segunda-feira, 28 de maio de 2012

Artilheiro do ASA, Lúcio Maranhão entre na seleção da 2 rodada

Prestes a disputar a terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série D, o ASA teve mais um atleta na seleção da rodada. Depois do zagueiro Fabiano na primeira rodada, foi a vez do artilheiro Lúcio Maranhão, que apesar de ter perdido um penalti, marcou o gol alvinegro e foi apontado como atacante que tem "faro de gol".
Confira a seleção da terceira rodada da Série B, com os detalhes de cada jogador em sua respectiva posição:
Goleiro: Max (Boa Esporte) - Aos 37 anos, o "pantera" continua mostrando boas qualidades debaixo das traves. E quando pega a primeira boa, depois parece que "abre o rabo" e não deixa a bola entrar. Foi o que aconteceu em Campinas, no empate sem gols com o Guarani. O curioso é que apesar do zero a zero no placar os dois times jogaram abertos, em busca do gols e criaram chances. O resultado mais justo seria um 2 a 2 ou 3 a 3.
Lateral-direito: Leandro Silva (Guaratinguetá) - Assim como o Guaratinguetá vem evoluindo na competição. Melhourou sua atuação consideravelmente depois da primeira rodada. Seguro na marcação, foi importante na saída de bola pelo lado direito carregando o Guará ao campo de ataque. Formou boa dupla com Fran, na parte ofensiva.

Zagueiro: Gabriel Santos (América-MG) - Indiscutivelmente é o principal pilar defensivo da defesa do América-MG. Tanto por cima quanto por baixo levou a melhor sobre o ataque do CRB. No ataque é referência nas bolas paradas do meia Gilberto e deixou sua marca na goleada.

Zagueiro: Ronaldo Angelim (Grêmio Barueri) - Mesmo com 36 anos mostrou que ainda tem lenha para queimar. Muito seguro na defesa fechou bem o espaço pelo lado esquerdo e também arriscou algumas investidas no ataque, levando perigo. Está em plena forma e será importante para o time da Grande São Paulo durante a campanha da Série B.

Lateral-esquerda: Marlon (Criciúma) - Um dos principais jogadores na vitória do Criciúma contra o Bragantino, o lateral Marlon merece mais do que ninguém a colocação na Seleção da Série B. Numa partida de gala, fez dois gols e ajudou muito no sistema defensivo. Se continuar assim, será um ponto positivo na campanha do Tigre na competição.

Volante: Diego Giaretta (Grêmio Barueri) - Pelo vigor e pela presença forte na marcação tem se destacado no meio-campo do time paulista. Não foi diferente em Arapiraca, onde o Barueri suportou uma fote pressão do time da casa, que tentava a segunda vitória. O técnico Vinícius Eutrópio está esperançoso de melhorar o time e isso, fatalmente, vai acontecer na próxima rodada com a entrada de Marcelinho Paraíba. ele atuou um pouco em Alagoas e provocou um grande alvoroço na defesa do ASA. Os adversários que se preparem!

Volante: Leandro Ferreira (América-MG) - Motorzinho do time americano, comandou a atuação de gala do time mineiro. Ora acelerando o jogo, ora cadenciando confundiu a marcação do meio-campo do CRB e conseguiu criar muitos espaços. Ainda aproveitou para deixar sua marca em lindo chute de fora da área.

Meia: Fran (Guaratinguetá) - Depois de ganhar a chance do técnico Otávio para ter uma sequência de jogos, o que não acontecia há muito tempo, o garoto revelado pela base do Corinthians, enfim, desabrochou. Marcou os dois gols da Garça na vitória sobre o Ceará, por 2 a 1, no Vale do Paraiba. Um dos gols foi de falta, o que mostra outra qualidade positiva de Fran. Mas ele não pode dormir nos louros da glória, porque a terceira rodada já será disputada na terça-feira e a cobrança sobre ele e sobre o time será ainda maior.
Meia: Lucca (Criciúma) - Uma das jovens promessas do Criciúma no Campeonato Catarinense, o jogador começou com tudo a Série B. Muito bem nos dois primeiros jogos, está ajudando muito o Tigre a começar com tudo o nacional. Em dois jogos, foram duas vitórias. Em Bragança acabou fazendo um gol.

Meia: Jajá (Boa Esporte) - O empate sem gols do time mineiro com o Guarani mostrou o talento deste meia, que foi o principal articulador em campo. Participou ativamente das jogadas de seu time, além de levar perigo à defesa bugrina. Só saiu, no segundo tempo, porque estava esgotado fisicamente. O Boa Esporte surpreendeu pela disposição ofensiva, fazendo um jogo franco com o Guarani, mesmo atuando em Campinas. Méritos do jovem técnico Sidney Moraes, de apenas 35 anos, que começa a mostrar qualidades na nova profissão do ex-volante do São Paulo e Guarani, entre outros times.

Atacante: Lúcio Maranhão (ASA) - Foi de heroi à vilão em pouco tempo, mas sempre com qualidade. No segundo tempo, marcou um gol que foi anulado pela arbitragem. No minuto seguinte balançou as redes, desta vez, de forma geral, mas em seguida não foi feliz ao desperdiçar um pênalti acertando a trave. Provou que tem faro de gol.

Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão