quinta-feira, 13 de março de 2014

CSA 0 x 1 São Paulo - Pato passa em branco e vai ter jogo de volta: Pato se movimentou e quase marcou numa cabeçada. Mas é pouco para um pop-star da bola

A estreia de Alexandre Pato não foi como todos no Morumbi esperavam. Nesta quarta-feira, o atacante até jogou bem, marcou um gol anulado, foi participativo, mas passou em branco numa estreia pela primeira vez na carreira. Osvaldo acabou salvando parcialmente o São Paulo, que venceu por 1 a 0 o CSA, no Rei Pelé, em Maceió, mas não eliminou a partida da volta da primeira fase de Copa do Brasil.
 
jogo no Morumbi será em 9 de abril, uma quarta-feira, exatamente no meio de semana entre as duas finais do Paulistão. Até lá, o foco é se classificar para a decisão do Estadual, sem Pato, que não pode jogar a competição. Domingo, o rival é o Ituano, no Morumbi, com promoção de ingressos para a torcida.

O JOGO
Promovendo a estreia de Pato, Muricy surpreendeu ao escolher Ganso para sair. Com isso, Luis Fabiano passou a atuar mais fora da área, com o ex-corintiano comandando o ataque. Para manter a tradição de marcar gols em todas as estreias, aos 3 minutos ele dominou na área e girou para chutar no ângulo, sem chances de defesa para Pantera. O jogo, porém, estava parado porque Pato havia matado a bola na mão.
 
O estreante procurava o jogo e contava, nos minutos iniciais, com companheiros de ataque que também pareciam motivados. À medida que as investidas paravam na defesa alagoana, o ímpeto tricolor foi cessando. Mesmo assim o primeiro tempo poderia ter terminado com o São Paulo na frente. Aos 22 minutos, Osvaldo deu uma drible da vaca pela ponta esquerda, avançou e cruzou na medida para Luis Fabiano, que perdeu na cara de Pantera.
 
Outra boa chance surgiu aos 40, novamente com Osvaldo. Mas dessa vez, depois de fazer jogada individual, o atacante foi fominha e não tocou para Luis Fabiano, livre. Preferiu o chute a gol, de meia distância, e mandou para longe. O CSA chegou a balançar as redes, com Mineiro, aos 33, mas o lance estava parado por impedimento.
 
GOLS ANULADOS
Depois de dois gols anulados, finalmente um que valeu. Aos 8 do segundo tempo, Osvaldo recebeu de Pato na área, girou em cima do zagueiro, passando de uma vez no meio de dois, e chutou no ângulo para fazer um golaço.
 
Com o placar aberto, o jogo melhorou. O CSA quase empatou num erro de Alvaro Pereira, que recuou sem força para Ceni. Uéderson pegou a bola, driblou o goleiro, mas saiu com ela. O lateral se redimiu num outro erro. Cruzou errado, mas quase enganou Pantera.
 
O goleiro acabou como grande nome do jogo ao defender, aos 26 minutos, cabeceio à queima-roupa de Pato, impedindo que o atacante marcasse na estreia. O ex-corintiano ainda teria outra chance, aos 42, depois de lindo lançamento de Ganso (que substituiu Luis Fabiano). Pato pegou de primeira, no alto, mas mandou para fora.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão