sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Barueri 1 x 0 ASA - Vitória importante, mas ainda do lanterna

Na sua luta contra o rebaixamento, o Grêmio Barueri venceu o ASA, por 1 a 0, na Arena Barueri, nesta sexta-feira à noite, pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. a vitória foi apertada, porém, justa porque o time paulista foi mais ousado diante de um adversário apático. Apesar da vitória, o Barueri ainda é o lanterna com 13 pontos, enquanto o ASA continua com 24 pontos, em 14.º lugar.
 
Enquanto o time paulista vinha de três derrotas seguidas, para Avaí, por 2 a 1, Guaratinguetá, por 3 a 2 e Vitória, por 1 a 0, o ASA entrou em campo aliviado com duas vitórias consecutivas, uma sobre o rival CRB, por 1 a 0, e outra de goleada, em Arapiraca, diante do São Caetano, por 4 a 1.

Precisando da vitória, o Barueri tomou a iniciativa ofensiva desde os primeiros momentos. Mas, nervoso, errou muitos passes e não chegou na frente com boas condições para as finalizações. Mesmo assim, o goleiro Gilson fez três boas defesas.

De outro lado, o ASA se mostrou apático, muito recuado e sem a opção do contra-ataque. Aos 42 minutos, depois de tanto insistir, o Barueri fez seu gol. Após levantamento na área, a defesa rebateu duas vezes até o chute final de Marcelinho, que bateu no canto alto de Gilson. O curioso é que Marcelinho só entrou em campo, aos 22 minutos, com a contusão de Henrique Dias.

O segundo tempo começou mais movimentado, mesmo porque o ASA adiantou a marcação e passou a dar trabalho para a defensiva paulista. O Barueri entrou decidido a explorar os contra-ataques. Ameaçou com Marcelinho, aos 42 segundos, mas levou um susto no primeiro minuto, numa cabeçada de Lúcio Maranhão que tocou no travessão.

Aos 12 minutos, o técnico Nedo Xavier resolveu arriscar no ASA. Tirou dois volantes – Cal e Lucas – para as entradas de dois meias – Davi Ceará e Valdívia. Depós ainda tirou o zagueiro Edson Veneno para a entrada do atacante Roberto Jacaré.

Apesar da vontade, o ASA não ameaçou o goleiro Fernando Leal. O Barueri administrou a vitória.

Na terça-feira à noite acontece a 22.ª rodada completa, com 10 jogos. O Barueri vai até Natal (RN) medir forças com o ABC, outro time ameaçado pelo rebaixamento. O ASA, em Arapiraca, vai receber o Ipatinga, também lutando contra o descenso.
Fonte: Futebolinterior.com.br

ASA confirma mais um reforço: o lateral-direito Osmar

A direção do ASA confirmou mais um reforço. Depois do meia Elton, vindo do futebol maranhense, foi a vez do lateral-direito Osmar, 30 anos, que já teve passagens por clubes como Santa Cruz, São Caetano, Portuguesa e recentemente estava no Red Bull Brasil.
O atleta chega para suprir uma carência do elenco, uma vez que após a saída de Eric, que na última semana teve o seu contrato rescindido, apenas Gabriel vem atuando na posição, de forma improvisada, uma vez que é meio-campo de origem.
Assim como o meia Elton, o novo contratado Osmar chega no final de semana e aguarda o retorno do grupo que estará em São Paulo, enfrentando o Barueri.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

ASA confirma contratação do meia Elton ex-Santa Quitéria

A direção alvinegra continua reforçando o elenco para a sequencia do Brasileiro da Série B. Na tarde desta quarta-feira, a direção do ASA confirmou a contratação do meia-atacante Elton, 25 anos, que defendia o Santa Quitéria do Maranhão e atuou contra o ASA pela Copa do Brasil deste ano.
O atleta chega para reforçar o meio campo alvinegro, que conta atletas como Didira, Valdivia, Davi Ceará e o jovem Thalisson, que estreou pelo clube no jogo contra o São Caetano, atuando improvisado na lateral-esquerda.
Elton chamou a atenção da equipe alvinegra durante a disputa da Copa do Brasil deste ano, quando a equipe alagoana enfrentou o Santa Quitéria do Maranhão. O ASA venceu as duas partidas, no interior maranhense por 3 a 2 e no Municipal de Arapiraca por 2 a 1. Elton inclusive marcou um dos gols da equipe rival.
Agora, o atleta faz parte do elenco alvinegro e tem chegada prevista para o próximo domingo, dependendo apenas da regularização para ficar a disposição do técnico Nedo Xavier
FICHA TÉCNICA
Nome: Wellington das Chagas Pereira (Elton)
Data de Nascimento: 1987-06-14 (25 anos)
Posição: Meia
Clubes: Imperatriz-MA, Santa Quitéria-MA, Guarany-CE, Bacabal-MA
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Pintado desenha CRB para enfrentar o América-MG no Rei Pelé

O CRB pode ter novidades para o duelo do próximo sábado, às 21h00, contra o América-MG no estádio Rei Pelé. O técnico Pintado comandou um treinamento na tarde desta quinta-feira, que mostrou um time diferente do meio para frente e que poderá contar com reforços recém contratados.
O trabalho realizado na tarde desta quinta-feira, no Rei Pelé, mostrou que o técnico Pintado pretende mudar mais uma vez o time regatiano. Na lateral-esquerda, mesmo com o retorno do então titular Jadilson, o substituto Gleidson foi mantido na equipe principal.
No meio de campo, o recém contratado Diego Palhinha ganhou uma vaga ao lado de Geovani, enquanto Edson e Ricardinho ganharam oportunidades no time, uma vez que Aloísio Chulapa foi poupado e Wanderley foi colocado no time reserva por opção tática.
Sendo assim, o time principal que treinou nesta tarde, formou com Cristiano, Ednei, Rogélio, Rodrigão e Gleidson; Roberto Lopes, Diego Aragão, Geovani e Diego Palhinha; Edson e Ricardinho.
O técnico alvirrubro ainda ganhou uma boa notícia, que foi a regularização de quatro dos cinco reforços contratados. Gilberto, Diego Palhinha, Marcinho Guerreiro e Carlinhos Bala já tem condições legais de jogo. Porém, os dois últimos reforços, ainda não tem condições físicas para atuar.
Outro que ainda não tem participação confirmada é o novo lateral-direito Everton Silva, que não teve a sua documentação regularizada perante a CBF e ainda não tem condições de jogo, o que pode acontecer nesta sexta-feira (31).
O CRB encerra na manhã desta sexta a preparação para o duelo contra o América-MG, às 21h00, no estádio Rei Pelé, em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.
Fonte: cadaminuto.com.br

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Flamengo 1 x 1 Sport - Erros de um passado recente!

A necessidade da vitória não foi suficiente. Mirando uma aproximação do G4, o Flamengo apenas empatou em 1 a 1 com o Sport, nesta quinta-feira, em Volta Redonda, pela 20ª rodada, e passou longe de acertar o ‘alvo’. Mostrando as mesmas deficiências de sempre, o Flamengo abriu o placar com Ibson. Ainda no primeiro tempo, o Sport buscou o empate com o atacante Felipe Azevedo.
 
Depois de uma rápida ascesão, com a chegada de Dorival, o Flamengo voltou a cometer os erros de um passado recente e perdeu a oportunidade de sair com a vitória. Sendo assim, o time carioca manteve a 10ª colocação com 27 pontos. Já o Sport, emplacou a 11ª partida sem vitórias e amarga a 18ª colocação, na zona de rebaixamento, com apenas 16 pontos.
 
Partida Muita vontade, mas pouca qualidade. Foi assim que começou o confronto entre Flamengo e Sport, nesta quinta-feira, com uma 'tímida' torcida Rubro-Negra em Volta Redonda. Com uma pequena superioridade na posse de bola, o Flamengo mostrava deficiência na criação das jogadas pela ausência de um camisa 10. Mas Thomás assumiu o posto. Pelo menos aos 13 minutos. O atacante faz boa jogada pela esquerda e tocou para Ibson na entrada da área. O volante chegou de trás e mandou uma pancada de perna direita.
 
Mas o gol não escondeu as falhas na criação das jogadas. Muito longe de ser superior, o Sport também mostrava porque ficou sete partidas sem marcar um único gol. Sem qualidade no passe, restava apenas uma coisa: explorar os erros do adversário. O volante Rithelly pegou o setor do Fla desarmado, puxou o ataque e lançou para Hugo, na esquerda. O meia chutou na segunda trave. No rebote, o atacante Felipe Azevedo aplicou um 'carrinho' para empurrar para o fundo das redes.
 
Depois das tentativas de contratar Riquelme e Diego, o Flamengo precisou se contentar com o possível retorno de Adriano. Mas enquanto o atacante aprimora o físico, o setor de criação do Flamengo ficava sob responsabilidade do jovem Thomás. O time praticamente esqueceu a direita e, pela esquerda, explorava Thomás, que assustou o Sport com um belo chute aos 31. Enquanto Isso, as opções do Sport eram Cicinho e Gilsinho, que tentavam a rápida ligação do meio com o ataque, mas as chances eram desperdiçadas pelos atacantes.
 
Segundo tempo
As orientações do técnico Dorival Júnior não foram compreendidas e o Flamengo voltou para a segunda etapa com a mesma falta de criatividade. Enquanto isso, o Sport apenas se defendia sem muitas armas ofensivas. No Flamengo, Dorival sacou o volante Cáceres para a entrada do atacante Liedson. Sem medo de ser feliz, o técnico Waldemar Lemos trocou os atacantes Gilsinho e Felipe Azevedo, por Henrique e Gilberto. Antes das mudanças fazerem algum efeito, o desempate quase aconteceu.
 
A primeira chance foi do Flamengo, com um belo chute de Luiz Antônio, que desviou na zaga, mas foi afastado na sequência. O Sport tentou responder com Hugo, mas o chute saiu prensado, facilitando a defesa do goleiro Felipe. Aos poucos o Flamengo chegava com mais perigo. Mas Liedson mostrou que a zica está forte. Depois de mandar um bola no travessão, no clássico contra o Botafogo, o atacante fez um belo chute, mas foi extraordinariamente defendida pelo goleiro Magrão, valendo até comemoração pelos 400 jogos no gol do Sport.
 
Aos 30 minutos, Magrão salvou o Sport em mais uma bela defesa. Depois de seis bolas alçadas na área sem finalidade, Adryan, que entrou no lugar de Thomás, colocou a bola no chão e viu Botinelli chegar de trás. O meia recebeu e bateu forte, mas Magrão defendeu. Sem poder de reação, o Sport apenas se defendia da pressão rubro negra.

Mas a baixa qualidade do meio-campo do Flamengo é tanta que até influenciou Vágner Love. Aos 37, o atacante recebeu bom laçamento, mas estava impedido. Na sequência, recebeu na entrada da área, mas simplesmente não conseguiu dominar uma bola fácil. Sendo assim, o Flamengo desperdiçou mais uma grande chance de sair com a vitória.
 
Próximos jogos
No próximo domingo, o Flamengo encera o Internacional, às 16h, no Estádio Beira-Rio, no reencontro do técnico Dorival Júnior com o ex-clube. No mesmo dia e horário, o Sport recebe o Santos, na Ilha do Retiro, em Recife.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Eleição 2012 - 2015 do SINTEAL

Nos dia 29 e 30 de agosto de 2012, Alagoas passará pelo processo de eleitoral nos Núcleos Regionais  do SINTEAL para a escolha dos novos componentes que farão parte durante o período de 2012 a 2015. Viçosa conta com duas Chapas.

A CHAPA 1 É FORMADA DA SEGUINTE FORMA:



A NOVA DIREÇÃO REGIONAL - VIÇOSA, SERÁ FORMADA PELA CHAPA 1

CHAPA 1: "UNIR, LUTAR E VENCER"

FRANCISCO TERTO DA SILVA - Presidente

JOSÉ FRANCISCO DA SILVA - Vice Presidente

JALDRIANA VERISSIMO DOS SANTOS - Secretária Geral

CÍCERO LIMA DE MELO - Tesoureiro

MARIA FERREIRA DO NASCIMENTO E SILVA - Secretária Sindical

JOAQUIM LIRA DA SILVA - Secretário de Assuntos Educacionais

LUIZ SOARES DE OLIVEIRA - Secretário de Imprensa e Comunicação

JOSÉ CÍCERO DOS SANTOS - Secretário de Formação Sindical

WILMA DE SOUZA DA SILVA - Secretária Adjunta 1

MARIA ALDINA RODRIGUES - Secretária Adjunta 2

MARIA DAS GRAÇAS ZEFERINO VASCONCELOS - Secretára Adjunta 3
  

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

ASA 4 x 1 São Caetano - Fantasma espanta Azulão do G4!

Depois de cinco rodadas, o São Caetano deixou o G4, grupo de acesso, da Série B do Campeonato Brasileiro. Na noite desta terça-feira, o time do ABC foi derrotado pelo ASA, por 4 a 1, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca e saiu fora do grupo dos quatro primeiros colocados.
 
O time do ABC caiu para o quinto lugar com 34 pontos e foi ultrapassado pelo Goiás, que derrotou o América-RN, por 1 a 0. Na rodada passada, em casa, o Azulão tinha perdido para o Guarani, por 2 a 1, perdendo uma série de 16 jogos invicto.

Já o ASA venceu a segunda seguida e subiu para o 14º lugar, com 24 pontos, seis a mais que o primeiro time da zona de rebaixamento: o Guaratinguetá, com 18.

O jogo
A partida começou quente com o ASA pressionando e conseguindo abrir o plarcar rapidamente. Logo aos 13 minutos, como um verdadeiro ponta direita, Lúcio Maranhão foi até a linha de fundo, passou pela marcação, e cruzou rasteiro para Didira mandar para o gol, aos 13 minutos.
 
Mas não deu tempo dos mandantes nem comemorarem direito, pois no lance seguinte o Azulão volta à partida. Pedro Carmona cobrou falta em direção à área, a defesa do ASA não conseguiu cortar e a bola ficou viva. No bate-rebate, Wagner aproveitou para mandar para as redes.
 
Depois o jogo ficou igual depois do gols e as chances começaram a ficar escassas. Quem esteve mais perto de marcar foi o ASA. Em lance de velocidade, pelo lado do campo, Thallyson encontrou Lúcio Maranhão dentro da área. O atacante cortou o adversário, mas bateu em cima do goleiro Luiz.
 
Volta disposta
O ASA voltou dos vestiários disposto a resolver a partida de forma rápida e foi para cima. Aos 13 minutos, em uma infelicidade da defesa do Azulão, veio o segundo gol. Lucas recebeu pela esquerda em velocidade e cruzou rasteiro. Os atacantes do time alagoano não conseguiram escorar e Samuel Xavier, ao tentar fazer o corte, colocou contra o próprio gol.
 
Sérgio Guedes tentou fazer mudanças no time visitante trocando a dupla de ataque. Mas as trocas não funcionaram e o donos da casa conseguiram ampliar a vantagem aos 23 minutos. Didira tabelou com Lucas e recebeu na entrada da área. De primeira, o meia bateu colocado e acertou o angulo esquerdo do goleiro Luiz, sem chances de defesa.
 
O Azulão teve boa oportunidade de diminuir a diferença em cobrança de pênalti de Pedro Carmona sofrida por Danielzinho, o goleiro Gilson saltou no canto esquerdo e conseguiu fazer a defesa. Ainda houve tempo de Lúcio Maranhão aumentar a diferença depois de grande jogada individual aos 46 minutos.
 
Próximos jogos
O ASA volta a campo contra o Grêmio Barueri, na próxima sexta-feira, às 21 horas, na Grande São Paulo. Já o São Caetano recebe o Avaí, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC paulista.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Bragantino 0 x 2 CRB-AL - Galo da Pajuçara passeia em Bragança...

Na noite desta terça-feira ao Bragantino conheceu a sua quinta derrota seguida na série B. Desta vez o Massa Bruta foi superado pelo CRB, que também vinha de quatro resultados negativos, por 2 a 0, em pleno Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança. Agora, a situação se complicou ainda mais para o time e para o técnico Roberto Cavalo.
 
Com a derrota o Bragantino está na zona do rebaixamento, na 18ª posição, com 15 pontos ganhos até aqui. O CRB, com o resultado, chegou aos 24 pontos e está na 14 colocação.

Fraco...
O CRB começou o jogo apostando na pressão para tentar surpreender o Bragantino. Logo nos primeiros cinco minutos de jogo o Galo da Pajuçara teve dois escanteios ao seu favor, mas acabou não aproveitando e deixando a zaga do Braga afastar a bola para longe.
 
Na sequência o Bragantino passou a siar mais para o jogo e conseguiu criar uma boa oportunidade aos sete minutos, quando Léo Jaime recebeu na área do CRB, virou, mas na hora do arremate o goleiro Cristiano apareceu bem para fazer a defesa e salvar o time alagoano.
 
A grande chance de gol do primeiro tempo foi do Braga. Aos 15 minutos, o meia Cesinha recebeu passe na esquerda, penetrou na área e bateu cruzado. O goleio Cristiano conseguiu desviar a bola com as pontas dos dedos e mandar para a linha de fundo. Na cobrança do escanteio, o goleiro voltou a ficar com a bola, afastando o perigo de sua área.
 
O jogo permaneceu equilibrado sem muita criatividade. O CRB também chegou perto do gol, com Wanderley. Após rápido contra-ataque puxado por Aloisio Chulapa, o atacante entrou na área pela esquerda e bateu cruzado. A bola passou pelo goleiro do Braga e tirou tinta da trave, indo para a linha de fundo.
 
Deu Galo!
a segunda etapa começou mais equilibrada. O Braga foi para cima logo no primeiro minuto e conseguiu uma boa oportunidade. Luciano Sorriso cobrou falta e viu a bola resvalar na barreira antes de passar perto do poste direito do goleiro Cristiano. O CRB respondeu á altura com o atacante Wanderley. Ele fez o cruzamento da direita, mas a bola pegou efeito e quase surpreendeu o goleiro, acertando o travessão de Alê.
 
Com o jogo equilibrado, o CRB apostou nos contra-ataques. Em um bem feito, aos 25 minutos, Aloísio Chulapa abriu o placar. Ricardinho fez a jogada pela direita e cruzou. o goleio Cristiano rebateu, mas deixou a bola nos pés do atacante, que chutou com categoria para colocar o Galo da Pajuçara na frente.
 
Dez minutos após marcar o primeiro gol, o CRB oi para o ataque mais uma vez e definiu a partida. Aloísio Chulapa fez boa jogada e lançou Gleidson, que entrou na área, passou pelo goleiro e tocou para a o fundo das redes. O Braga acumula cinco derrotas seguidas e precisa reagir para sair da situação em que se encontra.
 
Próximos jogos
O Bragantino volta a campo na próxima sexta-feira, contra o Criciúma, em santa Catarina. Já o CRB, joga no sábado, em Maceió, contra o América-MG. Ambos os jogos serão válidos pela 21ª rodada da Série B.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

ASA x São Caetano - Azulão não quer dar sopa para o azar

Mesmo atuando fora de casa, o São Caetano não pensa em outra coisa se não voltar com os três pontos na bagagem. Por isso, só a vitória interessa ao Azulão nesta terça-feira contra o ASA, às 21h50, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, pela primeira rodada do returno e a 20ª do Campeonato Brasileiro da Série B.
 
O time alvinegro vem embalado com a vitória no clássico sobre o CRB, por 1 a 0, e se distanciou um pouco mais da zona de rebaixamento, subindo para a 14ª colocação, com 21 pontos. Já o Azulão foi derrotado pelo Guarani, por 2 a 1 e viu a sequência invicta de 16 jogos ir por água abaixo, estacionando nos 34, mas mesmo assim continuando no G4, em quarto lugar.

No primeiro turno, o ASA venceu o São Caetano, por 1 a 0, no Anacleto Campanella, na estreia da Série B. O gol foi marcado pelo atacante Lúcio Maranhão e os dois times estão com novos treinadores em relação aquela partida. O Azulão era comandado por Márcio Araújo e hoje é por Sérgio Guedes, enquanto o ASA tinha Heriberto da Cunha no banco e hoje tem Nêdo Xavier.
 
Camisa 10 de volta Para manter o bom momento, são dois jogos sem derrota, o ASA terá uma volta importante nesta terça-feira. O meia Didira, um dos principais jogadores do time nesta Série B, retorna após cumprir suspensão automática no clássico. Por outro lado, o lateral-esquerdo Chiquinho Baiano recebeu o terceiro cartão amarelo e fica de fora.
 
No lugar de Chiquinho Baiano, o técnico Nêdo Xavier deve optar pela entrada do jovem Thallyson, que foi revelado nas categorias de base do próprio ASA. Existia ainda a possibilidade do meia Davi Ceará atuar no setor, mas isso não deve acontecer. O restante do time deve ser o mesmo que venceu o clássico, já que o comandante aprovou a atuação.
 
"Contra o São Caetano não temos o Chiquinho Baiano, mas temos o Thallyson e o Davi Ceará como opções. Vamos avaliar com calma", comentou Nêdo Xavier.
Azulão tem problemas Visando a reabilitação e a manutenção no G4 do Brasileiro, o São Caetano terá que passar por cima de alguns desfalques importantes. O principal deles é o meia Marcelo Costa, camisa 10 do time e que continua de fora por ainda não ter se recuperado de um estiramento no músculo posterior da coxa esquerda. Ele já não havia jogado diante do Guarani.
 
Outro desfalque é o zagueiro Gabriel, que recebeu o terceiro cartão amarelo e cumpre suspensão automática. Para o seu lugar, o técnico Sérgio Guedes deve optar pela entrada de Eli Sabiá. O restante do time não deve sofrer grandes mudanças, mas existe a possibilidade de Geovane aparecer no lugar de Danielzinho, que não foi bem contra o Guarani.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Carlinhos Bala se apresenta ao CRB e promete muita dedicação ao Galo

Um dos grandes nomes contratados para o CRB nesta Série B já está na Pajuçara. O meia-atacante Carlinhos Bala chegou nesta segunda-feira e começous os trabalhos físicos com o preparador Fábio Guerreiro. Bala foi recepcionado pelo presidente Marcos Barbosa, que aposta muito neste reforço.
"É um atleta de grande currículo e que vem para somar com o grupo que aqui está. O presidente Marcos Barbosa está otimista que o CRB vai fazer um grande segundo turno", disse o mandatário regatiano.
"Vestir uma camisa de tradição como a do CRB é motivo de muito orgulho. Prometo me empenhar bastante e trazer muitas alegrias ao torcedor alagoano. Tenho muita experiência no futebol e posso contribuir muito com esse grupo", afirmou Bala.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Jogador do ASA aparece na Seleção da décima nona rodada

Goleiro: Harlei (Goiás)
Não conseguiu impedir a derrota do seu time para o Joinville, dentro da Arena Joinville. Mas foi o grande destaque do jogo, com grandes defesas, mostrando personalidade e usando de toda a sua experiência para segurar o adversário. Não deu para impedir a derrota, mas para evitar um placar elástico.
Lateral-direito: Fabinho (América-RN)
Num clássico equilibrado, ele se destacou por sua atenção na marcação e por também ajudar o time no apoio. Tem sido um jogador importante para o técnico Roberto Fernandes, que também saiu como grande vitorioso do clássico com o ABC. Desde o returno do Campeonato Potiguar, o América venceu cinco vezes seguidas ao rival, todas sob o comando de Fernandes. Um pé quente. Além de competente, é claro.
Zagueiro: Manoel (Atlético-PR)
Foi um “monstro” na defesa do Furacão no clássico com o Paraná. Não perdeu uma dividida, antecipou jogadas e foi perfeito na marcação. Tanto que recebeu o prêmio “Craque Kaiser” da equipe esportiva da Rádio Banda B, de Curitiba, que tem como comentaristas dois ex-jogadores da década de 70/80: o meia Sicupira e o lateral Dionísio.
Zagueiro: Cléber (América-RN)
O ABC praticamente não pressionou no primeiro tempo, mas a etapa final foi um verdadeiro ataque contra defesa. O América-RN recuou e chamou o adversário para cima, já que queria jogar apenas no contra-ataque. O que se viu foi diversas bolas levantadas para a área, mas com uma zaga bem postada, o goleiro Thaigo Schimidt foi pouco exigido. Cléber dominou o jogo aéreo e também soube neutralizar o sempre perigo Elionar Bombinha
Lateral-esquerdo: William (Joinville)
Marcou o gol do seu time na vitória apertada, porém justa, sobre o Goiás. Além disso, mostrou muita disposição pelo lado esquerdo e mereceu ser selecionado pelo FI.
Volante: Cal (ASA)
É determinado e importante taticamente. Às vezes não aparece em campo, mas dentro dele é fundamental para a regularidade do time, principalmente no aspecto da marcação.
Meia: Fumagalli (Guarani)
Entrou no segundo tempo e recebeu a bola de seus companheiros para bater o pênalti, que deu o empate contra o São Caetano. Ele foi lá, com frieza e conferiu. Depois bateu a falta para a área, onde a bola resvalou em Rodrigo Arroz e entrou: 2 a 1 Guarani sobre o Azulão. Uma volta de gala para quem ficou 118 dias afastado. E que a comissão técnica, agora, aprende a usá-lo com mais inteligência, sem forçá-lo tanto. Com 34 anos, Fumagalli não agüente mais o ritmo de jogos de quarta e domingo sem parar.
Meia: Pedro Ken (Vitória)
Tem sido o “talento” do rubro-negro na sua excelente campanha em busca do acesso dentro da Série B. E em todo jogo tem deixado a sua marca, como aconteceu diante do Ceará, na bela virada dentro do Estádio Presidente Vargas.
Meia: Wellington Bruno (Ipatinga)
É um jogador diferenciado, que fica em destaque no modesto time do Ipatinga, ainda na zona do rebaixamento. Mas ele foi decisivo ao marcar o gol da vitória sobre o Coelho, este sim em baixa, sem vencer há cinco rodadas.
Atacante: Zé Carlos (Criciúma)
SE a obrigação do atacante é fazer gols, então ninguém pode reclamar nada de Zé Carlos. Ele marcou os dois gols na vitória sobre o rival Avaí, que vinha de uma boa série invicta. E Zé Carlos fechou o primeiro turno disparado na artilharia, com 18 gols. O vice-líder desta disputa é Lima, do Joinville, com 10 gols.
Atacante: Alemão (Guaratinguetá)
Está “comendo” a bola no Guará, que apresentou excepcional reação nas últimas rodadas. Na vitória sobre o Barueri, por 3 a 2, Alemão marcou dois gols, além disso sofreu dois pênaltis. Um foi perdido e outro convertido por Lenilson.
Técnico: Paulo César Carpegiani (Vitória)
Não tem sido visto no banco do time baiano, porque por opção escolheu acompanhar o time das arquibancadas. Mas não há dúvidas de que tem papel importante e decisiva na campanha do Vitória, campeão simbólico do primeiro turno.
A campanha é tão boa, que é recorde na Era dos Pontos Corridos. É um índice de aproveitamento de 77,2%. Em 19 jogos, foram 14 vitórias, apenas dois empates e três derrotas. A campanha do Criciúma também é excelente, com 73,7% de aproveitamento. Foram 13 vitórias, três empates e três derrotas. Méritos para o técnico Paulo Comelli.
Tanto Vitória como Criciúma devem, a partir de agora, ser apontados como favoritos ao acesso. Ou seja, os outros clubes vão brigar pelas duas vagas restantes.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

domingo, 26 de agosto de 2012

Após derrota em clássico, CRB volta a treinar pensando no Bragantino

Sem tempo para lamentações. Assim será o dia do CRB após a derrota para o ASA por 1 a 0 no estádio Rei Pelé. O elenco regatiano voltou a trabalhar na manhã deste domingo, folga a tarde e na segunda viaja para enfrentar o Bragantino no interior paulista.

A reapresentação do elenco alvirrubro acontece em meio a uma derrota num clássico e na estreia do treinador Pintado. Para o próximo confronto, contra o Bragantino, em jogo valido pelo início do segundo turno, o comandante terá o retorno confirmado de Ednei, que cumpriu suspensão e pode ter à sua disposição os atacantes Preto e Edson.

Por outro lado, uma peça importante desfalca a equipe. O lateral-esquerdo Jadilson recebeu o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática. Para seu lugar, Pintado pode escalar Gleidson, promovendo mudanças no meio de campo

A delegação regatiana viaja para São Paulo às 06h50 desta segunda-feira (27), realizando um único treino no interior paulista. Na terça, o clube regatiano enfrenta o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid, às 19h30 em Bragança Paulista.

Fonte: cadaminuto.com.br

CRB e ASA fazem campanhas quase iguais no Brasileirão da Série B 2012


Foram 19 jogos para cada clube

Seis vitórias

Tres empates

Dez Derrotas

Vinte e um pontos ganhos em 57 disputados, equivalendo a sete vitórias.

Trinta e seis pontos perdidos, equivalendo a doze derrotas.

Aproveitamento de apenas 37%.

O ASA é hoje o décimo-quarto na classificação, e o CRB o décimo-quinto.

O ataque do ASA é melhor que o do CRB - são 22 gols do Alvinegro contra 21 do Galo de Maceió.

A defesa do ASA é melhor que a do CRB - tomou 27 gols e a do CRB tomou 33 gols

O saldo negativo do ASA é menos cinco.

o saldo negativo do CRB é menos doze.

Neste final de primeiro turno, temos pouco a comemorar, mas o ASA acabou sendo um pouquinho "menos ruim" que o CRB.

Abraço forte e fraterno.

Clyton Houly

Direto de "Feliz-Cidade"

Fonte: cadaminuto.com.br

Elenco do Fla é unânime: time merecia vitória no clássico

O empate diante do Botafogo, em 0 a 0, no Engenhão, neste domingo (26.08), sem dúvida não freou a recuperação do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Melhor em campo, o time rubro-negro sempre esteve mais perto do gol do que o adversário e ainda teve uma bola no travessão, nos minutos finais. Além disso, a dedicação da equipe, a entrega em campo, deixam elenco e torcedores animados para o segundo turno da competição, que começará na quinta, em jogo diante do Sport.

Capitão do time, Léo Moura expressou bem o sentimento do grupo após o clássico. O camisa 2 exaltou o orgulho de fazer parte de um elenco que está fechado em prol de um resultado maior.

"Foi um clássico e jogos assim são definidos em erros. Quem erra menos, vence. Os dois times estavam com muita atenção em campo e acabaram não dando muita brecha. Só que lutamos muito, corremos o jogo todo. Nos minutos finais, quase vencemos. Tenho muito orgulho de estar nesse grupo. É muito bom ver todo mundo correndo, se dedicando. Faltou sorte para sairmos de campo com os três pontos", afirmou Léo Moura.

Felipe, que pouco foi acionado nos 90 minutos diante do rival alvinegro, também elogiou muito a postura rubro-negra. E como essa vontade tem sido uma marca do time nos últimos jogos, o arqueiro planeja um segundo turno muito melhor.

"Essa é a mesma equipe que começou o campeonato. Foram poucas alterações no time. A gente sabia que podia render mais e com a chegada do Dorival isso aconteceu. É preciso continuar nessa batida, nesse ritmo. Assim, vamos buscar uma posição bem melhor nesse campeonato", prevê Felipe.

Recentemente alçado ao elenco profissional, o jovem Adryan, criado na Gávea, sabe que é preciso essa raça para se vencer no Flamengo.

"Temos um grupo qualificado, sabemos disso. Nos reunimos no final de cada jogo para renovar nossa união dentro de campo. Quanto mais junto tivermos, mais fechados, venceremos mais jogos", finalizou.

Fonte: flamengo.com.br

Botafogo 0 x 0 Flamengo - Jogo horrível e empate justo!

Em jogo de pouquíssimas chances de gol, Botafogo e Flamengo abusaram dos erros de passes e somente empataram, por 0 a 0, neste domingo, no Engenhão, pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Brasileiro. O resultado manteve a distância de apenas dois pontos entre as duas equipes, que perderam a chance de se aproximar do G-4. O Botafogo agora tem 28 pontos; o Flamengo, 26.
 
Com Adriano, que acertou seu retorno ao clube rubro-negro esta semana, assistindo ao jogo no estádio, Flamengo e Botafogo fizeram um jogo muito ruim. O goleiro flamenguista Felipe, por exemplo, conseguiu passar a partida inteira sem ter de fazer uma defesa difícil sequer.
 
Fraco! O jogo começou muito movimentado, mas, com muitos erros de passes, as duas equipes mal chegaram aos gols adversários. Foram poucas chances de gol; as melhores, do Flamengo.

Aos 13 minutos, Welinton cruzou para Vagner Love, derrubado na área por Amaral. O juiz marcou pênalti, mas voltou atrás depois de ver que o árbitro assistente havia apontado impedimento de Love, logo antes de ser derrubado. O atacante estava um pouco à frente do marcador.

A primeira boa chance do primeiro tempo foi só aos 43, em contra-ataque. Negueba recebeu fora da área, limpou e bateu no canto, mas Jefferson defendeu. O goleiro botafoguense fez nova boa defesa um minuto depois: Luiz Antonio lançou Léo Moura dentro da área, o lateral bateu rasteiro, mas Jefferson saiu bem e salvou.

Mengão melhor!
O segundo tempo foi ainda pior. A única chance clara de gol foi aos 44 com Liedson, que havia entrado em lugar de Negueba. Ramon fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça do atacante, que mandou a bola no travessão. No rebote, os jogadores do Flamengo pediram pênalti em Vagner Love, não marcado.

Depois do apito final, o holandês Seedorf, sempre solícito, não quis dar entrevista no gramado. Segundo o goleiro Jefferson, ainda dá para sonhar pelo título. "Com certeza vamos acertar alguns detalhes nesse segundo turno e, se conseguirmos, vamos brigar lá em cima".

Liedson se disse feliz pela evolução do Flamengo. "Estamos trabalhando bem, forte, o Dorival implantou sua filosofia e o time está bem, crescendo, a cada jogo sentimos isso".

Próximos jogos
As duas equipes voltam a campo na quinta-feira. O Flamengo recebe o Sport, no Engenhão, e o Botafogo joga fora de casa contra o São Paulo, no Morumbi.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

sábado, 25 de agosto de 2012

CRB 0 x 1 ASA - Maranhão é Deus no Rei Pelé

Deu ASA no clássico alagoano. No encerramento do primeiro turno da Série B do Campeonato Brasileiro, o time de Arapiraca derrotou o CRB, por 1 a 0, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, e estragou a estreia de Pintado no comando da equipe da capital.
 
Além de dar o troco pela perda do estadual deste ano, o ASA ultrapassou o rival na classificação. Ambos tem a mesma pontuação – 21 – mas o time de Arapiraca leva vantagem no saldo de gols (-5 a -12). A nota ruim da partida fica por conta do ataque do CRB, que chegou à quinta derrota, todas sem balanças as redes.
O jogo
O CRB fez uma verdadeira blitz no começo da partida, utilizando sua principal arma: as bolas paradas com Geovani. Antes dos primeiros seis minutos foram três chances de gol, em cobranças de escanteio e faltas, sempre cobradas direto para o gol.
A resposta do time visitante veio na mesma moeda. Davi Ceará, que assumiu a camisa 10 do ASA, cobrou falta em direção à área e a bola ficou viva. Lúcio Maranhão bateu presnsado e acabou atirando por cima. Depois de um começo quente, a partida caiu de rendimento.
Marcando forte, o ASA começou a controlar a partida e ir chegando perto do gol defendido por Cristiano. Dessa forma, aos 36 minutos, os visitantes conseguiram abrir o placar. Depois de cobrança de falta rasteira de Gabriel, Lucio Maranhão antecipou a marcação e deu um leve desvio para o fundo do gol.
Pintado voltou dos vestiários com mais um atacante, devido a entrada de Aloísio Chulapa. Isto fez com que o donos da casa saíssem mais para o jogo e levassem perigo ao adversário, começando com Paulo Vitor, que bateu de longe e exigiu boa intervenção de Gilson.
Em seguida foi a vez do ex-são-paulino Aloísio obrigar o goleiro do ASA a fazer grande defesa depois de cabeçada à queima-roupa. Muito recuado, o ASA deixava o adversário pressionar, mas conseguia se segurar muito bem na defesa e até arriscar algumas subidas ao ataque, apostando na força de Lucio Maranhão. No final da partida, os donos da casa aumentaram a pressão, mas não conseguiram balançar as redes.
Próximos jogos
Os dois times entram em campo na próxima terça-feira, quando a Série B terá rodada completa. O CRB começa o segundo turno contra o Bragantino, às 19h30, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Mais tarde, às 21h50, o ASA recebe o São Caetano, no Estádio Coaracy da Mata, em Arapiraca.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

ASA pode terminar rodada perto do grupo dos dez melhores

O final de semana pode ser mais que positivo para o ASA no Campeonato Brasileiro da Série B. A equipe alvinegra que vem reagindo nos últimos jogos, pode subir três posições, caso vença o CRB e adversários diretos percam nesta 19ª rodada da competição nacional.
 
O elenco alvinegro enfrenta o CRB, no próximo sábado no estádio Rei Pelé e uma vitória coloca a equipe arapiraquense com 21 pontos ganhos. Vencendo, o ASA deve torcer contra ABC (15º) e Guarani (14º), que enfrentam fora de casa América de Natal e São Caetano respectivamente.
 
Caso termine a rodada com sucesso total, a equipe alvinegra estará ocupando a 13ª posição na tabela de classificação da Série B, se afastando ainda mais da zona do rebaixamento e almejando o grupo dos dez melhores e posteriormente o sonhado G4.
 
Diante da evolução na competição nacional, a torcida do ASA tem sido mostrado ainda mais presente, comparecendo em maior número no estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca e planejando comparecer em grande quantidade ao Estádio Rei Pelé na partida diante do CRB.
 
Segundo o vice-presidente de marketing, Sérgio Lúcio, a expectativa é de grande público na capital alagoana. “ASA e CRB se tornou um jogo de grande rivalidade e por isso as torcidas comparecem mesmo. Estamos resolvendo essa questão de quantidade e valores dos ingressos e posteriormente divulgar para organizar essa viagem”, disse o dirigente que aproveita para convidar o maior número e torcedores possíveis.
 
Já o presidente alvinegro, José dos Santos Oliveira, reforça o pedido de paz entre as duas torcidas. “Diante da importância do jogo, queremos as duas torcidas em grande número, fazendo uma festa bonita, mas em paz, sem qualquer tipo de conflito e por isso estaremos trabalhando junto com as autoridades para que isso não aconteça”, afirmou.
 
POSIÇÃO
O Comando de Policiamento da Capital (CPC), através do Coronel Gilmar Batinga, confirmou o plano de segurança para o jogo. Ficou definido que a torcida alvinegra ficará no mesmo lugar que em outros jogos em Maceió.
 
Arquibancadas altas, abaixo do placar eletrônico irão receber a torcida arapiraquense. Ficou definido que bandeiras e faixas serão permitidas.
 
A expectativa é que um número superior a 1000 torcedores estejam presentes no Rei Pelé. Antes de chegar em Maceió, mais precisamente no Pólo Cloroquímico, a torcida do arapiraquense, que estiver chegando em ônibus, vans e carros particulares será escoltada até o estádio.
 
A torcida irá subir pela rampa 4 e o valor dos ingressos já ficou definido: R$ 20 Arquibancadas altas e R$ 50 cadeiras especiais.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Renato Abreu não joga contra o Botafogo

O meia Renato Abreu está fora do jogo contra o Botafogo, domingo, no Engenhão. O jogador realizou exames na tarde desta sexta-feira (24.08) que constataram uma lesão no mesnisco do joelho direito.

O camisa 11 rubro-negro será operado nos próximos dias. O médico do Flamengo, José Luiz Runco, só vai dar previsão de retorno do camisa 11 aos gramados após a cirurgia.
Fonte: flamengo.com.br

Dorival fala sobre o retorno de Adriano: ‘Não vamos estipular prazo’

A chegada de Adriano e a previsão de seu retorno aos gramados ainda são assuntos que geram muitas expectativas.

 
O treinador Dorival Júnior, cauteloso, sugeriu paciência aos torcedores, pois sabe que o jogador - embora esteja curado da lesão no tendão - ainda necessita cumprir algumas etapas do tratamento para retornar em boas condições de atuar com o Manto Sagrado.

"Acho que nós temos que passar isso ao torcedor. O Adriano foi contratado, mas terá que fazer um trabalho de recuperação. Não esperem que ele atue da noite para o dia. Ele tem que tirar essa diferença desse ano e meio sem jogar. O Adriano tem que trabalhar e o torcedor tem que ter paciência", pediu Dorival, enumerando, em seguida, algumas das etapas que o Imperador tem que passar nesta fase final de recuperação.

"O primeiro passo é o condicionamento ideal e, depois, voltar a ter ritmo de jogo. É um processo gradativo. Não vamos estipular prazo nenhum. O primeiro desafio é que ele retome uma condição atlética e aí, depois disso, que ele possa estar em campo em condições de produzir", analisou Dorival.
Fonte: flamengo.com.br

Com lesão no joelho, Renato Abreu será operado

O técnico Dorival Júnior ganhou um desfalque de última hora no Flamengo, às vésperas do clássico com o Botafogo, pela rodada final do primeiro turno do Brasileirão. Renato Abreu teve lesão constatada em exame, realizado nesta sexta-feira, e precisará ser submetido a uma cirurgia no joelho direito.
 
Renato começou a sentir o incômodo na última quinta, não se recuperou e acabou ficando de fora do treino desta sexta-feira. As suspeitas de lesão se confirmaram no período da tarde.

A expectativa é de que o meia fique afastado dos gramados por até um mês. O médicos do Flamengo, no entanto, evitam fazer uma previsão. Querem aguardar a cirurgia antes de estabelecer um prazo.

Sem Renato, Dorival Júnior vai optar entre Ibson e Bottinelli para o meio-campo flamenguista. "[Sem o Renato] Será Ibson ou Bottinelli. Perder o jogador é uma baixa considerável agora que a equipe está alcançando um padrão", lamentou o treinador.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

A direção do CRB confirmou as expectativas e anunciou no final da manhã desta quinta-feira (23) um pacotão de reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Depois da contratação do treinador Pintado, três atletas chegam e podem abrir espaços para mais reforços.
 
O assessor especial da presidência do “Galo Praiano”, Alarcon Pacheco, anunciou a chegada do lateral-direito Everton Silva, que se destacou no Flamengo e teve passagem por clubes do Rio de Janeiro, o volante Gilberto, que atuou recentemente pelo América Mineiro e por fim o conhecido meia Diego Palhinha, com várias passagens no futebol cearense e recentemente atuou no Avaí.
 
Os novos contratados devem abrir espaço para mais atletas, Agora, a necessidade é a contratação de mais dois atacantes, o que pode significar a saída de algum atleta do setor ofensivo, que não vem correspondendo as expectativas e tem sete atletas para a posição.
 
FICHAS
Nome: Everton José Modesto Silva
Posição: Lateral-Direito
Dia do Nascimento: 4 de Agosto de 1988 (24 anos)
Nascimento: Rio de Janeiro (RJ)
Clubes: Friburguense-RJ, Flamengo, Ponte Preta, Boa Vista-RJ, Duque de Caxias-RJ e Atlético-GO
 
Nome: Gilberto dos Santos Souza Júnior
Naturalidade:Serrinha (BA)
Data de nascimento20/10/1988
Posição: Volante
Clubes: Mogi Mirim, Bragantino, Atlético de Ibirama-SC, Oeste-SP, Marcílio Dias-PR, Atléticvo-MG e América Mineiro.
 
Nome: Diego Luyse de Lara (Diego Palhinha)
Data de Nascimento1985-09-14 (26 anos)
Naturalidade Pariquera (SP)
Posição: Meia
Altura: 1,78 cm
Peso74 kg
Clubes: Democrata-MG, Moto Clube-MA, Horizonte-CE, Penapolense-SP, América-TO, Operário Ferroviário-CE, Horizonte-CE, Icasa-CE e Avaí-SC

Fonte: cadaminuto.com.br

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Em preparação para a partida contra o Botafogo, Fla treina marcação cerrada

Equipe realizou atividades físicas no CT do clube, em Vargem Grande, e Dorival Júnior deu ênfase a jogadas defensivas e a marcação sob pressão no campo adversário.

O time do Flamengo voltou a treinar na tarde desta terça-feira (21.08), no CT George Helal, em Vargem Grande. Dorival Júnior dividiu a equipe em três grupos e fez um treinamento de ataque contra defesa, com ênfase na marcação sob pressão no campo adversário.

"Isso Luiz (Antonio), fecha, fecha", pedia o treinador, de dentro do campo, orientando o posicionamento dos jogadores.

"Chega junto Mattheus, chega nele, não dá espaço", gritou Dorival, em outro momento da atividade.

O treinador rubro-negro deixou claro que continua implementando na equipe uma sistema que permita uma compactação maior, com o objetivo de diminuir os espaços entre os setores. Dorival deseja que todos apoiem a marcação e que a responsabilidade de marcar não fique restrita somente aos jogadores de defesa.

O meia Jorge Luiz, recém-integrado ao elenco principal, abandonou o treinamento ao receber uma pancada no tornozelo direito. Após o puxado treino técnico, Dorival presenteou o elenco com um rachão, para a alegria dos jogadores.

A equipe volta a treinar na manhã desta quarta-feira (22.08), no CT George Helal, em preparação para o confronto de domingo (26.08), diante do Botafogo, às 16h, no Engenhão, pela 19ª rodada do Brasileiro. O Mais Querido do Brasil ocupa a 9ª posição na tabela, com 25 pontos somados.
Fonte: flamengo.com.br

Pintado chega e começa a montar CRB para sequencia de jogos

O CRB vive um novo momento. O técnico Pintado chegou cedo na Pajuçara nesta terça-feira e já começou os trabalhos. Primeiro, uma conversa de apresentação e depois movimentação no campo. O atacante Aloísio Chulapa foi o porta-voz do grupo na dedicação de boas-vindas ao treinador recém-chegado.
Em campo, Pintado aplicou inicialmente um trabalho de posicionamento, com campo reduzido. Depois deu ênfase as finalizações. "Chego para somar. Vim para cá pois acredito nesse grupo e no projeto apresentado pelo presidente. O time é muito bom e já mostrou isso na Série B nas vitórias sobre Joinville, Avaí e Atlético-PR", lembrou Pintado.
No período da tarde o grupo faz um novo trabalho tático no CT da Pajuçara. O CRB enfrenta o ASA neste sábado, às 16h20, no Estádio Rei Pelé, pela 19ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Na quarta-feira acontecem trabalhos nos dois períodos. Na quinta será o coletivo-apronto no Trapichão.
Fonte: cadaminuto.com.br

Cobranças marcam reapresentação do CRB que espera por Pintado

A tarde foi movimentada no casarão Antônio Gomes de Barros, mais precisamente no estádio Severiano Gomes Filho na Pajuçara. Uma reunião entre diretoria e elenco do CRB aparou algumas arestas, deixou clara a filosofia que será adotada daqui em diante e preparou o terreno para a chegada novo treinador, Pintado, anunciado no próximo sábado, após a saída de Roberto Fonseca.
Assim como havia mencionado em vários programas de rádio, o presidente do clube alvirrubro, Marcos Barbosa, criticou a atuação do elenco e abriu espaço para que qualquer jogador insatisfeito deixasse o grupo. Além disso o mandatário reforçou a ideia de que o jogador que não se esforçar pelo time poderá ser incluído numa lista de dispensa no próximo dia 30, quando será fechada e paga a folha salarial do mês.
“A reunião foi boa, era o que a gente esperava. Houve cobrança sim, o grupo caiu de produção e não tem motivos para isso. Ninguém quis sair, então, que demonstre vontade de estar aqui, senão, pode ir embora no dia 30”, afirmou.
Chegando na madrugada, o novo treinador, Pintado, já inicia os trabalhos no novo clube na manhã desta terça-feira (21). Segundo o próprio treinador afirmou em entrevista à Rádio Jornal Am710, o trabalho será integral e profissional desde o começo.
“Já recebi algumas informações do clube, com relação aos jogadores e já estou analisando. Não quero perder tempo e o trabalho será integral. O elenco tem muitas qualidades e merece estar em posições melhores”, disse.
Fonte: cadaminuto.com.br

segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Patricia Amorim saúda o elenco do Flamengo após vitória sobre o Vasco

Patricia Amorim é muito querida pelo elenco rubro-negro, que fez a alegria da Nação ao vencer o Vasco por 1 a 0 na noite de ontem. A presidente, que acompanha com frequência os treinamentos do time no centro de treinamento do clube, esteve no Engenhão para asssistir a vitória do Flamengo sobre o rival. Feliz com o triunfo do Mais Querido, Patricia cumprimentou os jogadores após a partida e ressaltou o bom trabalhado que o técnico Dorival Junior vem desenvolvendo à frente da equipe.
 
"O treinador conseguiu passar tranquilidade e essa tranquilidade começou a se traduzir em confiança. Eu sinto uma evolução no time", afirmou Patricia, que foi ao encontro do grupo após a vitória no clássico.
 
"É importante formar opinião com o seu funcionário, com o seu jogador e com seu sócio. Isso tem sido a marca do trabalho. É uma relação próxima, presente e olho no olho. Isso é muito bacana. A gente conversa muito, trocamos muito e existe um respeito e carinho grande. Quero que tudo isso se traduza em resultados para o Flamengo", comentou Patricia, quando recebia um abraço do eufórico Ramon, feliz com o resultado positivo do Mengão.
 
Patricia fez questão de destacar a bela atuação de Welinton no jogo. O zagueiro, por sua vez, ficou contente com o reconhecimento e falou da importância do apoio de todos.
 
"Fico feliz e grato com o apoio e carinho da presidente. Essa confiança é importante e mostra que não só os amigos do elenco estão reconhecendo meu trabalho, mas a presidente também", disse o camisa 3.
 
O elenco do Flamengo volta a trabalhar na terça-feira (21.08), no centro de treinamento do clube, visando o clássico contra o Botafogo, no próximo domingo (26.8). O Mais Querido do Brasil ocupa a 9ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 25 pontos somados.
 
Fonte: flamengo.com.br

Liberado por médico, Adriano anuncia volta ao Flamengo

Adriano está a um passo do retorno ao Flamengo. O atacante foi liberado pelos médicos nesta segunda-feira e já apresenta condições físicas adequadas para iniciar os treinos no clube carioca. Para selar sua volta, o jogador só precisa acertar as questões burocráticas e assinar o contrato.

O doutor já me liberou. Estou curado. Agora posso dizer que estou realmente bem. Estou muito feliz por poder voltar ao Flamengo, que é a minha casa, que eu gosto muito. Agora é ter paciência a esperar a hora certa [de jogar novamente]", afirmou Adriano.

O atacante foi liberado para voltar aos gramados após ser aprovado em teste realizado por José Luiz Runco, médico do Flamengo, em uma clínica particular. Ele está totalmente reabilitado da cirurgia no tendão calcâneo do pé esquerdo, realizada no início de abril. A mesma operação havia sido feita em 2011, mas, como a recuperação não foi adequada, os médicos decidiram repetir o procedimento neste ano.

Feliz por poder voltar aos gramados, Adriano já fala como jogador do Flamengo. Seu retorno, porém, ainda não foi sacramentado. Jogador e diretoria devem se reunir ainda nesta semana para definir os detalhes do novo contrato.

Se o acerto se confirmar, o atacante deve retomar os treinos nesta semana. Adriano não disputa uma partida há seis meses, desde o dia 4 de março, quando defendeu o Corinthians na derrota para o Santos por 1 a 0, pelo Paulistão.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Após vitória, Dorival diz que Flamengo 'pode mais'

O técnico Dorival Júnior comemorou a vitória do Flamengo por 1 a 0 sobre o Vasco, domingo, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas ressaltou que o time deve mirar objetivos maiores na sequência da competição. Para o treinador, o momento é de encontrar uma regularidade para lutar pelo título ou ao menos uma vaga na próxima edição da Libertadores.

"Não podemos parar. Atingir uma situação é muito mais simples que o alcance de uma regularidade. Esse passa ser o maior desafio. Podemos mais e temos que, obrigatoriamente, melhorar. Precisamos tirar essa diferença para brigar pelas posições da frente. O Flamengo tem obrigação de fazer isso dentro de um campeonato. Não pode se sentir satisfeito por ter ganho um clássico", disse.

A vitória sobre o Vasco deixou o Flamengo com 25 pontos, na nona colocação no Campeonato Brasileiro. Dorival descartou qualquer euforia pelo triunfo sobre o rival e garantiu que já pensa no clássico contra o Botafogo, no próximo, no Engenhão, pela 19ª rodada do torneio nacional.

"Naturalmente que a partir de amanhã não temos mais o que comemorar. Agora precisamos nos preparar o máximo possível. A confiança será um pouco maior e a partir dai é que nós temos que tomar cuidado para que isso não proporcione uma estabilidade no grupo. Essa é a nossa preocupação. Vamos trabalhar para entrarmos concentrados no jogo do próximo domingo", comentou.

Fonte: Futebolinterior.com.br

domingo, 19 de agosto de 2012

Felipe comemora bons resultados e elogia defesa rubro-negra

O goleiro Felipe retornou ao time titular do Flamengo há quatro jogos, quando Dorival Junior assumiu o comando da equipe. Desde então, foram três vitórias, uma derrota e apenas um gol sofrido. Números que dão moral ao setor defensivo rubro-negro e ao camisa 1. Só que o arqueiro explica não ser o salvador da pátria, muito menos ter mérito sozinho. Ele sabe que o conjunto, a boa atuação de toda a defesa é a grande responsável por esses nove pontos, além do ‘dedo’ do treinador.

Felipe elogiou bastante o zagueiro Welinton, o paraguaio Cáceres e espera que o desempenho melhore, assim como a sua condição física, que ainda não está 100%.

"Já são três vitórias e apenas um gol sofrido. Sei que ainda estou sentindo um cansaço fora do comum, pois foram muitos dias sem jogar. Em 15, 12 dias, joguei quatro vezes. Mas vale tudo para ajudar o Flamengo. E esse bom retrospecto não é mérito meu. É de todo o time, do Welinton, que tem feito excelentes partidas. Hoje, contra o Vasco, ele não perdeu uma jogada e já tinha jogado muito bem contra o Palmeiras. O Cáceres também entrou muito bem no time, dando uma tranquilidade grande para quem atua ali, atrás. E tem o Dorival, não é. Ele chegou e mudou a cara do time", afirmou Felipe, lembrando de mais companheiros na análise que fez sobre a vitória diante do Vasco.

"O time correu muito, se entregou muito. Quando chegamos perto do final do jogo, o Renato e o Ramon estavam sentindo muitas dores, mas não deixaram o campo, não deixaram de continuar correndo. Esse é o espírito do time, de vencedor e é muito gostoso vencer assim".

Para continuar vencedor, o Flamengo tem uma semana cheia para trabalhar. E, de acordo com Felipe, com um ambiente muito melhor.

"Vamos ter mais tranquilidade para trabalhar essa semana, para buscar outra vitória contra o Botafogo. É melhor treinar desse jeito, sem ouvir besteiras por aí e com menos pressão. Até recebemos melhor as críticas. Queremos um final de ano feliz, bem mais feliz. Diferente de como foi o início de nosso ano".
Fonte: flamengo.com.br

Flamengo 1 x 0 Vasco - Mais uma vez, torcedores do Vasco sonharão com Vagner Love!

O Flamengo se supera nos clássicos e, sua principal vítima, é o Vasco. Na tarde deste domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, mais uma vez, Vagner Love foi decisivo e marcou o gol da vitória, do Rubro Negro, contra o Trem Bala, na partida válida pela 18ª rodada do Brasileirão. Este foi o quinto gol do artilheiro contra o rival e seu nono na competição, na artilharia junto com Fred. Os últimos cinco gols do time foram marcados pelo artilheiro do amor.

Com o triunfo, o Mengão chegou aos 25 pontos na nona colocação e está tentando se aproximar dos primeiros colocados. Por sua vez, o Vasco estaciona com 35, em terceiro e não se aproxima do Flu, que tem 39 e do Galo, que lidera com 42. O resultado foi bom para o Grêmio, que está com 34, em quarto e ficou mais perto da terceira colocação.

Artilheiro do amor!
Se nos bairros adjacentes ao Engenho de Dentro houve violência, em confronto entre torcedores rivais que resultou na morte de um vascaíno neste domingo, dentro de campo houve muita luta no clássico carioca, mas dentro do espírito esportivo.
O primeiro tempo foi marcado por muitas faltas, em grande parte devido ao árbitro Marcelo de Lima Henrique, que tem por característica "picar" o jogo e aplicar muitos cartões. A melhor chance vascaína surgiu aos 31 minutos, quando Juninho Pernambucano alçou na área e Wendel mergulhou, Felipe espalmou para o meio da área e, na confusão, a bola bateu na trave.
Aos 38 minutos, o ex-vascaíno Ramon fez ótima jogada, passou por dois e chutou rasteiro. Fernando Prass soltou a bola aos pés de Vagner Love, que não desperdiçou: 1 a 0. Foi o nono gol dele, que o deixa empatado com Fred, do Fluminense, na artilharia do campeonato.
"O gramado atrapalha, mas essa é uma bola que eu tenho que pegar", disse Fernando Prass, admitindo a falha no gol do Flamengo.
Pressão e nada!
Na volta do intervalo, Carlos Alberto substituiu Felipe. E foi ele quem perdeu grande chance aos 15 minutos. As dificuldades do Vasco aumentaram quando o atacante Eder Luís sentiu novo problema físico e deixou o campo aos 21, para entrada de Pipico.
Durante toda a segunda etapa, o Flamengo se fechou na defesa e deu a iniciativa da partida para o adversário. Mas os flamenguistas controlaram bem defensivamente o confronto e não passaram maiores sustos. Na verdade, tiveram a oportunidade de ampliar. Adryan, que tinha acabado de entrar na partida, fez ótima jogada e deixou Leo Moura com o gol aberto. O lateral errou o quique da bola e perdeu a chance clara.
O lance evitou um final de jogo mais tranquilo para o Flamengo. O Vasco, sem outros recursos, depositava suas esperanças na bola parada de Juninho Pernambucano. Mas a zaga flamenguista se portou bem e rechaçou o jogo aéreo do rival, que não vence esse clássico há seis anos em Campeonato Brasileiro, ou oito partidas.
Próximos jogos!
Na próxima rodada, marcada pelos clássicos regionais para fechar o primeiro turno do campeonato, o Flamengo encara o Botafogo no domingo. E o Vasco manda o jogo contra o Fluminense, sábado, também no Engenhão.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Direção do CRB confirma Pintado como novo treinador

A direção do CRB não perdeu tempo e já confirmou o novo treinador. Trata-se de Luis Carlos de Oliveira Preto, 46 anos, mais conhecido como Pintado. O novo comandante técnico do “Galo da Praia” chega no início desta semana e deve comandar o CRB contra o ASA no próximo sábado.
Pintado chega para substituir o técnico Roberto Fonseca, que entregou o cargo após a derrota de goleada por 4 a 0 para o Guarani em Campinas. O novo treinador assume um time que vem de quatro jogos sem vencer e ocupa atualmente a 13ª posição na tabela de classificação, com 21 pontos ganhos.
Com chegada prevista para este início de semana, Pintado deve ter a sua estreia justamente em um clássico de extrema importância contra o ASA, no próximo sábado, às 16h20 no estádio Rei Pelé.
CARREIRA
Como treinador, Pintado ainda busca um lugar ao sol em grandes times e principalmente conquistas, mas como jogador, o ex-atleta fez parte do elenco vitorioso do São Paulo em 92 e 93, conquistando Campeonato Paulista, Libertadores e Mundial Interclubes.
 
FICHA TÉCNICA

Nome: Luís Carlos de Oliveira Preto
Apelido: Pintado
Nascimento: 17/09/1965
Natural: Bragança Paulista/SP
Função: Treinador
Clubes: Inter de Limeira: 2004, América Mineiro: 2004, Atlético Sorocaba: 2005, Inter de Limeira: 2005-2006, Rio Branco: 2006, Taubaté: 2006-2007, Rio Branco: 2007, Noroeste: 2007, Paraná: 2007, Ituano: 2008, São Caetano: 2008, Náutico: 2008, Figueirense: 2008, Mirassol: 2009, Ponte Preta: 2009, Santo André: 2010, Linense: 2011 e 2012 e Guaratinguetá: 2012.

Fonte: cadaminuto.com.br

Em crise, CRB confirma contratação de cinco reforços‏

Em entrevista ao repórter Walmari Vilela, o presidente do CRB Marcos Barbosa confirmou a contratação de cinco reforços para o time na sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. "Estamos trabalhando para fortalecer o time. O CRB não vai cair. Custe o que custar", afirmou Barbosa.
Na oportunidade também confirmou que os preços dos ingressos para o clássico com o ASA no sábado (25/08), às 16h20, no Estádio Rei Pelé. Ingressos de arquibancada baixa estão a R$ 24,00. Arquibancadas altas R$ 40,00. Cadeiras especiais saem a R$ 100,00. Estudantes pagam a metade dos preços (12, 20 e 50).
Os pontos de venda são: Loja do CRB (Pajuçara); lojas Poly Sport (Centro, Ponta Verde, Iguatemi e Pátio Maceió); Super Bits (Av.Amélia Rosa); Federação Alagoana de Futebol (Centro); Bar do Macarrão (Salvador Lyra); Sede da Comando Alvirrubro (Jaraguá); Mecânica Cristo (Clima Bom); Mercadinho J. Tigre (Vergel); Mídia Screen (Conj. José Tenório).

Fonte: cadaminuto.com.br

Com Ramon obcecado por vitória, Flamengo enfrenta o Vasco no Engenhão

O Flamengo tem neste domingo (19.08) um importante desafio pelo Campeonato Brasileiro. O Mais Querido do Brasil enfrenta o Vasco, às 18h30, no Engenhão. Após perder para o Palmeiras no meio da semana, em um jogo com expulsão precoce de Ibson e equívocos da arbitragem, o time terá uma nova chance para confirmar a evolução do trabalho feito pelo técnico Dorival Junior. O Rubro-Negro vem de duas vitórias e uma derrota e busca a regularidade na competição.
 
O clássico por si só já transpira rivalidade, mas a necessidade de vitória por parte das duas equipes dá mais importância ainda ao duelo. E para Ramon, essa partida tem um gosto especial. Desde que chegou ao Flamengo, o lateral-esquerdo alimenta o desejo de enfrentar o ex-clube. Ele que, ainda criança, sonhava vestir o Manto Sagrado, quer agora sentir na pele o gosto de vencer a equipe cruz-maltina.
 
"Fiz de tudo para não receber cartão contra o Palmeiras, pois estava com dois. Será meu primeiro jogo contra eles desde que saí de lá. Quero muito ganhar deles, é o jogo que mais quero jogar no ano. Sou Flamengo hoje, sempre gostei dessa torcida", confessa o camisa 6.
 
Ramon, que já atuou pelo Vasco, mostra que sente uma certa mágoa com a torcida rival, que, segundo ele, não o respeitou quando deixou o clube. Essa será a primeira vez que o lateral enfrentará o ex-time.
 
"A minha relação de mágoa é com a torcida. Quando saí, eles não sabiam o que aconteceu. Gostar de mim ou não faz parte, mas o mínimo que eu exijo é respeito. Teve muito disse me disse. Ajudei a equipe a sair de uma situação ruim. O respeito teria de ser maior. Mas não me importo com eles, mas sim com o Flamengo", afirma.
 
E para deixar o Flamengo ainda mais forte, Dorival Junior conta com a volta do paraguaio Cáceres e do chileno González. Os jogadores estavam à serviço das seleções de seus respectivos países e, de volta a Cidade Maravilhosa, reforçam o time rubro-negro no clássico. E Liedson, que estrou na vitória contra o Náutico, mas ficou fora do duelo com o Palmeiras por questões físicas, também está relacionado para o confronto.
 
O Mais Querido do Brasil ocupa a 10ª posição na tabela do Campeonato Brasileiro, com 22 pontos somados.
Promoção Mengão e Ramon
Para comemorar o primeiro Flamengo x Vasco do nosso lateral-esquerdo, a página oficial do Flamengo no Facebook vai sortear um kit com uma camisa oficial do clube + mais 1 boné do Fla autografádo pelo camisa 6 da Gávea.
 
Para concorrer, acesse o link e clique em Quero Participar:
A promoção será encerrada no domingo, às 18h.
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – 18ª Rodada
Flamengo x Vasco
Domingo, 19 de agosto, às 18h30 (Brasília)
Local: Engenhão, Rio de Janeiro
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia e Ediney Guerreiro Mascarenhas

Flamengo: Felipe, Léo Moura, Welinton, González e Ramon; Cáceres, Luiz Antonio e Renato; Thomás, Negueba e Vagner Love.
 
Fonte: flamengo.com.br

Dorival pede apoio da torcida e diz que a Nação intimida as equipes rivais

Que o Flamengo é o clube brasileiro com o maior número de torcedores do país não é novidade. É como diz o ditado rubro-negro: "a maior torcida do mundo faz a diferença". Os rivais do Flamengo sabem bem disso. Até quem hoje respira o vermelho e preto da Gávea e já foi adversário no passado, como o técnico Dorival Junior, sabe bem disso. O treinador conta que, quando enfrentava o Mengão, o maior complicador era a Nação. E com base nessa experiência, o técnico do Mais Querido pede que os torcedores apóiem o time nos próximos jogos e diz que a energia vinda da arquibancada será fundamental para a arrancada do time no Campeonato Brasileiro.
 
"Acho que o maior adversário de qualquer equipe quando vem jogar contra o Flamengo, independentemente do nosso momento, é o torcedor rubro-negro, que sempre traz uma motivação extra. Digo isso porque fui adversário em muitos momentos. Em qualquer situação que fosse sempre se criava uma expectativa muito negativa por parte de quem enfrentava o time. Agora que tenho isso a meu favor, gostaria de ver novamente a torcida comparecendo em massa, tomando conta e apoiando. É um momento de transição, o torcedor tem que ter essa consciência. O apoio é mais do que necessário. É fundamental essa participação para que possamos recuperar esse tempo perdido. Nesse tempo isso tem feito falta. A falta do torcedor é um prejuízo ainda maior. Espero ver a torcida dando uma resposta, interferindo no resultado de uma partida como sempre fez", afirma.
 
O próximo adversário do Flamengo é o Vasco. As equipes se enfrentam no próximo domingo, às 18h30, no Engenhão. A partida é válida pela 18ª rodada do Brasileirão. O Rubro-Negro ocupa a 10ª posição na tabela da competição, com 22 pontos somados.
 
Fonte: flamengo.com.br

Série B: Após saída de Roberto Fonseca, CRB estuda dispensas e contratações

A goleada sofrida para o Guarani, por 4 a 0, na última sexta-feira, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, mexeu com o CRB. Ainda no vestiário, o técnico Roberto Fonseca entregou o cargo, mas as mudanças não irão parar por aí. Dispensas e contratações estão sendo estudadas pela diretoria.

Devido a queda drástica de rendimento nas últimas rodadas, já que o time não sabe o que é vencer há quatro partidas, sendo três derrotas e um empate, a diretoria já vem preparando uma lista de dispensa e na segunda-feira cinco jogadores deixarão o clube. Por outro lado, contratações também irão acontecer.

"Estamos trabalhando para fortalecer o time. O CRB não vai cair. Custe o que custar", destacou o presidente Marcos Barbosa. Fato é que o clube vem encontrando dificuldade para contratar alguns jogadores, principalmente devido as condições financeiras.

A expectativa é que na segunda-feira a diretoria já anuncie algumas novidades, como dispensas e contratações. Como já esperava a saída de Roberto Fonseca em caso de nova derrota, o clube já tinha algumas cartas na manga e por isso alguns nomes de treinadores estão sendo sondados.

Sem vencer há quatro jogos, o CRB estacionou nos 21 pontos e caiu para a 12ª colocação, podendo perder mais algumas posições no complemento da rodada. O time volta a campo no próximo sábado, no encerramento do primeiro turno, quando faz o clássico contra o ASA, no Estádio Rei Pelé, às 21 horas.

Fonte: Futebolinterior.com.br

ASA 1 x 1 Paraná - Ninguém conseguiu a reabilitação na Série B

ASA e Paraná tinham como objetivo conseguir a reabilitação, mas empataram, por 1 a 1, neste sábado à noite, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, na cidade de Arapiraca, no fechamento da 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado foi justo e deixou o time alagoano com 18 pontos, na incômoda 16.ª posição, uma apenas na frente da zona do rebaixamento. O Paraná se mantém em posição intermediária, com 26 pontos, em 11.º lugar.

O Paraná vinha de derrota para o lanterna Ipatinga, por 2 a 0, no Vale do Aço Mineiro, e por isso queria vencer. Tanto que sua diretoria conseguiu uma liminar para que o meia Fernandinho pudesse ser escalado, mesmo tendo sido punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por quatro jogos. A punição foi imposta a ele pelas reclamações feitas em cima da arbitragem do jogo contra o Vitória, que resultou na sua expulsão. Este jogo foi realizado na 10.ª rodada e o time baiano venceu por 4 a 3.

Moral ao ASA
O técnico Nedo Xavier deu moral para ao time do ASA e manteve a mesma escalação dos últimos três jogos, inclusive o que perdeu na rodada anterior para o Atlético-PR, por 1 a 0. Em campo, os jogadores corresponderam com muita disposição.

Aos 16 minutos, o time alagoano abriu o placar. Chiquinho Baiano lançou Roberto Jacaré que mesmo de costas para a defesa, fez o giro, dividiu com Amarildo e ganhou a área. Depois bateu colocado e fez a festa. O ASA quase ampliou aos 22 minutos, quando Lúcio Maranhão entrou na área e bateu cruzado. A bola, caprichosa, bateu na trave e voltou para o campo.

A chuva castigou o gramado, que já é de péssima qualidade, a partir dos 30 minutos. Só depois disso é quem o Paraná conseguiu algo de produtivo no ataque. Aos 33 minutos, a defesa alagoana parou pedindo impedimento e três adversários entraram na cara do goleiro Gilson, que fez duas defesas seguidas e evitou o empate.

Mais pressão
O segundo tempo começou, de novo, com a pressão do time da casa. E Roberto Jacaré quase ampliou aos três minutos, quando foi lançado em velocidade, invadiu a área e tentou tirar do goleiro Luis Carlos, que deu um leve toque com as mãos e evitou o pior.

O Paraná foi mais eficiente e empatou aos 16 minutos. Fernandinho lançou cruzado e Lúcio Flávio bateu de primeira em diagonal. Um belo gol. O ASA ainda tentou buscar a vitória, as abriu muito e permitiu os contra-ataques perigosos do Paraná. O empate foi justo.

Clássicos na última rodada
Na última rodada do primeiro turno, os dois times vão ter rivais pela frente. O ASA vai enfrentar o CRB, em Maceió, no sábado à noite, no fechamento da rodada. Mais cedo, às 16h20, o Paraná recebe o Atlético-PR.

Fonte: Futebolinterior.com.br
Carregando...
Brasileirão