sexta-feira, 29 de junho de 2012

ASA x ABC - Dentro de casa, alagoanos defendem tabu histórico

O ASA-AL quer evitar que esta sexta-feira seja histórico para o ABC no confronto entre os times, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca, às 21 horas, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Isto porque os alagoanos nunca perderam para o adversário em toda a história.

Ao todo, os dois times já se enfrentaram em nove oportunidades e o ASA leva grande vantagem, com quatro vitórias e cinco empates. No ano passado, o time alagoano venceu em casa por 4 a 3 e depois arrancou em empate em Natal por 1 a 1.
Os dois times ainda lutam para se aproximar dar primeiras posições. O ASA-AL vem de três derrotas seguidas (Joinville, Criciúma e América-RN) e caiu para a 15ª posição, com sete pontos. O ABC vem logo acima na classificação, em 12º, com nove pontos.

Para manter Para o duelo desta sexta-feira, o técnico Heriberto Cunha (foto) não poderá contar com o lateral-direito Gabriel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo e o atacante Alexsandro, que passou por uma cirurgia no joelho e ficará afastado dos gramados por um mês. Na direita, Maicon, contratado junto ao Boa Esporte, fará sua estreia.

Além disso, o comandante não sabe se poderá utilizar o meia Valdívia. Um dos principais jogadores do ASA neste início de competição, o jogador sentiu dores na coxa direita após o treinamento de quarta-feira e corre o risco de ser vetado pelo departamento médico. Caso isso aconteça, Roberto Jacaré será seu substituto.

Nesta semana, Heriberto da Cunha aproveitou para trabalhar bastante a finalização de seus jogadores, já que nas últimas partidas o time alagoano criou diversas oportunidades, mas sem sucesso. O baixo rendimento do ataque fez a diretoria correr em busca de reforços para o setor e na semana passada anunciou Maranhão, dispensado pela Ponte Preta.

Hora de fazer história
Para manter o embalo, o técnico Márcio Goiano terá que passar por cima de alguns desfalques importantes. O goleiro Andrey, o lateral Pedro Silva e o atacante Elionar Bombinha seguem vetados pelo departamento médico, assim como o zagueiro Luizão Pereira e o volante Basílio, que se recuperam de cirurgias no joelho.

O atacante Éderson, que foi envolvido em uma troca com o meia Thiaguinho, do Ceará, foi relacionado pela primeira vez desde que voltou ao Mais Querido e poderá fazer sua reestreia, mas começará apenas como opção no banco de reservas. Camilo e Edson devem ser os substitutos de Andrey e Pedro Silva, respectivamente.

"Tive a oportunidade de atuar no ASA ano passado e sei que é muito difícil jogar lá Arapiraca. É um campo pesado, complicado, eles contam com o apoio da torcida e isso dificulta para o adversário. Eles não estão em uma situação muito boa, vão jogar pressionados e isso pode ser favorável para nós", destacou o meia Raul.

Fonte: Futebolinterior.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão