sábado, 15 de setembro de 2012

CRB abre vantagem, mas cede empate impressionante para o ABC

A tarde tinha tudo para ser perfeita para o CRB na tarde deste sábado (15), contra o ABC no estádio Rei Pelé. O time da Pajuçara abriu 3 a 0 no placar, com gols de RIcardinho, Paulo Victor e Ednei, mas de forma impressionante, cedeu o empate para o ABC nos minutos finais. Final de jogo 3 a 3, que deixa o CRB na beira da zona do rebaixamento.
O JOGO – 1º TEMPO
EM campo no estádio Rei Pelé, duas equipes, CRB e ABC não poderiam nem pensar em perder e por isso começaram o jogo com bastante movimentação. O time alagoano começou melhor, tocando mais a bola e buscando mais o ataque, mas ainda de forma tímida, sem levar perigo ao gol adversário.
O ABC por sua vez, estudava o CRB e conseguia evitar qualquer tipo de pressão maior do time da casa e aos poucos respirava na partida, saía mais para o jogo e consequentemente povoava e o campo de defesa alvirrubro.
Ganhando liberdade, o ABC se mostrava perigoso. Em duas oportunidades o time potiguar chegou e assustou. Primeiro com Ederson, que bateu rasteiro, rente a trave de Cristiano e na jogada seguinte, com o camisa 10 Cascata, que ganhou da defesa regatiana, entrou na ára e bateu cruzado. Um chute fraco, mas que alertou o CRB que já não tinha o mesmo domínio de jogo.
Neste momento do jogo, o CRB era quem jogava nos erros do adversários, tentando aplicar contra-golpes. E numa dessas jogadas perigosas, o CRB conseguiu ser eficiente com Ricardinho, que foi derrubado na área por Serginho, Ex-CSA e Murici e o pênalti foi marcado.
GOOOOLLLL DO CRB! O próprio Ricardinho foi para a cobrança, bateu colocado de direita, acertando o canto esquerdo do goleiro, que nem saiu na foto. CRB 1 x 0 ABC.
Quem imaginou que o gol regatiano iria esfriar a partida se enganou. O ABC buscava igualar o placar e partia para cima, mas abria espaços para o CRB, que estava mais a vontade em campo. Com jogadas principalmente pelas laterais, o CRB assustava e ficava perto de ampliar o marcador.
Apesar da grande movimentação em campo, as duas equipes pareciam ter puxado o freio e já não atacavam como antes. E o primeiro tempo acabou assim, aos 45 minutos, com vitória parcial do CRB por 1 a 0 sobre o ABC.
2º - TEMPO
Na volta para a segunda etapa, as equipes voltaram modificadas, mostrando que queriam melhorar o jogo de qualquer forma. No CRB, Diego Palhinha, cansado, deu lugar a Paulo Victor, enquanto Renatinho entrou no ABC na vaga de Airton.
E assim como fez na primeira etapa, o ABC usava a abusava da troca de passes na intermediária de ataque e assustou o CRB. O volante Hemik surgiu de surpresa na área e soltou uma “bomba” rasteira, passando rente a baliza defendida por Cristiano.
Mas, assim como fez na segunda etapa, o CRB não se deixou pressionar pelos visitantes e respondeu à altura, após grande jogada do atacante Ricardinho, que parecia desencantar com a camisa do CRB e a assinatura final do meia Paulo Victor, que entrou na segunda etapa.
GOOOOLLLL DO CRB! Ricardinho entrou na área, girou em cima da defesa e quando poderia cruzar ou bater, preferiu dar um passe lindo para Paulo Victor, que dominou e de frente para o goleiro rival, bateu sem chances, ampliando para o “galo praiano”. CRB 2 x 0 ABC.
Com a vantagem do CRB ampliada, o ABC foi obrigado a se jogar para o ataque e o treinador Ademir Fonseca promoveu mais duas mudanças, colocando o meia Raúl, ex-ASA no lugar de Cascata e tirou o lateral-direito Ivan, para entrada do atacante Diego Clementino.
E o time potiguar até rendeu, partindo para cima do CRB, principalmente nas jogas de bola parada, como os escanteios. Porém, a equipe visitante esbarrava na defesa do CRB, que estava bem postada em campo e mesmo quando passava pela zaga, parava no goleiro Cristiano.
O jogo parecia um filme repetido. Em todos os momentos em que o ABC partia para o ataque, abria espaços e o CRB aproveitava muito bem diga-se de passagem, e dessa vez não foi diferente, com o time alvirrubro chegando ao terceiro gol no jogo.
GOOOOLLLL DO CRB! Escanteio cobrado na área do ABC, a defesa não afastou e a bola sobrou nos pés do zagueiro Ednei, que numa espécie de voleio, mandou para o fundo das redes alvinegras. CRB 3 x 0 ABC.
O terceiro gol serviu como combustível para o CRB, que continuou atacando e por muito pouco não chegou ao quarto com Thiago Gomes, que aproveitou cruzamento no segundo pau e testou em cima do goleiro Andrei.
Jogo aberto e praticamente definido, o técnico Pintado colocou o CRB ainda mais ofensivo, mandando Carlinhos Bala no lugar Aloísio Chulapa. Porém, antes mesmo da entrada do avante regatiano, o ABC numa jogada polêmica, descontou o marcador.
GOOOOLLLL DO ABC! Diego Clementino avança em velocidade, desloca o volante Vitor, com os regatianos pedindo falta, mas o atacante entrou na área e tocou para o atacante Éderson, que tirou o goleiro Cristiano da jogada e bateu forte, para diminuir o placar. CRB 3 x 1 ABC.
O gol do ABC que parecia não fazer muita diferença, mostrou o contrário, com a partida ganhando contornos dramáticos. A equipe potiguar imprimiu uma pressão sobre o CRB e para complicar a situação, chegou ao segundo gol.
GOOOOLLLL DO ABC! Bola levantada na área, falha da defesa do CRB que não marcou os finalizadores rivais e a bola sobrou para Valter Minhoca, que bateu forte, com a bola passando embaixo dos braços do goleiro Cristiano.
Minutos finais de jogo de muita emoção. Na base do desespero, o goleiro Andrei do ABC se lançou ao ataque, mas não obteve sucesso, uma vez que o CRB impôs o contra-ataque, mas desconhecendo a regra, os avantes do CRB se colocaram em posição de impedimento e desperdiçaram grande oportunidade.
E a tarde não poderia ser pior para a torcida do CRB, depois de estar ganhando de 3 a 0. Aos 45 minutos, uma falta ensaiada pelo ABC, resultou num gol impressionante, que mostrou a fragilidade psicológica do CRB.
GOOOOLLLL DO ABC! Renatinho cobrou falta rasteira e ensaiada, nos pés de Éderson, que da entrada da área, bateu rasteiro, com a bola acertando o cantinho esquerdo do goleiro Cristiano. CRB 3 x 3 ABC.
Depois do gol, o CRB ainda levou pressão do time visitante, mas aos 47 minutos, o árbitro encerrou a partida, com um empate impressionante cedido pelo CRB, que vencia por 3 a 0.
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 25ª Rodada
Estádio Rei Pelé – Maceió, Alagoas
CRB 3 x 3 ABC
Árbitro: Paulo Godoy Bezerra (SC)
Assistentes: Albino Andrade Albert Junior (PE) e Eduardo de Souza (RJ)
CRB: Cristiano, Diego Aragão, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Marcinho Guerreiro, Vitor, Luciano(Rafinha) e Diego Palhinha(Paulo Victor); Ricardinho e Aloísio Chulapa(Carlinhos Bala).
Técnico: Pintado
ABC: Andrei, Ivan(Diego Clementino), Flávio Boaventura, Vinícius e Airton(Renatinho); Hemik, Serginho, Valter Minhoca e Cascata(Raúl); Éderson e Adriano Pardal.
Técnico: Ademir Fonseca
Cartões Amarelos: Diego Aragão e Aloísio Chulapa(CRB) – Serginho, Adriano Pardal(ABC)
Cartões Vermelhos: Marcinho Guerreiro(CRB)
Gols: Ricardinho 26min(pen) 1ºT, Paulo Victor 10min e Ednei 24min 2ºT(CRB) – Diego Clementino 33min, Valter Minhoca 39min e Éderson 44min 2ºT(ABC)
Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão