sábado, 2 de junho de 2012

ASA 3 x 2 Boa Esporte - Gol no fim e vitória num jogo equilibrado

Num jogo equilibrado e decidido nos últimos minutos, o ASA venceu o Boa Esporte, por 3 a 2, neste sábado à noite, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O gol da vitória alagoana, a primeira em casa, foi marcado aos 43 minutos do segundo tempo, quando o empate parecia ser o resultado final. Na tabela de classificação, o time alagoano aparece com sete pontos, em quarto lugar, enquanto o Boa ocupa a 11.ª posição, com cinco pontos.

Muita movimentação e gols O primeiro tempo foi movimentado. O ASA abriu o placar logo aos seis minutos, nunca cobrança de pênalti de Roberto Jacaré. Ele bateu forte no meio do gol, enquanto o experiente goleiro Max caiu para o lado direito. Mas o Boa reagiu poucos minutos depois e empatou aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Gabriel desviou de cabeça e a bola sobrou na pequena área para Marcelo Macedo. Sozinho, ele bateu de voleio, fazendo um belo gol.

Com um bom sistema de marcação eficiente, o Boa dominou o meio-campo e as ações em campo. Mesmo falhando na marcação, o ASA voltou a ficar na frente aos 39 minutos. Élvis cobrou falta pelo lado esquerdo do ataque, levantando para a pequena área. Os zagueiros não cortaram e Fabiano apareceu na frente de Max para marcar de cabeça.

Mudanças nos times
No início do segundo tempo, os dois times voltaram mudados. O técnico Heriberto da Cunha tentou equilibrar a marcação do ASA com as entradas de Gabriel na lateral no lugar de Sidny, que já estava amarelado, e do volante Jorginho no lugar do atacante Elvis. Com isso, Didira ganhou mais liberdade para encostar em Roberto Jacaré. No visitante, uma troca lógica: saiu Jajá para a entrada de Francismar.
Curiosamente quando o time alagoano parecia melhor em campo, o time mineiro chegou ao empate aos 11 minutos. O lance começou numa falta cobrada, na intermediária, por Francismar. A defesa não cortou o levantamento e a bola bateu, de forma involuntária, na canela do zagueiro Welton Felipe. A bola ainda subiu e encobriu o goleiro Gilson.

Depois disso, os times priorizaram a marcação e “aceitaram” bem o empate. Mas outro lance estranho definiu o placar, aos 43 minutos. Numa cobrança de falta ensaiada na frente da grande área, Chiquinho Baiano bateu forte, a bola desviou na barreira e subiu para encobrir o goleiro Max.

Próximos Jogos
Este jogo teve a brilhante transmissão da Rádio Pajuçara, com narração de José Rocha. Na terça-feira à noite começa a quinta rodada e o ASA vai estar em campo diante do Joinville, em Santa Catarina. De outro lado, o Boa só vai jogar na outra sexta-feira, dia 5, em casa, diante do Vitória.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão