domingo, 14 de julho de 2013

Vasco 0 x 1 Flamengo - Pelo passeio, poderia ser bem mais!

Diante de quase 62 mil torcedores no Mané Garrincha, segundo maior público do Brasileirão, o Flamengo bateu o arquirrival Vasco e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Absoluto em praticamente os 90 minutos, o Rubro-negro venceu, por 1 a 0, na noite deste domingo, em Brasília.
 
O clube da Gávea já dá claros sinais de evolução nas mãos do técnico Mano Menezes. Mesmo com um time limitado, o Fla dominou a partida e até poderia ter construído um placar mais elástico. O gol do atacante Paulinho foi suficiente para garantir os três pontos, mas a superioridade em campo mostrou que o estreante Dorival Júnior terá muito trabalho na Colina.

Além de vencer o clássico, o Flamengo também dá um importante salto na classificação. O time deixou a zona de rebaixamento e pulou para a 11ª posição, com nove pontos. Por outro lado, o Gigante da Colina caiu para a degola, ocupando a 17ª posição, com sete pontos.

 
Avalanche rubro-negraEmbora tenha entrado em campo pior colocado na tabela, o Flamengo mostrou desde os primeiros minutos ser um time mais bem organizado. Tanto que antes dos dez minutos já havia criado duas grandes chances. A melhor delas aos cinco minutos, quando o meia Carlos Eduardo recebeu na entrada da área e bateu com estilo, rente à trave direita do goleiro Diogo Silva.
 
Com exceção de alguns raros contra-ataques, o Vasco foi sufocado pelo arquirrival, que continuou chegando com perigo. Aos 17 minutos, o meia Gabriel cruzou rasteiro da direita e Diogo Silva tirou dos pés de Marcelo Moreno. Dois minutos depois, Carlos Eduardo chutou de longe e o goleiro pulou no canto esquerdo para salvar.
 
Diante de tamanha pressão, o gol era questão de tempo. E depois de ter chegado com qualidade em outras três oportunidades, o Fla finalmente abriu o placar aos 29 minutos. Gabriel deixou o meia Elias na cara do gol. Ele finalizou e Diogo Silva deu o rebote. Na sobra, o jogador só rolou para o atacante Paulinho, livre, tocar para o gol vazio.
 
A primeira e única chegada vascaína aconteceu aos 33 minutos e levou pouco perigo. O atacante Éder Luís cruzou da direita, mas André desviou sem força. Nos minutos finais, o jogo esfriou e o Gigante da Colina tentou, em vão, finalizar a meta de Felipe.
Vai para cima, Mano! Com a vitória parcial, o Flamengo voltou do intervalo mais cauteloso, sem se arriscar tanto. Ainda assim, continuou melhor em campo. Aos dez minutos, Paulinho quase deixou a marca dele novamente. Ele bateu com efeito, de fora da área e a bola saiu tirando tinta da trave esquerda de Diogo Silva.
 
O time cruz-maltino só conseguiu conquistar o domínio territorial na segunda metade da etapa complementar. Muito por conta de uma alteração equivocada do técnico Mano Menezes. Ele sacou o meia Gabriel, que fez muita fumaça na ponta direita, e colocou o volante Val.
 
Apesar da queda da intensidade flamenguista, o Vasco praticamente não assustou o goleiro Felipe. Pelo contrário, o time até poderia ter sofrido mais gols, caso o rival fosse mais eficiente nas jogadas de contra-ataques.
 
Próximos Jogos
No próximo domingo, às 16 horas, o Vasco terá outro clássico pela frente, desta vez contra o Fluminense, na reabertura do Maracanã. Enquanto isso, o Flamengo joga contra o Internacional, no mesmo dia e horário, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul. Antes, porém, o time faz o duelo de volta da Copa do Brasil contra o ASA, em Volta Redonda.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão