domingo, 30 de setembro de 2012

CRB anuncia saída de Pintado e a contratação de Roberval Davino

Depois de muitas especulações e reuniões, após o jogo de sexta-feira contra o Criciúma e durante todo o final de semana, a direção do CRB agiu. No final da tarde deste domingo (30), foi anunciada a saída do técnico Pintado do comando da equipe, em comum acordo entre a partes. Para o eu lugar, a cúpula regatiana trabalhou rápido e confirmou o experiente alagoano, Roberval Davino.
 
"Ele (Pintado) é um excelente profissional que tem uma grande história no futebol e fez tudo que podia para ajudar o CRB na competição. Foi uma decisão tomada com todos os diretores e o próprio treinador. Desejo grande sucesso em seu futuro, pelo caráter e personalidade que apresentou neste período no CRB", disse o presidente.
 
A decisão de liberar o técnico Pintado estava quase certa após a derrota para o Criciúma, porém, a direção alvirrubra teve problema para contratar um novo treinador. Valores altos, o pouco tempo de trabalho e a necessidade de recuperar o time foram empecilho.
A cúpula regatiana ainda sondou profissionais como Givanildo Oliveira e o pentacampeão do mundo Ricardinho, mas os dois negaram a s de comandar o CRB nesta difícil reta final de Série B.
 
Novo técnico é Roberval Davino
Após uma negociação direta com o presidente Marcos Barbosa, o experiente treinador alagoano, Roberval Davino aceitou comandar o Galo nesta reta final do Campeonato Brasileiro da Série B e assumiu o compromisso de manter o time na segundona.
 
"O contato com ele (Davino) aconteceu através de uma sondagem com toda diretoria e por achar que o profissional tem raízes muito fortes com CRB e ser um grande treinador. É um vitorioso no mundo do futebol e tem amor pelo Galo. Depositamos toda nossa confiança no Roberval", explicou Barbosa.
Davino se apresenta na Pajuçara nesta segunda-feira pela manhã, às 8h, para iniciar sua quarta passagem como comandante técnico. "Não tenho dúvidas sobre a capacidade do professor Davino. Ele vem com todo apoio do presidente Marcos Barbosa e vai fazer um grande trabalho. A diretoria está trabalhando forte para que o CRB volte ao caminho das vitórias", disse o dirigente Alarcon Pacheco.
 
Como técnico de futebol, já comandou 40 equipes. Entre as principais estão o Metropolitano-SC, Brasiliense-DF (campeão candango em 2009), Mirassol-SP, CRB-AL (vice-campeão alagoano em 1998), CSA-AL (campeão alagoano em 1996), Guarani-SP, Ituano-SP, Bragantino-SP, Santo André-SP, ABC-RN, Fortaleza-CE, América-RN, América-SP, Remo-PA (campeão brasileiro da Série C em 2005), Caxias-RS, Marília-SP, Gama-DF, Mogi Mirim-SP, Figueirense-SC (campeão catarinense em 2002), Juventude-RS, União Barbarense-SP, Inter de Limeira-SP, São Caetano-SP, Sampaio Corrêa-MA, Araçatuba-SP (campeão paulista da Série A-2 em 1994), Matonense-SP, Vila Nova-GO (campeão brasileiro da Série C em 1996), Paulista-SP, Goiás-GO, Goiânia-GO, XV de Jaú-SP, Novo Horizonte-GO e São Domingos-AL.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Flamengo 0 x 1 Fluminense - Sorte de campeão e azar de desesperado

O Fla-Flu realizado na tarde deste domingo, no Engenhão, pela 27ª rodada, mostra muito bem o que vem acontecendo com os dois times no Campeonato Brasileiro. Melhor em campo durante os 90 minutos, o time rubronegro desperdiçou muitas oportunidades, entre elas um pênalti. Já o Tricolor contou com um golaço de voleio de Fred para vencer o Mengo, por 1 a 0 e se isolar ainda mais na liderança.
 
Após duas vitórias seguidas, o Flamengo voltou a perder na competição e estacionou nos 34 pontos, continuando na zona intermediária. Um novo resultado positivo afastaria ainda mais o time da zona de rebaixamento. Por outro lado, o Flu chegou aos 59 pontos e abriu seis de vantagem para o Atlético-MG, caminhando a passos largos rumo ao título.
 
Golaço do artilheiro
Os dois times começaram a partida se estudando e errado muitos passes, mas a primeira chance foi do Flamengo logo aos sete minutos. Cleber Santana ajeitou para Ramon que chegou batendo de primeira. A bola passou perto do gol defendido por Diego Cavalieri, que apenas acompanhou. Ligeiramente melhor, o Mengo assustou novamente três minutos depois. Cleber Santana cruzou e Edinho se esticou todo para cortar a bola, que raspou a trave e saiu pela linha de fundo.
A primeira finalização do Flu veio aos 16 minutos. Thiago Neves escapou em velocidade e arriscou da entrada da área, mandando por cima. No minuto seguinte, o Tricolor das Laranjeiras abriria placar em um lindo gol de Fred. O atacante aproveitou cruzamento e mandou de voleio, no canto direito do goleiro Felipe, que não conseguiu fazer a defesa. Esse foi o 13º gol de Fred, que se isolou na artilharia, e o centésimo da história do Fla-Flu em Brasileiros.
A resposta do Mengo veio aos 22. Ibson recebeu na frente de Diego Cavalieri, que saiu fechando muito bem o ângulo e fez a defesa. Depois, Cleber Santana bateu sem perigo para o goleiro. O Fluminense quase amplia em mais um bonito lance. Wellington Nem recebeu dentro da área e tentou de bicicleta, mas a bola passou por cima. A partida caiu bastante de produção e ficou truncada no meio-campo, sem emoção até o fim do primeiro tempo.
Bolas na trave e pressão rubronegra
O Fluminense quase ampliou logo aos dois minutos do segundo tempo. Thiago Neves cobrou falta com perfeição e a bola explodiu na trave de Felipe, que apenas observou. Depois foi a vez do Flamengo assustar. Cleber Santana deixou um marcador para trás e bateu em cima do zagueiro. No rebote, Ibson tentou o passe para González, mas a zaga tricolor aliviou. A torcida rubronegra se animou com a chegada do time.
Depois de um início bastante movimentado, a etapa final caiu um pouco de produção e o Fluminense voltaria a assustar aos 23 em nova cobrança de falta de Thiago Neves. Thiago Neves surpreendeu Felipe ao cobrar direto e a bola explodiu no travessão de Felipe. Logo depois, Vagner Love dividiu com Gum dentro da área e caiu pedindo pênalti, mas o árbitro mandou o lance seguir. Como todo clássico, a partida teve seu momento de confusão.
 
O time do Flamengo não fez fair-play ao devolver uma bola e Deco bateu boca com alguns adversários. Rapidamente a situação foi controlada. O Flamengo desperdiçou uma grande oportunidade aos 32 minutos. Ramon cruzou da esquerda e a bola sobrou limpa para Cleber Santana, que na frente de Cavalieri e dentro da pequena área conseguiu mandar por cima. Logo depois, Nixo aproveitou novo cruzamento de Ramon e cabeceu para defesa espetacular do goleiro tricolor.
O Flamengo pressionou nos minutos finais e teve sua melhor oportunidade aos 40, quando Diguinho derrubou Wellington Silva dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Botinelli bateu mal no canto esquerdo e Diego Cavalieri fez a defesa. Logo depois, Ramon cruzou e Vagner Love completou para o gol. No entanto, o árbitro assinalou impedimento. Aos 43, Love recebeu dentro da área e não conseguiu fazer o domínio. Após o apito final, todos jogadores do Flu foram abraçar Diego Cavalieri.
Próximos jogos
O Flamengo volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Bahia, às 21 horas, novamente no Engenhão, pela 28ª rodada do Brasileirão. No sábado, o Fluminense faz mais um clássico, diante do Botafogo, às 18h30, também no Engenhão.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

sábado, 29 de setembro de 2012

CRB perde para o Criciúma e continua assombrado pelo rebaixamento

Mais uma vez o CRB não conseguiu quebrar o jejum de vitórias no estádio Rei Pelé. Jogando na noite desta sexta-feira (28), contra a forte equipe do Criciúma de Paulo Comelli, ex-treinador regatiano, o “galo da Pajuçara” falhou mais uma vez, desperdiçou pênalti e acabou derrotado por 2 a 0.
 
Na próxima rodada, o CRB vai até Goianinha enfrentar o América de Natal na sexta-feira(5). No mesmo dia, o Criciúma recebe o Ceará no estádio Heriberto Hulse.
 
O JOGO – 1º TEMPO
Vestindo pela primeira vez o uniforme do centenário, o CRB entrou em campo contra a forte e vice-líder equipe do Criciúma, buscando uma vitória para se afastar da zona do rebaixamento, sabendo que o jogo não seria fácil.
 
Nos primeiros minutos, as duas equipe se estudavam bastante, mas arriscavam algumas chances apesar de não levarem perigo para os goleiros Anderson e Michel Alves, que dominaram tranquilamente as bolas que chegaram em suas respectivas áreas.
 
O jogo aberto, as duas equipes dispostas a buscar a abertura do placar, quem tivesse a melhor pontaria, poderia sair na frente. Vantagem para quem tem o artilheiro da competição, o alagoano Zé Carlos, que atua pelo clube catarinense e inaugurou o marcador.
 
GOOOOLLLL DO CRICIÚMA! Aos 12 minutos, o lateral-direito Eric cruza à meia altura, a defesa do CRB não afasta e a bola corre a pequena área, encontrando Zé Carlos, que se agacha para testar e mandar a bola para o fundo das redes regatianas. CRB x 1 Criciúma.
 
Como se não bastasse abrir o placar, o CRB parecia ter sentido o gol e temia o sexto jogo sem vencer em casa. Em mais uma jogada perigosa, Válber tentou lançar Zé Carlos, a defesa cortou parcialmente e devolver para o meia do “Tigre”, que arriscou de fora da área e quase acerta o ângulo do goleiro Anderson, que praticou defesa espetacular.
 
Precisando do resultado, o CRB tentava, mas errava no último passe ou na finalização. Ronaldo teve uma oportunidade, mas bateu com a perna direita, que não é a dela e mandou fraco. Mas, no lance seguinte, após bela jogada e cruzamento e Luciano, a bola sobrou livre para Ricardinho, que cabeceou com força para baixo e viu a bola subir e passar por cima do gol de Michel Alves, para desespero da torcida.
 
Na reta final da primeira etapa as duas equipes ainda foram obrigada a mudar. Primeiro, o Criciúma forçadamente. O lateral-direito Eric saiu machucado, dando lugar à Itaqui, enquanto no CRB, a decisão foi do treinador Pintado, que resolveu mudar o esquema, tirando o atacante Ricardinho, promovendo a entrada do volante Vitor.
 
O jogo seguiu movimentado até os últimos minutos da etapa. O Criciúma ainda teve uma última chance com o atacante Lucca, que se livrou da defesa do CRB e mandou um petardo no travessão. Mas, no final, vitória parcial dos visitantes catarinenses por 1 a 0 sobre o CRB.
 
2º - TEMPO
Precisando da vitória, o CRB voltou diferente para a segunda etapa. O técnico Pintado promoveu a segunda alteração, tirando o meia Luciano para a entrada do experiente Aloísio Chulapa.
 
E a segunda etapa começou movimentada, com as duas equipes partindo para o ataque, principalmente o CRB, que trabalhava na base dos lançamentos, mas não acertava e nas tentativas sem efeito do atacante Denilson, que jogava nas duas pontas, buscando cruzamentos e invasões na área do Criciúma.
 
Se o CRB tentava, insistia e não conseguia. O Criciúma sempre quase sempre que chegava, assustava. Para piorar, o atacante Lucca, que vinha tentando e “batendo na trave”, dessa vez acertou, marcando um golaço.
 
GOOOOLLLL DO CRICIÚMA! Aos 11 minutos, Lucca recebeu na área, fintou a defesa, tirou Ednei da jogada e bateu forte, sem chances para o goleiro Anderson. Um golaço. CRB 0 x 2 Criciúma.
A torcida do CRB que apoiou no início, mas mostrou tensão no decorrer do jogo, já não mostrava esperança, mesmo com muitos minutos pela frente. Vaias e protestos já tomavam conta. Porém, essa revolta ganhou uma trégua aos 16 minutos, quando Gleidson foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti.
 
Ali estava a esperança do CRB diminuir a desvantagem e buscar o gol que iria incendiar o jogo no Rei Pelé. A confiança foi depositada em Ronaldo, que foi para a cobrança, tomou distância, bateu forte, mas não contava com a grande defesa do goleiro Michel Alves no canto esquerdo.
 
A torcida voltava a protestar e pedir a “cabeça” de jogadores, comissão técnica e até diretoria do CRB. A situação era difícil, uma vez que o tempo passava e o Criciúma jogava de forma inteligente.
 
O tempo passava, o Criciúma administrava a partida e não parecia sofrer para isso e o reflexo do jogo era alguns torcedores regatianos deixando o campo, mais uma vez pressentindo a derrota iminente do CRB na competição.
 
Apesar da situação no jogo, o CRB continuava tentando, de todas as formas, sejas por lançamentos, pelas laterais, pelo meio, mas não conseguia furar o bloqueio da defesa rival e quando conseguia, a pontaria não era das melhores, como numa jogada de Ronaldo, que deixou vários defensores para trás, mas no momento da finalização, bateu torto na bola.
 
O jogo seguiu com o Criciúma administrando e o CRB tentando, mas o placar não foi alterado. Final de jogo no Rei Pelé, resultado que mantém o Criciúma na vice-liderança da competição com 55 pontos, enquanto o CRB segue na 16ª colocação com 28, na beira da zona do rebaixamento.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 27ª Rodada
Estádio Rei Pelé – Maceió, Alagoas
CRB 0 x 2 Criciúma
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Márcio Soares Maciel (GO)
CRB: Anderson, Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar Gaúcho(Paulo Victor), Roberto Lopes, Luciano(Aloísio Chulapa) e Ronaldo; Ricardinho(Vitor) e Denilson.
Técnico: Pintado
Criciúma: Michel Alves, Éric(Itaqui), Matheus Ferraz, Ozéia e Marlon; França, Válber(Giovanni Augusto), Fransérgio e Cléber(Nirley); Lucca e Zé Carlos.
Técnico: Paulo Comelli
Cartões Amarelos: Thiago Gomes e Denilson(CRB) – Cléber, Ozéia(Criciúma)
Gols: Zé Carlos 12min 1ºT e Lucca 11min 2ºT(Criciúma)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Flamengo 2 x 1 Atlético-MG - Massa flamenguista comemora no reencontro com Ronaldinho

Em jogo adiado da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, nessa quarta-feira, o Flamengo conseguiu a difícil missão de bater o Atlético-MG, no Estádio Engenhão. A vitória de 2 a 1 foi garantida com gols da dupla de ataque Vágner Love e Liedson.
 
Com essa vitória, o Mengão é agora o 10º colocado no campeonato, com 34 pontos, e se afasta ainda mais da incômoda zona do rebaixamento. O 11º é a Ponte Preta com a mesma pontuação do Rubro-Negro e logo acima vem o Cruzeiro, que tem um ponto a mais.

Já o Galo, segundo colocado, perde uma boa oportunidade de se aproximar do líder Fluminense. O Atlético tem 52 pontos, quatro a menos do que o Flu e três a mais do que o terceiro colocado, Grêmio. Agora, todos os 20 times do Brasileirão têm o mesmo número de jogos disputados, 26.
 
Mengão melhor no primeiro tempo
A torcida do Mengão recebeu o Galo e principalmente Ronaldinho Gaúcho, que deixou a Gávea no primeiro semestre desse ano, com muitas vaias e o barulho ensurdecedor de mais de 30 mil apitos que foram distribuídos entre os flamenguistas. Essa foi a primeira vez que o jogador, eleito melhor do mundo em 2004 e 2005 enfrentou o Flamengo depois de sua passagem pelo time rubro-negro.

E para alegria da massa, o Mengão começou melhor, indo pra cima e criando as melhores chances de ataque. Aos 20 minutos, o Flamengo abriu o placar com um lindo gol. Cléber Santana bateu um escanteio pela direita na cabeça de Gonzáles, a zaga do Galo rebateu e Cáceres cabeceou para que Vágner Love conseguisse, de meia bicicleta, completar para dentro do gol. Uma jogada com méritos para a improvisação e o faro de artilheiro do camisa 9 do Mengão.

O jogo do Atlético não estava dando certo e o time mineiro abusava das tentativas de ligação direta da defesa para o ataque, faltava ao alvinegro um toque de bola melhor no meio de campo. Já o Mengão, atacava com mais organização e defendia com segurança. Pelo volume de jogo do time da casa, o resultado de 1 a 0 no primeiro tempo saiu barato para o Galo e Ronaldinho Gaúcho, de quem se esperava muito, pouco produziu na primeira etapa.

Massa flamenguista comemora

O Galo voltou do vestiário querendo estragar a festa da torcida rubro-negra. Os mineiros foram com tudo para cima do Fla e, logo aos quatro minutos da etapa final, essa pressão já surtiu efeito. Ronaldinho bateu uma falta, a bola sobrou para marcos Rocha que cruzou para Réver. A bola ficou dividida e sobrou para o centroavante Jô. O camisa 9 bateu rasteiro e surpreendeu o goleiro Felipe do Flamengo, empatando o jogo.

Mas a alegria do torcedor atleticano não durou muito tempo. O dia era mesmo dos atacantes de área. Aos 12 minutos,Liedson, que também tem faro de gol, recebeu um cruzamento do volante improvisado na lateral direita, Wellington Silva. O ex-corintiano se jogou para completar de primeira e estufou as redes. Era o gol do desempate que colocava o Mengão na frente do placar.

Aos 28 minutos, a situação dos visitantes se complicou ainda mais. Em uma bola levantada na área, o zagueiro Réver agrediu o volante Cáceres com uma cotovelada e foi corretamente expulso pelo árbitro Jailson Macedo Freitas.

Com um a menos, o jogo se complicou muito e o Galo, que já estava desorganizado em campo, ficou ainda mais perdido. Tentando se mandar para o campo ofensivo, o Atlético dava espaços para o adversário. Aos 38 minutos, Cleber Santana arriscou de longe, o goleiro Victor se esticou todo, e a bola atingiu a trave.

Nos últimos minutos, os donos da casa administraram o resultado com certa facilidade devido à vantagem numérica em campo e somaram mais três pontos muito importantes no campeonato para alegria dos mais de 40 mil torcedores presentes ao Engenhão.

Próximos jogos
Na próxima rodada, o Atlético enfrenta a Portuguesa no Canindé, no próximo sábado às 18h30. Já o Flamengo faz um clássico carioca contra o Fluminense. O Fla-Flu será no domingo às 16 horas.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Direção alvinegra mantém promoção de ingressos contra o Avaí

A torcida alvinegra terá mais uma oportunidade de lotar o “Fumeirão” e apoiar o ASA no Campeonato Brasileiro da Série B. A direção do clube, através do departamento de marketing, confirmou nesta quarta-feira, que irá repetir a promoção da festa do último sábado contra o América de Natal, na próxima terça-feira , contra o Avaí, às 19h30.
 
No setor superior, o torcedor pode comprar a casadinha, ou seja, dois ingressos pelo valor de R$ 20, ou seja, 10 para cada alvinegro. No setor inferior, a casadinha se repete, com dois ingressos por R$ 10, 5 para cada.
 
Continuando com a promoção, mulher acompanhada não paga ingresso. Sendo assim, a direção do clube continua proporcionando facilidades para o torcedor vá ao estádio e apoie o seu time do coração. Vale lembrar, que no último jogo em casa, o “Fantasma” colocou quase 10 mil torcedores no “Fumeirão”, mais precisamente 1.621.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

De portões fechados, CRB treinou visando o Criciúma

O elenco regatiano realizou um treinamento técnico tático, e de finalização, na tarde desta quarta-feira (26) no campo do estádio Rei Pelé com portões fechados.
 
Com alguns problemas de suspensão, que é o caso do volante Marcinho Guerreiro que irá cumprir mais um jogo, e de contusão, que é o caso dos volantes Diego Aragão e Mineiro, e do meia Geovani, além do zagueiro Rodrigão que está treinando a parte física, assim como o também zagueiro Rogélio e o volante Gercimar, que estão recuperando a massa muscular, e não devem ser escalados para a partida contra o Criciúma.
 
O técnico Pintado mudou o sistema tático do CRB, e ousou, passando o time para o 4-3-3, com: Anderson; Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar, Roberto Lopes e Ronaldo; Ricardinho, Aloísio Chulapa e Denílson. No segundo tempo do treino Pintado colocou o meia Luciano no lugar de Aloísio, assim passando o time para o tradicional 4-4-2.
 
O CRB realizará mais um coletivo na tarde desta quinta-feira (27), também no campo do estádio Rei Pelé, mas desta vez de portões abertos. O time alvirrubro encara o Criciúma no mesmo palco do treinamento na sexta-feira (28), às 21h.

Arbitragem para Galo x Tigre definida
As equipes de CRB e Criciúma entram em campo nesta sexta-feira (28) pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, e a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou a arbitragem.
 
O árbitro central da partida será o goiano Wilton Pereira Sampaio. Os auxiliares de Wilton serão o brasiliense Marrubson Melo Freitas, e o seu conterrâneo Márcio Soares Maciel.

Lateral pediu desligamento
O lateral-esquerdo da base do CRB, Rafinha, pediu desligamento do clube nesta quarta-feira (26), após ter sido flagrado no último final de semana em um bar com alguns companheiros de time na madrugada, e ter recebido uma multa de 20% no seu salário.
 
A direção regatiana aguarda o pedido por escrito, já que o jogador solicitou desligamento apenas de forma verbal. O contrato de Rafinha acabaria em novembro deste ano, mas como ele não demonstra mais querer ficar no time, a direção do Regatas através de seu presidente, Marcos Barbosa, aceitou o pedido.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

ASA comemora aniversário com empate diante do ABC

No dia do seu aniversário de 60 anos, o ASA conseguiu um bom resultado fora de casa. Jogando no estádio “Frasqueirão” na noite desta terça-feira (25), a equipe alagoana foi melhor que o ABC, saiu na frente do placar com um gol de Audálio, mas sofreu o empate ainda primeira etapa, com um gol de pênalti de Adriano Pardal para o time potiguar.
 
Na próxima terça-feira, o ASA volta a jogar, dessa vez contra o Avaí, ás 19h30 no estádio Municipal em Arapiraca. Já o ABC vai até Santa Catarina enfrentar o Criciúma.
 
O JOGO – 1º TEMPO
ABC e ASA entraram em campo, no estádio Frasqueirão, buscando e precisando muito da vitória na competição. Os primeiros minutos foram de muito estudo, com o jogo truncado no meio de campo, sem chances claras de gol para ambos os lados.
 
Mas, quando o jogo estava morno, e uma jogada de escanteio parecia ser inofensiva, eis que o ASA conseguiu chegar ao gol com seu zagueiro Artilheiro, que voltava a deixar a sua marca na Série B.
 
GOOOOLLLL DO ASA! Cobrança de escanteio pelo jovem Thalysson, a bola passa por toda a defesa e sobra para Audálio, que bate forte, sem chances para o goleiro Andrey, que reclamou muito da sua defesa. ABC 0 x 1 ASA.
 
Depois do gol, apesar dos minutos que faltavam para que a etapa fosse encerrada, o ASA jogava com inteligência, tocava a bola com paciência e esperava o ABC se abrir para poder atacar. Mas, numa etapa tão igual, a equipe da casa conseguiu chegar ao empate nos minutos finais do primeiro tempo.
 
GOOOOLLLL DO ABC! Após pênalti cometido por Audálio, que ainda recebeu cartão amarelo, o atacante Adriano Pardal foi para a cobrança e empatou o jogo em Natal. ABC 1 x 1 ASA.
 
Depois de um primeiro tempo de poucas emoções, mas com um gol para cada lado, o árbiro Rodrigo Batista Raposo encerrou a etapa com um empate em 1 a 1 depois do jogo.
 
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, as duas equipes pareciam buscar o que não conseguiram no primeiro tempo, apesar do placar de 1 a 1: Atacar. Logo aos 5 minutos de jogo, Lúcio Maranhão foi lançado na área, tirou um defensor da jogada e bateu forte, com a bola explodindo no travessão.
 
O ASA tocava mais a bola, jogava de forma inteligente e ostentava maiores oportunidades de passar à frente do placar. Por sua vez, o ABC não conseguia trocar muitos passes seguidos e consequentemente tinha sérias dificuldades para a criação de jogadas.
 
Com várias alterações feitas pelas duas equipes, o jogo caiu de produção e só voltou a ganhar em emoção nos minutos finais. Dessa vez, o time casa chegou a impor pressão, mas se chances claras, enquanto o ASA mantinha a posse de bola pelo máximo de tempo possível e quando podia, explorava os contra-ataques.
 
O árbitro assinalou 3 minutos de acréscimo, que não foram suficientes para que o placar fosse modificado no Frasqueirão. Final de jogo, o ASA arrancou um ponto fora de casa e mantém o tabu de nunca ter perdido para o ABC em jogos oficiais.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 27ª Rodada
Estádio Frasqueirão – Natal, Rio Grande do Norte
ABC 1 x 1 ASA
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo(DF)
Auxiliares: Marcos da Silva Brigido(CE) e Arnaldo Rodrigues de Souza(CE)
ABC: Andrey, Pedro Silva, Flávio Boaventura, Vinícius e Renatinho Potiguar; Bileu(Rodrigo Silva), Serginho, Walter Minhoca e Cascata(Raúl); Éderson(Diego Clementino) e Adriano Pardal.
Técnico: Ademir Fonseca
ASA: Gilson, Audálio(Jorginho), Fabiano e Silvio; Osmar, Cal, Lucas, Didira(Valdívia) e Thalysson; Alexsandro(David Ceará) e Lúcio Maranhão.
Técnico: Nedo Xavier
Cartões Amarelos: Cal, Valdívia, Lúcio Maranhão,Thalysson e David Ceará(ASA) Bileu, Pedro Silva, Vinícius e Walter Minhoca (ABC)
Gols: Adriano Pardal 40min 1ºT(pen)(ABC) – Audálio 24min 1ºT (ASA)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

ASA completa 60 anos de glórias e relembra trajetória

No ano de 1951, o prefeito de Arapiraca era o Dr. Coaracy da Mata Fonseca. A cidade começava a progredir. A empresa Camilo Colier construía a estrada de ferro, exigindo grande mão-de-obra do povo arapiraquense.
 
Nos dias de folga, os trabalhadores procuravam o futebol como forma de lazer. E requisitaram aos donos da Camilo Colier a criação de um campo de futebol. O primeiro time formado pelos funcionários foi nomeado Ferroviário e apresentava as cores preto e branco.
 
O ponto de encontro dos arapirquenses nas tardes de domingo passou então a ser o Campo da Estação. Com a conclusão da estrada de ferro, o Ferroviário foi desativado. Inconformados com o fim do futebol na cidade, empresários e autoridades reuniram-se e, no dia 25 de setembro de 1952, a Associação Sportiva Arapiraquense era fundada, tendo como primeiro presidente o Sr. Antônio Pereira Rocha.
 
Em 1953, o ASA participa pela primeira vez Campeonato Alagoano. E foi o campeão, apesar da conquista só ter sido reconhecido pela Federação Alagoana de Futebol em 1954, quando foi homologado, conforme a Gazeta de Alagoas de 7 de abril de 1954. Esse ato de homologação foi resgatado do esquecimento em 1998 pelo professor José Pereira Neto.
 
Em 1977, o ASA passa a chamar-se Agremiação Sportiva Arapiraquense. A boa participação no Campeonato Brasileiro de 1979, quando terminou na quadragesima colocação entre 94 clubes participantes, fez com que o ASA ficasse conhecido nacionalmente como o "Fantasma das Alagoas".
 
O clube passou por drástica crise de identidade no ano de 1982, ao ter suas cores alteradas para verde e preto. Mas essa mudança pouco durou e o ASA voltou, pouco tempo depois, a ser "alvinegro".
Em 2000, após quase 47 anos sem ganhar um campeonato, sagrou-se campeão alagoano. O longo tempo de jejum foi compensado: o ASA conquistou os títulos de 2001, 2003, 2005, 2009 e 2011 proclamando-se o "Maior vencedor do futebol alagoano neste século".
 
Em 2005 o Asa aplicou a sua maior goleada no Campeonato Alagoano 9x0 no Dimensão Saúde no estádio Rei Pelé em Maceió,ainda nesse ano foi o campeão estadual e campeão do Copa Alagipe sendo o único clube alagoano campeão regional.
 
Em 2010, Júnior Viçosa, um jovem de 21 anos, formado nas categorias de base do ASA, se destaca atuando na Série B do Campeonato Brasileiro pelo ASA e é transferido para o Grêmio de Porto Alegre sendo a negocição mais cara do futebol de Alagoas em todos os tempos.
 
Em 2011, a diretoria do time põe como principal objetivo se manter na Série B longe da zona de rebaixamento. Em seu primeiro ano de competição na Série B no formato atual em 2010, o ASA consegue seu objetivo com 5 rodadas de antecipação terminando o campeonato no nono lugar. Recentemente o clube adquiriu um moderno ônibus para maior conforto de seus jogadores e comissão técnica.
 
COMPETIÇÕES OFICIAIS
O ASA conta com participações em várias competições, entre elas o Campeonato Alagoano da 1ª Divisão, a Copa do Brasil, o Campeonato Brasileiro da Série B,Copa Alagipe, Campeonato Alagoano Sub-15, Campeonato Alagoano Sub-18 e o Campeonato Alagoano Sub-20.
 
Em 2002, o ASA eliminou o Palmeiras-SP em pleno Parque Antártica, mesmo tendo perdido por 2 a 1, seguiu em frente na Copa do Brasil 2002 por critérios de desempate, pois venceu por 1 a 0 em casa.
 
Em 2010, o ASA disputou a Série B do Campeonato Brasileiro, após subir de divisão em 2009 junto com o Icasa, o Guaratinguetá e o América Mineiro, tendo se sagrado vice-campeão do Campeonato Brasileiro Série C de 2009.
 
Em 2011, o ASA permaneceu na Série B do Campeonato Brasileiro garantindo sua vaga para a Série B 2012.
 
TÍTULOS
Alagono: 1953, 2000, 2001, 2003, 2005, 2009 e 2011
Copa Alagipe: 2005
Vice-Campeão Brasileiro: 2009
 
Fonte: cadaminuto.com.br

terça-feira, 25 de setembro de 2012

CRB treina na praia de Pajuçara e aprimora o condicionamento físico e velocidade‏

O elenco do CRB trabalhou na praia de Pajuçara na manhã desta terça-feira (25). A maioria participou da movimentação na areia. Apenas Rodrigão, Rogélio e Gercimar ficaram na academia com a supervisão do fisioterapeuta André Mello.
 
O preparador Eduardo Jacó aplicou diversos exercícios de força explosiva e velocidade, melhorando assim a condição física do grupo. O auxiliar de preparação física Ronald Braga também esteve no comando da atividade.
 
"Esse trabalho é fundamental para que o elenco ganhe força e explosão na parte muscular. Outro detalhe que fizemos foi a aplicação e melhor desenvolvimento de corrida e de velocidade. Gostei muito do aproveitamento de todos", explicou Jacó.
 
As novidades entre o grupo foram Aloísio Chulapa e Gilberto. Ambos estavam em tratamento no departamento médico e não sentiram o treino na areia. "É uma ótima notícia pois são jogadores importantes que passam a ficar à disposição para este jogo", disse o técnico Pintado que supervisionou a atividade na praia.
 
O CRB encara o Criciúma nesta sexta-feira (28), às 21h, no Estádio Rei Pelé. Com 28 pontos na tabela, o Galo briga para se distanciar da zona de perigo. Nesta terça à tarde acontece o primeiro treino técnico com bola no CT da Pajuçara.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Jogadores do CRB são multados pela direção por indisciplina

O presidente executivo do CRB Marcos Barbosa, através do departamento de futebol, anuncia que os atletas Geovani, Rafinha e Jeorge serão multados em 20% de seus vencimentos, além do atleta Ewerton Cabeça em 10%, por motivo de atos de indisciplina.
 
Ambos estavam neste final de semana em um bar de Maceió chamado ‘Tanque Cheio’, chegando às 23h e deixando o estabelecimento às 4h da madrugada, caracterizando uma conduta inadequada para um atleta profissional de futebol.
 
Rafinha, Jeorge e Ewerton são da base do CRB e jovens que recebem o apoio incondicional da presidência para o futuro de suas carreiras. Todos atuam desde o início da Série B no elenco profissional.
 
O caso de Geovani é mais grave pois o atleta está atualmente em tratamento no departamento médico do clube, por motivo de uma lesão na coxa esquerda. O meia, pensando na agilidade de sua recuperação, deveria seguir um cronograma de tratamento orientado pelo setor de fisioterapia do clube. O que não ocorreu.
 
Os quatro jogadores, por determinação do departamento de futebol e da presidência, a partir de hoje, ficarão treinando em separado do grupo até o entendimento futuro desta diretoria.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Love: "Quando não consigo fazer gols, tento recompensar com muita raça"

A vida de um atacante pode se tornar horrível após um gol perdido. Quando ele perde mais de uma boa chance de balançar a rede adversária num mesmo jogo, é bem possível que receba um monte de críticas, mesmo que seu time tenha vencido. Só que com Vagner Love não é assim. Ovacionado pelos torcedores que estiveram no Serra Dourada, no confronto diante do Atlético-GO, no último domingo (23.09), o Artilheiro do Amor ‘revelou o seu segredo’.

 
Love perdeu um pênalti e ainda desperdiçou outras chances claras de deixar sua marca, melhorando sua posição no ranking dos artilheiros do Brasileirão. Só que, durante os 90 minutos, mostrou a raça que o torcedor do Flamengo sempre cobra dos jogadores e, de quebra, deu passe para os dois gols da vitória.

"Quando não consigo fazer gols, tento recompensar com muita raça, com bons passes para meus companheiros. E consegui fazer isso hoje. Vencemos um jogo importante. Papai do Céu nos abençoou e saímos daqui com os três pontos", afirmou Vagner Love.

O Artilheiro do Amor aproveitou para explicar ainda que levar a artilharia do Brasileirão está em segundo plano. O importante mesmo é ver o Flamengo sair de campo vitorioso. Postura de quem tem o sangue rubro-negro.

"Eu poderia ter marcado gols hoje. Só que o mais importante é o Flamengo vencer. Se eu tivesse feito gol e o Flamengo tivesse perdido, iria sair de campo muito triste", finalizou.

Com a vitória sobre o Atlético-GO, o Flamengo chegou aos 31 pontos e ocupa a 14ª posição do Brasileirão. O próximo compromisso rubro-negro será diante do Atlético-MG, no Engenhão, na próxima quarta-feira (26.09), às 22h, em partida adiada no primeiro turno da competição.
 
Fonte: flamengo.com.br

Pé quente, Cleber Santana estreia com gol e vitória

O meia atacante Cleber Santana foi, inquestionavelmente, um dos melhores jogadores em campo contra o Atlético-GO. O camisa 88, que fez sua estreia na partida, marcou o primeiro gol pelo Flamengo e demonstrou personalidade ao vestir o Manto Sagrado.

"Fico muito feliz por ter feito gol na estreia e o Flamengo ter vencido o jogo. O mais importante foram os três pontos. Podíamos ter saído até mesmo com um placar melhor. Mas o importante foi a força do grupo e espero que eu possa continuar ajudando a equipe", comemorou Cleber.

Além de enfrentar o Atlético-GO o Flamengo teve de superar outro grande adversário: o calor. Em Goiânia a temperatura foi superior a 30 graus na maior parte do jogo e a baixa umidade do ar aumentava a sensação térmica. Superar estas adversidades, de acordo com Cleber Santana, dá confiança ao time rubro-negro para continuar na busca pela reabilitação no Brasileiro.

"O Atlético-GO vinha de uma vitória diante do Fluminense e sabíamos que seria um jogo duro. Estava muito calor e o campo do Serra Dourada é grande. Foi desgastante, mas a equipe teve tranquilidade, tocou a bola quando tinha que tocar, venceu e isso foi muito importante", finalizou.

Com a vitória, o Flamengo chegou aos 31 pontos, na 14ª posição do Brasileirão. O próximo compromisso rubro-negro será diante do Atlético-MG, no Engenhão, na próxima quarta-feira (26.09), em partida adiada no primeiro turno da competição.

Fonte: flamengo.com.br

Dorival Júnior exalta Cleber Santana após vitória do Flamengo

A série de sete partidas sem vitórias do Flamengo no Campeonato Brasileiro foi encerrada no domingo, quando a equipe superou o Atlético Goianiense por 2 a 1, em partida válida pela 26ª rodada. O retorno dos triunfos coincidiu com a estreia do recém-contratado Cleber Santana, que veio do Avaí, marcou um dos gols do jogo e teve o seu desempenho exaltado pelo técnico Dorival Júnior.
 
"Acho que o Cleber conseguiu dar o tempo que a equipe precisava. É um jogador que tem qualidades e condições de fazer com que a equipe cresça mais. É só ele continuar com essa simplicidade ao jogar. Ele apresentou uma eficiência muito grande", observou o treinador após o triunfo que deixou o Flamengo em 14º lugar no Brasileirão, com 31 pontos.

Apesar da vitória nem tudo foi motivo de alegria no Flamengo. O time perdeu durante o segundo tempo o meia Ibson, substituído em razão de dores na coxa direita. "O Ibson saiu lesionado e ainda não sei se ele terá condições de jogar na quarta-feira, contra o Atlético-MG", disse Dorival.
 
Caso Ibson seja vetado do duelo com o Atlético-MG, adiado da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, Dorival já sabe o que fazer. O treinador deve manter Wellington Silva na lateral direita e escalar Léo Moura, que cumpriu suspensão automática diante do Atlético-GO, no meio-de-campo.
 
"O Léo é um jogador importante para nós e possivelmente vou usá-lo por dentro. Acho que encontramos com o Wellington Silva uma eficiência muito boa pelo setor (lateral direita) e acima de tudo uma regularidade. O Léo Moura está recuperando sua melhor condição e é um grande jogador", comentou.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Atlético-GO 1 x 2 Flamengo - Virada que dá fôlego ao Mengão

O Flamengo ganhou um fôlego na sua campanha de recuperação ao vencer o Atlético-GO, por 2 a 1, de virada, neste domingo à tarde, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 26.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca, que não vencia há sete jogos e vinha de empate com o Grêmio, por 1 a 1, agora soma 31 pontos, em 14.º (antes do final da rodada) e deixou o Atlético-GO na lanterna, com 20 pontos. Parece que a vitória, na rodada anterior sobre o líder Fluminense, por 2 a 1, no Rio, foi apenas fogo de palha.
 
Precisando da vitória, o Atlético tomou as iniciativas no começo do jogo. E soube aproveitar a postura muito defensiva do Flamengo, apenas com Vagner Love isolado lá na frente. Aos 10 minutos, o Dragão abriu o placar com Joilson. No meio da grande área ele completou de bico após esticar o pé e matar o cruzamento de Diogo Campos, quase da linha de fundo, pelo lado direito onde Marcos iniciou a jogada.
 
Um belo gol de Joilson, que estava há cinco jogos afastado do time. Quatro deles por suspensão, por ter sido expulso ao se meter em confusão com Leandro Donizete, do Cruzeiro. E um jogo por contusão. Mas deu um toque de classe no meio-campo do Dragão.
 
Aos 15 minutos, Patric arrancou em diagonal pelo lado esquerdo e solto a bomba, exigindo que Felipe espalmasse e evitasse o segundo gol goiano. A resposta carioca veio aos 16 minutos, quando Wellington Silva desceu pelo lado direito e bateu de esquerda, exigindo que Márcio se esticasse para mandar para escanteio.
 
O lance ! Vagner Love continuava isolado na frente. A expectativa é de que os meias – Cleber Santana e Adryan – encostassem no atacante, para que pudessem trocar passes na frente da área adversário.

Isso só aconteceu aos 24 minutos, quando saiu o empate. Cléber Santana, o estreante, arrancou do meio campo, lançou Vagner Love, que quase dentro da área devolveu para o companheiro. Na pequena área, Santana completou para as redes.
 
O jogo ficou equilibrado. E Ninguém mais criou chances.
 
Mudança importante
Na volta para o segundo tempo, o técnico Dorival Junior corrigiu o erro de posicionamento. Tirou Adryan para a entrada do veterano Liedson, de 34 anos.
 
“Temos que buscar a aproximação com o Love, tocar mais a bola e ficar mais perto da área adversária”, justificou Dorival.
A grande chance de desempatar o jogo esteve nos pés de Raylan, aos 16 minutos. Ele tinha entrado no lugar de Joilson, que sentiu dores na perna, e na frente do gol, na pequena área, recebeu cruzamento de Wathiman, que tinha acabado de entrar no lugar de Diogo Campos.
 Quem não faz toma. Por isso, o Flamengo ficou na frente aos 20 minutos, quando Vagner Love roubou a bola do zagueiro Gilson, que tentou proteger a bola na linha de fundo, e cruzou para a pequena área. E o oportunista Liedson esticou os pés para empurrar a bola para as redes. Fez seu primeiro gol com a camisa do Flamengo.
 
 Pênalti e chances perdidas
E o Flamengo poderia ter ampliado aos 38 minutos, quando Vágner Love teve um pênalti a seu favor. Aliás, como sempre, Paulo César de Oliveira, por preguiça – não corre, só anda... – marcou a penalidade longe do lance e errou de novo. O lance foi fora da área. Botinelli tabelou com Liedson e ao receber a bola de volta ele foi puxado por Dodó.
 
Na cobrança, Love demorou para sair correndo, mas bateu forte do lado direito. O goleiro Márcio, porém, especialista em defender pênaltis, espalmou. E evitou um resultado pior. Mesmo assim, Liedson, num chute cruzado para fora, e Vagner Love, que acertou o travessão na pequena área, perderam outras chances valiosas para o Flamengo.
 
Tem Fla-Flu...
No outro domingo, dia 30, os dois times entram em campo. O Flamengo vai enfrentar o rival e líder Fluminense, no Engenhão, no Rio de Janeiro, às 16 horas. Um pouco mais tarde, às 18h30, o Atlético vai medir forças com Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

domingo, 23 de setembro de 2012

Em dia de festa, ASA acaba derrotado em casa pelo América-RN

A noite de sábado (22) estava bonita, a torcida alvinegra fez grande festa, mas o ASA não correspondeu e acabou derrotado pelo América de Natal em pleno estádio Municipal. Depois de dominar a primeira etapa, o modificado time do ASA não resistiu ao encaixado time potiguar e acabou derrotado por 2 a 0.
 
No próximo jogo, na terça-feira, o ASA vai até Natal enfrentar o ABC, enquanto o América de Natal joga no sábado, contra o Guarani em Campinas.
 
O JOGO – 1º TEMPO
Depois de toda a festa feita pela torcida alvinegra, era momento do ASA colocar em prática a continuidade das celebrações dentro de campo. Entendidos sobre a responsabilidade da partida, os jogadores do ASA partiram para cima dos rivais do América desde o começo.
 
Em jogadas seguidas, o time de Arapiraca criava e desperdiçava oportunidades de forma impressionante. Didira chegou logo aos dois minutos de jogo e após receber na entrada da área, invadiu a pequena área e bateu à queima-roupa, em cima do goleiro Thiago Schmidt.
 
A oportunidade abriu espaço para outras que viriam e teriam o mesmo destino. Novamente com Didira, com Chiquinho Baiano e Alexsandro, todas as chances parando nas mãos do arqueiro rival.
 
Na reta final da primeira etapa, o América ainda esboçou uma reação, tentou jogada perigosa com Norberto, que parou na boa defesa do goleiro Gilson. Aos 47 minutos, Emerson de Almeida Ferreira encerrou a etapa com um empate sem gols entre ASA, que teve o domínio da etapa e o América de Natal.
 
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, as duas equipes teriam traçado metas para enfim, abrir o marcador. Infelizmente o gol acabou saindo para o lado visitante, em apenas alguns segundos de jogo no segundo tempo.
 
GOOOOLLLL DO AMÉRICA-RN! Atacante Lúcio Curió encontra o lateral-direito Thiaguinho, que recebe na área e toca na saída do goleiro Gilson. ASA 0 x 1 América-RN.
 
O gol da equipe potiguar deixou o jogo ainda mais aberto, com as duas equipes atacando, num verdadeiro “toma lá, dá cá”. O ASA teve grande chance com Chiquinho Baiano, que aproveitou cruzamento e bateu de primeira, mandando a bola na trave do América.
 
Mas o América estava ligado no jogo, querendo aproveitar todo e qualquer espaço deixado pelo time da casa. Era assim a estratégia do “mequinha”, que assustou a torcida presente no municipal, com uma finalização feita pelo atacante Isaac.
 
Jogo aberto, o ASA atacou e deixou espaço. Depois de partir para cima e criar grande chance com Henry, que dentro da área, cabeceou fraco, os visitantes aproveitaram o contra-golpe e ampliaram o placar.
 
GOOOOLLLL DO AMÉRICA-RN! Meio-campo Norberto aproveitou jogada rápida, nas costas da zaga alvinegra, recebeu dentro da área e bateu forte, ampliando o placar. ASA 0 x 2 América-RN.
 
Após o segundo gol potiguar, a situação parecia estar encaminhada para os rivais e a torcida do ASA, que fez grande festa antes e durante o jogo, deixava as dependências do estádio Municipal.
 
Placar praticamente definido, o América optou por administrar o jogo, enquanto o ASA já não buscava o ataque como antes. Aos 48 minutos, o árbitro encerrou o jogo com a derrota do ASA para o América de Natal, por 2 a 0.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 26ª Rodada
Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca – Arapiraca, Alagoas
ASA 0 x 2 América-RN
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Carolina Romaniioli Melo (CE)
ASA: Gilson, Audálio, Silvio e Irineu(Valdívia); Osmar, Cal, Lucas, Didira e Chiquinho Baiano; Rogério Maranhão(Henry) e Alexsandro(Roberto Jacaré).
Técnico: Nedo Xavier
América-RN: Thiago Schmidt, Thiaguinho, Cléber, Edson Rocha e Bruno(Everton); Michel, Norberto, Alan Bahia(Rodrigão) e Fabinho; Isaac e Lúcio Curió(Pingo).
Técnico: Roberto Fernandes
Cartões Amarelos: Irineu e Cal(ASA) – Bruno(América-RN)
Gols: Thiaguinho 1min 2ºT e Norberto 35min 2ºT(América-RN)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

sábado, 22 de setembro de 2012

CRB reage no final, mas acaba derrotado pelo São Caetano

O CRB bem que tentou, mas não conseguiu arrancar pontos do São Caetano no estádio Anacleto Campanela e de quebra, amargou mais uma derrota. Na tarde deste sábado (22), o galo praiano esteve em desvantagem de três gols, chegou a reagir, marcando dois, com boa atuação do estreante Ronaldo, ex-CSA, mas acabou derrotado por 3 a 2.
 
Na próxima rodada, o CRB recebe o Criciúma no estádio Rei Pelé, na sexta-feira. Já o Sçao Caetano, vai até o estádio Durival de Brito duelar contra o Paraná.
 
O JOGO – 1º TEMPO
Um São Caetano lutando para se manter no G4, enfrentava um CRB que buscava pontos fora de casa para se afastar da zona do rebaixamento. O jogo entre as duas equipe em situações distintas, começou com as duas equipes se movimentando bastante, mas, sem tempo para respiração, o time da casa chegou ao gol de abertura de placar.
 
GOOOOLLLL DO SÃO CAETANO! Bola levantada na área, a defesa do CRB não afastou e o “grandalhão” Somália desviou, tirando do alcance do goleiro Anderson. São Caetano 1 x 0 CRB.
 
Apesar de sair na frente do placar, o “Azulão do ABC” não deu continuidade na pressão e por muito pouco não empatou a partida. Primeiro, com Denilson, que aproveitou cruzamento no segundo pau, desviando do goleiro rival, mas a defesa afastou o perigo.
 
O CRB continuou partindo para cima, mas também abriu espaço. Com isso, o São Caetano voltou a atacar e assustou o goleiro Anderson, que voltava ao posto de titular do “galo praiano” e precisou afastar duas chances perigosas, primeiro com Marcelo Costa, depois com Somália.
 
Apesar da movimentação, as equipes não pareciam que balançariam o placar novamente na primeira etapa. Mas, nos acréscimos, eis que o time da casa conseguiu ampliar o marcador no Anacleto Campanela.
 
GOOOOLLLL DO SÃO CAETANO! Aos 47 minutos, a defesa do CRB cometeu falta próxima da área. Pedro Carmona foi para a cobrança e encontrou o zagueiro Gabriel, que testou para o fundo das redes do CRB. São Caetano 2 x 0 CRB.
O gol foi o último lance da primeira etapa, que acabou com vitória parcial dos donos da casa por 2 a 0, se mantendo no G4 e deixando o CRB em situação perigosa, ainda mais próximo do Z4.
 
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, os dois treinadores acharam que seus respectivos times precisavam de mudanças e efetuaram mudanças ainda nos vestiários. Pintado mandou Ronaldo, ex-CSA, para o campo no lugar e Diego Palhinha, enquanto Emerson Leão colocou Éder na vaga de Pedro Carmona. Melhor para o treinador paulista.
 
GOOOOLLLL DO SÃO CAETANO! Dois minutos do segundo tempo, o “Azulão” ganhou uma falta na entrada da área. Em seu primeiro toque na boal, o meia Éder bateu com categoria, no ângulo direito do goleiro Anderson. São Caetano 3 x 0 CRB.
 
Apesar do placar desfavorável, o CRB se precaveu na defesa, para não sofrer mais gols e de forma inteligente atacava o São Caetano. O estreante Ronaldo recebeu na entrada da área e bateu forte e rasteiro para defesa do goleiro rival. Na jogada seguinte, o time alagoano ainda assustou com Gleidson que arriscou de fora da área e viu a bola passar rente a baliza do goleiro rival.
 
Apesar das investidas do CRB, a equipe do São Caetano passava a tocar mais a bola, administrando o jogo e não mais se arriscava como no primeiro tempo, mostrando que iria esperar o rival e aproveitar os espaços.
 
A determinação do CRB era notável, por conta da desvantagem no jogo. Mesmo assim, o time alvirrubro atacava e seria recompensado com um gol de um artilheiro conhecido da torcida alvirrubra.
 
GOOOOLLLL DO CRB! Boa jogada de Gleidson que centra para Ronaldo, que, mostrando categoria, tocou na saída do goleiro Fábio. São Caetano 3 x 1 CRB.
 
O meia Ronaldo estava inspirado e comandou a pressão final do CRB sobre o São Caetano. E o R17 fez grande jogada, acabou derrubado dentro da área e viu o árbitro marcar pênalti, aos 45 minutos.
 
GOOOOLLLL DO CRB! Ricardinho foi para a cobrança e bateu no canto esquerdo do goleiro rival, que ainda foi na bola, mas não alcançou. São Caetano 3 x 2 CRB.

 O time do CRB ainda pediu mais minutos de acréscimos, mas, logo depois do gol, o árbitro deixou o jogo correr por mais um minuto, até encerrar o jogo, com vitória apertada dos donos da casa.
 
Com o resultado, o CRB continua assustado pela zona do rebaixamento com 28 pontos ganhos, enquanto o São Caetano segue no G4, agora com 49 pontos ganhos.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 26ª Rodada
Estádio Anacleto Campanela – São Caetano do Sul, São Paulo
São Caetano 3 x 2 CRB
Árbitro: Pablo Gonçalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Lorival Cândido das Flores (RN)
São Caetano: Fábio, Augusto Recife, Eli Sabiá, Gabriel e Diego; Marcone, Moradei, Pedro Carmona (Éder) e Marcelo Costa; Danielzinho(Alan) e Somália(Vandinho).
Técnico: Emerson Leão
CRB: Anderson, Ângelo(Roberto Lopes), Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar Gaúcho, Vitor, Diego Palhinha(Ronaldo) e Luciano(Jadilson); Ricardinho e Denilson.
Técnico: Pintado
Cartões Amarelos: Anderson, Thiago Gomes e Gleidson (CRB)
Gols: Somália 6min, Gabriel 47min 1ºT e Éder 2min 2ºT(São Caetano) – Ronaldo 41min e Ricardinho 47min (pen-CRB)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

sexta-feira, 21 de setembro de 2012

CRB já está concentrado em São Paulo, onde enfrenta o São Caetano

A delegação do CRB desembarcou no aeroporto de Congonhas no início da tarde desta sexta-feira (21), onde em seguida foram para o hotel na cidade de Santo André, que fica bem próxima a cidade de São Caetano do Sul no ABC paulista, onde o Regatas enfrentará amanhã a equipe do São Caetano, no estádio Anacleto Campanella, às 16h.
 
O departamento de futebol do time alvirrubro em comum acordo com a comissão técnica preferiram que os atletas descansassem ao invés de realizarem um treinamento final que iria ocorrer nesta tarde nas dependências do hotel onde a delegação regatiana se encontra hospedada. O motivo para tanto foi o desgaste dos treinamentos ao longo da semana, e para evitar reajustes no horário da programação dos jogadores. Todos os atletas se encontram em concentração total até o horário da partida de amanhã (22).
 
O provável time do CRB que irá encarar a equipe do São Caetano deverá ser no sistema 4-4-2, com: Anderson; Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar, Vitor, Diego Palhinha e Luciano; Denílson e Ricardinho.

A equipe do CRB precisa somar os três pontos, uma vez que o time do Guaratinguetá que ocupa a 17ª colocação, e o Regatas a 16ª, caso vença o Avaí na noite desta sexta-feira (21) deixará o time regatiano na zona de rebaixamento.
 
Confira os 18 relacionados para o jogo contra o São Caetano:
Goleiros: Anderson e Cristiano;
Lateral: Ângelo, Gleidson e Jadílson;
Zagueiros: Ednei, Thiago Gomes e Filipe;
Volantes: Jucemar Gaúcho, Roberto Lopes e Vitor;
Meias: Diego Palhinha, Luciano, Paulo Victor e Ronaldo;
Atacantes: Denilson, Carlinhos Bala e Ricardinho.
 
Lateral é dispensado
O lateral-direito Rafael Granja que foi contratado pelo CRB através de empréstimo no último dia 11, não faz mais parte do grupo de atletas da equipe regatiana. O jogador foi dispensado pelo time já possuir cinco atletas por empréstimo, e com Rafael seriam seis, o que não é permitido.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

CRB encerra preparação com desfalques e estreias na bagagem

O CRB irá enfrentar neste sábado (22), na cidade de São Caetano do Sul, no estádio Anacleto Campanella, às 16h, a equipe do São Caetano visando a reabilitação no Brasileiro da Série B, tarefa essa que não será fácil pelo adversário está brigando pelo G4, e pelo time regatiano ter vários desfalques.
 
O supervisor de futebol do Regatas, Marcos Lima Verde, conseguiu regularizar todos os reforços, e que já tiveram os seus nomes divulgados no BID (Boletim Informativo Diário) para estarem a disposição do técnico Pintado. O atacante Denílson que era a principal preocupação na questão de regularização, uma vez que se trata de uma transferência internacional, não só está apto para enfrentar a equipe do São Caetano, como irá ser títular, assim como o volante Jucemar.
 
O técnico do time regatiano, Pintado, comandou um coletivo na tarde desta quinta-feira (20) no campo do estádio Rei Pelé. Para a partida contra o time do São Caetano ele não irá poder mais contar com o meia Geovani, que voltou a sentir dores musculares, e com o atacante Aloísio Chulapa que sentiu a coxa direita. Além deles, o CRB já tinha outros desfalques: os zagueiros Rogélio e Rodrigão, os volantes Mineiro, Gilberto e Gercimar (este que está no departamento físico, buscando retomar a boa forma), e o atacante Edson, que está no mesmo tratamento do volante Gercimar. Não bastasse isso, o volante Marcinho Guerreiro também está fora das duas próximas partidas por ter sido expulso contra o ABC, e ter tomado o terceiro cartão amarelo.
 
Com vários problemas de ordem médica, mas em contrapartida com os quatro reforços regularizados, o CRB deverá encarar o São Caetano na formação 4-4-2, com: Anderson; Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar, Vitor, Diego Palhinha e Luciano (Jadílson); Ricardinho e Denílson.
No treinamento que ocorreu na tarde de hoje (20) o meia Luciano foi sacado do time e deu entrada para o lateral-esquerdo Jadílson, que poderá desempenhar a função de meia, assim deixando o também lateral-esquerdo Gleidson em seu setor de origem.
 
A delegação do CRB embarcará com destino a São Paulo por volta das 6h50 da manhã desta sexta-feira (21). No período da tarde do mesmo dia o elenco regatiano realizará um treinamento final em solo paulista.
 
Presidente em exercício tentará reeleição
Na noite de ontem (19) foi comemorado o centenário do CRB, que completa 100 anos no dia de hoje. Durante a festa no Beer CRB, na Pajuçara, o atual presidente em exercício do clube, Marcos Barbosa, confirmou que tentará se reeleger por mais dois anos. O mandato de Barbosa se encerrará em novembro deste ano.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

CRB comemora 100 anos com muita festa e pensando no futuro

Em 1912, um grupo de torcedores fundou o Clube de Regatas Brasil, o CRB. Sem remadores ou baleeiros, o time que antes se concentrava no Centro da cidade, se transferiu anos depois para a sede na Pajuçara, onde foi erguido o estádio Severiano Gomes Filho e a concentração Antônio Gomes de Barros. Em 2012, mais precisamente nesta quinta-feira (20), o “galo praiano” completa 100 anos, com muita festa e na busca por dias melhores no Brasileiro da Série B.
 
Na noite de quarta-feira, ás atividades foram iniciadas na sede do Beer CRB, na orla da Pajuçara, onde aconteceram shows com bandas de pagode, DJ, a palavra do presidente e à meia noite, uma queima de fogos comemorou o centenário do clube.
 
O presidente Marcos Barbosa, aparentemente emocionado, reafirmou que apesar do sucesso que teve à frente do clube, não pretende continuar na presidência, mas garante apoio total ao seu sucessor.
“Eu não vou continuar como presidente do CRB. Mesmo com a evolução que foi feita nesse período que estive aqui, não pretendo continuar. Ser presidente do CRB é uma tarefa não só para torcedor, mas para apaixonado e por isso eu me com prometo a continuar ajudando no crescimento desse clube”, disse.
 
Passadas estas atividades, o CRB pretende continuar comemorando o centenário com boas atuações dentro de campo, uma vez que precisa de bons resultados na Série B do Campeonato Brasileiro.
No próximo sábado, a equipe regatiana vai até São Paulo enfrentar o São Caetano e precisa de pontos para se distanciar da perigosa zona do rebaixamento. Para este jogo, o treinador Pintado terá novas opções e deve promover mudanças.
 
No time considerado titular, Anderson deve ganhar a vaga de Cristiano, Ângelo estréia na lateral-direita e Jucemar Gaúcho entra no setor de marcação no meio de campo. Sendo assim, o time alvirrubro deve formar com Anderson, Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Jadilson; Jucemar Gaúcho, Vitor, Diego Palhinha (Paulo Victor) e Geovani; Ricardinho e Aloísio Chulapa.
 
Além desse time, o treinador pode ter à sua disposição os reforços recém-contratados, Denilson para o ataque e Ronaldo no meio de campo. A direção ainda pode anunciar mais dois reforços, dos meias Breitner e Rico, ainda esta semana, uma vez que a janela de inscrições será encerrada nesta sexta-feira.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

CRB dá presente ao torcedor e confirma contratação do meia Ronaldo

Na véspera do aniversário de 100 anos do CRB, a direção do clube deu um belo presente para a torcida. Depois de muita negociação, foi confirmada a contratação do meia Ronaldo, artilheiro da Série D pelo CSA.
 
O acerto foi confirmado no início da noite desta quarta-feira (19). Ronaldo chega no CRB por empréstimo do maior rival, o CSA. Vale lembrar, que o R10 tem contrato com o clube do Mutange até a metade da temporada 2013.
 
Desde a eliminação do CSA na segunda fase da Série D, que surgiu um interesse do clube da Pajuçara, uma vez que o atleta não teria atividade profissional. Ainda houve contatos com o Náutico para negociações futuras, mas o time da Pajuçara definiu o acerto.
 
"É mais uma forma de fortalecer o grupo. Nesta semana de aniversário foram quatro presentes para a torcida regatiana (Denilson, Jucemar, Angelo e Ronaldo). Agora é trabalhar e conquistar as vitórias", disse o presidente do CRB, Marcos Barbosa.
 
Ronaldo chega nesta quinta-feira, quando se junta com o restante do grupo e tentará junto com os jovos reforços, Jucemar Gaúcho, também vindo do CSA, o lateral-direito Ângelo e o atacante Denilson, promover a recuperação do CRB, já no próximo final de semana, contra o São Caetano em São Paulo.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

De camisa nova, ASA comemora aniversário contra o América-RN

Os próximos dias serão de muitas festividades para os adeptos da Agremiação Sportiva Arapiraquense. Isso porque, o aniversário de 60 anos do clube, no dia 25, será comemorado no sábado, dia 22, quando o ASA enfrenta o América de Natal no “Fumeirão”. Confira a programação:
No sábado, dia 22, ás 09:00 da manhã, na Praça Marques da Silva, uma Grande mobilizalação das torcidas organizadas do ASA, com destaque para as torcidas FaceASA, Mancha Negra, Imperio Alvinegro,ASA Mulher, entre outras.
 
No período da noite, antes do jogo, mais precisamente às 19:00, em Frente ao Estadio Municipal, será realizado uma grande festa, com a formação de um " Corredor de Fogo" na chegada da delegação do ASA ao Municipal, com Sinalizadores, fogos e muita alegria para recepcionar guerreiros alvinegros.
Às 21:00, antes do jogo, haverá o lançamento do novo uniforme oficial comemorativo dos 60 Anos do ASA. Além disso, brindes serão distribuídos pelos jogadores à torcida na entrada no Gramado como bolas, bonés, camisas e outros.
 
Após o início do jogo, serão apresentados os bandeirões das torcidas FaceASA e ManchaNegra em comemoração ao aniversário do clube, sendo colocados em área diferentes do estádio, uma vez, que as metálicas foram reabertas.
 
Terça Feira, dia 25, no dia que completa 25 Anos, o ASA joga em Natal contra o ABC. Por conta disso, às homenagens ficarão para o dia 28 em um Jantar na AABB. Diante das mudanças, a diretoria fará uma reunião no sábado pela manha para definir o restante da programação e os homenageados.
 
UNIFORMES
Vale lembrar, que o novo uniforme alvinegro, desenvolvido junto a patrocinadora de material esportivo, especialmente para o aniversário de 60, já estará sendo comercializado nesta quinta-feira, na SportCal e o torcedor alvinegro poderá vestir o “manto sagrado” no próximo sábado.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Que pena! Heriberto da Cunha "afundou" o ASA na Série B 2012.

FORAM TREZES JOGOS E TRINTA E NOVE PONTOS DISPUTADOS
JOGOS COMO MANDANTE : SEIS
JOGOS COMO VISITANTE: SETE
PERFORMANCE COMO MANDANTE: SEIS JOGOS
1. VITÓRIAS: DUAS
2. EMPATES: UM
3. DERROTAS: TRÊS
4. PONTOS GANHOS: 07
5. PONTOS PERDIDOS: 11
PERFORMANCE COMO VISITANTE: SETE JOGOS
1. VITÓRIAS: UMA
2. EMPATES: ZERO
3. DERROTAS: SEIS
4. PONTOS GANHOS: 03
5. PONTOS PERDIDOS: 18
PERFORMANCE TOTAL:
PONTOS GANHOS: 10
PONTOS PERDIDOS: 29
APROVEITAMENTO: 25.6%
RESUMINDO: HERIBERTO GANHAVA 01 EM CADA 04 PONTOS DISPUTADOS
NEDO XAVIER GANHA APROXIMADAMENTE 03 PONTOS EM CADA SEIS QUE DISPUTA
Abraço forte e fraterno,
Clyton Houly
Direto de FelizCidade
PS - HERIBERTO DA CUNHA, PELO ASA2012, FOI VICE-CAMPEÃO ALAGOANO, CLASSIFICOU O ASA PARA A COPA DO BRASIL DE 2013 E COPA DO NORDESTE DE 2013.
MAS FOI MUITO INFELIZ NA SÉRIE B DE 2012, E ACABOU SENDO TROCADO POR NEDO XAVIER.
ELE TAMBÉM NÃO FOI BEM NA COPA DO BRASIL DE 2012.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Lúcio Maranhão e Neymar duelam pelo prêmio de goleador da temporada

O artilheiro do ASA na temporada, Lúcio Maranhão, com 37 gols, está a um gol de assumir o posto de goleador da temporada, batendo o então atacante do Vitória, Neto baiano, que parou nos 38. Porém, o representante do futebol alagoano terá um rival de peso na disputa; Neymar.
 
Na última sexta-feira, quando o ASA perdeu para o Criciúma, apesar do esforço, Lúcio Maranhão passou em branco e segue com os 37. Para piorar, o avante recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca o ASA no jogo contra o América de Natal, oportunidade na qual será comemorado o aniversário de 60 anos da equipe arapiraquense.
 
Com isso, o artilheiro alvinegro terá a oportunidade de voltar a jogar e assumir o posto de goleador, na 27ª rodada, quando o ASA enfrenta o ABC fora de casa, mais precisamente no estádio “Frasqueirão” em Natal.
Mas, o camisa 9 alvinegro ganhou um rival de peso. O camisa 11 do Santos e da seleção brasileira, Neymar, marcou dois gols no final de semana contra o Coritiba e encostou, com 36 gols marcados na temporada.

Neste meio de semana, Neymar defende a seleção brasileira contra Argentina em jogo válido pelo “Desafio das Américas”. No final de semana, o garoto volta a campo para defender o Santos contra a Portuguesa, na Vila Belmiro.
ARTILHEIROS
1 – Neto Baiano/Vitória – 38
2 – Lúcio Maranhão/ASA – 37
3 – Neymar/Santos – 36
4 – Zé Carlos/Criciúma – 34

Fonte: cadaminuto.com.br

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Microsoft Office 2013 Professional Plus x86 e x64 Bits

O Office 2013 foi desenvolvido para trabalhar com o Windows 8 e em telas sensíveis ao toque, com opções de conexão a computação em nuvem. A suíte pode ser acessada de qualquer lugar e a partir de qualquer dispositivo.
A principal mudança no Office 2013, no entanto, não é seu visual ou ferramentas. O destaque fica por conta da forma que os documentos podem ser compartilhados.
Com o novo Office 2013 é possível, por exemplo, criar um documento no Word em um PC e editá-lo utilizando um smartphone Windows Phone ou um tablet Windows 8.
Título: Microsoft Office 2013
Fabricante: Microsoft
Plataforma: Pc
Estilo: Aplicativos Para Escritório
Lançamento: 2012
Crack: Incluso
Ídioma: Inglês
Formato: Rar
Tamanho: 1.3 GB
UPLOADED

DVD Audio Extractor 7.0.1

DVD Audio Extractor é um software para extrair/ripar áudio de DVDs. Ele ajuda você a extrair trilhas sonoras do seus DVDs favoritos e salvá-las como OGG, MP3, AC3 ou WAV.
Título: DVD Audio Extractor 7.0.1
Fabricante: Computer Application Studio
Plataforma: Windows
Estilo: Ferramentas Para Áudio
Patch: Incluso no Rar
Lançamento: 2012
Ídioma: Inglês
Formato: Rar
Tamanho: 10 MB

Microsoft Office 2010 Portugues BR Completo Atualizado Agosto 2012 + Ativador

Descrição: Com o Office 2010 você pode abrir, criar e editar seus documentos do word, excel, power point, etc. O Office é sem dúvidas o melhor e mais conhecido programa do gênero. Uma novidade que se destaca no Microsoft Office 2010 é em relação ao visual.Se você já curtiu as inovações de funcionalidade e estilo da versão de 2007, se surpreenderá ainda mais com o Office 2010. Novas barra de ferramentas e janelas de configuração com novas opções estão presentes.
Esta versão é compativel com sistemas operacionais 32 e 64 bits
PACOTES :
- Microsoft Access 2010
- Microsoft Excel 2010
- Microsoft Infopath Designer 2010
- Microsoft Inforpath Filler 2010
- Microsoft Infopath Filler 2010
- Microsoft OneNote 2010
- Microsoft Outlook 2010
- Microsoft PowePoint 2010
- Microsoft Publisher 2010
- Microsoft Sharepoint Workspace 2010
- Microsoft Word 2010
Título: Microsoft Office Professional 2010
Lançamento: 2010
Atualizado: Agosto 2012
Fabricante: Microsoft
Plataforma: XP,Vista,Win7
Ativador: Incluso na ISO
Idioma : PT-BR
Formato: Rar
Extensão: ISO
Tamanho : 600 MB
Carregando...
Brasileirão