sábado, 14 de julho de 2012

Bahia x Flamengo - Times e técnicos debaixo de muita pressão

Tricolor na zona de rebaixamento e Joel na interminável crise do Fla.
O Estádio de Pituaçu, em Salvador, deve estar lotado, neste domingo, às 16 horas, para o confronto entre o Bahia e o Flamengo, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Com os times em baixadas, os dois técnicos também entram em campo ameaçados de perderem seus cargos. O Bahia tem sete pontos, na zona de rebaixamento, enquanto o Flamengo soma 12 pontos, está em posição intermediária, mas vive momento de tensão.

A saída de Joel Santana já tem sido o centro das atenções na Gáveas há várias semanas. Uma derrota mais séria, por goleada, por exemplo, pode precipitar a sua demissão. De outro lado, a campanha do tricolor é muito fraca e o time parece fraco tecnicamente para disputar o Brasileirão.

“Temos enfrentado vários problemas de ordem médica ou de suspensão. E isso tem pesado”, lamenta Falcão.

Joel Santana voltará a Salvador, depois de ter deixado o time no primeiro semestre. Mas ele, como sempre, vê tudo com bom humor.

“Sou filho da terra e ninguém trata mal um filho. Aliás, um papai! Ainda vou morar na Bahia. As pessoas não levam fé quando falo, mas vou mesmo”, declarou o treinador em entrevista, onde ainda afirmou querer a faixa de campeão baiano, por ter comandado o time em quatro jogos do Estadual.

Bahia reforça a marcação
Após o fraco desempenho no último jogo, quando o tricolor baiano perdeu para o Botafogo no Engenhão por 3 a 0, Falcão fará uma modificação na equipe: sai o atacante Elias e entra o volante Diones.

Com isto, Falcão troca o tradicional 4-4-2 pelo esquema da moda, que também vem sendo usado pela Seleção Brasileira, 4-2-3-1, deixando Souza como única referência no ataque tricolor, mas liberando os meias Kléberson, Mancini e Gabriel para aparecerem como opções ofensivas.

Duas novidades no Flamengo
Contando com a regularização do lateral-esquerdo Ramon, ele foi escalado. Mas a principal novidade é mesmo a volta do atacante Deivid, que andou em má fase e nos últimos jogos não vinha nem sendo relacionado para o banco.

Com isso, além de promover a estreia de Ramon, Joel deverá confirmar o retorno do atacante Deivid, que não defende o time desde o dia 6 de junho e nas últimas rodadas do Brasileirão sequer ficou no banco de reservas.

Reserva de Fábio Santos no Corinthians que foi campeão da Copa Libertadores na semana passada, Ramon terá a primeira chance de mostrar serviço com a camisa flamenguista, enquanto Deivid aproveitou a brecha aberta na equipe pela suspensão de Vágner Love. A mesma situação vive o meia Adryan, que será titular também beneficiado pelo fato de Bottinelli estar suspenso.

Fonte: flamengo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão