domingo, 19 de agosto de 2012

Flamengo 1 x 0 Vasco - Mais uma vez, torcedores do Vasco sonharão com Vagner Love!

O Flamengo se supera nos clássicos e, sua principal vítima, é o Vasco. Na tarde deste domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro, mais uma vez, Vagner Love foi decisivo e marcou o gol da vitória, do Rubro Negro, contra o Trem Bala, na partida válida pela 18ª rodada do Brasileirão. Este foi o quinto gol do artilheiro contra o rival e seu nono na competição, na artilharia junto com Fred. Os últimos cinco gols do time foram marcados pelo artilheiro do amor.

Com o triunfo, o Mengão chegou aos 25 pontos na nona colocação e está tentando se aproximar dos primeiros colocados. Por sua vez, o Vasco estaciona com 35, em terceiro e não se aproxima do Flu, que tem 39 e do Galo, que lidera com 42. O resultado foi bom para o Grêmio, que está com 34, em quarto e ficou mais perto da terceira colocação.

Artilheiro do amor!
Se nos bairros adjacentes ao Engenho de Dentro houve violência, em confronto entre torcedores rivais que resultou na morte de um vascaíno neste domingo, dentro de campo houve muita luta no clássico carioca, mas dentro do espírito esportivo.
O primeiro tempo foi marcado por muitas faltas, em grande parte devido ao árbitro Marcelo de Lima Henrique, que tem por característica "picar" o jogo e aplicar muitos cartões. A melhor chance vascaína surgiu aos 31 minutos, quando Juninho Pernambucano alçou na área e Wendel mergulhou, Felipe espalmou para o meio da área e, na confusão, a bola bateu na trave.
Aos 38 minutos, o ex-vascaíno Ramon fez ótima jogada, passou por dois e chutou rasteiro. Fernando Prass soltou a bola aos pés de Vagner Love, que não desperdiçou: 1 a 0. Foi o nono gol dele, que o deixa empatado com Fred, do Fluminense, na artilharia do campeonato.
"O gramado atrapalha, mas essa é uma bola que eu tenho que pegar", disse Fernando Prass, admitindo a falha no gol do Flamengo.
Pressão e nada!
Na volta do intervalo, Carlos Alberto substituiu Felipe. E foi ele quem perdeu grande chance aos 15 minutos. As dificuldades do Vasco aumentaram quando o atacante Eder Luís sentiu novo problema físico e deixou o campo aos 21, para entrada de Pipico.
Durante toda a segunda etapa, o Flamengo se fechou na defesa e deu a iniciativa da partida para o adversário. Mas os flamenguistas controlaram bem defensivamente o confronto e não passaram maiores sustos. Na verdade, tiveram a oportunidade de ampliar. Adryan, que tinha acabado de entrar na partida, fez ótima jogada e deixou Leo Moura com o gol aberto. O lateral errou o quique da bola e perdeu a chance clara.
O lance evitou um final de jogo mais tranquilo para o Flamengo. O Vasco, sem outros recursos, depositava suas esperanças na bola parada de Juninho Pernambucano. Mas a zaga flamenguista se portou bem e rechaçou o jogo aéreo do rival, que não vence esse clássico há seis anos em Campeonato Brasileiro, ou oito partidas.
Próximos jogos!
Na próxima rodada, marcada pelos clássicos regionais para fechar o primeiro turno do campeonato, o Flamengo encara o Botafogo no domingo. E o Vasco manda o jogo contra o Fluminense, sábado, também no Engenhão.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão