terça-feira, 29 de outubro de 2013

Em busca da rede esmeraldina: Chicão ressalta a importância de fazer gol fora de casa na Copa do Brasil; semifinal contra o Goiás começa nesta quarta-feira

Chegou o dia em que Flamengo e Goiás começarão a brigar por uma vaga na final da Copa do Brasil. O jogo de ida será na noite desta quarta-feira (30.10), em Goiânia, às 21h50, no Estádio Serra Dourada. Como nessa competição o gol marcado fora de casa é critério de desempate, o zagueiro Chicão considera de extrema importância que o Rubro-Negro consiga balançar a rede do adversário.
"Vamos procurar fazer gol lá. Já ganhei a Copa do Brasil e sei como é importante marcar gols fora de casa e, de preferência, não sofrer nenhum também. Jogos decisivos são decididos nos detalhes. Seria bom balançar a rede em Goiânia para que a gente venha para o Maracanã decidir com tranquilidade", disse.

Jogar contra o Goiás, no Serra Dourada, traz boas recordações a Chicão. Sua estreia pelo Mais Querido aconteceu exatamente nesse palco e contra o time goiano. Foi no dia 14 de agosto de 2013, quando o zagueiro marcou um golaço de falta no empate por 1 a 1.

"Foi uma estreia bacana, com gol, mas já passou. Agora é decisão e só esse jogo de quarta-feira interessa. A partida será difícil, procuraremos fazer nosso melhor e ter tranquilidade. O Goiás vai se atirar um pouco para cima de nós, por jogar em casa, e precisaremos tirar proveito disso", explicou Chicão.

Treino na sede social

O último treinamento antes do duelo foi realizado na Gávea, na tarde da última terça-feira (29.10). Como de costume, muitos sócios marcaram presença na arquibancada e passaram muitas vibrações positivas aos jogadores.

Como o Flamengo vem em uma maratona de jogos e viagens, o treinador Jayme de Almeida preferiu poupar os titulares. Animados, os torcedores presentes só puderam ver os reservas em campo, realizando um treinamento técnico.

O goleiro Felipe, que será submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo, recebeu muito carinho dos torcedores e foi o mais aplaudido ao aparecer no gramado. Ele não treinou, por conta da lesão no menisco interno, e será substituído por Paulo Victor.

"Normalmente, o prazo para recuperação de uma artroscopia é de quatro semanas. Então, teoricamente, o Felipe pode voltar ainda nessa temporada. Vamos operar e fazer o melhor. O primordial é recuperar o jogador", explicou doutor Runco, chefe do Departamento Médico.
 
Fonte: flamengo.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão