terça-feira, 17 de julho de 2012

ASA 2 x 3 Vitória - Sem desvios, no caminho da Série A!

Time baiano chegou aos 25 pontos e se anima para buscar o acesso.
Sem se perder em atalhos tortuosos, o Vitória caminha a passos largos rumo à elite nacional. Na chuvosa noite desta quarta-feira, o Vitória bateu o ASA, por 3 a 2, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca-AL, pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Marquinhos, Nino Paraíba e Victor Ramos marcaram os tentos que deixaram o clube baiano com 25 pontos e 11 gols de saldo. Por outro lado, o ASA, que marcou com Lúcio Maranhão e Roberto Jacaré, ocupa a modesta 15ª colocação, com apenas dez pontos, um a mais que a zona do descenso.

Sob chuva!
O duelo entre ASA e Vitória começou com cinco minutos de atraso. A arbitragem, que estava de uniforme amarelo, foi obrigada a trocar de roupa. A vestimenta poderia ser confundida com o terceiro uniforme do Vitória. Quando a bola rolou, nem a chuva e muito menos o campo pesado pararam o Vitória.

O clube baiano fez uma blitz na área alagoana. Aos 7 minutos, Nicácio recebeu de Nino e tocou, de cabeça, para Marquinhos. O atacante bateu em cima do goleiro. Mas no minuto seguinte, Marquinhos não bobeou. Pedro Ken lançou na medida Marquinhos, que driblou o goleiro do ASA a bateu para o fundo das redes.

O ASA não esboçou reação. Enquanto isso, aos 13 minutos, Pedro Ken recebeu e acertou o travessão. O time da casa bem que tentou, mas não teve competência para assustar ou acertar o gol. Por outro lado, Marquinhos infernizou a zaga alagoana de novo. Na cara do gol, ele bateu firme, mas a bola, caprichosamente saiu, lambendo a trave.

Mudança e lambança!
Vendo este domínio do Vitória, o técnico Heriberto da Cunha tirou o zagueiro Gaúcho e colocou o meia Danilo Cruz aos 22 minutos. A alteração deu resultado e Danilo Cruz passou a assumir a responsabilidade no meio-campo do ASA. Aos 26 minutos, após jogada do meia, a bola sobrou para Lúcio Maranhão, que mandou um petardo e exigiu boa defesa de Douglas, do Vitória.

O clube baiano, porém, não deixou por menos e respondeu três minutos depois. Culpa do goleiro Gilson que deixou a bola escapar por entre as pernas, mas conseguiu pegá-la em cima da linha. No minuto seguinte, Gabriel, do ASA, bateu firme, mas Douglas fez boa defesa.

Uma rapidinha!
A pressão rubro-negra voltou com tudo na segunda etapa. Logo aos 4 minutos, Pedro Ken bateu a falta com rapidez. Nino Paraíba não perdeu tempo e mandou um petardo no fundo das redes.

Aos 15 minutos, Marquinhos levantou na área e Victor Ramos fez, de cabeça, o terceiro gol baiano. Mesmo assim, o ASA conseguiu a recuperação. Aos 20 minutos, Chiquinho Baiano cruzou na medida e Lúcio Maranhão marcou de cabeça para o time da casa.

O gol animou o ASA e três minutos depois, Roberto Jacaré aproveitou cruzamento de Lúcio Maranhão para fazer mais um para os donos da casa. O ASA bem que tentou o empate, mas o Vitória segurou o resultado positivo.

Próximos jogos
Pela 12ª rodada, o ASA irá a Fortaleza encarar o Ceará no sábado, às 16h20. No mesmo dia e horário, o Vitória pegará o Atlético-PR, em Curitiba.

Fonte: Futebolinterior.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão