sexta-feira, 6 de julho de 2012

Vamos dar paz ao Joel, pede Zinho

Diretor de Futebol do Flamengo falou sobre o FlaxFlu que mais o marcou como jogador e criticou boatos em relação a saída de Joel Santana.
O diretor de Futebol do Flamengo, Zinho, quebrou o silêncio em relação aos boatos que circularam recentemente na imprensa sobre a demissão do treinador Joel Santana. Zinho disse que muito do que foi falado não passa de "boatos sem fundamento" e que Joel é o técnico. E pronto. Não há, no momento, segundo o dirigente, motivos para que esta polêmica continue.
"Ele (Joel) é o treinador da equipe. Se ele for demitido eu serei o primeiro a comunicar a vocês (imprensa). A notícia vem de dentro do clube para fora e não o contrário. Por favor, não fiquem aí dizendo toda hora que o Joel vai cair, que está vindo para cá A ou B. Vamos parar com isso. Se o Joel for demitido eu serei homem de vir aqui e falar com vocês. Vamos dar paz ao Joel", disparou Zinho.

Após o desabafo, o dirigente voltou a falar sobre futebol. E o assunto não poderia ser outro: FlaxFlu. Em relação à partida do próximo domingo, que marca os 100 anos do clássico, Zinho revelou qual foi o FlaxFlu, dos muitos que disputou, que mais marcou sua carreira.

"O da despedida do Zico foi marcante. Além de vencermos por 5x0 e ser a despedida do Zico, eu dei o passe para o gol do Uidemar", lembrou Zinho, referindo-se ao jogo ocorrido em 1989, em Juiz de Fora- MG, pelo Campeonato Brasileiro daquele ano.

Em relação ao FlaxFlu de domingo, Zinho também o vê como um jogo especial.

"Dizem que um clássico é um divisor de águas. Essa vitória não vai determinar se seremos campeões, nem se o técnico vai sair. O que a vitória domingo vai apontar é se essa juventude que o Flamengo aposta está bem. O time ainda não fez uma brilhante atuação. E em um FlaxFlu centenário seria ótimo uma grande exibição da nossa equipe", concluiu.

Fonte: flamengo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão