segunda-feira, 25 de junho de 2012

Creas de Viçosa promove palestra de sensibilização sobre violência contra o idoso

A violência contra o idoso foi tema de uma palestra realizada este mês, na sede do Grupo da Terceira Idade Renascer, em Viçosa, dentro das atividades do Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, celebrado em 15 de junho. A palestra foi realizada pela psicóloga Christianne Leite e pela assistente social Caroline Feitosa, da equipe técnica do Centro de Referência em Assistência Social (Creas).

A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) como forma de sensibilizar a sociedade para a necessidade de proteger os idosos, disseminar o entendimento da violência como violação aos direitos humanos, criar a cultura da não banalização da agressão e definir estratégias e serviços de prevenção e enfrentamento contra todas as formas de abuso.

Segundo a assistente social Caroline Feitosa, a ação serviu para conscientizar os idosos sobre a importância de denunciar as agressões, pois muitos deles omitem que sofrem algum tipo de violência para proteger seus agressores, que na maioria das vezes são os próprios familiares da vítima.

Na palestra foram pontuados os diversos tipos de violência sofrida pelos idosos, como o abandono, negligência, exploração sexual, maus tratos, tortura física e psicológica, entre outros, bem como a importância da denúncia e como ela pode ser feita.

A violência pode se dar de forma estrutural: decorrente da desigualdade social, pobreza e miséria; interpessoal: quando presente na comunicação e interação cotidiana; e institucional: expressa em ações ou omissão do Estado na gestão de execução das políticas públicas e sociais, reproduzindo relações desiguais de poder, e discriminação, que reiteram situações de abuso.

De acordo com o Estatuto do Idoso, lhes é assegurado todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, oportunidades e facilidades para a preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. É obrigação da família, da comunidade, da sociedade e do Poder Público assegurar-lhe, com absoluta prioridade, a efetivação do direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, à cultura, ao esporte, à crença religiosa, ao lazer, ao trabalho, à cidadania, à liberdade, à dignidade, ao respeito e à convivência familiar e comunitária.

Cientes dessa responsabilidade, o Creas Viçosa desenvolve um trabalho permanente de sensibilização da sociedade sobre a importância de promover uma vida digna.

Ao final da palestra foi feita a leitura da Oração do Idoso, seguida da distribuição de panfleto educativo sobre o tema.

Por Soraya Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão