domingo, 9 de setembro de 2012

Sina continua e CRB perde a quarta seguida no Rei Pelé

Pela quarta vez seguida (Ceará, ASA, América-MG e Goiás), o CRB não conseguiu se encontrar em campo e perdeu mais um jogo no Rei Pelé. Com muitos erros de passe e falta de poder ofensivo, o CRB foi presa fácil para o Goiás no “Trapichão”, na tarde deste sábado (8) e acabou derrotado por 2 a 0.
Mesmo com a derrota, o CRB se manteve na 14ª posição na tabela de classificação, enquanto o Goiás chegou aos 43 e ocupa o 3º lugar. Na próxima rodada o CRB enfrenta o Atlético-PR no Paraná. Já o Goiás recebe o Criciúma no Serra Dourada.
O JOGO – 1º TEMPO

Desde o início da semana que antecedeu o jogo, sabia-se que a partida contra o Goiás, 3º colocado na Série B, seria difícil para o CRB. Porém, o time regatiano tinha convicção que teria de partir para cima se não quisesse ser surpreendido e dominado no jogo.

Os primeiros minutos foram de muita movimentação, principalmente do CRB, que tocava a bola de forma rápida e rondava a área da equipe “esmeraldina”. Em uma das oportunidades, após troca de passes, a bola sobrou na entrada da área para Gleidson, que encheu o pé, mas foi travado e a bola sobrou fácil para o experiente goleiro Harlei.
Apesar do início de jogo com superioridade do CRB, a equipe do Goiás aos poucos ganhava gosto e passava a chegar da mesma forma no campo adversário, mas ainda esbarrava na defesa do CRB, que se apresentava segura com os dois zagueiros Rogélio e Ednei, além dos laterais, Paulo, estreante do dia e Jadilson.
As duas equipes realizavam um verdadeiro “jogo de xadrez”, se alternando em jogadas de ataque. Numa dessas oportunidades, Aloísio Chulapa roubou bola na lateral, ganhou na velocidade, torcou o defensor e cruzou na área e viu a defesa afastar. Na cobrança do escanteio, o goleiro Harlei salvou um escanteio venenoso cobrado por Diego Palhinha.
Mostrando que o jogo era disputado, o Goiás foi quem chegou e num belo cruzamento de Felipe Amorim, Walter surgiu entre os zagueiros e testou para baixo, com a bola raspando a baliza do goleiro Cristiano.
CRB e Goiás se alternavam nas chances de gol. O CRB seguia com dificuldades no último passe, não conseguia chutar a gol e ainda via o Goiás chegar perigosamente, o que irritava a torcida alvirrubra que já vaiava algumas jogadas e criticava a atuação do time vermelho e branco.
E o primeiro tempo se encaminha para o final, com ritmo cadenciado, uma vez que as equipes correram muito e erraram da mesma forma. Porém, num vacilo da defesa regatiana, o Goiás surpreendeu e conseguiu uma vantagem importante na etapa inicial.
GOOOOLLLL DO GOIÁS! O atacante Walter recebe de costas para o gol e sentindo a marcação “frouxa”, girou e bateu por cima do goleiro Cristiano, marcando um belo gol. CRB 0 x 1 Goiás.
Depois do gol, o árbitro ainda deixou o jogo correr, o CRB ainda mandou bola para a área rival, mas nada conseguiu e viu a primeira etapa ser encerrada aos 47 minutos, com vitória parcial do Goiás por 1 a 0.
2º - TEMPO
Precisando reagir, o CRB voltou modificado para campo. Ainda no primeiro tempo, Geovani e Edson começaram a aquecer e entraram na segunda etapa, nas vagas de Gleidson e Ricardinho. Porém, a mudança não surtiu o efeito esperado e o jogo piorou, com o segundo gol do Goiás.
GOOOOLLLL DO GOIÁS! Cobrança de escanteio de Egídio, o volante Amaral surgiu como uma “flecha” na área e testou forte, para o fundo do gol, sem chances para o goleiro Cristiano. CRB 0 x 2 Goiás.
O segundo gol “esmeraldino” revoltou a torcida regatiana, que criticava e vaiava a equipe e o treinador. Dentro de campo, o time tentava de todas as formas, mas encontrava dificuldades. Quando criava, como uma boa jogada de Jadilson, que deixo três marcadores e cruzou, o zagueiro Walisson afastou antes que Edson chegasse na bola.
O Goiás continuava na frente e o CRB precisava reagir. O técnico Pintado promoveu a estreia de Carlinhos Bala, no lugar de Aloísio Chulapa, que sentiu cansaço e dores nas pernas. Se a entrada dava um novo gás ao CRB, o time regatianao ganhou um novo ânimo com a expulsão do zagueiro Walisson do Goiás, que cometeu falta em Edson, recebeu o segundo amarelo e deixou o campo.
Apesar da vantagem no placar, o técnico Enderson Moreira do Goiás sentiu que o momento poderia ser propício para o CRB e promoveu uma mudança estratégica, colocando o zagueiro Lacerda no lugar do meia-atacante Felipe Amorim.
O tempo passava, o CRB continuava errando, equipe e comissão técnica perdiam o controle e questionavam as marcações do árbitro Alício Pena Junior e principalmente da assistente Carolina Romanholi Melo, que “dedurou” o treinador Pintado, que foi posteriormente expulso de campo.
Com a vantagem no placar e desvantagem de jogadores, uma vez que estava com um jogador a menos, o técnico do Goiás enxergou o momento do jogo em que o CRB se lançava de qualquer forma para o ataque e continuou jogando para frente, colocando o alagoano Junior Viçosa, ex-ASA, no lugar do autor do primeiro gol, Walter.
Com sérias dificuldades na criação de jogadas com a bola rolando, o CRB tentava através das bolas paradas. Geovani levantou na área, a defesa do Goiás fez a linha de impedimento e deixou um “batalhão” regatiano livre, mas quem meteu a cabeça foi Marcinho Guerreiro, para grande defesa de Harlei.
Minutos finais de jogo, o CRB já não levava perigo para o time do Goiás, que administrava o placar. Aos 48 minutos, o árbitro encerrou a partida com vitória do Goiás por 2 a 0 sobre o CRB.
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 23ª Rodada
Estádio Rei Pelé – Maceió, Alagoas
CRB 0 x 2Goiás
Árbitro: Alício Pena Junior (MG)
Assistentes: Carolina Romanholi Melo (CE) e Kildenn Tadeu Morais de Lucena (CE)
CRB: Cristiano, Paulo, Rogélio, Ednei e Jadilson; Marcinho Guerreiro, Gilberto, Gleidson(Geovani) e Diego Palhinha; Ricardinho(Edson) e Aloísio Chulapa(Carlinhos Bala).
Técnico: Pintado
Goiás: Harlei, Vitor, Walisson, Ernando, Amaral e Egídio; Amaral, Thiago Mendes, Renan Oliveira(Eduardo Sasha) e Ramon; Felipe Amorim(Lacerda) e Walter(Junior Viçosa).
Técnico: Enderson Moreira
Cartões Amarelos: Rogélio(CRB) - Walisson(Goiás)
Cartões Vermelhos: Walisson(Goiás)
Gols: Walter 45min 1ºT e Amaral 5min 2ºT(Goiás)
Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão