quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Guarani x CRB - Se não vencer, o Brinco vem abaixo!

O Guarani precisa dar uma resposta à sua torcida e não pode passar desta sexta-feira. Vivendo seu pior momento na temporada e muito pressionado pelas últimas derrotas, o Bugre encara o CRB, a partir das 21 horas, no Estádio Brinco de Ouro, em Campinas. O duelo é válido pela penúltima rodada do 1º turno do Campeonato Brasileiro da Série B.

Os últimos dias têm sido turbulentos no Bugre, após as derrotas para ASA (1 x 0) e Avaí (2 x 0). Revoltado com as atuações apáticas, torcedores organizados fizeram protesto contra o time e até foram cobrar os jogadores no treino desta quinta-feira. Afinal, hoje, os campineiros aparecem na 15ª posição, com 18 pontos.
Por outro lado, o Galo tenta superar um concorrente direto na luta contra degola e, de quebra, conquistar sua primeira vitória fora de casa. O clube regatiano tem a segunda pior campanha como visitante, com apenas dois empates e seis derrotas. Está apenas à frente do Guaratinguetá. Após duas derrotas seguidas – 4 a 0 para o Paraná e 2 a 0 para o Ceará -, ocupa a 12ª posição, com 21 pontos.

Haja problema!
Com muitos problemas de contusões e pressionado pela falta de resultados, o técnico Vadão mais uma vez fará mudanças no Guarani. As principais novidades serão o lateral-direito Oziel, o zagueiro Fernando e o atacante Juninho, de apenas 18 anos.

Depois de um mês e meio se reabilitando de uma lesão na coxa direita, Oziel tenta solucionar os problemas da ala direita. Com Medina lesionado e Chiquinho em péssima fase, o treinador bugrino improvisou o volante Fábio Bahia no setor, na derrota para o Avaí, por 2 a 0. Além de ir mal, o jogador ainda acabou suspenso pelo terceiro amarelo.
Outro desfalque será o zagueiro Rodrigo Arroz, que deixou o jogo desta terça-feira com o joelho inchado. A ausência forçou Vadão a promover a estrear de Fernando, que ainda não está em condições ideais de jogo. Este, aliás, é uma das críticas sofridas pela comissão técnicas, já que o defensor foi contratado há quase dois meses.
A terceira modificação é de ordem técnica. Um dos jogadores mais criticados nas últimas rodadas, o meia Kleiton Domingues será sacado do time. Sua vaga ficará com o meia-atacante Juninho, revelado na base do clube. Ele terá a missão de abastecer Schwenck, ao lado de Renato Ribeiro e Danilo Sacramento.

As lesões continuam a ser o principal problema de Vadão. Ao todo são 11 desfalques por este motivo. Entre eles, os zagueiros Neto e Rodrigo Arroz; os laterais Medina e Bruno Recife; o volante Wellington Monteiro; os meias Fabrício e Fumagalli; e os atacantes Thiaguinho, Clebinho, Robinho e Bruno Mendes.

Precisa melhorar
O momento vivido pelo CRB também não é dos melhores. Prova disso, é que o técnico Roberto Fonseca já deixou claro que seu time precisa de reforços. "Todas as equipes estão se fortalecendo e nós também precisamos de reforços. Não é fácil e a direção do CRB está se esforçando", afirmou

O treinador, aliás, também promete muitas mudanças em relação time que perdeu para o Ceará. A começar pelo esquema tático. Barrado pelo comandante regatiano, o volante Roberto Lopes sequer viajou com o grupo. Sua vaga será ocupada pelo zagueiro Ednei. O que muda a formação para o 3-6-1.
Com o fim do 4-4-2, o CRB também ficará mais defensivo. Os atacantes Tiago Bezerra e o Aloísio Chulapa também devem ir para o banco. O ataque será formado apenas por Edson, isolado. Isso porque a outra vaga restante será ocupada pelo volante Vítor.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão