sábado, 29 de setembro de 2012

CRB perde para o Criciúma e continua assombrado pelo rebaixamento

Mais uma vez o CRB não conseguiu quebrar o jejum de vitórias no estádio Rei Pelé. Jogando na noite desta sexta-feira (28), contra a forte equipe do Criciúma de Paulo Comelli, ex-treinador regatiano, o “galo da Pajuçara” falhou mais uma vez, desperdiçou pênalti e acabou derrotado por 2 a 0.
 
Na próxima rodada, o CRB vai até Goianinha enfrentar o América de Natal na sexta-feira(5). No mesmo dia, o Criciúma recebe o Ceará no estádio Heriberto Hulse.
 
O JOGO – 1º TEMPO
Vestindo pela primeira vez o uniforme do centenário, o CRB entrou em campo contra a forte e vice-líder equipe do Criciúma, buscando uma vitória para se afastar da zona do rebaixamento, sabendo que o jogo não seria fácil.
 
Nos primeiros minutos, as duas equipe se estudavam bastante, mas arriscavam algumas chances apesar de não levarem perigo para os goleiros Anderson e Michel Alves, que dominaram tranquilamente as bolas que chegaram em suas respectivas áreas.
 
O jogo aberto, as duas equipes dispostas a buscar a abertura do placar, quem tivesse a melhor pontaria, poderia sair na frente. Vantagem para quem tem o artilheiro da competição, o alagoano Zé Carlos, que atua pelo clube catarinense e inaugurou o marcador.
 
GOOOOLLLL DO CRICIÚMA! Aos 12 minutos, o lateral-direito Eric cruza à meia altura, a defesa do CRB não afasta e a bola corre a pequena área, encontrando Zé Carlos, que se agacha para testar e mandar a bola para o fundo das redes regatianas. CRB x 1 Criciúma.
 
Como se não bastasse abrir o placar, o CRB parecia ter sentido o gol e temia o sexto jogo sem vencer em casa. Em mais uma jogada perigosa, Válber tentou lançar Zé Carlos, a defesa cortou parcialmente e devolver para o meia do “Tigre”, que arriscou de fora da área e quase acerta o ângulo do goleiro Anderson, que praticou defesa espetacular.
 
Precisando do resultado, o CRB tentava, mas errava no último passe ou na finalização. Ronaldo teve uma oportunidade, mas bateu com a perna direita, que não é a dela e mandou fraco. Mas, no lance seguinte, após bela jogada e cruzamento e Luciano, a bola sobrou livre para Ricardinho, que cabeceou com força para baixo e viu a bola subir e passar por cima do gol de Michel Alves, para desespero da torcida.
 
Na reta final da primeira etapa as duas equipes ainda foram obrigada a mudar. Primeiro, o Criciúma forçadamente. O lateral-direito Eric saiu machucado, dando lugar à Itaqui, enquanto no CRB, a decisão foi do treinador Pintado, que resolveu mudar o esquema, tirando o atacante Ricardinho, promovendo a entrada do volante Vitor.
 
O jogo seguiu movimentado até os últimos minutos da etapa. O Criciúma ainda teve uma última chance com o atacante Lucca, que se livrou da defesa do CRB e mandou um petardo no travessão. Mas, no final, vitória parcial dos visitantes catarinenses por 1 a 0 sobre o CRB.
 
2º - TEMPO
Precisando da vitória, o CRB voltou diferente para a segunda etapa. O técnico Pintado promoveu a segunda alteração, tirando o meia Luciano para a entrada do experiente Aloísio Chulapa.
 
E a segunda etapa começou movimentada, com as duas equipes partindo para o ataque, principalmente o CRB, que trabalhava na base dos lançamentos, mas não acertava e nas tentativas sem efeito do atacante Denilson, que jogava nas duas pontas, buscando cruzamentos e invasões na área do Criciúma.
 
Se o CRB tentava, insistia e não conseguia. O Criciúma sempre quase sempre que chegava, assustava. Para piorar, o atacante Lucca, que vinha tentando e “batendo na trave”, dessa vez acertou, marcando um golaço.
 
GOOOOLLLL DO CRICIÚMA! Aos 11 minutos, Lucca recebeu na área, fintou a defesa, tirou Ednei da jogada e bateu forte, sem chances para o goleiro Anderson. Um golaço. CRB 0 x 2 Criciúma.
A torcida do CRB que apoiou no início, mas mostrou tensão no decorrer do jogo, já não mostrava esperança, mesmo com muitos minutos pela frente. Vaias e protestos já tomavam conta. Porém, essa revolta ganhou uma trégua aos 16 minutos, quando Gleidson foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti.
 
Ali estava a esperança do CRB diminuir a desvantagem e buscar o gol que iria incendiar o jogo no Rei Pelé. A confiança foi depositada em Ronaldo, que foi para a cobrança, tomou distância, bateu forte, mas não contava com a grande defesa do goleiro Michel Alves no canto esquerdo.
 
A torcida voltava a protestar e pedir a “cabeça” de jogadores, comissão técnica e até diretoria do CRB. A situação era difícil, uma vez que o tempo passava e o Criciúma jogava de forma inteligente.
 
O tempo passava, o Criciúma administrava a partida e não parecia sofrer para isso e o reflexo do jogo era alguns torcedores regatianos deixando o campo, mais uma vez pressentindo a derrota iminente do CRB na competição.
 
Apesar da situação no jogo, o CRB continuava tentando, de todas as formas, sejas por lançamentos, pelas laterais, pelo meio, mas não conseguia furar o bloqueio da defesa rival e quando conseguia, a pontaria não era das melhores, como numa jogada de Ronaldo, que deixou vários defensores para trás, mas no momento da finalização, bateu torto na bola.
 
O jogo seguiu com o Criciúma administrando e o CRB tentando, mas o placar não foi alterado. Final de jogo no Rei Pelé, resultado que mantém o Criciúma na vice-liderança da competição com 55 pontos, enquanto o CRB segue na 16ª colocação com 28, na beira da zona do rebaixamento.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 27ª Rodada
Estádio Rei Pelé – Maceió, Alagoas
CRB 0 x 2 Criciúma
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Marrubson Melo Freitas (DF) e Márcio Soares Maciel (GO)
CRB: Anderson, Ângelo, Ednei, Thiago Gomes e Gleidson; Jucemar Gaúcho(Paulo Victor), Roberto Lopes, Luciano(Aloísio Chulapa) e Ronaldo; Ricardinho(Vitor) e Denilson.
Técnico: Pintado
Criciúma: Michel Alves, Éric(Itaqui), Matheus Ferraz, Ozéia e Marlon; França, Válber(Giovanni Augusto), Fransérgio e Cléber(Nirley); Lucca e Zé Carlos.
Técnico: Paulo Comelli
Cartões Amarelos: Thiago Gomes e Denilson(CRB) – Cléber, Ozéia(Criciúma)
Gols: Zé Carlos 12min 1ºT e Lucca 11min 2ºT(Criciúma)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão