta. “Esta é uma oportunidade para que a população de Viçosa possa verificar a pressão ocular, uma vez que o glaucoma não apresenta qualquer tipo de sintomas, a não ser em casos graves”. Comentou a coordenadora do Núcleo de Promoção a Saúde de Viçosa, Ivanete da Silva.

Durante os atendimentos é feita a verificação da doença e caso seja diagnosticado o glaucoma, o paciente é automaticamente agendado para o tratamento. “A pessoa vem, faz o exame de pressão e se houver suspeita, faz também o de fundo de olho. Sendo confirmado o glaucoma, já é feito o agendamento para tratar a doença”, explicou.

O publico alvo desta campanha foram pessoas acima dos 40 anos ou com histórico de cegueira na família. Para ser atendido foi necessário apenas levar originais e xeros da identidade, CPF e comprovante de residência e cartão do SUS.

Damião da Silva Lima, guarda municipal, de 43 anos, falou que nunca tinha feito e exame de glaucoma antes, mas que achava necessário prevenir a doença. “Gostei muito do atendimento aqui, o pessoal da Secretaria e do Iofal são muito educados e dá para perceber o cuidado que eles têm para nos examinar. Fiquei sabendo da campanha pelo carro de som e resolvi vir fazer o exame, por que como diz o ditado é ‘melhor prevenir do que remediar’, e graças a Deus não foi diagnosticado nada”.

A campanha de combate ao glaucoma acontece em Viçosa periodicamente, com especialistas do Iofal e funcionários do Núcleo de Promoção a Saúde identificando e prevenindo os casos no município, e através de exames de revisão, monitorando as pessoas já fizeram tratamento contra a doença. Um dos principais objetivos da mobilização é mobilização tem como principal objetivo conscientizar as pessoas sobre o fato de que essa doença é crônica, não tem cura e pode causar a perda da visão se não for tratada a tempo.

Por: Sidinéia Tavares
Fonte: vicosa.al.gov.br

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Reuniões começam a definir permanências e saídas no ASA

Final de temporada para o ASA. Agora, a diretoria entra em ação para resolver pendências de 2012 e começar o planejamento paras 2013. A segunda-feira (26) depois do final da Série C foi de reuniões para com atletas, comissão técnica e funcionários.
 
O presidente executivo do clube, José dos Santos Oliveira, confirmou uma série de reuniões para definir o pagamento de salários do mês de novembro. Atletas, comissão técnica e funcionários terão suas situações definidas durante a semana.
 
Segundo “Zé da Danco”, na próxima quarta, os primeiros contratos de renovação, bem como liberações devem ser anunciados e posteriormente assinados. Vale lembrar, que vários atletas interessam a direção para continuarem em 2013, bem como jogadores que pertencem ao clube estão sendo sondados. Por isso, a direção pede calma nas negociações para a próxima temporada.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

domingo, 25 de novembro de 2012

ASA 2 x 4 CRB - Galo até vence clássico, mas está rebaixado na Série B

Na última e decisiva rodada da Série B, o CRB até venceu o ASA, por 4 a 2, na tarde deste sábado, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL), só que por uma combinação de resultados foi rebaixado para a Série C – a Terceira Divisão. O Placar Ao Vivo do Futebol Interior acompanhou o clássico alagoano. (Veja os resultados).
 
Com o resultado, o CRB chegou aos 43 pontos e subiu para a 17.ª posição – um ponto atrás do Guaratinguetá (16.º), que venceu o Grêmio Barueri e escapou do rebaixamento. O ASA permaneceu com 44 pontos e terminou o campeonato em 13.º. Agora, a dupla entra de férias e se estrutura para o Campeonato Alagoano, marcado para o primeiro semestre de 2013.
 
EquilibradoO CRB não poderia pensar em outro resultado que não fosse a vitória, por isso foi para cima do ASA e criou as primeiras chances de gol. Aos quatro minutos, Gleidson cobrou falta e assustou o goleiro Gilson. A pressão do time regatiano era grande, tanto é que resultou em novo lance aos nove, quando Denílson cruzou na área e a zaga afastou dentro da pequena área.
 
Só que a partir dos 22 minutos o ASA equilibrou o jogo. Após boa defesa de Cristiano, do CRB, o lateral-esquerdo Chiquinho Baiano finalizou para fora. O que não aconteceu no minuto seguinte, quando após cruzamento de Geovane, o jogador dominou e chutou forte para abrir o placar. Mal deu tempo do alvinegro comemorar, já que aos 29, Geovani cobrou falta com perfeição e empatou: 1 a 1.
 
O jogo era lá e cá e as chances iam aparecendo. Aos 36 minutos, Geovani tentou de calcanhar e Gilson fez boa defesa. Antes do intervalo, aos 45 Denílson recebeu passe dentro da área e finalizou forte; a bola passou rente a trave de Cristiano. Os resultados ao final do primeiro tempo rebaixava o CRB para a Série C de 2013.
 
CRB goleia, mas...O jogo voltou morno depois do intervalo, só que o ASA, na primeira vez em que desceu ao ataque fez o segundo. Aos 11 minutos, Chiquinho Baiano cobrou falta, a bola bateu na trave, nas costas do goleiro Cristiano e entrou: 2 a 1. O revés rebaixava o CRB, que foi para o tudo ou nada e respondeu aos 13, quando Diego Palhinha finalizou com perigo à meta de Gilson.
 
Ainda no ataque, aos 25 minutos o CRB empatou. Após cobrança de falta de Paulo Victor, Gilson espalmou para dentro da área e Rodrigão, oportunista, colocou para dentro das redes. Cinco minutos depois foi a vez de Denílson deixar o seu e virar. Depois da assistência de Diego Palhinha, o atacante chutou na saída de Gilson.
 
O CRB já estava rebaixado, mas não diminuiu o ritmo e ainda fez o quarto com Diego Palhinha. Aos 46 minutos, Denílson dominou bola e ajeitou para o companheiro, que com tranquilidade não titubeou: 4 a 2. Em seguida o árbitro encerrou a partida e todo o estádio (tomado pela torcida do ASA) comemorou a queda do CRB.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Vasco 1 x 1 Flamengo - Em jogo de poucas emoções, Mengão empata no final

Em uma partida de poucas emoções, Vasco e Flamengo empataram em 1 a 1 pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os dois times já não tinham maiores objetivos na competição, por isso vencer um clássico seria um alento para a torcida, mas a partida terminou empatada e nem rubro-negros, nem cruzmaltinos tiveram motivos para comemorar.
 
Com o Empate, o Vasco permanece na sexta posição, agora com 55 pontos e o Flamengo é o 11º, com 49. Nenhum dos dois times pode se classificar para a Copa Libertadores do próximo ano, já que o quarto colocado, São Paulo, tem 62 pontos e resta apenas mais um jogo para cada um dos rivais cariocas disputarem.
 
Muito equilíbrio na primeira etapa O jogo começou bastante movimentado. O time do Vasco, com muitos garotos querendo mostrar serviço tentou imprimir um ritmo mais rápido ao jogo, mas o Flamengo conseguiu conter a pressão inicial. Após os primeiros minutos, o jogo ficou mais equilibrado e o Mengão passou a criar as melhores oportunidades.
 
Aos 33 minutos, em uma falta de longe que não parecia tão perigosa, o volante Nilton arriscou um chute forte para o gol e o goleiro flamenguista Paulo Victor não conseguiu segurar.
 
A partir daí, atrás no placar, o Rubro-Negro foi obrigado sair mais para o ataque e forçou o goleiro Fernando Prass a praticar belas defesas para impedir o empate no primeiro tempo. A primeira etapa terminou com muito equilíbrio e 50% de posse de bola para cada lado.
 
González empata no final
O segundo tempo começou mais truncado do que o primeiro. O Vasco se fechou e tentou sair mais pelos contra-ataques, enquanto o Flamengo tentava imprimir uma pressão em busca do gol de empate. Para conter o adversário, o time cruzmanltino acertou a marcação e, com muita vitalidade dos garotos escalados pelo técnico Gaúcho, conseguiu segurar as investidas ofensivas do adversário.
 
Nas poucas oportunidades em que conseguia passar pela marcação, o ataque do Flamengo esbarrava na excelente atuação de Fernando Prass, que era o melhor em campo, até então. Nos contra-golpes, o Vasco tentava incomodar a defesa do Mengão, mas não conseguia criar boas jogadas. As melhores chances acabavam sendo em bolas paradas levantadas para a área, mas os zagueiros levaram vantagem nessas oportunidades.
 
Conforme o final da partida foi se aproximando, o time do Vasco passou a abusar da cera para cozinhar o jogo e gastar tempo. Com isso, o juiz Wagner do Nascimento Magalhães distribuiu diversos cartões para a equipe mandante.
 
Quando tudo parecia decidido, aos 41 do segundo tempo, Adran cobrou escanteio e Fernando Prass falhou em uma saída do gol. A bola sobrou para o zagueiro González que completou para o gol quase que sem querer. Foi um castigo para o goleiro vascaíno, que vinha fazendo uma ótima atuação. Depois do gol, não houve tempo para reações e a partida terminou mesmo 1 a 1.
 
Próximos jogos
Na última rodada, Flamengo e Vasco se despedem do Brasileirão protagonizando mais clássicos cariocas. No sábado, o Mengão enfrenta o Botafogo no Engenhão, às 19h30 e no domingo, às 17 horas, o Vasco encara o Fluminense, também no mesmo estádio.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Jotinha Alexandre é eleito o novo presidente do ASA

O novo presidente da Agremiação Sportiva Arapiraquense (ASA) foi eleito na noite desta terça-feira (20), durante evento realizado no Hotel Sol Nascente. Candidato único, José Alexandre dos Santos Filho, mais conhecido como Jotinha Alexandre, passará a comandar o ASA, substituindo o atual presidente José de Oliveira, o Zé da Danco.
 
Além de Jotinha Alexandre, a nova diretoria ficou formada com os seguintes nomes: Everton Santiago Maia (vice), Dalmácio Lúcio (vice-presidente social), José Ventura Filho (vice-presidente jurídico), Luciano Santos (vice-presidente médico), Francisco de Carvalho Neto (vice-presidente de patrimônio), Moisés Machado (vice-presidente de futebol amador), Sérgio Lucio (vice-presidente de Marketing) e Ricardo Alexandre Marques (vice-presidente financeiro).
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Com Maldonado, elenco rubro-negro tem feriado de muito trabalho no CT

O Flamengo iniciou a preparação para a partida contra o Vasco, marcada para o próximo sábado (24.11), no Engenhão. O elenco voltou a trabalhar na tarde desta terça-feira (20.11), feriado do Dia da Consciência Negra, após a folga de ontem. O treinamento foi dividido em duas partes. Na primeira os jogadores fizeram um trabalho físico na academia do CT George Helal, em Vargem Grande, e na segunda o grupo desceu para o Campo 1 para um trabalho que explorou a posse de bola e o passe.
 
Maldonado foi a grande novidade do dia. O chileno voltou a treinar com bola após ficar 9 meses se recuperando da terceira cirurgia no joelho esquerdo. O volante se mostrou à vontade, disposto e muito feliz.
O elenco rubro-negro volta a treinar na manhã desta quarta-feira (21.11). O Mais Querido do Brasil ocupa a 11ª posição da tabela do Campeonato Brasileiro e soma 48 pontos na competição.
 
Fonte: flamengo.com.br

Renato comemora o Dia da Consciência Negra: ‘orgulho de ser negro’

O Brasil comemora o Dia Nacional da Consciência Negra nesta terça-feira, 20 de novembro. A data é dedicada à reflexão da discriminação contra o negro na sociedade e foi escolhida por ser o dia da morte de Zumbi dos Palmares, em 1965, que lutou contra a escravidão. E Renato Abreu celebrou o feriado durante o treino do Flamengo e falou da importância da conscientização pela igualdade racial.

"Por mais que ainda haja, infelizmente, discriminação no Brasil, não só em relação à racial, mas em todos os sentidos, discriminação é muito ruim. E eu me sinto muito orgulhoso por ser negro. Sou negro e muito educado, foi assim que meu pai me ensinou. Respeitar as pessoas. Me sinto orgulhoso por fazer parte dessa geração de negros e acho que temos que curtir esse dia, que serve para a gente refletir", comentou o camisa 11.
 
Renato ressaltou que os torcedores do Mengão devem sempre se lembrar da importância da igualdade racial e lutar diariamente pela igualdade das etnias.
 
"A Nação rubro-negra também tem muitos negros, então, acho que hoje é um dia especial. Uma data especial que tem que ser comemorada, mas a vitória dos negros é dia a dia, é mês, é ano. Os negros ainda sofrem discriminação e devem sempre procurar sobressair dessa situação", afirma o Urubu-Rei.
 
A data comemorativa existe desde a década de 1960.
 
Fonte: flamengo.com.br

Dorival ressalta a importância da fase final do Brasileiro para o Flamengo

Dorival Júnior não escondeu a irritação com a maneira ‘relaxada’ - como ele próprio definiu - do Mengão em campo no último domingo, diante do Palmeiras.
O treinador lembrou que evitar o rebaixamento, para um time como o Flamengo, não é mérito nenhum, mas sim uma obrigação. E disse mais: Que os jogadores têm que se esforçar nesta reta final do campeonato para terminar na melhor posição possível, principalmente porque estão sendo observados.

"Ao longo dessas últimas partidas serão jogos complicados que empregam e que também desempregam. Nós temos que ter esta consciência de que estamos sendo analisados até o último momento e é necessário que tenhamos uma postura diferente da que tivemos contra o Palmeiras", alertou.

Para o treinador rubro-negro, apesar de o Flamengo não almejar mais grandes objetivos na competição, o Brasileiro ainda não acabou. E é justamente nos jogos que faltam, nos clássicos contra Vasco e Botafogo, que se apresenta ao Mengão a oportunidade de confirmar o processo de evolução do qual se encontra a equipe recentemente.

"Nós temos necessidade de voltar a atuar bem dentro de nossas condições e com certeza nós temos essa dívida com o torcedor. Temos que ter a ombridade e a dignidade de finalizarmos bem o ano", concluiu Dorival.

O Flamengo volta a campo contra o Vasco, no próximo sábado (24.11), às 19h30, no Engenhão, pela 37ª rodada do Brasileiro. O Mais Querido do Brasil está na 11ª posição na tabela, com 48 pontos somados.
Fonte: flamengo.com.br

Ex-CRB deve ser anunciado pelo Botafogo-PB nos próximos dias

Na véspera da apresentação da equipe, que está prevista para acontecer na próxima segunda-feira, os bastidores do Botafogo-PB começam a ficar agitados. E vários nomes ganharam força nos últimos dias. Um deles é o do atacante Wanderley, que já passou por Campinense, Fortaleza e CRB e recentemente estava defendendo as cores do Guarany de Sobral.
 
O jogador pode ser anunciado a qualquer momento, embora ele garanta, através da sua conta na rede social Twitter, que ainda não está sabendo de nenhum acerto. Toda a negociação está sendo conduzida pelo seu empresário. Mas o interesse existe e a expectativa em atuar no Bota é grande, segundo o atacante.
 
- Se meu empresário fechou, não passou nada para mim ainda. Fico feliz de vestir mais uma grande camisa. É um clube de expressão do nosso futebol, então não tem como dizer que não estou empolgado caso as coisas realmente deem certo – disse Wanderley, em contato com a reportagem do na tarde desta segunda.
 
Wanderley foi um dos poucos destaques do Guarany de Sobral na fraca campanha do time na Série C do Campeonato Brasileiro, que acabou custando o rebaixamento aos cearenses. Ele chegou, inclusive, a ser especulado no Campinense no início deste mês. O contato não evoluiu e a Raposa acabou sendo descartada.
 
De acordo com o empresário do atleta, Alex Fabiano, a expectativa é que até a próxima quarta-feira o destino do jogador seja anunciado. Ele confirmou que o acerto com o Botafogo está perto de ser concretizado. Mas não descartou outras possibilidades, principalmente porque alguns times que disputarão as séries C e D em 2013 já demonstraram interesse pelo atacante.
 
- Algumas equipes estão de olho no Wanderley. Recebi ligações de times que já têm vaga garantida na Série D e até mesmo na Série C. Acredito que até quarta definiremos isso. A proposta mais concreta é, realmente, a do Botafogo. Tenho conversado com os dirigentes e estamos tentando finalizar isso.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Lúcio define meta do ASA: 'Será maravilhoso rebaixar o CRB'

A última rodada da Segundona do Brasileiro, assim como a Série A, reserva clássicos regionais. E eles ganham mais força quando mexem com a parte de cima ou de baixo da tabela de classificação. É o caso de Alagoas: se para o CRB é decisivo para tentar se manter na Série B, para o ASA é motivador pela oportunidade de rebaixar o adversário, seis meses após perder o estadual para o rival.
 
A fórmula do Alagoano proporcionou que os times se enfrentassem seis vezes na competição. O ASA venceu duas vezes, e o CRB, uma. No entanto, esse único triunfo - na primeira partida da final - foi o suficiente para que a torcida do Galo comemorasse o título.

 As equipes ainda jogaram mais uma vez, a sétima em 2012, no primeiro turno da Série B.
Decisivo, Lúcio Maranhão fez o único gol da partida (veja o vídeo acima) e anotou seu sexto nanas seis vezes que enfrentou o CRB na temporada. Agora, quer repetir a dose e se vingar do estadual, rebaixando o adversário do próximo sábado.
 
- Para nós, vai ser inédito. Ainda mais diante de um clássico. Será muito maravilhoso rebaixar um rival. Vai ser bom demais Vai ter clima de revanche, porque perdemos o estadual para eles. Sempre teve essa rivalidade dentro e fora de campo, e com certeza vai ter esse clima. Terá um sabor diferente conseguir esse rebaixamento deles - disparou Lúcio.
 
A missão do CRB é complicada. Com 39 pontos e em 18º lugar, precisa vencer e torcer contra Guaratinguetá, Guarani e Bragantino. Consegue se salvar se pelo menos dois deles não ganharem seus jogos - contra Barueri (lanterna), São Caetano (quinto colocado) e Boa Esporte (14º), respectivamente.
 
Os torcedores do ASA não querem dar chance para o rival e têm cobrado os jogadores para conseguirem a vitória. Segundo Lúcio Maranhão, um triunfo será comemorado como a conquista de um campeonato.
 
- Como é um clássico, os torcedores pedem para sairmos de campo vitoriosos, rebaixar a equipe do CRB, porque para eles vai ser como se fosse um título. É muito importante para eles, como torcedores, poderem ver com os próprios olhos essa notícia, que será muito positiva - afirmou o atacante.
 
E Lúcio Maranhão tem motivação extra para rebaixar o CRB. Ele está na briga pelo prêmio Artilheiro do Ano, com 40 gols, um a menos do que Neymar (Santos) e Zé Carlos (Criciúma). É a última chance de ultrapassar a dupla.
 
- Estou trabalhando forte para que isso aconteça e, se tiver oportunidade de concluir e sair de campo vitorioso, será muito bom - finalizou.
 
O clássico entre ASA e CRB será no próximo sábado, às 16h20m (de Brasília), no Estádio Municipal de Arapiraca, pela última rodada da Série B. Com 44 pontos, o time da casa está em 12º lugar.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Direção do ASA confirma ingressos e promoções para torcida do CRB

Com já havia sido anunciado, a direção do ASA, após reuniões com o comando da PM em Arapiraca, aumentou a carga de ingressos do jogo do próximo sábado, contra o CRB, de 500 para 1500 ingressos para a torcida regatiana. Mas, reforçando o tratado entre as partes, os torcedores da capital terão promoções, bem como os alvinegros.
 
Vale lembrar, que os 1500 ingressos que estarão disponíveis para a torcida do CRB, serão comercializados apenas em Arapiraca, a partir das 09h00 da manhã, numa bilheteria especial, que terá segurança total para os torcedores.
 
A decisão de venda dos ingressos apenas em Arapiraca, partiu do Comando da PM em Arapiraca, uma vez, que na final do Campeonato Alagoano, uma carga maior de ingressos foi vendida e aconteceram alguns problemas.
 
Sendo assim, cumprindo a Lei 1084 de Competições e os 10%, segundo o Estatuto do Torcedor, os torcedores do CRB pagarão o mesmo valor e terão direito a mesma promoção. No sábado, os torcedores regatianos que levarem dois kg de alimento não perecível, pagam meia entrada, tanto no superior (R$30), como no inferior((R$20). Além disso, as mulheres da torcida do CRB, que também levarem dois kg de alimento e estiverem acompanhadas, entram de graça.
Fonte: cadaminuto.com.br

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Didira ressalta importância e desejo de vitória diante do CRB

Após o jogo diante do Paraná na última semana, o capiutão alvinegro, Didira, já pensando no duelo do próximo sábado, contra o rival local, reforçou a importância do jogo e o desejo de vitória da equipe do ASA no confronto do próximo sábado, ás 15h20, no “Fumeirão”.
 
“O ASA fez a sua parte, já está garantido na Série B, mas todo jogo nós temos a opbrigação de vencer. Temos uma torcida envolvida com o time e só depois do apito final, poderemos descansar e pensar na próxima temporada”, disse.
 
Diante das situações distintas das duas equipes na competição, o meia alvinegro reforçou as rivalidade que existe e o desejo pela vitória. “Nossa equipe sempre teve foco e nesse último jogo a rivalidade local vai estar em jogo. Por isso, estaremos trabalhando totalmente concentrados nesta partida, pensando na vitória”, acrescentou.
 
O ASA ocupa a 12ª posição na tabela de classificação, com 44 pontos ganhos. Já o CRB, é o 18º com 39 e luta pela vitória para fugir do rebaixamento.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

CRB se reapresenta e define programação de semana mais importante

O elenco do CRB se reapresenta nesta segunda-feira (19), às 16h, no CT da Pajuçara para iniciar os trabalhos visando o último jogo do Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado o Galo encara o ASA, às 15h20, e precisa da vitória para se manter na competição. Após a partida heróica contra o Guarani (2x1 de virada nos acréscimos), o grupo está motivado e confiante.
 
O técnico Roberval Davino terá uma semana inteira para ajustar os detalhes do time e colocar em campo a formação ideal. Para este jogo ele tem as voltas do atacante Ricardinho e do volante Diego Aragão, que cumpriram suspensão automática. Mas o treinador pode perder o volante Marcinho Guerreiro que será julgado esta semana no STJD.
 
"Fiz um jogo de muito coração e poucas preocupação com a parte física. Sei que posso continuar contribuindo muito com esse grupo e não vamos parar nem um segundo até que nossa vitória seja consagrada com a permanência. Faremos nossa parte e entregaremos o resto nas mãos de Deus", destacou o atacante Denílson, artilheiro do CRB na Série B com 5 gols.
 
PROGRAMAÇÃO SEMANAL
Segunda-feira - treinamento no CT da Pajuçara (16h)
Terça-feira - treinamento na academia (8h30) e CT da Pajuçara (16h)
Quarta-feira - treinamento no CT da Pajuçara (16h)
Quinta-feira - treinamento no Rei Pelé (16h)
Sexta-feira - treinamento no CT da Pajuçara (16h)
Sábado - ASA x CRB (15h20)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

domingo, 18 de novembro de 2012

Flamengo 1 x 1 Palmeiras - Só resta torcer contra a Portuguesa

Herói quando o Palmeiras esteve na segunda divisão, em 2003, Vagner Love pode ser um dos responsáveis por devolver seu ex-clube à Série B. Foi dele o gol do empate do Flamengo em 1 a 1, neste domingo, em Volta Redonda, que diminuiu consideravelmente as chances de o time paulista se manter na primeira divisão do Brasileirão. Agora os palmeirenses torcem pelo Grêmio, que visita a Portuguesa, logo mais, no Canindé, também pela 36.ª rodada.
 
Isso porque o Palmeiras vai a 34 pontos, no 18.º lugar, e já não pode mais passar o Bahia, que venceu a Ponte Preta e foi a 43. A única esperança é ganhar as posições do Sport, que tem 37 pontos e logo mais recebe o Botafogo, e a da Portuguesa, que tem 40. Um empate ou trunfo lusitano no Canindé rebaixam o Palmeiras.
 
Só torcer contra
Para se manter vivo, o Palmeiras torce para o Sport não somar mais que quatro pontos e para a Portuguesa não pontuar em três jogos. Além disso, tem que vencer suas duas próximas partidas, diante de Atlético-GO, domingo, no Pacaembu, e do Santos, na Vila Belmiro. E no próximo jogo o Palmeiras não terá Barcos, que entrou em confusão com Ramon e recebeu o terceiro amarelo.
Muitos desfalques
Com 13 desfalques, somando os que se recuperam de cirurgia, os que se machucaram recentemente e o suspenso Luan, o Palmeiras entrou em campo com o meio-campo novo, com Corrêa, Márcio Araújo, Tiago Real e Mazinho. E, mesmo assim, começou pressionando. Aos 4 minutos, Artur cruzou, Barcos cabeceou no segundo pau e mandou em cima de Renato Santos. Os palmeirenses ficaram pedindo pênalti.
Os dois times apostavam numa mesma opção: atacar quase que exclusivamente pelo lado direito. Enquanto Wellington Silva e Artur eram muito acionados, Juninho e Ramon tinham só que se preocupar.
Os cruzamentos nas duas áreas eram constantes, mas as melhores jogadas do primeiro tempo foram pelo meio do campo. Pelo lado alviverde, quando Tiago Real pegou sobra na meia-lua, limpou para a perna esquerda e mandou com muito veneno, por cima do gol. O Flamengo respondeu com Amaral. O volante fez jogada individual, se afastou da marcação e soltou uma bomba, que passou tirando tinta da trave de Bruno, à esquerda.
Mudança para criar mais
Vendo que o time criava pouco, Dorival Júnior tirou Cleber Santana, que tinha essa função na equipe, e colocou Wellington Bruno na volta do intervalo. Com isso, o Flamengo cresceu de produção e passou a jogar mais perto da área do Palmeiras. Mas Vagner Love abusava das tentativas de fazer pivô e não dava trabalho a Bruno.
Foi num momento em que jogava pior que o Palmeiras criou ótima chance com Barcos. O argentino invadiu a área, passou pela marcação, mas preferiu se atirar a chegar na cara de Paulo Victor com a bola dominada. O árbitro, com razão, mandou seguir e não deu o pênalti que os palmeirenses pediam.
O gol veio aos 17. Nove minutos depois de entrar em campo no lugar de Tiago Real, Vinicius se viu livre na intermediária e arriscou um chute rasteiro. Paulo Victor chegou tranquilamente na bola, mas espalmou com a mão mole e permitiu o segundo gol da carreira do garoto de 19 anos - o primeiro havia sido em março do ano passado.
Quase o gol
O Flamengo tinha no atacante Paulo Sérgio, que entrou no lugar de Hernane, seu jogador mais perigoso. Ele quase marcou num chute que Bruno pegou no canto e num desvio de cabeça que também exigiu ótima defesa do goleiro. Mas o atacante, eterna esperança rubro-negra apesar dos 23 anos, fez besteira ao acertar cotovelada em Román e acabou expulso.
Pelo lado alviverde, Maikon Leite desperdiçou chance incrível. Ele partiu da linha do meio -campo sem marcação, saiu na frente de Paulo Victor e chutou à direita. Em outra oportunidade do atacante, ele demorou a chutar e acabou desarmado.
O castigo veio aos 43 minutos. Foi quando Vagner Love recebeu pelo lado esquerdo, chutou rasteiro, a bola desviou em Román, subiu, e encobriu o batido Bruno. Era o gol do empate.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

sábado, 17 de novembro de 2012

Em jogo emocionante, CRB vira aos 46min e luta para não cair

Uma emocionante virada nos acréscimos em Maceió garantiu a emoção até a última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com um jogador a mais em todo o segundo tempo, o CRB derrotou o Guarani por 2 a 1, no Estádio Rei Pelé, e evitou o rebaixamento com uma partida de antecedência. Além de se salvar, o time alagoano deixou o Bugre em situação delicada, já que pode cair no próximo sábado, em casa.
 
Medina abriu o placar ainda no primeiro tempo, deixando o Guarani próximo de evitar a queda. Na etapa final, apoiado pela expulsão de Rodrigo Arroz, o CRB foi para cima e virou, com gols aos 39 (Denilson) e aos 46 minutos (Paulo Victor).
 
A situação dos dois times é complicada para a última rodada. Ainda na zona de rebaixamento, com 39 pontos, o CRB precisa vencer o ASA no próximo sábado, em Arapiraca, e torcer por dois tropeços entre Bragantino (41 pontos), Guarani (41 pontos) e Guaratinguetá (40 pontos).
 
O Bugre, por outro lado, depende de uma vitória em Campinas contra o São Caetano, que ainda luta para voltar à elite do futebol brasileiro. Caso empate ou seja derrotado, a equipe alviverde dependerá dos resultados de Guará, que pega o já rebaixado Barueri em casa, e CRB.
 
Medina deixa o Bugre em vantagem
As polêmicas declarações de Juliano durante a semana deixaram os arredores do Rei Pelé literalmente em chamas. Por conta de um incêndio em um terreno ao lado do estádio alagoano, a partida foi paralisada algumas vezes no primeiro tempo. O fogo só foi controlado a partir do 20º minuto, quando o Guarani já era melhor em campo.
 
Sempre nos contra-ataques pelo lado direito, o Bugre levou perigo ao CRB. Aos quatro minutos, Ronaldo rolou para Medina, que bateu travado. Pouco tempo depois, o polivalente retribuiu passe e deixou o centroavante livre na grande área. Ronaldo, porém, demorou para se decidir e foi travado pela marcação.
 
O Galo só chegou com perigo aos 17 minutos. Edinei desviou cobrança de falta de Jadilson, mas mandou à esquerda de Juliano. A dificuldade para atacar era muito grande. Denilson, com dores, e Luiz Paulo não encontraram espaços na defesa do Guarani, que, a pedido de Vilson Tadei, se postou bem atrás e aproveitou o contra-ataque para abrir vantagem.
 
O gol saiu em participação de três atletas. Quase do meio-campo, Bruno Recife lançou para Ronaldo, que desviou de cabeça e deixou Medina em boas condições de marcar. O camisa 8, de primeira, subiu às costas da zaga e tocou na saída do goleiro Cristiano, abrindo o placar no Rei Pelé.
 
Virada improvável deixa CRB vivo e amolece o Bugre
Para evitar o eminente rebaixamento, o CRB voltou para o segundo tempo disposto a sufocar o Guarani. Criou boa chance em cobrança de falta de Geovane, aos dois minutos, que Juliano defendeu com eficiência. A pressão ficou ainda maior no ataque seguinte, quando Rodrigo Arroz - na função de último homem antes do goleiro - fez falta em Luiz Paulo. O zagueiro foi expulso e fez desmoronar o esquema de Vilson Tadei.
 
Com um jogador a menos logo no início, o Guarani se retraiu. Tadei improvisou o volante Willian Favoni como zagueiro. Já o CRB apostou no 4-2-4, com as entradas de Paulo Victor e Aloísio Chulapa nos lugares de Jadilson e Gilberto Santos, respectivamente. O jogo virou um autêntico ataque contra defesa, ainda mais após a troca de Fumagalli (mais ofensivo) por Danilo Sacramento (meia de mais marcação).
 
Àquela altura, a pressão do time da casa, porém, era mais pelo excesso de atacantes do que por uma organização. O CRB só melhorou com a entrada de mais um meia, Diego Palinha. Em sua primeira jogada, ele passou pela marcação e arriscou chute de canhota. A bola raspou a trave direita de Juliano. Em seguida, Aloísio Chulapa, de cabeça, quase acertou o ângulo esquerdo.
 
A partida mudou de rumo no final. Quando o Guarani já comemorava a vitória, o CRB empatou aos 39 minutos. Ex-jogador do Bugre, Denilson subiu mais que os marcadores e desviou de cabeça. Logo em seguida, a improvável virada. Paulo Victor, que havia entrado no segundo tempo, aproveitou falha da marcação, dominou na entrada da área e acertou o ângulo esquerdo de Juliano.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

CRB x Guarani - A Batalha do Rei Pelé!

Maceió vai parar para assistir o confronto entre CRB e Guarani, neste sábado, às 16h20, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela penúltima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Além do carater decisivo da luta contra o rebaixamento, o jogo ficou ainda mais apimentado depois das declarações do goleiro Juliano alertando para o clima de guerra e acusando a diretoria alagoana.
 
A polêmica começou na última quinta-feira depois de uma declaração do goleiro, que já teve passagens pelo CRB, dizendo que o Bugre encontrará um ambiente hostil e não duvida de uma ajudinha extra da arbitragem. “O CRB vai armar uma guerra com promoção de ingressos, vai tentar comprar juiz se for preciso, vai tentar fazer de tudo"

A diretoria dos donos da casa não gostou nada e divulgou uma nota defendendo o time e prometendo processar o goleiro. Nesta sexta-feira, os dirigentes do Bugre colocaram panos quentes, tentando acalmar os ânimos. Além de tudo isso, existe a briga pela degola.
 
As equipes estão separadas por cinco pontos. Os campineiros estão em 15.º com 41 pontos, por isso um tropeço pode complicar sua vida na última rodada, enquanto o CRB é o 18.º e só pensa em vencer para continuar vivo. Uma derrota, combinada com uma vitória do Bragantino, rebaixa o Galo.
 
Crise vai afundar ainda mais?
Se dentro do campo, a fase não é das melhores, fora deles a coisa fica ainda mais complicada. Desde o final da última semana, o Bugre não tem dirigente. Marcelo Mingone deixou a presidência do clube e Rodrigo Ferreira, ex-presidente do Conselho Deliberativo, assumiu o comando provisório.
 
Na terça-feira, durante a reapresentação ele se reuniu com o elenco nos vestiários para garantir que a crise política não afetará o clube. Ferreira garantiu que fará de tudo para garantir que os salários não atrasem, tentando assim tranquilizar o elenco na semana da rodada decisiva.
 
Força máxima
Deixando a guerra de bastidores para a diretoria, o treinador Roberval Davino aproveitou a semana para acertar a equipe visando o confronto deste sábado. No último coletivo antes do jogo, o meia Geovani e o atacante Denilson foram poupados com dores musculares, mas não serão problemas.
 
Os desfalques serão o volante Diego Aragão e o atacante Ricardinho. Dessa forma, Gilberto e Luiz Paulo ganham uma chance no time. O veterano Aloísio Chulapa ficará no banco de reservas. O restante do time será o mesmo que derrotou o Ceará na última rodada.
 
Mudanças
A principal novidade no time do Guarani será o retorno de Oziel. Barrado nas últimas duas rodadas, o lateral treinou entre os titulares no último coletivo antes do embarque para Maceió. Ele voltará ao time, pois Medina, que vinha jogando entre os titulares, foi deslocado para o meio-campo, no lugar de Lusmar, suspenso.
 
Além do meio-campista, o time campineiro também terá desfalque do goleiro Emerson, que recebeu terceiro cartão amarelo contra o Avaí. O polêmico Juliano entra no gol. Na defesa, Montoya entra no time no lugar de Fernando, que sentiu lesão muscular e nem viajou com o restante da delegação.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Série B: CRB faz B.O e goleiro do Guarani pode ser preso antes de "decisão"

O tiro de Juliano saiu pela culatra. A diretoria do CRB levou muito a sério as declarações polêmicas do goleiro do Guarani e resolveu fazer um boletim de ocorrência, nesta sexta-feira, acusando o jogador de calúnia e danos morais pelas acusações contra o time alagoano.
 
O jogador será intimido pela Polícia Civil na manhã deste sábado para depor. Existe a chance, remota, do jogador ser preso. A diretoria do CRB pede R$ 100 mil de indenização por danos morais e materias, mas quer que o dinheiro seja doado para instituições de caridade e não seja pago ao clube.

Tudo começou na última quinta-feira. Escolhido para ser o substituto de Emerson, suspenso, Juliano alertou para os possíveis problemas que o Bugre encontraria em Maceió. Ex-camisa 1 do Galo da Parajuçara, o jogador disse que o time compraria até o juiz se fosse preciso.
 
“O CRB vai armar uma guerra com promoção de ingressos, vai tentar comprar juiz se for preciso, vai tentar fazer de tudo. É complicado jogar no Nordeste e, se não ficarmos espertos, nós sairemos de lá com uma derrota", disse em coletiva.
 
A diretoria do CRB não gostou nenhum pouco do caso e soltou uma nota de repúdio contra o goleiro. "As palavras deste jogador, que inclusive passou pelo CRB em 2011, são, tão somente, lamentáveis e mentirosas, causando grande ofensa ao povo do Estado como de todo Nordeste brasileiro”, disse a diretoria no parecer.
 
Outro ponto importante da carta foi um suposto interesse do goleiro em voltar a atuar pelo CRB, neste ano. Segundo o mandatário, o camisa 1, que ainda tem contrato com o time campineiro, chegou a se oferecer para atuar com a camisa regatiana em 2012.
 
“Este atleta inclusive fez contato este ano com a direção, pedindo para voltar ao clube, alegando todo profissionalismo exercido com ele referente às condições de trabalho, pagamento de salários em dia e outras obrigações que culturalmente não são prioridades em alguns outros clubes do Brasil”, revelou.

Confira o BO ampliado na Galeria de Foto!
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Com Chulapa no ataque, CRB pronto para "decisão" diante do Guarani

O técnico Roberval Davino definiu a equipe títular que irá encarar a formação do Guarani neste sábado (17), no estádio Rei Pelé, às 16h20 (horário de Brasília).
 
O treino ocorreu no campo da Pajuçara, mas a movimentação que foi realizada no local da partida na tarde do dia 15 não contou com o volante Gilberto, que foi poupado, e com a presença do comandante técnico regatiano, uma vez que mesmo teve que se ausentar para cuidar do sepultamento de sua mãe.
 
Já no apronto final ocorrido na tarde de hoje, Davino definiu que o CRB não irá com Denilson no ataque, mesmo estando liberado pelo departamento médico, e sim com o atacante Aloísio Chulapa, que formará dupla com Luiz Paulo, e ainda com Gilberto de títular.
 
O atacante Denílson ficará como suplente. Além disso, Ângelo voltará a posição de títular na lateral-direita, já que Diego Aragão está suspenso, assim como o atacante Ricardinho.
 
Sendo assim, o CRB enfrentará a 'batalha' contra o Guarani no sistema 4-4-2, com: Cristiano; Ângelo, Rodrigão, Ednei e Gleidson, Marcinho Guerreiro, Gilberto, Jadilson e Geovani; Luiz Paulo e Aloisio Chulapa.
Fonte: cadaminuto.com.br

Em “amistoso de luxo”, ASA acaba derrotado pelo Paraná fora de casa

Terminou com vitória paranaense o “amistoso de luxo” entre Paraná Clube e ASA, na noite desta sexta-feira (16), no estádio Durival de Brito em Curitiba. Sem almejar mais nada na competição, as duas equipes fizeram um jogo morno e o Paraná acabou aproveitando melhor as oportunidades e garantiu a vitória por 2 a 0 ainda no primeiro tempo.
 
O JOGO – 1º TEMPO
Em Curitiba, Paraná Clube e ASA realizam uma espécie de “amistoso de luxo”, uma vez que ambas equipes não ostentavam vagas no G4, bem como não lutavam contra a temida zona do rebaixamento.
Porem, os primeiros minutos foram de movimentação para as duas equipes, que tocavam muito a bola, estudando e esperando os erros do adversário. Pior para o ASA, que acabou saindo atrás do placar.
 
GOOOOLLLL DO PARANÁ! Bola quicando na intermediária, ninguém esperava uma finalização, mas o meia Douglas Paker arriscou de longe, suspreendendo o goleiro Gilson que não conseguiu chegar na bola. Paraná 1 x 0 ASA.
 
Depois de sofrer o gol, o ASA acordou e até passou a atacar mais e por duas oportunidades não chegou ao empate. Primeiro com Valdívia, que demorou para finalizar e foi desarmado. Na sequencia, na bola parada Didira mandou muito perto do gol paranista.
 
Mas, quando parecia que o gol do ASA estava maduro, o que esquentaria a partida, eis que o Paraná, dono da casa, voltou a atacar e numa jogada trabalhada dos atacantes, ampliou o marcador.
GOOOOLLLL DO PARANÁ! Wellington Silva aproveitou jogada rápida e acionou o companheiro Luizinho, que tocou com tranqüilidade na saída do goleiro Luis Carlos. Paraná 2 x 0 ASA.
 
A reta final da primeira etapa foi de poucas emoções, uma vez que o Paraná administrava o jogo e o ASA parecia esperar o intervalo para que o técnico Nedo Xavier mudasse a postura do time dentro de campo.
 
Aos 46 minutos, o árbitro encerrou a primeira etapa com vitória parcial do Paraná por 2 a 0 sobre o ASA.
 
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, o técnico alvinegro promoveu uma mudança. De volante para volante, Lucas entrou em campo para a vaga de Jorginho, mas o jogo não fluiu da forma esperada, uma vez que o Paraná estava disposto a administrar o jogo.
 
Inclusive, numa das jogadas para paralisar o jogo, o volante Cambará foi punido com o amarelo. Em sequencia, Paulo Henrique d Douglas Paker, todos do Paraná e Lucas pelo ASA foram punidos, com o jogo sendo parado por várias vezes.
 
Diante da pouca falta de interesse do Paraná, que se fechava e o ASA tentava e não conseguia chegar, poucas foram as chances. O ASA desperdiçou com Valdivia, após pegar rebote e chutar mal, enquanto o Paraná mandou uma bola na trave.
 
Antes do final do jogo, uma movimentação no jogo. O volante Lucas do ASA, que entrou no segundo tempo e já tinha amarelo, cometeu falta dura no meia Marquinhos e acabou expulso, desfalcando o ASA na partida contra o CRB, na próxima rodada.
 
Aos 48 minutos, o árbitro encerrou a partida com vitória do Paraná por 2 a 0 sobre o alvinegro arapiraquense.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 37ª Rodada
Estádio Durival de Brito (Vila Capanema), Curitiba, Paraná
Parana Clube 2 x 0 ASA
Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior(PE)
Assistentes: Elan Vieira de Souza(PE) e Helton Nunes(SC)
Paraná: Luis Carlos, Paulo Henrique, Alex Alves, Alex Bruno e Fernandinho; Cambará, Ricardo Conceição, Douglas Paker, Lúcio Flávio(Wellington); Wellington Silva(Aimen-Marquinhos)) e Luizinho.
Tecnico: Toninho Cecília
ASA: Gilson, Osmar, Fabiano, Edson Veneno e Thalysson(David Ceará); Cal, Jorginho (Lucas), Didira e Valdivia; Lúcio Maranhão e Rogério Maranhão(Alexsandro).
Técnico: Nedo Xavier
Cartões Amarelos: Cambará, Paulo Henrique e Douglas Paker(Paraná) – Lucas(ASA)
Cartões Vermelhos: Lucas(ASA)
Gols: Douglas Paker 7 e Luizinho 28min 1ºT (Paraná)
Fonte: cadaminuto.com.br

CRB emite nota de repúdio sobre declarações de goleiro

O jogo entre CRB e Guarani, que acontece neste sábado, às 15h20(horário de Alagoas), terá todo um clima de tensão. Como se não bastasse a situação das duas equipes, que luta contra o rebaixamento, declarações do goleiro Juliano do Guarani, que atuou elo CB em 2011, irritaram a direção regatiana que divulgou através de sua assessoria, uma nota de repúdio contra o arqueiro rival.
 
Em entrevista a um portal de notícias paulista, o ex-goleiro regatiano, tendo atuado no Campeonato Alagoano e na Série C em 2011, afirmou que o risco de rebaixamento, força o CRB a “armar uma guerra com promoção de ingressos, e até tentar comprar juiz, se for preciso”, palavras do atletas.
 
Diante das fortes declarações do atleta que também passou informações do time para o técnico do “Bugre”, Vilson Tadei, o CRB divulgou uma nota de repúdio, na qual pretende processar o atleta. Confira na íntegra:
 
O Clube de Regatas Brasil, clube de futebol profissional representante do Estado de Alagoas e da região Nordeste no Campeonato Brasileiro da Série B, através de seu presidente executivo Marcos Barbosa, vem, de público, formalizar veemente repúdio as declarações do atleta Juliano da equipe do Guarani publicadas no portal de internet Futebol Interior, as quais coloca em dúvida a idoneidade e conduta dos profissionais responsáveis pela direção do clube alagoano.
 
A matéria publicada no website acima citado é carregada de inverdades e insinuações de grande leviandade. O CRB é um clube de futebol centenário fundado em 1912 e que representa milhões de torcedores não só em Alagoas como em todo país. As palavras deste jogador, que inclusive passou pelo CRB em 2011, são, tão somente, lamentáveis e mentirosas, causando grande ofensa ao povo do Estado como de todo Nordeste brasileiro.
 
Este atleta inclusive fez contato este ano com a direção, pedindo para voltar ao clube, alegando todo profissionalismo exercido com ele referente as condições de trabalho, pagamento de salários em dia e outras obrigações que culturalmente não são prioridades em alguns outros clubes do Brasil.
 
Essa forma de ação visa, tão somente, satisfazer vaidades pessoais, e quer desviar o foco do jogo deste sábado, onde o Guarani vive uma crise de política interna, e em campo apresenta um declínio nas últimas rodadas da competição.
 
Por estas e outras razões, o CRB, apoiado pelos clubes do Nordeste do Brasil nesta Série B, reafirma a sua posição contrária a qualquer declaração que coloque em dúvida suas práticas éticas dentro do futebol e sua maneira de atuar com honestidade e moral dentro de uma competição respeitada e organizada que é o Campeonato Brasileiro.
 
Finalizando, o departamento jurídico do CRB vai ingressar com uma ação de danos morais contra este jogador, que com sua declaração ofensiva e caluniosa, atingiu não só o CRB como todos os clubes do Nordeste. A prática desta direção é de imenso respeito a todos os clubes do sudeste, como de todo Brasil.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Artistas disputam partida de futebol no aniversário do Flamengo

A quinta-feira foi de festa na Gávea. Dezenas de eventos marcaram os festejos dos 117 anos do Mais Querido do Brasil. Entre as comemorações, aconteceu a "pelada dos artistas". Um grupo de músicos e atores se dividiu em duas equipes para uma partida de futebol no campo da sede do clube. O "futebol arte" contou com a presença dos atores Marcelo Melo Jr., José Loreto, Heitor Martinez, Nicóla Siri, Márcio Kieling, André Mattos, entre outros.
Os "jogatores" ficaram honrados em participar da festa do Mengão. Marcelo Melo Jr., que está no ar com a novela "Lado a Lado", da TV Globo, marcou dois gols e aproveitou para tirar um sarro com os amigos após a partida.
"Para a gente é uma honra jogar na casa do Flamengo. Fiz dois gols e estou em busca da artilharia (risos)", brincou o ator, que no passado interpretou um goleiro no seriado "Malhação", também da emissora carioca, dando a experiência como justificativa para seus gols na pelada.
"Na ficção eu já fui goleiro. Então eu já conheço a tática. Quando você fica frente a frente com o goleiro, tem que saber usar sua melhor arma", finalizou.
 
José Loreto, que recentemente viveu o divertido Darkson em "Avenida Brasil", da TV Globo, foi outro que mostrou suas habilidades com a pelota.
 
"Dia de festa aqui no Flamengo. É um prazer jogar com os amigos. Sempre jogo as peladas de fim de ano aqui e posso dizer que estou invicto (risos). Não perdi aqui ainda", gabou-se o ator, que pretende atuar (no futebol) por mais 5 anos.
 
"Estou com 28 anos, quase um jogador aposentado. Tenho mais 5 anos para pendurar as chuteiras e jogar no máster. Mas futebol é um prazer. É uma alegria estar aqui", comentou.
 
Rubro-negro fanático, Sylvinho Blau-Blau representou a música na pelada. O cantor, que teve o auge do seu sucesso nos anos 80, falou da sua relação com o preto e vermelho mais amado do mundo.
"Frequento a Gávea há muitos anos, quase toda a minha vida. É sempre uma emoção maravilhosa estar aqui e a gente é sempre muito bem recebido. Então, mais um aniversário, 117 anos. Posso dizer que os meus 50 anos eu passei aqui. Venho no Flamengo desde os 4 anos de idade", conta ele, que quer comemorar mais aniversários do clube jogando futebol.
 
"Acho que dá para jogar mais uns 10 anos (risos). Eu me cuido, né? O Flamengo é essa locomotiva de emoções", finaliza Blau-Blau.
 
Fonte: flamengo.com.br

‘Pelada de luxo’ é atração na festa dos 117 anos do Flamengo

Um encontro de gerações marcou as comemorações dos 117 anos do Flamengo. Craques do passado abrilhantaram a festa na sede do clube. Ex-jogadores disputaram uma partida festiva pela Flamaster, equipe formada por ex-atletas do Mengão. O grupo se dividiu em duas equipes para a exibição no sagrado gramado da Gávea. O jogo contou com a participação de ex-atletas como Zinho, Adílio, Jorginho, Claudio Adão, Piá, Marquinho, Julio Cesar Uri Gueler, Nélio, Jaime de Almeida, Leandro Ávila, entre outros.
 
Quem não estava para brincadeira mesmo era Zinho. O ex-meia e atual diretor de Futebol do clube foi o grande destaque do jogo, marcando 4 dos 6 gols da vitória do time de camisas rubro-negras. A equipe de camisas brancas balançou as redes quatro vezes.
 
"A gente até brinca antes do jogo, mas quando rola a bola é diferente, todo mundo quer ganhar (risos). Essa data é sensacional. Fico muito feliz de estar aqui comemorando os 117 anos do Flamengo. E é ótimo rever os amigos, alguns que você quase não encontra", diz Zinho, que pretende participar da pelada nos próximos anos.
 
"Os cabelos vão estar mais brancos e barriguinha deve estar maior (risos), mas vai ser uma honrar (participar dos jogos festivos). Independentemente de eu estar trabalhando no clube ou não, quero participar, afinal de contas, nós fazemos parte da história. E jogar uma pelada é sempre bom. Sempre que eu puder, vou estar aqui", completa.
 
Adílio, outro ídolo rubro-negro, mostrou que, mesmo aposentado, ainda bate um bolão. O ex-jogador esbanjou técnica e saudou os amigos no fim do duelo.
"É uma emoção. São 117 anos. E estar aqui com Claudio Adão, Nélio, Zinho, Piá e tantos outros amigos, é muito legal. Então é muito importante participar dessa festa aqui. Se deixar a gente com a bola aqui, a gente fica brincando até e manhã", disse Adílio.
 
Nélio, que brilhou no Mengão, na geração posterior a de Adílio, também fez a alegria do público presente. O ex-jogador ressaltou que gostaria de jogar peladas como a de hoje por mais vezes. Ele diz que é bom para reencontrar amigos e matar a saudade do manto sagrado.
 
"É sempre bom estar aqui, no lugar onde eu começei. Quase 18 anos jogando aqui dentro, das categorias de base ao profissional. A gente fica sempre feliz de poder retornar. Queríamos nós que pudesse ter esse encontro não só de ano em ano, mas sempre. É bom poder rever amigos. Campeões, jogadores que eu era fã quando eu jogava. Então essa festa é muito legal no aniversário do Flamengo", disse o Nélio, que se diz rubro-negro de pele, alma e coração.
 
Além do jogo de masters, o gramado da Gávea recebeu mais duas partidas comemorativas: funcionários do clube enfrentaram um time formado por jornalistas e artistas duelaram entre si.
 
Fonte: flamengo.com.br

Flamengo completa 117 anos com festa na Gávea

Dia de festa e alegria na sede do Clube de Regatas do Flamengo, que completa 117 anos de fundação neste dia 15 de novembro. Com a presença da presidente Patricia Amorim e de toda a diretoria rubro-negra representada pelo vice-presidente de Administração e Fla-Gávea, Cacau Cotta, a comemoração começou às 7h com a tradicional Alvorada no Remo. A equipe tetracampeã da modalidade que deu origem ao clube compareceu prontamente. O hasteamento das Bandeiras do Brasil, da Cidade Rio de Janeiro e do Flamengo, ao som da Charanga Rubro-Negra, deu início às comemorações que se estenderam ao longo do dia.
 
"Bom dia e saudações rubro-negras a todos os presentes. Esse é o terceiro ano na Alvorada como presidente. Fico pensando no que o Flamengo significa na vida de todos nós que vivemos e amamos esse clube, cheio de glórias, conquistas, lutas e dificuldades dentro da mais nobre essência que é o Flamengo. No coração de cada um existem dezenas de histórias, de entrega, dedicação, comprometimento e devoção ao nosso clube. Não adianta tentar entender de onde vem todo esse sentimento natural, absoluto e incondicional. O importante é viver esse sentimento. Hoje comemoramos não só os 117 anos do Flamengo, mas as vitórias, conquistas que tivemos juntos, absolutamente unidos", disse a presidente Patricia Amorim.
 
A mandatária rubro-negra ainda enalteceu todas as modalidades, como o remo, futebol, basquete, nado sincronizado, polo aquático, judô e as obras que fizeram do Flamengo um clube melhor.
 
"Que venha o próximo presidente. Que dê continuidade ao nosso remo tetracampeão, que alcançou a supremacia de Terra e Mar. Deixamos um legado, um CT que só não foi entregue porque não queremos entregar de qualquer forma. Aos associados, uma sede muito melhor. A diferença do antes e o depois é gritante. Falta muito, mas é uma Gávea muito mais bem frequentada. Sem vocês não teria chegado até aqui. Todos os dias acordo pensando em como pagar os salários, olho no olho de cada um com orgulho, com a dignidade que todos merecem. Agradeço a todos. Só é possível em um clube popular, que encanta e que incomoda a todos os adversários. Nosso objetivo é vencer, vencer, vencer".
 
Após um farto café da manhã servido à margem da Lagoa Rodrigo de Freitas, a festa de aniversário do Mais Querido do Brasil teve prosseguimento na sede social, com os clássicos "Chocolate Amigo" e "Reco Reco". A animação tomou conta da Boca Maldita, onde foi cantado o "parabéns pra você" na presença de sócios, torcedores e funcionários. A missa na Capela de São Judas Tadeu, Padroeiro do Clube, foi celebrada pelo padre Diácomo João Damasceno, que recebeu das mãos da presidente Patricia Amorim o primeiro pedaço de bolo para São Judas abençoar.
 
A festa tomou conta, também, do Parque Aquático Fadel Fadel, do Espaço Urubinha e dos gramados, com a realização de diversas partidas de futebol.

Fonte: flamengo.com.br

Flamengo faz treino técnico no CT George Helal

O elenco rubro-negro realizou, na manhã desta quinta-feira (15.11), mais um treinamento no CT George Helal, em Vargem Grande, em função da preparação para a partida diante do Palmeiras, domingo, em Volta Redonda.
 
O elenco, dividido em quatro times, trabalhou em campo reduzido, em um treinamento de ataque contra defesa. Léo Moura e Liedson, que se recuperam de dores na panturrilha direita e no joelho esquerdo, respectivamente, correram em volta do gramado, enquanto o goleiro Felipe realizava fisiotereapia para tratar de entorse no tornozelo esquerdo, sofrida na partida diante do Atlético-MG (31.10).
 
O Flamengo ocupa a 9ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro e soma 47 pontos. O próximo compromisso da equipe rubro-negra será contra o Palmeiras, domingo (18.11), às 17h, em Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira.
 
Fonte: flamengo.com.br

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

CRB realizou primeiro coletivo visando o Guarani

O CRB continuou nesta quarta-feira (14), no período da tarde, com os treinamentos visando o confronto diante do Guarani no próximo sábado (17), no estádio Rei Pelé, às 16h20 (horário de Brasília).
 
O treino realizado no dia de hoje foi o primeiro coletivo do time na semana. O técnico Roberval Davino fez duas alterações no time se comparado ao que venceu o Ceará na última rodada: Ângelo entrou na lateral-direita, e o atacante Aloísio Chulapa formou dupla de ataque com Luiz Paulo. Porém, o atacante Denílson deverá ser títular diante do Guarani, uma vez que o atacante já foi liberado do departamento médico, e apenas foi poupado do treinamento de hoje, mas deverá participar da movimentação que ocorrerá na tarde desta quinta-feira (15) no gramado do estádio Rei Pelé.
 
Apenas com duas alterações, e permanecendo no sistema 4-4-2, o primeiro esboço do time alvirrubro para encarar o time campineiro deverá ser com: Cristiano; Ângelo, Rodrigão, Ednei e Gleidson; Marcinho Guerreiro, Gilberto, Jadilson e Geovani; Aloísio Chulapa (Denilson) e Luiz Paulo.
 
Zagueiro é absolvido no STJD
Na tarde desta quarta-feira (14) o zagueiro regatiano Filipe foi julgado no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) devido a sua expulsão na partida da 33ª rodada contra o Ipatinga. O jogador foi absolvido e sofreu apenas uma advertência do tribunal.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Hernane elogia Love e deseja ajudá-lo a acabar com jejum

O jogador Hernane, definitivamente, respira novos ares no Flamengo. Preterido por Joel Santana e quase emprestado ao Avaí, no mês de setembro, o goleador reconquistou recentemente prestígio junto ao técnico Dorival Júnior, através das boas atuações que teve nas partidas contra Figueirense e Náutico.
Mais confiante, Hernane quer provar jogo a jogo que a aposta em ficar foi uma decisão benéfica para si e para próprio Flamengo.

"Eu conversei com o Zinho (sobre possível ida para o Avaí) e preferi ficar no Flamengo. Eu pensei um pouco em mim e sabia que tinha muito a mostrar aqui. Trabalhei, esperei minha oportunidade e graças a Deus estou ajudando o Flamengo.Eu reconquistei essa confiança", analisou Hernane, que chegou ao Mengão, após o Paulistão 2012, com status de quem acabara de se sagrar vice-artilheiro da competição, com apenas um gol a menos que Neymar.

E a trajetória para conquistar espaço no Rubro-Negro realmente não foi fácil. No banco, Hernane ainda se viu obrigado a disputar a única vaga disponível no ataque com jogadores experientes como Deivid e Diego Maurício.

"Quando eu cheguei aqui tinha o Deivid, o Love, o Diego Maurício, excelentes jogadores que tinham uma sequência. Mas eu estava no Mogi Mirim e hoje estou no Flamengo. Eu imaginei que seria difícil e trabalhei para que estivesse pronto quando a oportunidade aparecesse", disse o atacante, que tem contrato com o Flamengo até o dia 31 de março, e projeta estar em campo nestes três últimos jogos do Brasileiro para dar sua contribuição ao Artilheiro do Amor na luta para encerrar jejum de gols.

"Temos que entrar com vontade e com garra para fazer nosso trabalho. Esses três jogos são muito importantes e vão ser decisivos, principalmente para mim. Estou trabalhando para isso, para ser titular do Flamengo. Dependendo da situação, se pintar uma oportunidade para dar um passe para ajudá-lo a quebrar o jejum será muito bom. O Love é grande jogador que sempre pode surpreender", elogiou Hernane.

O Flamengo ocupa a 9ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro e soma 47 pontos. O próximo compromisso da equipe rubro-negra será contra o Palmeiras, domingo (18.11), às 17h, em Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira.
Fonte: flamengo.com.br

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Treinamentos físicos e com bola marcam o dia do CRB

Nesta terça-feira (13) ocorreu pela primeira vez na semana treinamentos em dois períodos do elenco regatiano. Os treinos tiveram ênfase na parte física, e em uma movimentação com bola com todos os jogadores.
 
Pela manhã os atletas do CRB treinaram a parte física em uma academia da capital alagoana, onde fortaleceram a musculatura, sob o comando do preparador Ronald Braga. O período da tarde foi marcado pelo primeiro treino com bola da semana, com a supervisão do comandante técnico Roberval Davino, que realizou um trabalho setorizado com os atletas sendo divididos em pequenos espaços, e só podendo dar no máximo dois toques na bola. Este trabalho visa o ajustamento de posição, e a redução de espaços.
 
Na tarde desta quarta-feira (14) Davino começa a definir a equipe que enfrentará o Guarani no próximo sábado (17), no estádio Rei Pelé, às 16h20 (horário de Brasília). O CRB precisa vencer para continuar vivo na Série B, mas não terá dois atletas para esta partida, pois irão cumprir suspensão automática: o volante Diego Aragão e o atacante Ricardinho. Além deles, o zagueiro Filipe poderá ser mais um desfalque, já que será julgado no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) nesta quarta-feira (14). Em contrapartida, o volante Roberto Lopes e o atacante Denílson foram liberados pelo departamento médico para treinamentos com bola.
 
Arbitragem
A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já divulgou o trio de arbitragem que comandará CRB e Guarani no próximo sábado (17), no estádio Rei Pelé, às 16h20 (horário de Brasília).
 
O dono do apito para o confronto dos dois times que lutam contra o rebaixamento será o brasiliense Sandro Meira Ricci, mas que atua como árbitro pela Federação Pernambucana de Futebol, e que faz parte do quadro de árbitros da FIFA. Os auxiliares de Sandro serão o pernambucano José Pedro Wanderley da Silva e o potiguar Lorival Cândido das Flores. O quarto árbitro da partida será o alagoano Josevaldo Bisarria de Melo.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Gávea terá dia de festa nesta quinta: 117 anos do Flamengo

A próxima quinta-feira (15.11) será de festa no Flamengo. Para comemorar os 117 anos do clube, a diretoria preparou um dia repleto de eventos na sede social do clube, na Gávea. Os associados poderão curtir um dia de rubro-negros desde às 7h, quando será realizada a alvorada, no Remo.

Em seguida, às 8h30, na Boca maldita, será realizado o já famoso chocolate rubro-negro. No gramado da Gávea, às 9h, começam os eventos relacionados ao futebol, grande paixão dos torcedores. O primeiro amistoso será entre o time do Flamengo sub-11 e uma equipe montada com alunos das Escolinhas Fla, da mesma categoria.

A partir daí, mais três jogos serão realizados na sequência: funcionários do Flamengo x Imprensa, futebol dos artistas e Flamaster x Amigos do Adílio. O futebol dos artistas contará com a presença de Bruno Gissoni, Thiago Martins, Thiago Rodrigues, Heitoe Martinez, Nicola Siri, Kadu Moliterno, Toni Garrido entre outros.

A partir das 9h, o espaço infantil Urubinha terá recreação para os pequenos rubro-negros. Na parte social, os eventos continuam às 9h30, quando será realizada uma caminhada do FlaMulher, na Lagoa, enquanto na sede social da Gávea acontecerá uma missa, na capela de São Judas Tadeu.

O Reco-Reco, tradicional evento nos dias de festa na Gávea, será realizado às 11h, na Boca Maldita, e o almoço dos 117 anos do Flamengo vem em seguida, às 12h30, no salão nobre do clube.

Para fechar o dia, haverá o o Lançamento do Livro Oficial do Centenário "100 Anos de Bola, Raça e Paixão" na loja Fla-Concept, às 15h.
 
Fonte: flamengo.com.br

sábado, 10 de novembro de 2012

CRB passa pelo Ceará e ainda luta para evitar o rebaixamento

O CRB segue na luta para evitar o rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro. Com muito sufoco, a equipe alagoana venceu o Ceará por 2 a 1 neste sábado, no Presidente Vargas, e manteve a distância de dois pontos para o Bragantino, primeira equipe fora da “turma da degola.”O meia Geovani marcou o gol da vitória em uma cobrança de falta que encobriu Dionantan. Luiz Paulo e Robert completaram o placar.
 
A partida começou muito truncada porque as duas equipes sentiam dificuldade para trocar passes na busca pelo gol. Precisando da vitória para seguir lutando contra o rebaixamento, o CRB via o Ceará com mais posse de bola e bem organizado.
 
A equipe alagoana jogava de forma mais defensiva na tentativa de contra-atacar com velocidade. Mesmo sem ser tão incisivo, o Ceará seguia melhor na partida, mas errava no último passe.
 
O time visitante pouco arrisca, porém, acabou chegando ao gol em um dos primeiros ataques mais efetivos. Após cruzamento da esquerda, Luiz Paulo desviou para colocar os alagoanos em vantagem, aos 14. A equipe seguia com a sua estratégia e quase ampliou em duas cobranças de faltas.
 
O Ceará não demonstrou ter sentido o gol e conseguiu chegar ao empate, aos 25. Após uma confusão dentro da área, Robert chutou duas vezes para vencer Cristiano. O tento acabou com o jejum de seis jogos que a equipe alvinegra não marcava.
 
A equipe alagoana seguia um pouco melhor na partida e esteve perto de desempatar com Luiz Paulo, aos 31, em um lance incrível. O Ceará continuava com bom toque de bola, porém, continuava errando na hora da definição.
 
Quando o primeiro tempo caminhava para terminar empatado, o CRB ficou na frente mais uma vez com um belo gol de Geovani, aos 40. O meia cobrou uma falta com efeito na intermediária e encobriu Dionantan.
 
Com a vitória parcial, o CRB iniciou o segundo tempo procurando manter a posse de bola e tentava evitar sofrer maiores sustos com uma postura mais defensiva. O Ceará cresceu durante boa parte da etapa e, por pouco, não empatou a partida.
 
No lance mais claro, aos 34, Magno Alves e Luiz Henrique perderam ótimas chances dentro da área regatiana. Os alagoanos se defenderam com todas as forças para assegurar a vitória e manter viva a chance de evitar o rebaixamento.
 
CEARÁ 1 x 2 CRB
Ceará
Dionantan; Apodi (Luiz Henrique), Potiguar, Heleno e Vicente; Juca (Magno Cruz), João Marcos, Everton e Eusébio; Mota e Robert (Magno Alves)
Técnico: Anderson Silva (interino)
 
CRB
Cristiano; Diego Aragão, Ednei, Rodrigão e Gleidson; Marcinho Guerreiro, Gilberto, Jadilson (Aloísio Chulapa) e Geovani (Ronaldo); Ricardinho e Luiz Paulo (Mineiro)
Técnico: Roberval Davino
 
Local: Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data: 10/11/2012 (sábado)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Everton (Ceará), Ricardinho (CRB), Rodrigão (CRB), Vicente (Ceará), Diego Aragão (CRB) e Heleno (Ceará)
Cartão vermelho: Everton (Ceará), aos 42 minutos do segundo tempo
Gols: Luiz Paulo, aos 14, e Robert, aos 25, e Geovani, aos 40 minutos do primeiro tempo.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

ASA reage no 2º tempo, mas acaba derrotado pelo Atlético-PR

Em um jogo de tempos distintos, o ASA bem que tentou, mas não conseguiu segurar o Atlético Paranaense que busca o acesso à Série A do Brasileiro. Noite de sexta-feira (9) em Arapiraca, o time visitante abriu três gols de vantagem na primeira etapa, o ASA reagiu na segunda, marcando duas vezes, com Rogério e Lúcio Maranhão, mas não conseguiu empatar o jogo que terminou com vitória rival por 3 a 2.
 
Na próxima rodada, sexta-feira, o ASA joga contra o Paraná em Curitiba. Já o Atlético Paranaense joga no dia seguinte contra o Criciúma no Heriberto Hulse.
 
O JOGO – 1º TEMPO
O ASA, garantido na Série B em 2013, buscava o resultado positivo para alcança uma melhor posição na competição em disputa. Já o Atlético-PR, desde os primeiros minutos mostrava vontade de buscar a vitória para se firmar no G4.
 
O time visitante tocava melhor a bola e a todo momento buscava o ataque, enquanto o ASA apenas se defendia e tentava sem sucesso atacar na base dos contra-golpes. De tanto insistir, o “Furacão” abriu o placar.
 
GOOOOLLLL DO CAP! Pedro Botelho fez belo passe para Marcelo Cirino, que ganhou na velocidade da defesa, dididiu com o goleiro Gilson que ficou para trás e tocou para o gol vazio. ASA 0 x 1 CAP.
 
A pequena torcida do Atlético Paranaense presente no Municipal ainda comemorava e o ASA ainda não tinha se recuperado, quando em outro descuido da defesa, o time rival ampliou o marcador.
 
GOOOOLLLL DO CAP! Após a saída de bola, o Atlético conseguiu recuperar a bola e numa jogada rápida, cruzamento da esquerda e o avante Marcão desviou para o fundo das redes. ASA 0 x 2 CAP.
 
Após o segundo gol, o ASA se organizou em campo e mostrava mais cautela, diante do “arrasador” Atlético Paranaense. E assim o time alvinegro tentou conduzir a primeira etapa, esperando mudanças na etapa complementar. Porém, em mais um ataque, nos minutos finais do primeiro tempo, o “Furacão” chegou ao terceiro gol.
 
GOOOOLLLL DO CAP! Bola lançada na área, a defesa do ASA não afastou e a bola sobrou o lateral-direito Maranhão, que encheu o pé e marcou o terceiro dos visitantes. ASA 0 x 3 CAP.
 
E com o placar de 3 a 0 que surpreendeu a torcida do ASA, o árbitro Dewson Fernando Freitas do Pará encerrou a primeira etapa aos 47 minutos.
 
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, o ASA que já tinha mudado com Valdívia entrando no lugar do zagueiro-lateral Walysson, também mandou para campo Rogério Maranhão, para a vaga de Alexsandro.
 
Por conta das mudanças ou não, o ASA melhorou o rendimento em campo e passou a chegar mais ao ataque e não demorou para chegar ao primeiro gol, que lhe daria esperanças na partida.
 
GOOOOLLLL DO ASA! Falta sofrida por Lúcio Maranhão na ponta-direita e cobrada por Didira, que mandou na cabeça de Rogério Maranhão, que testou, cobrindo o goleiro Weverton. ASA 1 x 3 CAP.
 
O ASA continuou em cima. Primeiro Lúcio Maranhão entrou na área e num choque com o goleiro rival pediu pênalti, mas o árbitro mandou seguir o jogo. Depois, Rogério Maranhão que entrou inspirado, mandou uma bicicleta que passou muito perto da baliza atleticana.
 
Por conta de algumas faltas não marcadas, o técnico Nedo Xavier exagerou nas reclamações e acabou expulso. Os ânimos estavam exaltados e o auxiliar técnico do Atlético também foi colocado para fora.
O tempo ia passando, a pressão inicial do ASA já não era a mesma e o Atlético do Paraná passava a administrar o resultado, enquanto o ASA tentava, mas esbarrava nos erros de finalização e no último passe.
 
Além de diminuir os espaços do ASA, o time visitante voltava a atacar e criar chances. Primeiro com Henrique e depois com Taiberson, ambos desperdiçando grandes oportunidades de decretar o resultado do jogo.
 
O alvinegro por sua vez, tentava as últimas investidas. O meia David Ceará era uma aposta ofensiva, entrando no lugar do zagueiro Audálio, que já se mostrava cansado em campo, uma vez que teve muito trabalho na noite desta sexta-feira.
 
Apesar da postura de crescimento da equipe paranaense na segunda etapa, o ASA que estava em desvantagem, jogava em casa e tinha o apoio da torcida, chegou ao gol que iria incendiar o jogo em Arapiraca.
 
GOOOOLLLL O ASA! Bola levantada na área por David Ceará, muita gente impedida e quem surgiu foi Lúcio Maranhão, para desviar de leve de cabeça para diminuir o marcador. ASA 2 x 3 CAP.
 
Nos minutos finais, o ASA impôs uma pressão na base do abafa. Os meias alvinegris, David Ceará e principalmente Valdívia, atacavam e faziam boas jogadas, mas esbarravam na defesa do Atlético, que neste momento estava todo recuado.
Aos 49 minutos. o árbitrou encerrou o jogo com vitória do Atlético Paranaense por 3 a 2 sobre o ASA no Municipal de Arapiraca;
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 36ª Rodada
Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca – Arapiraca, Alagoas
ASA 2 x 3 Atlético-PR
Árbitro: Dewson Fernando Freitas (PA)
Assistentes: Marco Aurélio dos Santos Pessanha (RJ) e Márcio Gleidson Correia Dias (PA)
ASA: Gilson. Audálio(David Ceará), Fabiano e Edson Veneno; Osmar, Cal, Lucas, Didira e Walysson(Valdívia); Alexsandro e Lúcio Maranhão.
Técnico: Nedo Xavier
Atlético-PR: Weverton, Maranhão, Luiz Aberto, Cléberson e Pedro Botelho; Derley, João Paulo, Elias(Pauo Baier) e Felipe(Henrique); Marcelo Cirino(Taiberson) e Marcão.
Técnico: Ricardo Drubscky
Cartões Amarelos: Lúcio Maranhão(ASA) – Cléberson, Elias, Taiberson, Paulo Baier, Derley e Weverton(CAP)
Cartões Vermelhos: Derley(CAP)
Gols: Rogério Maranhão 12min e David Ceará 37min 2ºT(ASA) - Marcelo Cirino 22min, Marcão 23min e Maranhão 42min 1ºT (CAP)
Fonte: cadaminuto.com.br
Carregando...
Brasileirão