quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Portuguesa 0 x 0 Flamengo - Teve de tudo...menos o gol!

Realmente as redes dos gols do Canindé não eram para serem balançadas na noite desta quarta-feira, tanto que Portuguesa e Flamengo ficaram no empate sem gols em partida realizada pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Ao todo foram três bolas na trave - duas pelos rubronegros e uma pelos paulistas - e defesas importantíssimas dos dois goleiros.
 
O resultado não acabou sendo bom para nenhum dos dois times, que seguem com chances de rebaixamento e podem cair posições na quinta-feira, caso a Ponte Preta vença o Sport. Sem vencer há três jogos, a Portuguesa é a 13ª colocada, com 38 pontos, um a mais que o Flamengo, que se encontra em 15° lugar. O time rubronegro chegou ao quinto jogo sem vitória.
 
Lusa é muito superior
Apesar da partida ser no Canindé, a torcida do Flamengo era superior a da Portuguesa nas arquibancadas, mas quem criou a primeira oportunidade foi o time paulista. Moisés cobrou escanteio e Rogério desviou. Antes que a bola chegasse em Bruno Mineiro, Felipe afastou de soco. A melhor oportunidade da Lusa veio aos 11 minutos. Ananias fez boa jogada individual e cruzou na cabeça de Bruno Mineiro, que desviou na trave. Boquita pegou o rebote e bateu em cima de Renato Santos.
 
O Flamengo encontrava muitas dificuldades para passar do meio-campo e não oferecia perigo ao goleiro Dida. Aos 18 minutos, Ferdinando cruzou, Felipe saiu muito mal e quase Bruno Mineiro completou, mas a bola ficou com a defesa rubronegra. A primeira grande chance do Mengo aconteceu aos 28. Vagner Love recebeu de Renato Abreu dentro da área, cortou o zagueiro e chutou rasteiro. A bola passou raspando a trave. Logo depois, Cleber Santana arriscou de muito longe e mandou por cima.
Depois do susto, foi a vez da Portuguesa assustar aos 35. Ananias mandou para dentro da área e Bruno Mineiro bateu travado com o zagueiro Frauches. Cinco minutos depois, Moisés cobrou escanteio, Valdomiro subiu mais que todo mundo e cabeceou quase da pequena área. Mostrando muito reflexo, Felipe fez defesa espetacular e salvou o Mengo de levar o primeiro gol. No rebote, Boquita bateu para fora. Aos 45, Ferdinando bateu cruzado e a bola passou raspando a trave.
Duas bolas na trave e nada de gols
Após dar apenas um chute de perigo no primeiro tempo, o Flamengo voltou do intervalo em cima da Portuguesa e assustou logo aos quatro minutos. Liedson arriscou de fora da área e Dida defendeu com segurança. Na sequência, Luís Ricardo passou para Ivan, que soltou a bomba. Felipe teve trabalho e espalmou para escanteio. Após a cobrança, Bruno Mineiro subiu mais alto que Frauches e cabeceou para fora. Aos nove, Vagner Love desperdiçou uma chance incrível de abrir o placar.
A bola foi cruzada para dentro da área, passou por Dida e ficou limpa para o camisa 99, que desviou de joelho na trave. Vagner Love perderia mais uma grande oportunidade na sequência. O atacante completou cruzamento de carrinho e a bola explodiu no travessão. Após as diversas chances perdidas, o Flamengo quase viu a Portuguesa abrir o placar aos 23. Rogério empurrou o goleiro Felipe com bola e tudo para dentro do gol, mas o árbitro assinalou falta do zagueiro e anulou o lance.
Aos 33, Cleber Santana recebeu de Ibson e bateu rasteiro. A bola passou raspando a trave. O Mengo quase abriu o placar na sequência. Ramon dominou fora da área, cortou Valdomiro e soltou a bomba. Mesmo com o ângulo encoberto, Dida saltou e espalmou com as pontas dos dedos para fora. A partida seguiu equilibrada até o final. Aos 43, Bruno Mineiro aproveitou cruzamento e cabeceou para grande defesa de Felipe, mas o árbitro já assinalava impedimento do atacante.
Próximos jogos
Os dois times voltam a campo no próximo domingo, pela 32ª rodada. A Portuguesa enfrenta o Náutico, às 16 horas, no Estádio dos Aflitos, enquanto o Flamengo recebe o São Paulo, no mesmo horário, no Engenhão.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão