sábado, 17 de novembro de 2012

CRB x Guarani - A Batalha do Rei Pelé!

Maceió vai parar para assistir o confronto entre CRB e Guarani, neste sábado, às 16h20, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela penúltima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Além do carater decisivo da luta contra o rebaixamento, o jogo ficou ainda mais apimentado depois das declarações do goleiro Juliano alertando para o clima de guerra e acusando a diretoria alagoana.
 
A polêmica começou na última quinta-feira depois de uma declaração do goleiro, que já teve passagens pelo CRB, dizendo que o Bugre encontrará um ambiente hostil e não duvida de uma ajudinha extra da arbitragem. “O CRB vai armar uma guerra com promoção de ingressos, vai tentar comprar juiz se for preciso, vai tentar fazer de tudo"

A diretoria dos donos da casa não gostou nada e divulgou uma nota defendendo o time e prometendo processar o goleiro. Nesta sexta-feira, os dirigentes do Bugre colocaram panos quentes, tentando acalmar os ânimos. Além de tudo isso, existe a briga pela degola.
 
As equipes estão separadas por cinco pontos. Os campineiros estão em 15.º com 41 pontos, por isso um tropeço pode complicar sua vida na última rodada, enquanto o CRB é o 18.º e só pensa em vencer para continuar vivo. Uma derrota, combinada com uma vitória do Bragantino, rebaixa o Galo.
 
Crise vai afundar ainda mais?
Se dentro do campo, a fase não é das melhores, fora deles a coisa fica ainda mais complicada. Desde o final da última semana, o Bugre não tem dirigente. Marcelo Mingone deixou a presidência do clube e Rodrigo Ferreira, ex-presidente do Conselho Deliberativo, assumiu o comando provisório.
 
Na terça-feira, durante a reapresentação ele se reuniu com o elenco nos vestiários para garantir que a crise política não afetará o clube. Ferreira garantiu que fará de tudo para garantir que os salários não atrasem, tentando assim tranquilizar o elenco na semana da rodada decisiva.
 
Força máxima
Deixando a guerra de bastidores para a diretoria, o treinador Roberval Davino aproveitou a semana para acertar a equipe visando o confronto deste sábado. No último coletivo antes do jogo, o meia Geovani e o atacante Denilson foram poupados com dores musculares, mas não serão problemas.
 
Os desfalques serão o volante Diego Aragão e o atacante Ricardinho. Dessa forma, Gilberto e Luiz Paulo ganham uma chance no time. O veterano Aloísio Chulapa ficará no banco de reservas. O restante do time será o mesmo que derrotou o Ceará na última rodada.
 
Mudanças
A principal novidade no time do Guarani será o retorno de Oziel. Barrado nas últimas duas rodadas, o lateral treinou entre os titulares no último coletivo antes do embarque para Maceió. Ele voltará ao time, pois Medina, que vinha jogando entre os titulares, foi deslocado para o meio-campo, no lugar de Lusmar, suspenso.
 
Além do meio-campista, o time campineiro também terá desfalque do goleiro Emerson, que recebeu terceiro cartão amarelo contra o Avaí. O polêmico Juliano entra no gol. Na defesa, Montoya entra no time no lugar de Fernando, que sentiu lesão muscular e nem viajou com o restante da delegação.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão