quinta-feira, 26 de julho de 2012

Flamengo 0 x 0 Portuguesa - Ficou ruim para os dois times

Na estreia do técnico Dorival Júnior, o Flamengo jogou mal e apenas empatou sem gols com a Portuguesa, nesta quinta-feira à noite, no Engenhão, no Rio de Janeiro, no fechamento da 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro.
O resultado foi ruim para ambos. A Lusa continua na zona de rebaixamento, com 10 pontos, porque o Bahia venceu o Palmeiras, por 2 a 0, e chegou aos 11 pontos. O Flamengo, com 16 pontos, ocupa a 10.ª posição.

Dorival Júnior estreou sem dar um treinamento, mas tinha no banco de reservas o auxiliar Jaime, ex-zagueiro do clube e que atuou no Guarani. A Lusa continua sem vencer um jogo como visitante. Um triste tabu. Agora já são 19 jogos fora de casa na temporada, com 12 vitórias e sete empates.

Lusa melhor
Armada no esquema 3-5-2, a Portuguesa se mostrou eficiente na marcação e soube explorar bem a velocidade de seus alas, principalmente Luis Ricardo, pelo lado direito. Ele sempre levou vantagem sobre Ramon, que ficou todo o primeiro tempo sem cobertura.

Na estreia do técnico Dorival Júnior, duas surpresas: a saída do zagueiro Marllon para a entrada de Wellington e no meio-campo a surpresa maior, com Renato Abreu ficando de fora.

Mesmo assim, os dois times se alternaram nas chances de gol. A Portuguesa foi mais perigosa. Aos 10 minutos, num chute de Héverton, espalmado por Paulo Victor. O Flamengo respondeu no minuto seguinte com um chute cruzado de Léo Mauro, defendido por Dida. Aos 12 minutos, Love desceu sozinho em velocidade, mas deu um toque na frente e Dida se antecipou mandando a bola para fora com os pés.

Mais chances
Aos 22 minutos, Luís Ricardo desceu pela direita e fez o passe para Ricardo Jesus que chutou a bola no travessão.

Aos 23 minutos, a Portuguesa reclamou de um Pênalti supostamente sofrido por Héverton, calçado por trás por Wellington. O juiz considerou um lance de pé na bola e não no adversário. A última chance saiu com Vagner Love, que não soube aproveitar a falha da defesa, que parou pedindo impedimento. Love não acreditou, bateu de esquerda, mas por cima do travessão.

Volta com Abreu
Como era esperado, na volta do intervalo Dorival Júnior colocou o experiente Renato Abreu no lugar de Ibson, pedindo a ele que desse uma cobertura para Ramon, do lado esquerdo.

O jogo recomeçou equilibrado, mais truncado no meio-campo. E ao contrário do primeiro tempo, ninguém criou mais chances reais para marcar. Por isso, o empate acabou sendo justo. No final do jogo, a torcida vaiu muito o rubro-negro, chamando-o de "time sem vergonha". Vagner Love respondeu nas entrevistas.

"Aqui não tem ninguém sem vergonha na cara. Mas a torcida tem o direito de protestar".

Próximos Jogos
No domingo, pela 13.ª rodada, o Flamengo vai até o Morumbi enfrentar o São Paulo, a partir das 16 horas. De outro lado, a Portuguesa vai receber no Canindé o Náutico, num duelo de seis pontos para quem luta para evitar o rebaixamento.

Fonte: Futebolinterior.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão