sábado, 20 de outubro de 2012

CRB é derrotado pelo Joinville, mas tem sorte e continua na beira do Z4

A tarde de sábado (20) foi mais um capítulo do sofrimento do CRB no Brasileiro da Série B. O time regatiano até saiu na frente do placar com um gol do zagueiro de Ednei, mas com o passar do jogo levou a virada de 3 a 1 e acabou derrotado pelo Joinville em Santa Catarina.
 
A situação do CRB não ficou pior porque o Bragantino, único que poderia alcançar o representante alagoano perdeu para o ABC. Com isso, o CRB segue em 16º, na zona do rebaixamento com 30 pontos ganhos.
 
Na próxima rodada, terça-feira, o “galo praiano” recebe o Vitória, vice-líder da competição, no estádio Rei Pelé às 19h30. Já o Joinville vai até Goianinha enfrentar o América de Natal.
O JOGO – 1º TEMPO
 
O duelo deste sábado marcava o confronto entre um time que brigava pelo G4, o Joinville, contra um time que lutava contra o rebaixamento, o CRB. Como era de se esperar, o time da casa logo veio para cima, mostrando que iria incomodar o representante alagoano.
 
O atacante Lima recebeu de frente para a área e mandou muito perto da baliza defendida pelo goleiro Anderson. Mas, num duro golpe e um “banho de água” fria, o CRB acalmou o ímpeto do JEC com a abertura do placar.
 
GOOOOLLLL DO CRB! Aos 5 minutos, o volante Roberto Lopes deu uma de lateral e lançou na área, para Aloísio fazer o que sabe muito bem, escorar e a bola sobrar para Ednei, que da entrada da área bate forte, colocando o CRB na frente. JEC 0 x 1 CRB.
 
Apesar da empolgação do CRB, que logo passou a tocar mais a bola, pensando em administrar o resultado e atacar nos contra-golpes, o Joinville também chegou ao ataque e empatou o jogo após vacilo do goleiro regatiano.
 
GOOOOLLLL DO JEC! Lançamento na área, o goleiro Anderson não segurou a bola, que sobrou tranqüila para o zagueiro Maurício empurrar para as redes alvirrubras. JEC 1 x 1 CRB.
 
O volume de jogo era grande e as duas equipes faziam um jogo movimentado. A situação poderia ter ficado muito pior para o CRB. Após confusão na área, o árbitro deu pênalti de Aloísio Chulapa em Glaydson.
 
Porém, se o pênalti foi polêmico, a cobrança foi desastrosa. O atacante Lima se excedeu no capricho, tirou do goleiro Anderson, mas mandou por cima da baliza alvirrubra, para comemoração dos atletas regatianos.
 
Mesmo perdendo o pênalti, o Joinville era superior no jogo e pressionou o CRB, criando e desperdiçando algumas oportunidades. O CRb por sua vez, se defendeu e nos minutos finais da etapa, Ricardinho desperdiçou um gol “quase feito”, quando recebeu passe e sem goleiro, perdeu a chance de colocar o CRB novamente à frente do marcador.
 
Por conta de várias interrupções, o primeiro tempo seguiu até os 52 minutos, mas o placar terminou com o empate em 1 a 1 entre Joinville e CRB.
2º - TEMPO
 
Na volta para a segunda etapa, o CRB mostrou uma postura mais defensiva, o que permitiu o time do JEC pressionar desde o começo. O meia Ricardinho recebeu passe em profundidade e bateu forte, para grande defesa do goleiro Anderson. Mas, na segunda oportunidade, o CRB mão escapou.
 
GOOOOLLLL DO JEC! Aos 18 minutos, Willian recebeu dentro da área e teve a tranqüilidade para dominar, girar e bater bonito, sem chances para o goleiro alvirrubro. JEC 2 x 1 CRB.
 
O tempo ia passando, as duas equipes promoviam as suas substituições e o jogo claramente caía de produção. Melhor para o Joinville, que administrava o jogo e ainda rondava a área do CRB, que parecia sem forças para reagir. Com isso, o time da casa se sentia mais que a vontade e chegou ao terceiro gol.
 
GOOOOLLLL DO JEC! Como uma repetição do segundo gol, dessa vez com Lima, a bola chegou ao avante da equipe catarinense, que recebeu e girou para mandar um “balaço”, ampliando o marcador. JEC 3 x 1 CRB.
 
Em desvantagem no placar, o CRB mostrava instabilidade em campo, não criava, não marcava e ficava perto de “presentear” o rival. Ítalo recuou errado para o goleiro Anderson, que teve de se esticar e tirar com os pés uma bola quase dentro do gol.
 
A equipe da casa ainda ficou perto de ampliar, novamente em vacilo do CRB. Após recuo irregular, o árbitro marcou dois toques dentro da área, mas na cobrança de Lima, o goleiro Anderson defendeu.
A situação era difícil para o CRB. Mas, nos minutos finais do jogo, o Joinville diminuiu o ritmo e administrou a partida. O CRB ainda tentou algumas jogadas na base do lançamento e contra-golpes, mas, nada conseguiu.
 
Assim como no primeiro tempo, o jogo foi prolongado até os 50 minutos, mas o placar se manteve. Final, Joinville 3 x 1 CRB.
 
FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro 2012 – SÉRIE B – 31ª Rodada
Estádio Arena Joinville – Joinville, Santa Catarina
Joinville 3 x 1 CRB
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha-ES
Auxiliares: Eduardo de Souza Couto-RJ e Luiz Antônio de Oliveira-RJ
Joinville: Ivan, Eduardo, Diego Jussani, Maurício e Rodrigo Alvim; Leandro Carvalho, Ricardinho, Glaydson(Aldair) e Willian(Wanderlei); Jailton(Djair) e Lima.
Técnico: Marcelo Serrado
CRB: Anderson, Ângelo(Edson), Ítalo, Rogélio e Gleidson; Ednei, Roberto Lopes(Vitor) e Jadilson; Geovani, Ricardinho e Aloísio Chulapa(George).
Técnico: Roberval Davino
Cartões Amarelos: Ivan(JEC) – Anderson, Roberto Lopes e Aloísio Chulapa(CRB)
Gols: Maurício 13min 1ºT, Willian 18min e Lima 33min 2ºT(JEC) - Ednei 5min 1ºT(CRB)
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão