quinta-feira, 24 de outubro de 2013

A noite de Léo Moura: Na data de seu aniversário, lateral-direito espera classificação na Copa do Brasil como presente

Nesta quarta-feira (23.10), Léo Moura completa 35 anos de vida e pode ganhar um grande presente no Estádio do Maracanã. Afinal, às 21h50, o Flamengo entrará em campo para enfrentar o Botafogo na briga por um lugar nas semifinais da Copa do Brasil. O time que vencer avançará, e um empate levará a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. Para ter um aniversário ideal, o lateral-direito já fez um pedido a seus companheiros.
"Eu já falei que eles vão me dar esse presente. Já joguei a responsabilidade no peito deles. Quero entrar no vestiário com todos cantando parabéns e ter uma noite feliz, mas sei que será um jogo dificílimo. Temos noção disso e espero que, no final, a gente possa comemorar muito", disse.

Léo Moura se diz uma pessoa iluminada e tem fé que a noite desta quarta-feira será especial, assim como tem sido sua passagem pelo clube. O atleta está na Gávea há pouco mais de oito anos, já ultrapassou a barreira dos 450 jogos com o Manto Sagrado, é um dos 15 jogadores que mais entraram em campo pelo Mais Querido e tem 45 gols pelo Rubro-Negro.

"Não quero parar no fim de 2013. Pretendo jogar mais uns dois anos, até os 37. É um tempo necessário para eu cumprir bem as missões da minha carreira. Se eu continuar com plenas condições físicas, por que não jogar mais? Ainda mais agora que vejo Juninho Pernambucano, Seedorf e Zé Roberto jogando com 38", analisou.

Com tantos anos de casa, o lateral já conquistou seis títulos de expressão. Um deles foi justamente a Copa do Brasil, em 2006. Com a experiência e a maturidade que mais um aniversário lhe traz, ele já sabe o que passar aos mais novos minutos antes de a bola rolar.

"Vou falar que o coração deverá estar na ponta da chuteira. Vale tudo. Precisamos lembrar da família, dos amigos e dos milhões de apaixonados que fazem parte da Nação Rubro-Negra. Só fica marcado no Flamengo quem ganha títulos. Posso passar isso aos meus companheiros. A cada jogo, eles vão aprendendo o que é jogar com o Manto Sagrado", afirmou.
 
Fonte: flamengo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão