sábado, 27 de outubro de 2012

'Melhor' que Neymar, Lúcio Maranhão se inspira em Ronaldo

O nome de Lucielmo Palhano Soares passa despercebido se comparado ao de Neymar da Silva Santos Júnior. Mas se tem a fama menor do que a do ídolo da seleção brasileira, Lúcio Maranhão pode encher a boca para dizer que tem mais gols marcados em 2012 do que o camisa 11 santista. Atuando pelo pouco badalado ASA de Arapiraca, o atacante de 23 anos ocupa o posto de artilheiro do Brasil em 2012, tendo marcado 39 gols em 53 jogos.
 
Sua média é inferior à de Neymar: enquanto Lúcio Maranhão tem estatística de 0,73 gols por partida, o astro do Santos alcança números de 0,88 gols por jogo, tendo marcado 38 tentos em 43 jogos. No entanto, a média do jogador do ASA supera com facilidade as de Hulk, Jonas e Leandro Damião – atacantes que vêm sendo convocados por Mano Menezes – na última temporada.
 
No entanto, os ídolos de Lúcio já não brilham pelos gramados. Questionado em quem se inspira no futebol, o maranhense cita Ronaldo, mas deixa escapar sua admiração pelo uruguaio Álvaro Recoba, ex-companheiro do Fenômeno na Inter de Milão e atualmente jogador do Nacional, de Montevidéu.
- Eu, apesar de ser alto e forte, tenho habilidade e muito controle de bola. Tenho velocidade e um drible bom. E também finalizo muito bem com as duas pernas. Me inspiro no Ronaldo, que é um ídolo e um fenômeno mesmo. Mas desde que eu era garotinho gostava do Recoba. É um jogador que eu também admirava muito e achava os dois uma dupla de ataque fenomenal – declarou o artilheiro do Brasil em 2012, por telefone.
 
O sobrenome escolhido por Lúcio é Maranhão, mas o melhor momento na carreira veio mesmo em Alagoas. Contratado pelo ASA de Arapiraca depois de se destacar pelo Horizonte, do Ceará, Lúcio foi o artilheiro do Campeonato Alagoano deste ano com 22 gols e logo ganhou o status de ídolo da torcida alvinegra. Sabendo do próprio potencial, o jogador, nascido em São Luís, traçou a meta de marcar 43 gols em 2012 - o que seria apenas seu primeiro passo para um objetivo maior na carreira: vestir a camisa canarinho.
 
Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão