segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Nos braços da Nação

A combinação entre Flamengo, Maracanã e Nação Rubro-Negra costuma ser fatal para qualquer adversário. Na tarde deste domingo (29.09), não foi diferente. Pela 24ª rodada do Brasileirão, o Mais Querido, apoiado por quase 40 mil flamenguistas, jogou bem e goleou o Criciúma por 4 a 1, com gols de Hernane (2), Wallace e Elias. O resultado colocou o clube da Gávea na 15ª colocação da competição.
A Nação precisou esperar apenas cinco minutos para explodir de emoção: Hernane aproveitou o bate-rebate na área, após cobrança de escanteio de Luiz Antônio, e empurrou para o fundo do barbante. Aos 17, em um lance muito parecido com o do primeiro gol, Wallace ampliou a vantagem. O defensor aproveitou a rebatida errada da zaga catarinense e chutou forte, da linha da pequena área, para balançar a rede. Só três minutos depois, o Flamengo voltou a ameaçar: um chute errado de André Santos acabou se tornando um passe perfeito para o Brocador, que, ao tentar driblar o goleiro, sofreu pênalti e provocou a expulsão do arqueiro adversário. O próprio Hernane botou a bola na marca da cal e bateu firme para colocar o 3 a 0 no marcador. Aos 25, o Criciúma ofereceu perigo pela primeira vez: após cobrança de falta, Elton desviou de cabeça, a bola bateu na trave e voltou para as mãos do camisa 1 Felipe, que completou 150 jogos com o Manto Sagrado. Apesar da superioridade rubro-negra, a última jogada perigosa da primeira etapa foi da equipe visitante. Já nos acréscimos, o goleiro do Mais Querido derrubou Lins dentro da área e foi expulso. Na cobrança, Daniel Carvalho diminuiu a vantagem para dois gols de diferença.

Com tanta correria no primeiro tempo, era esperado que a segunda etapa começasse devagar. Mas, a partir do décimo minuto, as duas equipes acordaram. Aos 15, Luiz Antônio chutou forte de fora da área e o goleiro adversário encaixou com segurança. Três minutos depois, Elias cruzou e Hernane desviou de cabeça, mas a bola, ao passar ao lado da trave direita, não chegou a assustar tanto. Quem ameaçou mesmo foi Wellington Paulista; aos 19, ele chegou de frente para o arqueiro Paulo Victor, que executou uma grande defesa com a perna esquerda. No ataque seguinte do Criciúma, Lins encobriu o goleiro do Mais Querido, mas João Paulo salvou quando a bola se dirigia à rede. Apesar da tímida pressão do clube catarinense, o Flamengo conseguiu fazer seu quarto gol: aos 32, Paulinho tentou uma bicicleta e a redonda achou Elias, que mandou para o fundo do barbante de voleio. Só dois minutos depois, o camisa 8 quase marcou seu segundo. Hernane chutou, o arqueiro deu rebote e Elias chutou, mas a zaga evitou que a bola chegasse à baliza. Com a proximidade do apito final, as duas equipes diminuíram o ritmo e conduziram o jogo de forma cadenciada até o fim.

"Como costumo dizer, quando você menos espera, a artilharia cai nas suas mãos. Graças a Deus, estou fazendo os gols e conseguindo ajudar o Flamengo. E é ainda mais gostoso balançar a rede no Maracanã", disse Hernane após o apito final. O Brocador tem nove gols no Brasileirão e é o artilheiro do Maraca, com oito, em 2013.
 
Fonte: flamengo.com.br

Palmas para a torcida rubro-negra

A maior torcida do mundo faz a diferença. Prova disso foi a força que ela passou para o time no último domingo (29.09), quando o Flamengo bateu o Criciúma por 4 a 1, em um Maracanã colorido de vermelho e preto por quase 40 mil apaixonados. Para o técnico Jayme de Almeida, essa união entre jogadores e torcedores é fundamental.
"Quem jogou aqui sabe que a torcida é muito importante, pois ajuda demais. É bom destacar que o time precisa fazer com que os torcedores se sintam fortes para que possam apoiar. Contra Botafogo e Cruzeiro, pela Copa do Brasil, a Nação ajudou bastante e, desde já, venho agradecer por esse suporte. É uma torcida maravilhosa e precisamos muito dela", explicou.

Como Jayme disse, o time precisa da Nação. Isso porque a situação no Campeonato Brasileiro é complicada. O Mais Querido está apenas cinco pontos acima da zona de rebaixamento e não conseguiu ainda emplacar uma sequência de vitórias para respirar mais aliviado.

"Vamos precisar de muito trabalho e pés no chão para sairmos desta situação e conseguirmos tranquilidade. Afastamos-nos um pouco da zona de rebaixamento, mas o perigo continua. Temos consciência disso. As equipes são muito parelhas e não tem jogo fácil. Por isso, sempre bato na tecla de que é preciso ter atenção até o final", disse o técnico.

A preparação para o jogo contra o Coritiba, que será disputado na quarta-feira (02.10), começará na tarde desta segunda-feira (30.09). A reapresentação do grupo rubro-negro está marcada para as 15h, no Ninho do Urubu.
 
Fonte: flamengo.com.br

Flamengo 4 x 1 Criciúma – Chocolate para tentar escapar da crise

Em crise e ainda sem treinador, o Flamengo goleou o Criciúma, na tarde deste domingo, no Maracanã, na cidade do Rio de Janeiro. O duelo que foi válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, terminou com a vitória dos cariocas por 4 a 1.
 
O resultado positivo é a grande chance do Mengão respirar e tentar sair da crise que ronda a Gávea. O chocolate deixou o Flamengo na 15ª colocação, agora com 30 pontos. Já o Criciúma não conseguiu sair da zona da degola, ficando com os mesmos 25 pontos na 17ª posição.
 
Hernane (duas vezes), Wallace e Elias marcaram para os cariocas. Enquanto que Daniel Carvalho, cobrando pênalti, fez o gol de honra para os visitantes.
 
A Rádio Difusora AM 910, de Içara-SC, transmitiu este jogo com muito brilhantismo direto do Estádio do Maracanã no Rio de Janeiro. A narração foi de Jaques Santos, reportagens de Rogério Dimas, Comentários de João Nassif e no plantão esportivo o competente Marco Búrigo.
 
Expulsões
 Os goleiros Helton Leite e Felipe foram expulsos ainda no primeiro tempo. Os dois cometeram cada qual um pênalti, em lances convertidos por Hernane e, depois, por Daniel Carvalho.
 
 Apesar do placar elástico, o Flamengo não jogou bem. Dominou o adversário até os 25 minutos, quando já vencia por 3 a 0, com dois gols de Hernane e um do zagueiro Wallace. Nessas três situações, a defesa do Criciúma falhou. O erro mais gritante dos visitantes se deu no segundo gol do Flamengo, quando a zaga tentou tirar a bola da área três vezes e não conseguiu. Wallace então completou.
 
No final do primeiro tempo, Felipe repetiu Helton Leite, que havia cometido pênalti em Hernane. O goleiro do Flamengo derrubou Lins e também recebeu cartão vermelho. Daniel Carvalho cobrou e diminuiu.
 
Bem que tentou
 Na segunda etapa, o Criciúma foi melhor e esteve próximo de marcar o segundo gol. Wellington Paulista e Lins desperdiçaram lances que poderiam complicar o Flamengo.
 
A torcida rubro-negra, que compareceu em grande número ao Maracanã, parecia assustada e só se sentiu aliviada quando Elias fez o quarto gol, após outro erro de marcação do Criciúma.
 
Próximos jogos
O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira, onde vai enfrentar o Coritiba, às 21h50, fora de casa. Enquanto que o Criciúma retorna aos gramados no próximo domingo, onde encara o Goiás, às 18h30, também distante de sua torcida.
 
Fonte: futebolinterior.com.br

domingo, 29 de setembro de 2013

Hora de partir para cima

É consenso entre os jogadores que a atuação na metade inicial da partida contra o Botafogo, na quarta-feira passada (25.09), foi praticamente perfeita. Neste sábado (28.09), no CT, foi a vez de Léo Moura citar aqueles 45 minutos como exemplo. Para o capitão, entretanto, não pode haver afobação caso o primeiro gol contra o Criciúma, adversário deste domingo (29.09), demore a sair.
 
"Além de repetir a formação em todas as partidas, temos de fazer o que fizemos no primeiro tempo contra o Botafogo, que foi muito bom. Com aquele ritmo, aquela batida. Jogando em casa tem de ser agressivo, mas sem afobar. Temos de repetir aquela atuação", disse.

Como o jogo será realizado no Maracanã, Léo Moura sabe que a torcida comparecerá em peso, apoiará muito, mas também pode cobrar. Além da incômoda 16ª posição na tabela do Brasileirão, alegrar o torcedor rubro-negro é mais um motivo a tornar a vitória sobre o time catarinense fundamental.

"Cobrança é normal, pois o Flamengo vive de vitórias. Ganhando, o clima é outro. Sei como é a pressão. Temos que ter a vitória em casa, ainda mais depois da boa atuação pela Copa do Brasil", falou.
 
Fonte: flamengo.com.br

sábado, 28 de setembro de 2013

Felipe: "Obrigação de vencer"

O time que abre a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro é o Criciúma, com 25 pontos. Uma posição acima está o Flamengo, com 27. E neste domingo (29.09), às 16h, no Estádio do Maracanã, as duas equipes se enfrentarão pela 24ª rodada da competição. O goleiro Felipe não vê outra alternativa que não seja ganhar a partida.
"Temos a obrigação de vencer, pois vamos segurar o Criciúma lá embaixo. Pode-se dizer que é clima de decisão. Neste momento, em que o fim do campeonato se aproxima, não é bom entrar na zona de rebaixamento. Para nós, será importante jogar em casa. O torcedor foi fundamental na quarta-feira passada (contra o Botafogo, pela Copa do Brasil) e, certamente, será de novo no domingo", disse.

Apesar de não ser sua missão balançar a rede a favor do Mais Querido, Felipe, com suas defesas sempre importantes, pode fazer verdadeiros "gols". Contra o Botafogo, no confronto da Copa do Brasil, foi assim; salvou a equipe em duas oportunidades quando o adversário pressionava muito. Com a experiência de quem já está na Gávea há quase três anos, o goleiro crê que pode ajudar com seu conhecimento e liderança.

"Tenho que passar tranquilidade, errar o menos possível e não tomar gol. Quando o time sofre o 1 a 0, a cobrança fica grande. Se saímos na frente, a confiança aumenta, o que é muito importante neste momento, em que todas as partidas passam a ser decisivas", falou.
 
Fonte: flamengo.com.br

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Com jeito de Flamengo

O Flamengo fez um bom primeiro tempo contra o Botafogo, na noite da última quarta-feira (25.09), no Estádio do Maracanã, pela Copa do Brasil. Além do gol anotado, impressionaram a raça dos jogadores e a disposição de todos com relação à ajuda na marcação. Para André Santos, a preleção do efetivado Jayme de Almeida mexeu com o brio do grupo.
"O Jayme falou para o grupo que, para jogar no Flamengo, é preciso se dedicar ao máximo. Ele deu grandes exemplos disso e falou que, às vezes, o torcedor não quer um craque, mas, sim, alguém que se empenhe e se dedique na marcação. A equipe entendeu isso e soube se impor no primeiro tempo, com um ritmo forte", destacou.

Como o Rubro-Negro só voltará a jogar pela Copa do Brasil no dia 23 de outubro, o foco passa a ser o Campeonato Brasileiro. Nessa competição, a situação está mais complicada. Afinal, o time ocupa a 16ª posição e precisa se recuperar para se distanciar da zona do rebaixamento. Tudo pode começar a ser revertido já no próximo domingo (29.09), quando o Mais Querido enfrentará o Criciúma, às 16h, no Maior do Mundo.

"Precisamos continuar trabalhando e fazendo força para sair dessa situação. O Brasileirão é de alto nível e todos os jogos são difíceis, seja fora ou dentro de casa. Agradeço ao torcedor que tem nos apoiado muito no Maracanã, pois o momento é de superação e a equipe está dando uma boa resposta", finalizou André Santos.

Como o camisa 27 ressaltou, o momento é de recuperação, e, nessas horas, é fundamental que a Nação siga fazendo o que melhor sabe fazer: apoiar o time. Para a partida contra o Criciúma, a venda de ingressos já foi aberta; clique aqui para saber como adquirir sua entrada.
 
Fonte: futebolinterior.com.br

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Botafogo 1 x 1 Flamengo - A primeira vez foi boa?

Como ambos os jogos acontecerão no Estádio do Maracanã, o gol feito pelo visitante não terá peso 2. Com isso, caso a partida termine por qualquer resultado em igualdade, a decisão será nos pênaltis. Agora, quem vencer o duelo, que acontecerá no dia 23 de outubro, seja por qualquer placar, estará classificado para as semifinais.
 
Só deu Mengão... O Maracanã é a casa do Flamengo? O Mengão não se importou que estava no estádio como visitante e logo após o apito do árbitro já tomou a iniciativa e foi para o ataque. Hernane chutou, a bola passou perto do gol e foi para fora. O Botafogo não se encontrava e o Mengão aproveitou. Aos 12 minutos, lançamento na área, Paulinho deu um voleio e a bola foi parar na cabeça de André Santos, que só desviou para o fundo das redes.

O Botafogo sentiu o gol. Já o Flamengo teve a oportunidade de abrir vantagem, mas desperdiçou. Aos 27 minutos, Léo Moura avançou, a zaga abriu, e o lateral arriscou o chute. Jefferson mostrou o motivo que o fez ser um dos preferidos por Felipão, na Seleção Brasileira, e fez linda defesa. Em seguida, foi a vez de Luiz Antonio perder boa chance. O meio-campista, sozinho, cabeceou para fora.

O Botafogo estava irreconhecível, não conseguiu chegar uma vez sequer com perigo. O Flamengo ainda teve mais uma chance antes do intervalo. Luiz Antonio cruzou para Carlos Eduardo, que chutou para Jefferson salvar o Botafogo de levar, o que seria, o segundo gol.
 
E agora... só Fogão. A bronca de Oswaldo Oliveira no vestiário do Botafogo funcionou. O time voltou com vontade e não demorou para deixar tudo igual. Aos 12 minutos, Hyuri tocou para Edílson. O lateral avançou pela direita e arriscou o chute. A bola desviou na zaga do Flamengo e pegou o goleiro Felipe de surpresa.

Aos 14 minutos, Lodeiro, Seedorf e Rafael Marques fizeram uma linda triangulação. A bola ficou com o artilheiro, que, cara a cara, chutou nas mãos do Felipe, desperdiçando a chance da virada. O Fogão continuou em cima. Mais uma vez, Rafael Marques. A zaga do Mengão dispersou, o atacante arriscou o chute e Felipe defendeu.

Se o primeiro tempo foi do Flamengo, o segundo foi inteiro do Botafogo. O Mengão pouco fez, na etapa final, para sair com a vitória. No fim, o empate foi justo para o que as duas equipes apresentaram no decorrer de toda a partida. Na última chance do jogo, Octávio mandou para fora.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Jayme de Almeida: "Vamos com tudo"

Confiança e otimismo. Essas duas palavras caracterizaram a última entrevista coletiva de Jayme de Almeida antes do jogo contra o Botafogo, que abre a disputa das quartas de final da Copa do Brasil, às 22h desta quarta-feira (25.09), no Maracanã. Com um discurso empolgado, o treinador interino garantiu que o time do Flamengo entrará para ganhar, mesmo com o confronto sendo decidido em 180 minutos.
"A partida é muito importante. Vamos com a cabeça no lugar para jogar sem pressão, pois o Flamengo é um time forte. Respeitamos o Botafogo, mas iremos sem medo e entraremos em campo para fazer o nosso jogo e ganhar. O time vai lutar, mas de maneira organizada e tentando impor a sua tática. Vamos com tudo", afirmou.

Apesar de ter fechado o último treino antes do jogo, Jayme de Almeida confirmou algumas mudanças. Ele garantiu que Léo Moura e Felipe, que desfalcaram o time nos últimos jogos, estarão de volta. Além disso, confirmou que Luiz Antônio será o substituto de Elias, que está suspenso por ter tomado o terceiro cartão amarelo na última partida das oitavas de final, contra o Cruzeiro.

A partida contra o Botafogo será a terceira de Jayme de Almeida como treinador do Flamengo em 2013. Nos outros dois jogos, ele conseguiu uma vitória e um empate. Para conseguir sair de campo vitorioso novamente, o treinador interino aposta em uma forte marcação.

"Temos que dificultar as coisas boas que o Botafogo tem. Como eles formam um time bom e entrosado, precisamos bloquear as virtudes deles. Assim, poderemos construir o nosso jogo e lutar pela vitória", explicou Jayme.
Fonte: flamengo.com.br

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Pensamento positivo

Falta só um dia. Está chegando o grande momento do primeiro confronto contra o Botafogo, que abre a disputa por um lugar nas semifinais da Copa do Brasil. Além do Maracanã, onde o Flamengo só perdeu um jogo em 2013, o Rubro-Negro conta com outro trunfo: o bom retrospecto na competição. Em oito jogos, foram sete vitórias e apenas uma derrota. Razões que fazem Luiz Antônio ficar otimista com relação ao futuro do time no mata-mata.
"Pensar positivo sempre. Chegar à final da Copa do Brasil é o objetivo, pois essa competição é um caminho curto para chegar à Libertadores. Título é sempre bom, e as vitórias virão com a sequência do trabalho. Pensamos em vencer novamente, como fizemos contra o Cruzeiro (no jogo de volta das oitavas de final)", disse o jogador.

Pelo segundo jogo consecutivo, o Flamengo terá Jayme de Almeida como comandante da equipe. Nos dois jogos em que esteve à frente da equipe em 2013, o treinador interino conseguiu um empate e uma vitória.

"O professor Jayme conhece muito bem o grupo e está bem capacitado para trabalhar conosco. Ele nos dá conselhos, orientações e nos influencia muito pela experiência que tem de Flamengo. Acabamos levando isso para dentro de campo", explicou Luiz Antônio.

O Flamengo fará seu último treino antes do jogo na tarde desta terça-feira (24.09). Jayme de Almeida comandará a atividade no Ninho do Urubu, a partir das 15h.

Fonte: flamengo.com.br

11ª Mostra Alagoana de Dança lota Centro de Convenções de Viçosa

Uma noite de movimentos e artes que arrancaram aplausos do público viçosense, assim foi a 11ª Mostra Alagoana de Dança em Viçosa. Quinze apresentações abrilhantaram a noite do último sábado, 21, no Centro Cultural e de Convenções Dr José Evilásio Torres.
 
A prefeitura de Viçosa abriu as portas do Centro de Convenções antes mesmo de sua inauguração oficial, para receber os artistas viçosenses e alagoanos que encantaram os presentes com a harmonia das coreografias.
 
Os grupos PDA Crew, Performance e Renascer representaram o município com grandeza e mostraram a força da dança no município. Para o prefeito Flaubert Filho, “Viçosa mostrou que não tem idade para a dança. Na adolescência ou na melhor idade, o importante é ser feliz e se entregar aos movimentos ritmados”.
 
A 11ª edição da mostra já aconteceu nas cidades de Arapiraca, São Miguel dos Campos e Coruripe, e passará ainda por Barra de São Miguel. A etapa final será em Maceió, nos dias 2 e 4 de outubro.
 
Para os que gostam de dançar ou querem aprender, a organização da mostra estará ofertando oficina de Dança de Salão na escola de Música José Aprígio Vilela. As inscrições estão abertas e devem ser realizadas na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, na Avenida Firmino Maia.

A mostra é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, em parceira com a prefeitura de Viçosa. Conta ainda com o apoio do Serviço Social do Comércio (SESC-AL).
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Banda Pedro Carnaúba representa Viçosa

A Banda Fanfarra Pedro Carnaúba representou com orgulho o município de Viçosa no evento que comemorou a Emancipação Política de Alagoas, em Maceió. Parabéns a todos os integrantes da banda e aos organizadores pela apresentação emocionante.
 
A banda fez bonito no dia 7 de setembro, durante o hasteamentos das bandeiras, na Prefeitura de Viçosa, onde fizeram a execução dos hinos do Brasil, de Alagoas e da Independência. Para a Emancipação Política de Viçosa, a banda já foi convidada e  confirmou sua participação, que é a mais esperada pelos viçosenses.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Segurança e tranquilidade

Um dia após o presidente Eduardo Bandeira de Mello vir a público e depositar sua confiança em Jayme de Almeida, foi a vez do treinador interino falar com a imprensa, em Recife, onde o Flamengo enfrentará o Náutico, às 16h deste domingo (22.09), na Arena Pernambuco. Ciente da pressão sobre o time, ele diz saber exatamente o que passar ao grupo para que o desempenho dentro de campo não seja afetado pelo que vem de fora.

"Sou profissional, funcionário do Flamengo. Quando acontece essa saída (de treinador), a responsabilidade fica a meu cargo. Espero corresponder à expectativa da diretoria e da torcida, que cobra, pois deve cobrar. Tenho que dar segurança e tranquilidade aos jogadores para que façam um grande jogo", explicou.

Com relação à formação que mandará a campo, Jayme prometeu não fazer grandes mudanças em relação aquilo que vinha fazendo Mano Menezes. Sereno e bom profissional, o treinador interino aposta na simplicidade para vencer.

"Não sou maluco, não vou inventar nada. Temos uma equipe que jogou na quinta e vamos jogar neste domingo. O pessoal está cansado, e o resultado (contra o Atlético/PR) também foi ruim mentalmente. Tenho a formação, não terá mudança radical. Uma coisa simples e objetiva", disse.
 
Fonte: flamengo.com.br

Sem tempo para lamentar

O Flamengo entrou em campo sob novo comando, mas não foi suficiente. Embora Jayme de Almeida estivesse à beira do campo orientando o time, o Mais Querido não saiu do empate por 0 a 0 com o Náutico, na tarde deste domingo (22.09), na Arena Pernambuco, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Agora, a equipe volta todas as atenções para o Botafogo, adversário da próxima quarta-feira (25.09), pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil.
A novidade ficou por conta de Amaral, que iniciou como titular. A Nação Rubro-Negra compareceu em maior número e viu o Flamengo finalizar a gol logo aos três minutos com Hernane. André Santos, aos 10, também fez ótima jogada e quase marcou. A bola foi desviada e, na cobrança de escanteio, Samir obrigou o arqueiro adversário a realizar boa defesa. O zagueiro, em outra cabeçada, quase colocou para dentro, aos 15. A duas grandes chances do Náutico ocorreram aos 20 e aos 35 minutos. Na segunda, Paulo Victor realizou uma defesa espetacular. O jogo ficou equilibrado, porém o placar permaneceu inalterado até o fim do primeiro tempo.

O Flamengo começou a segunda etapa igual à primeira: a mil por hora. No primeiro ataque, Elias recebeu sozinho, após bonita jogada de Paulinho, e só não balançou a rede porque o defensor salvou quase dentro do gol. Com o passar do tempo, o adversário equilibrou novamente o duelo. O treinador promoveu a entrada de Gabriel no lugar de Carlos Eduardo, aos 15 minutos, a fim de melhorar a equipe. O suplente cruzou com perigo, mas ninguém chegou a tempo para empurrar para dentro. No momento em que a partida ficou equilibrada, André Santos concedeu lugar a Fernando, aos 25. O confronto começou a ficar pegado, sem grandes chances para ambos os lados. Com quase 40 minutos no relógio, saiu Paulinho e entrou Marcelo Moreno. No último lance, Elias perdeu gol inacreditável e o jogo terminou como começou: 0 a 0.

"A gente batalhou, correu, criou oportunidades, como a do Elias, e infelizmente não fez. Agora é trabalhar para ter mais concentração na hora de fazer o gol", comentou Luiz Antônio. O elenco se reapresenta nesta segunda-feira (23.09), às 15h, no Ninho do Urubu.

Fonte: flamengo.com.br

domingo, 22 de setembro de 2013

Náutico 0 x 0 Flamengo - E a crise continua...

Complicou! O Flamengo entrou no estado de alerta na tarde deste domingo. Diante do lanterna do Brasileirão, o Náutico, o Mengão fez mais uma partida apática e não saiu de um 0 a 0, pela 23ª rodada, perdendo uma grande oportunidade de se afastar da zona de rebaixamento. O clube carioca foi comandado pelo interino Jayme, mas deve anunciar um novo treinador nos próximos dias.
 
O resultado não foi nada bom para o Flamengo. Na 16ª colocação com 27 pontos, o Mengão pode terminar a rodada na zona de rebaixamento, porém, para isso Criciúma ou o rival Vasco precisa vencer, em partida que acontecerá ainda neste domingo. A crise está instalada, e o clube carioca não pensa em outra coisa, sem ser fugir do descenso.
 
Por sua vez, o rebaixamento do Náutico parece ser questão de tempo. O Timbu já não vence há 13 jogos e precisa começar a pensar no planejamento de 2014. O clube pernambucano, que será comandado agora por Marcelo Martelotte, é o lanterna com apenas dez pontos, a 17 do próprio Flamengo.
 
Tudo igual!
Em crise, o Flamengo não quer fazer companhia diante do próprio rival deste domingo, o Náutico, no fundo do poço. Com isso, saiu para a pressão logo nos minutos iniciais do embate. Aos três, Hernane fez fila na zaga do Timbu e arriscou o chute. A bola acabou indo para fora. Depois foi a vez de Samir perder boa oportunidade. O defensor testou firme, mas Gideão, atento, fez a defesa. Já pelo clube pernambucano, Rogério tentou, mas parou em Paulo Victor.
 
Aos 14 minutos, Samir apareceu, outra vez, como elemento surpresa na área do Náutico. Carlos Eduardo cruzou, o zagueiro desviou e Gideão fez a defesa. Em seguida, o defensor salvou uma bola em cima linha, em um chute de Tiago Real, que já havia deixado Paulo Victor para trás.
 
Com a necessidade de ambas as equipes em vencer, o jogo ficou aberto, o que fez com que, tanto Náutico, quanto o Flamengo perdessem várias chances. Pelo lado do Mengão, Wallace tentou de cabeça, mas mandou para fora. Enquanto que, Paulinho obrigou Gideão a fazer mais uma grande defesa. Já o Timbu chegou com Martinez. O volante aproveitou a sobra para soltar o pé. Paulo Victor defendeu.
 
Elias teve a chance de ouro, mas perdeu!
No intervalo, o interino Jayme tentou motivar o time do Flamengo, que entrou com tudo para o segundo tempo. Logo aos quatro minutos, Elias arriscou o chute. A bola passou por Gideão, mas o pé salvador de Leandro Amaro não deixou o Mengão abrir o placar. O Náutico não demorou a responder. Hugo tentou cruzar, a bola pegou efeito e por pouco não surpreendeu Paulo Victor, que fez a defesa.
 
Aos 16 minutos, o Flamengo desperdiçou mais uma chance. Gabriel cruzou, a bola passou por toda a área e ninguém chegou para empurrar para o fundo das redes. Já o Náutico tentou chegar com Rogério, mas o atacante mandou a bola para fora.
 
Nos minutos finais, cada equipe teve uma chance de vencer o embate. Pelo Náutico, Maikon Leite recebeu belo passe, ficou cara a cara com Paulo Victor, que pulou nos pés do atacante para fazer a defesa. Já o Flamengo perdeu um gol incrível. Marcelo Moreno cabeceou, Gideão defendeu, na sobra, Elias, sem goleiro, errou o alvo.
 
Próximos jogos
Na próxima rodada, o Náutico visita a Ponte Preta nesta terça-feira, às 19h30, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Já o Flamengo mede forças contra o Coritiba na quarta-feira, às 21h50, no Couto Pereira, em Curitiba-PR.
 
Fonte: futebolinterior.com.br

sábado, 21 de setembro de 2013

Compre as suas RIFAS faça sua festa

Compre as suas RIFAS, entre em contato pelo e-mail, veja o Modelo que mais lhe interessa e mande o e-mail para joalsilva.eli@gmail.com com as seguintes informações:
INFORME O VALOR DE CADA RIFA
INFORME O LOCAL ONDE OCORRERÁ O SORTEIO
INFORME OS DADOS OU ENUNCIADO (DO QUE SERÁ O SORTEIO, MOTIVO DO SORTEIO, HORA DO SORTEIO)
INFORME O MODELO DAS RIFAS
OBS: Cuidado com os textos muito longo, seja objetivo.
Não esqueça de informar por e-mail os dados que conterá nas RIFAS.


VALOR POR 20 PÁGINAS: R$ 8,00 - TOTAL DE RIFAS: 200
VALOR POR 30 PÁGINAS: R$ 12,00 - TOTAL DE RIFAS: 300
VALOR POR 40 PÁGINAS: R$ 14,00 - TOTAL DE RIFAS: 400
VALOR POR 50 PÁGINAS: R$ 18,00 - TOTAL DE RIFAS: 500
VALOR POR 100 PÁGINAS: R$ 35,00 - TOTAL DE RIFAS: 1000
VALOR POR 150 PÁGINAS: R$ 48,00 - TOTAL DE RIFAS: 1500
VALOR POR 200 PÁGINAS: R$ 65,00 - TOTAL DE RIFAS: 2000
CADA PÁGINA CONTÉM 10 BILHETES DE RIFA
MENOS O MODELO 4 QUE CADA PÁGINA CONTÉM 8 BILHETES

Informações do depósito do pagamento das RIFAS na conta da caixa (Agência: 1133, Conta: 00031462-3, Operação ou Tipo: 013), de acordo com a quantidade das RIFAS desejadas. Informe por e-mail que realizou pagamento (transferência) enviando o Comprovante de Transferência e a data da transferência. Ou pode pagar pelo Paypal na conta joalsilva.eli@gmail.com. Agradeço.

Você receberá por e-mail um arquivo pdf contendo as RIFAS que pediu, só terá que imprimi-las com o tipo de papel que desejar e recortá-las.

MODELO 1 - 10 RIFAS EM CADA FOLHA A4


MODELO 2 - 10 RIFAS EM CADA FOLHA A4
MODELO 3 - 10 RIFAS EM CADA FOLHA A4

MODELO 4 - 8 RIFAS EM CADA FOLHA A4
AGUARDO A SUA COMPRA

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Flamengo 2 x 4 Atlético-PR - Mengão é arrastado pelo Furacão! Mano foi junto...

Que virada! O Atlético-PR provou mais uma vez o motivo que é considerado a sensação do Brasileirão, ao lado do Cruzeiro. O Furacão foi até o Maracanã desafiar o Flamengo e não se intimidou. Após sair perdendo por 2 a 0, o clube paranaense fez um brilhante segundo tempo e venceu o Mengão por sonoros 4 a 2, em partida marcada pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida teve transmissão pela Rádio Banda B, de Curitiba, e acompanhada pelo Placar FI.
 
Logo após o jogo Mano Menezes não aguentou a pressão e pediu demissão. Ele deve ter sentido ser difícil controlar um elenco no rio de Janeiro, onde muitos jogadores trocam a noite pelo dia.
 
Com o resultado positivo, o Atlético-PR vai se firmando no grupo dos quatro primeiros colocados, que dá ao fim da competição uma vaga para a Copa Libertadores da América. Sonhando ainda em assumir a ponta da tabela, o Furacão encontra-se na quarta posição com 38 pontos, a 11 do líder Cruzeiro.

No lado inverso da tabela, o Flamengo continua oscilando na competição. Desta vez, o Mengão deu a entender que iria fazer mais uma partida brilhante, porém, caiu de produção e foi batido pelo Atlético-PR. Demorando para acordar, o clube carioca segue brigando contra o rebaixamento, onde encontra-se na 14ª colocação, a dois pontos do Vasco da Gama, primeiro time do descenso.

E da-lhe Mengão!
O Flamengo não tomou conhecimento do bom momento vivido pelo Atlético-PR e começou o primeiro tempo de maneira arrasador. Logo no primeiro minuto, Hernane abriu o placar. Carlos Eduardo puxou o ataque, tocou para Rafinha, que deixou para o Brocador balanças as redes. O Mengão continuou em cima e o segundo não demorou a sair.

Aos oito minutos, Paulinho avançou pela direita e tocou para Luiz Antonio. O lateral dominou com a direita e soltou a bomba com a perna esquerda. A bola parou no canto direito de Wéverton. Em seguida, Luiz Antonio quase fez o terceiro, ao obrigar o arqueiro do Atlético-PR a fazer uma bela defesa.

O Flamengo seguiu na pressão, mas foi o Atlético-PR que chegou ao gol. Marcelo puxou o contra-ataque e deixou o estreante Fran Mérida livre para deixar o seu e recolocar o Furacão no jogo. O Mengão conseguiu responder nos minutos finais. Luiz Alberto arriscou o chute e Wéverton fez a defesa.

Furacão destroçou!
A bronca no vestiário acordou de vez o Atlético-PR, que não demorou para fazer o gol de empate. Everton avançou pela direita, cortou para o meio e deixou Delatorre sozinho para deixar tudo igual. Aos 16 minutos, por pouco, o Furacão não dançou o vira. Everton soltou a bomba, Paulo Victor salvou o Flamengo, ao tirar a bola em cima da linha.

O Flamengo foi se cansando, enquanto que, motivado, o Atlético-PR continuou em cima e chegou ao terceiro gol. Aos 32 minutos, Adryan falhou, a bola ficou para Roger, que achou Marcelo livre de marcação. Na área, o atacante não se abateu e dançou o vira à favor do Furacão.

Mesmo na frente do marcador, o Atlético-PR mostrou que queria mais e, ele, Roger desencantou. Aos 36 minutos, após bate e rebate na área, o ex-atacante de Palmeiras, São Paulo e Ponte Preta ficou com a bola e tocou no canto esquerdo de Paulo Victor, fechando a conta.

Próximos jogos
Na próxima partida, o Flamengo enfrenta o Náutico neste domingo, às 16h, na Arena Pernambuco, em Recife. Por sua vez, o Atlético-PR mede forças contra a Ponte Preta no mesmo dia, às 18h30, no Estádio Durival de Britto.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Inscrições para a Feira do Empreendedor

A Prefeitura de Viçosa, em parceria com o Sebrae, estará disponibilizando transporte para a delegação de Viçosa rumo a Feira de Empreendedor 2013, que vai acontecer em outubro, no Centro de Convenções Ruth Cardoso, em Maceió.

 Na Feira do Empreendedor estão previstos cerca de 200 cursos, palestras e oficinas, com oferta de aproximadamente 7 mil vagas. O evento irá disponibilizar a troca de experiências entre os empresários, além de capacitações e serviços de abertura e gestão de empresas.

Os viçosenses interessados em participar desta edição da feira, deverão fazer as inscrições até o dia 25 de setembro, na Sala do Empreendedor de Viçosa, localizada no prédio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, na Avenida Firmino Maia.

Fonte: vicosa.al.gov.br

Viçosa sedia 11ª Mostra Alagoana de Dança neste sábado

As portas do Centro Cultural e de Convenções José Evilásio Torres serão abertas, neste sábado, 21, a partir das 19h, para receber a originalidade dos ritmos que embalam o estado de Alagoas na 11ª edição da Mostra Alagoana de Dança.
 
Sobem ao palco artistas de renome estadual, como a Academia de Dança Maria Emília Clark, e três grupos viçosenses selecionados para representar o município: P.D.A. Crew, Performance e Renascer. 14 grupos apresentarão os mais diversos ritmos: hip hop, afro, ballet clássico, popular, dentre outros. Os ingressos para prestigiar a mostra serão distribuídos a partir das 17h, na bilheteria do Centro de Convenções.
 
Na próxima semana, de 24 a 26, serão ofertadas aulas de dança de salão na Escola de Música e Folclore José Aprígio Vilela. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas na Secretaria de Cultura e Turismo de Viçosa, de segunda a sexta. O público alvo são pessoas de 7 a 100 anos. As aulas vão acontecer em três horários diferentes: das 14h às 15h, das 18h às 19h30 e das 19h30 às 21h.
A mostra é uma realização da Secretaria de Estado da Cultura, em parceria com a Secretaria de Estado do Planejamento e Desenvolvimento Econômico e da Prefeitura de Viçosa, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo.
 
Confira os grupos que irão participar da mostra em Viçosa:
 
01-P.D.A. Crew - Poder dos amigos - Viçosa - (hip hop);

02- Grupo 3ª Idade Renascer - Viçosa - (popular);

03- Performance - Viçosa - (hip hop);

04- Free Step The boys - Branquinha - (hip hop);

05- All Styler' s – Santa Luzia do Norte - (street dance);

06- Ballet Renascer - Rio Largo - (ballet clássico);

07- Grupo Arafunfun Omanjerè - Maceió - (afro);

08- Harabesck Bellydance Company - Maceió - (dança do ventre);

09- Conexão Arte e Cultura - Maceió - (street dance);

10- Ass. Artística Sururu de Capote - Maceió - (popular);

11- Ass. Cultural Guerreiros Produções - Marcel Correia- Maceió (contemporâneo);

12- Gaby Ferreira e Jal Avlis - Maceió - (contemporâneo);

13- Academia de Dança Maria Emília Clark - Maceió - (contemporâneo);
 
14- Cia Paulinho Vasconcelos - Maceió - (dança de salão).

 
Fonte: vicosa.al.gov.br

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Projeto Esporte na Escola é iniciado na Alza Torres

Com a chegada do Projeto Esporte na Escola, os alunos da Escola Municipal Alza Torres, do conjunto Santa Ana, agora poderão praticar esportes todos os dias. O projeto é uma parceria da Secretaria Municipal de Educação e da Secretaria de Esportes, Juventude e Lazer.
 
Cerca de 260 crianças, até o 5º ano letivo, serão atendidas pelo projeto que visa o incentivo a prática esportiva em várias modalidades, inclusive com a criação de um time feminino para representar Viçosa no campeonato estadual de futebol e basquete, conforme informou Audálio Honorato, secretário municipal de Esportes, Juventude e Lazer. 
 
Para Luciana Tenório, diretora da Escola Alza Torres, a freqüência assídua dos alunos é pré-requisito para participar das atividades. “Fiquei muito feliz em saber da preocupação do prefeito Flaubert Filho, da secretária Ana Paula e do nosso secretário de Esportes com as crianças da Alza Torres. Será mais um projeto com foco em tirar as crianças da ociosidade. Já temos alunos no LAC [Laboratório de Aprendizagem] e na Escola de Artes e Música, agora tiraremos daqui os futuros atletas de Viçosa”.
 
O secretário Audálio Honorato falou da importância do projeto na comunidade. “O projeto vai contar com a ajuda da escola, da comunidade, da gestão e da Guarda Municipal. O professor Fabinho vai estar aqui todos os dias para incentivar esses meninos e meninas a praticarem esportes, inclusive já vimos aqui que teremos muitas revelações no futebol”.

José Ivonês, representante da Guarda Municipal, também aderiu ao projeto. “A Guarda vai se fazer presente para dar a segurança necessária para os alunos e guardar nosso patrimônio. Isso aqui é nosso e temos que zelar por esse espaço, por essa comunidade”.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Promessa da Prefeitura para o CT

Com o objetivo de esclarecer aos associados e a toda a Nação Rubro-Negra sobre o andamento das negociações com a Prefeitura a respeito dos investimentos no Centro de Treinamento George Helal, a diretoria do Clube de Regatas do Flamengo informa que, mesmo depois da entrega de todos os documentos solicitados, a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro ainda não cumpriu com o acordado e não liberou a verba prometida para o clube.

Diferentemente do ocorrido com o Vasco da Gama, o Botafogo e o Fluminense, clubes estes que já foram beneficiados com a cessão de terrenos do município para construírem seus centros de treinamento, o Flamengo ainda não viu cumprida a promessa pública do Prefeito, que consistia no repasse de R$ 5 milhões para a conclusão das obras do Centro de Treinamento. Infelizmente, não foram utilizados os mesmos critérios para todos os clubes.

Apenas para relembrar de todo o acordo, a ordem dos fatos a seguir:

- A primeira reunião com os Clubes ocorreu em agosto de 2012, e inicialmente a proposta previa a cessão de terrenos para Vasco, Botafogo e Fluminense, mais uma ajuda de R$ 6,5 milhões para cada um. Como o Flamengo já dispunha de um terreno, receberia somente uma ajuda financeira no valor de R$ 9 milhões.

- O assunto ficou parado, e no início desse ano, mais precisamente no dia 15/02, a diretoria teve uma reunião com o Prefeito, quando foi informado que Vasco, Botafogo e Fluminense receberiam só o terreno e o Flamengo a quantia de R$ 5 milhões.

- No dia 19/03, durante a cerimônia de lançamento de um livro em homenagem ao Zico, o Prefeito anunciou publicamente a liberação dos referidos R$ 5 milhões para o Flamengo. Esta noticia foi amplamente divulgada pela assessoria da Prefeitura.

- No dia 20/03, foi publicado no D.O. (abaixo) a cessão do terreno em favor do Fluminense (terreno avaliado am aprox. R$ 38 milhões).

- No dia 02/04, foi publicado no D.O. (abaixo) a cessão dos terrenos em favor do Botafogo e Vasco.
No mês de julho do ano corrente, a diretoria do Flamengo teve mais uma reunião com o Prefeito, oportunidade em que foi reiterada a promessa da liberação imediata dos recursos.

Desde então todos os documentos solicitados pela Prefeitura foram prontamente entregues pelo Flamengo.

Até hoje, apesar dos constantes contatos, o CRF não foi contemplado com absolutamente nada.

Vale notar que o Flamengo é o único capaz de ter seu CT pronto até a Copa do Mundo, um dos objetivos prévios da Prefeitura em fazer o acordo com os clubes. Os recursos prometidos cobririam exatamente esta meta.

Por fim, também causa grande estranheza o fato de o Ministério Público ter instaurado procedimento administrativo questionando somente o repasse em favor do Clube de Regatas do Flamengo, na medida em que, salvo melhor juízo, não houve nenhum tipo de questionamento acerca da cessão dos terrenos em favor dos outros três clubes, diga-se de passagem, terrenos em valores muito superiores aos 5 milhões prometidos ao Flamengo.

Caso não seja possível cumprir a promessa financeira, a Nação Rubro-Negra espera, ao menos, que se faça justiça, e que o Clube de Regatas do Flamengo seja tratado de forma igualitária, recebendo terreno de dimensões similares aos cedidos para os outros três clubes.

CONSELHO DIRETOR DO CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO
 
Fonte: flamengo.com.br

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Ganhe Dinheiro com Futebol

Este é um guia para se iniciar no mundo das apostas desportivas, um mercado que movimenta milhões por dia no mundo todo.
Este guia irá lhe ajudar a entender esse universo e ganhar dinheiro de uma forma divertida que pode até se tornar sua atividade principal.
Não é aposta estamos falando de trading, assim como pessoas fazem trading na bolsa de valores, nós fazemos na bolsa de apostas desportivas.

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Ponte Preta 1 x 1 Flamengo – O calvário parece não ter fim!

A diretoria fez promoção e a torcida compareceu em bom número (mais de 10 mil pagantes), mas a Ponte Preta não fez a parte dela. Com um gol levado de André Santos aos 42 minutos do segundo tempo, a Macaca apenas empatou com o "desfigurado" Flamengo, por 1 a 1, no Estádio Moisés Lucarelli, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de ter acabado com a sequência de sete derrotas seguidas, o time campineiro continua em situação delicadíssima.
 
Após a sequência negativa, a Ponte voltou a pontuar, mas continua em situação bastante delicada. Com apenas 16 pontos, o time campineiro está na penúltima colocação e vê o rebaixamento para a Série B cada vez mais próximo. Já o Flamengo, que não consegue emplacar uma sequência de resultados, está na 11ª colocação, com 26 pontos.

E ainda não foi dessa vez que o Flamengo encerrou um jejum que já dura 15 anos. A última vitória rubronegra no Moisés Lucarelli foi no Campeonato Brasileiro de 1998, quando bateu a Ponte Preta, por 1 a 0. O gol marcado foi de Rodrigo Fabri.
 
Mengo começa melhor e Ponte iguala Mesmo com vários desfalques, o Flamengo começou a partida tendo mais posse de bola, enquanto a Ponte Preta encontrava muitas dificuldades para passar pelo sistema defensivo adversário, que era protegido por três voltantes. Na base do contra-ataque, o Mengo assustou aos nove. Paulinho desceu em velocidadee tocou para Carlos Eduardo. O meia tocou na saída de Roberto, mas o chute saiu torto. A resposta veio na sequência.
 
Fellipe Bastos soltou a bomba em cobrança de falta e a bola passou raspando a trave de Paulo Victor. Sem tempo de bola, os jogadores pontepretanos chegavam atrasados no lance e cometiam muitas faltas perto da área, preocupando Roberto. Aos 19, Adrianinho arriscou de longe e o goleiro rubronegro espalmou para escanteio. O Flamengo parecia estar jogando em casa, tendo muito mais posse de bola e colocando o adversário na roda.
 
A Macaca insistia nas jogadas pelas laterais. Aos 29, Chiquinho recebeu livre e cruzou rasteiro, mas Samir apareceu antes de William e desviou pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Baraka tocou de cabeça e a bola passou raspando a trave de Paulo Victor. Aos 34, Uendel dominou na entrada da área e bateu para fora. Depois, Carlos Eduardo sofreu falta muito perto da área e João Paulo cobrou por cima.
 
Quando parecia que a vitória ia vim...
A Ponte Preta duas boas chances de abrir o placar aos sete minutos. Artur arriscou de longe e Paulo Victor soltou nos pés de Chiquinho. Sem ângulo, o atacante foi abafado pelo goleiro, que se recuperou e fez outra defesa. Na sequência, Uendel cruzou e Rildo desviou mal de cabeça. A resposta rubronegra veio aos 11. Hernane tabelou com João Paulo, dominou dentro da área e soltou a bomba, com muito perigo.
 
Aos 15, William dominou e ajeitou para Chiquinho, que chegou batendo de primeira. A bola passou raspando a trave de Paulo Victor, já batido no lance. O segundo tempo era bastante movimentado, com os dois times buscando o gol, pois só a vitória interessava para ambos. Aos 20, Samir cometeu falta em Rildo e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Flamengo com um a menos.
 
Em vantagem, a Ponte Preta abriu o placar aos 23. Chiquinho inverteu a bola para Artur, que dominou e, mesmo sem ângulo, soltou a bomba no ângulo de Paulo Victor. Atrás do marcador, o Flamengo passou a pressionar a Macaca, mesmo com um homem a menos. E o merecido empate saiu aos 42. André Santos recebeu cruzamento de dentro da área e bateu. A bola ia nas mãos de Roberto, mas desviou em Chiquinho e Ferron, indo morrer no fundo das redes.
 
Próximos jogos
A Ponte Preta volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Corinthians, às 21h50, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 22ª rodada. Na quinta, o Flamengo recebe o Atlético-PR, às 19h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

domingo, 15 de setembro de 2013

Na raça

Todos sabem o quanto é difícil jogar contra a Ponte Preta no Estádio Moisés Lucarelli. Ciente disso, o Flamengo entrou em campo respeitando o adversário, mas sem abdicar do ataque. O empate por 1 a 1, na tarde deste domingo (15.09), em Campinas, coroou a boa exibição da equipe, que jogou grande parte do segundo tempo com um a menos. Agora, os comandados de Mano Menezes se preparam para o próximo compromisso, diante do Atlético/PR, na quinta-feira (19.09), às 19h30, no Estádio do Maracanã, pela 22ª rodada.
Luiz Antônio iniciou a partida na lateral-direita com a missão de manter a regularidade de Léo Moura, e foi bem. A primeira jogada de perigo surgiu em cruzamento dele, mas Diego Silva colocou a mão na bola ao tentar dominá-la. Aos nove minutos, Paulinho puxou rápido contra-ataque e tocou para Gabriel, que, na frente do goleiro, ficou na dúvida se chutava ou cruzava. Paulo Victor fez a primeira defesa apenas aos 19 minutos. O Rubro-Negro controlava a partida e chegou a ter 63% de posse de bola. No decorrer do jogo, Diego Silva se lesionou sozinho e concedeu lugar a João Paulo. Com a alteração, André Santos passou a atuar de meia. A primeira etapa terminou 0 a 0.

Mesma postura
A equipe iniciou a segunda metade da partida com a mesma pegada. O lance mais bonito do duelo ocorreu aos 12. Após linda triangulação entre Carlos Eduardo, João Paulo e Hernane, o atacante finalizou por cima da baliza. A Macaca começou a chegar perigosamente, Mano Menezes percebeu e modificou. Gabriel saiu, entrou Rafinha. O que era para melhorar acabou tendo efeito contrário pouco depois, pois Samir recebeu o segundo cartão amarelo e foi para o vestiário mais cedo. A Ponte passou a ter mais espaço e conseguiu o gol pelos pés de Artur, três minutos após a expulsão, aos 22. Hernane saiu e entrou González para repor o sistema defensivo. Na base da raça, o time foi para cima. O relógio marcava 41 e, depois de cruzamento perfeito de João Paulo, André Santos dominou no peito e chutou para o fundo do gol, após leve desvio na defesa. O empate coroou a luta e a boa exibição do Mais Querido. Antes de o jogo acabar, Cesar, da Ponte, ainda foi expulso.

"O primeiro tempo estava controlado, mas eles cresceram com a expulsão do Samir, no segundo. Não desistimos nunca, fomos guerreiros e conseguimos o empate. Parabéns aos torcedores pelo apoio e aos jogadores, pela disposição", declarou André santos, herói do dia. Os atletas se reapresentam nesta segunda-feira (16.09), às 10h, no Ninho do Urubu.
 
Fonte: flamengo.com.br

Pensamento positivo

A partida do último domingo (15.09), no Estádio Moisés Lucarelli, foi simbólica. Com um jogador a menos desde os 19 minutos do segundo tempo, o Flamengo levou um gol, mas não desistiu e conseguiu o heroico empate contra a Ponte Preta aos 41 minutos da etapa final. Antes da expulsão do Samir, o time atuava bem e controlava o jogo. No primeiro tempo, chegou a ter 63% de posse de bola. Mano destacou que ainda falta corrigir alguns pontos.
"Ainda faltam detalhes importantes para vencermos. Hoje, poderíamos ter vencido, mas o futebol é feito desses detalhes. Ainda precisamos de um homem que arme mais, por exemplo. Com a ausência do Elias, essa falta fica mais evidente", destacou o treinador.

Sobre as chances do Rubro-Negro na competição, o técnico disse que ainda é cedo para analisar. Embora tenha conquistado quatro pontos nas duas primeiras partidas do returno, diferente do início do campeonato, quando ganhou apenas um, Mano enfatizou que é sempre importante pensar positivo e lembrou as chances na Copa do Brasil.

"Não podemos deixar de pensar no melhor sempre. Já melhoramos em muitas coisas e o segredo é não parar de pontuar. Temos uma competição paralela, a Copa do Brasil, e temos capacidade de passar para a semifinal. É mata-mata e tudo pode acontecer", disse. A equipe inicia nesta segunda-feira (16.09), às 10h, no Ninho do Urubu, a preparação para o jogo contra o Atlético/PR, que será disputado na próxima quinta-feira (19.09), às 19h30, no Estádio do Maracanã.
 
Fonte: flamengo.com.br

sábado, 14 de setembro de 2013

Educação inicia projeto Bombeiro Mirim

Prefeitura de Viçosa, por meio da Secretaria de Educação, adere ao projeto Bombeiro Mirim que vai beneficiar cerca de 80 alunos, de 10 a 15 anos, das escolas Pedro Carnaúba e São José. Na manhã desta quinta-feira, 12, reuniu os alunos na Praça Apolinário Rebelo.
 
O primeiro encontro foi realizado para prestar atendimento médico aos alunos inscritos no projeto. O atendimento incluiu aferição de pressão, teste de glicemia, conferência de peso e altura. Os encontros vão acontecer às terças-feiras e quintas-feiras com atividades lúdicas, educacional e profissional.
 
Para a soldado Ana Penha, a socialização e o civismo são o maior aprendizado. “Aqui eles poderão socializar-se mais, fazer novas amizades, construir um pensamento coletivo e juntos vamos incentivar os alunos a desenvolverem um olhar cívico”.
 
Maria Edileuza é coordenadora da Secretaria de Educação, para ela o projeto vai dar novos rumos para os estudantes. “O projeto vai ajudar na formação de cidadãos conscientes, dando rumos profissionais a eles, quem sabe daqui sairão nossos futuros bombeiros”.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Viçosa sedia 2ª Plenária Territorial da Mata Alagoana

O Centro Cultural e de Convenções de Viçosa recebeu na manhã desta sexta-feira, 13, a 2ª Plenária Territorial da Mata Alagoana. Dez municípios estiveram presentes, discutindo melhorias na agricultura familiar da região. O Guerreiro Riacho do Meio e a banda Afro Gurungumba abrilhantaram a plenária, mostrando a cultura viçosense.
 
A plenária é realizada duas vezes por ano e tem o objetivo de discutir projetos que venham melhorar a agricultura familiar no território da zona da mata alagoana, estes projetos serão financiados pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).
 
Para Marcelo Vieira, assessor técnico da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, a plenária mobiliza o território. “A união dos municípios da zona da mata alagoana representa uma maior força na luta por melhorias na agricultura familiar”.
 
O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Viçosa, José Clóvis Holanda, deu as boas vindas aos participantes. “Recebemos vocês com a força da cultura de Viçosa, mostrando a banda a afro Gurungumba e o guerreiro Riacho do Meio. Sejam todos bem vindos e que a gente saia daqui com propostas que venham fortalecer a agricultura familiar do nosso território”.

O evento contou com a presença da representante do Instituto do Meio Ambiente de Alagoas, Liduína Alencar, e dos municípios de Murici, Santana do Mundaú, União dos Palmares, Messias, Ibateguara, Branquinha, Mar Vermelho, Maribondo, Chã Preta, e Quebrangulo.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Escola Frei Damião encerra festividade folclórica

Os alunos da escola Frei Damião comemoraram nesta segunda-feira, 09, o Dia do Folclore. Os alunos apresentaram para a comunidade danças folclóricas, capoeira e mostraram habilidades artesanais. A comunidade acompanhou atenta e ainda seguiu a banda Afro Gurungumba, em desfile pelas principais ruas da comunidade.
 
Xaxado, capoeira, coco de roda, vaquejada, misticismo, foram alguns dos temas abordados pelos professores em sala de aula. Vestidos a caráter, os alunos apresentaram o resultado do que foi estudado em sala de aula. No artesanato, o destaque foi para os chapéus de guerreiro e bonecas com reciclados, produzidos pelos próprios alunos.
 
O Guerreiro Riacho do Meio, do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, apresentou um dos mais importantes folguedos da cidade. A comunidade do Frei Damião é raiz do Guerreiro e local de moradia do Mestre Sebastião, falecido, e da Mestra Quitéria, que dá continuidade ao folguedo.
 
Jamille Domingos é aluna da escola, ela dançou o coco de roda e gostou da experiência. “Eu dancei o coco de roda e achei muito legal, é muito bom. O passo que eu mais gostei de aprender foi o canário amarelo”.
 
Para a diretora, Andréia Fernandes, incentivar a cultura é primordial. “A educação precisa de cultura, e nós tratamos de temas que são do cotidiano dos nossos alunos, como o Guerreiro e o misticismo com a devoção a padre Cícero Romão e Frei Damião”.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Time da zona rural é campeão da IV Copa Viçosa de Futebol Amador

A grande festa do esporte viçosense teve um fato inédito: um time da zona rural é consagrado campeão da Copa Viçosa. A grande final da IV Copa Viçosa de Futebol Amador teve como campeão o Bananal Atlético Clube (BAC) que levou para casa o troféu Flaubert Filho. O troféu recebeu este nome em homenagem ao prefeito de Viçosa que acompanhou toda a partida de perto.
 
Foram 24 equipes participantes, divididas em dois quadros que disputaram entre si, durante 10 rodadas. No último domingo, 8, os times Bananal e Taxistas disputaram o título de campeão do 1º quadro, numa disputa emocionante com participação massiva da torcida do primeiro time da zona rural que chegou a uma final da copa Viçosa.
 
Para Otoniel Pimentel, diretor do BAC, a conquista veio com muita garra e força. “É muita emoção, nós viemos na garra, com raça, não tínhamos nem campo para treinar. Agradeço a Deus por essa oportunidade e ao prefeito, que junto com o secretário, está construindo um campo em nossa comunidade para nossos jovens que sonham em jogar futebol. Ano que vem queremos estar de volta”.
 
Curupira, jogador do BAC, ofereceu a vitória ao goleiro João. “Foi com grande mérito que conseguimos chegar a essa vitória, e nós oferecemos esse troféu ao João que esteve conosco durante todo o campeonato e na reta final do 2º tempo teve que se ausentar para receber atendimento médico. Essa vitória é tua João!”
 
O jogador João, goleiro do Bananal Atlético Clube, é portador de epilepsia e devido a forte emoção do empate do time, que vinha perdendo por um gol, o jogador sofreu um ataque epiléptico e foi rapidamente socorrido pela equipe médica e de enfermagem do SAMU. A agilidade no atendimento ao goleiro foi aplaudida de pé pela torcida.
 
O prefeito de Viçosa, Flaubert Filho, comemorou o sucesso que foi a IV Copa Viçosa. “Foi uma festa linda, foi maravilhosa. Parabenizo a todos os times, e ao secretário Audálio Honorato por essa realização. Essa comemoração só termina dia 28 no Centro de Convenções com uma grande festa de gala onde irá acontecer a premiação”.
 
Para o secretário de Esportes, Juventude e Lazer, Audálio Honorato, a IV Copa Viçosa superou as expectativas. “Foi uma grande final, marcada por caso inédito onde um time da zona rural se consagrou campeão da copa Viçosa pela primeira vez, sem contar com a torcida que lotou nosso estádio”.
 
O vice-campeão do 1º quadro foi o time Taxistas que recebeu o troféu Flaubert Torres, homenageando o ex- prefeito. O 3º colocado foi a equipe Emanoel. Já no 2º quadro o time Taxistas levou o troféu de campeão Elias Vilela. A segunda colocação ficou para o time Dourada e em terceiro a equipe Grêmio.
 
Nas premiações individuais, foram premiados o Melhor Árbitro: Peru; Melhor Goleiro: Ricardo do Municipal; o time campeão ainda arrastou os prêmios de Craque do Campeonato, com o jogador Ligeirinho, e Melhor Artilheiro, para Cícero Mariano.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Viçosa na maior feira de turismo das Américas

O município de Viçosa esteve presente na 41ª edição da maior feira de turismo das Américas, ABAV, que contou com a participação de agentes de turismo nacionais e internacionais. O objetivo foi atingido: incluir Viçosa, oficialmente, como roteiro turístico. O colorido do chapéu de guerreiro foi destaque no stand.
 
Para a secretária de Cultura e Turismo de Viçosa, Karina Padilha Rebelo, o município entra com força na rota turística nacional. “Para Viçosa abre-se um espaço para o turismo e insere definitivamente a cidade no segmento, tendo fortalecido a Rota dos Quilombos da qual Viçosa faz parte”.
 
Viçosa está disponível em todos os Centros de Informações Turísticas do Estado (CIT`s), e em breve contará também com a divulgação do aplicativo, pioneiro no mundo, o Hand Talk, que apresentará os atrativos turísticos na Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).
 
O assessor técnico de Cultura de Viçosa, Maylson Honorato, e a coordenadora de Cultura, Ana Pimentel, também estiveram presentes na feira, que contou com a presença de representantes de outras cidades alagoanas com forte apelo turístico. 
 
Viçosa levou o Guerreiro – símbolo do folguedo alagoano – para a feira. As miniaturas, confeccionadas pelo senhor Manoel Alexandre, do Grupo Renascer da Melhor Idade foram verdadeiros atrativos.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br

Alunos da escola Manoel Firmino homenageiam cordelistas alagoanos

Alunos da escola Manoel Firmino homenagearam na manhã desta quinta-feira, 05, os cordelistas Jorge Calheiros, de Maceió, e o viçosense Fernando Alves. A homenagem faz parte da culminância do projeto Literatura de Cordel, que trabalhou o gênero textual. A temática foi uma sugestão da coordenação da Secretaria de Educação de Viçosa.
 
O projeto foi realizado por meio de pesquisas feitas pelos professores do 5º ano, Tiago Fernandes e Sandro Bonfim, que junto com a direção e coordenação da escola abraçaram o tema sugerido e foram em busca de conhecimento sobre cordel. Foi realizado um planejamento com os professores e em seguida foram apresentados trabalhos de reconhecimento do gênero textual em foco.
 
Os professores apresentaram em sala cordéis de Patativa do Assaré e do próprio Jorge Calheiros, e foi feito um estudo da estrutura dos cordéis. Os alunos assistiram a um vídeo contando a história de Jorge, gravado para um programa televisivo.
 
Para Tiago Fernandes, a construção coletiva de um cordel foi o êxtase do aprendizado. “Nós fizemos um cordel coletivo homenageando Jorge Calheiros e o nosso querido Fernando Alves, o Curió da Viçosa, e convidamos os dois para esse momento de troca de experiências”.
 
Os alunos tiraram dúvidas a cerca da literatura de cordel, em um bate papo animado com os cordelistas. O encerramento ficou por conta da apresentação do poeta Fernando Alves, que junto com as crianças, cantou para Jorge Calheiros o hino folclórico da cidade: Viçosa do Nosso Brasil, do saudoso Mestre Osório.
 
Fonte: vicosa.al.gov.br
Carregando...
Brasileirão