domingo, 20 de abril de 2014

Flamengo 0 x 0 Goiás - Fla começa mal... dentro e fora de campo! Diante de menos de 20 mil pagantes, o time rubro-negro apenas empatou sem gols com o Goiás

O público esteve longe do esperado. E dentro de campo a torcida também não viu um espetáculo de fato. A estreia do Flamengo no Campeonato Brasileiro decepcionou em todos os sentidos. Diante de menos de 20 mil pagantes, o time rubro-negro apenas empatou sem gols com o Goiás, na noite deste domingo, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, na rodada de abertura da competição nacional.
 
Se em 2013 mais de 63 mil pessoas pagaram para ver o empate sem gols entre Santos e Flamengo, na estreia do Brasileirão, neste ano a presença do Fla na Capital Federal parece não ter empolgado. Desta vez, apenas 19.012 pagantes pagaram para ver o atual campeão carioca praticar um futebol apenas burocrático contra o Verdão.

Só na bola parada

O Goiás até tentou pressionar o Flamengo nos primeiro minutos. Mas quem começou a criar as primeiras chances de perigo foi o time carioca. Aos cinco minutos, o volante Amaral soltou uma bomba em cobrança de falta. Por sorte do goleiro Renan, a bola saiu próxima à trave.

O time rubro-negro ainda teve outras duas oportunidades, quase em sequência. Aos 16 minutos, o volante Luiz Antônio recebeu pela direita e cruzou rasteiro. Antes que a bola encontrasse o atacante Alecsandro, o zagueiro Jackson cortou. Aos 17, Luiz Antônio cobrou escanteio na área e o zagueiro Wallace cabeceou com perigo sobre o travessão.
 
A partida continuou emocionante e o Rubro-negro seguiu explorando as bolas paradas para chegar com perigo. Aos 22 minutos, o atacante Paulinho cobrou escanteio e a bola passou por todos. Na sobra, na segunda trave, o zagueiro Chicão bateu de bica e Renan fez uma grande defesa.
 
O Goiás finalmente conseguiu criar um lance de ataque, aos 24 minutos. O lateral-esquerdo Lima cobrou falta da direita e o volante Amaral desviou de cabeça pela linha de fundo. No minuto seguinte, contudo, veio a resposta. O meia Mugni fez fila na defesa alviverde, invadiu a área e mandou uma bomba, espalmada pelo goleiro.
 
Antes do intervalo, cada time ainda conseguiu uma boa jogada de ataque. Aos 32 minutos, o volante David cobrou falta com categoria e o goleiro Felipe precisou defender em dois tempos. Aos 34, Luiz Antônio cobrou falta com força e exigiu outra grande defesa de Renan.
 
Mais equilíbrio
Na segunda etapa, o jogo foi mais parelho. Tanto que o Verdão teve uma boa chance paera abrir o marcador logo aos nove minutos. David cobrou escanteio da esquerda e Amaral cabeceou com perigo. Aos 13, aconteceu o troco. O meia Gabriel cruzou rasteiro, da direita, e Alecsandro desviou em cima do goleiro.
 
Depois de tanto martelar, o Fla finalmente conseguiu balançar as redes, aos 28 minutos. O árbitro, contudo, anulou marcando impedimento. Alecsandro desviou de cabeça e Chicão, em posição, ilegal, mandou para o gol.
 
Nos minutos finais, o time goiano cresceu e teve a chance de matar o jogo. Aos 38 minutos, o lateral Vítor escapou pela esquerda e cruzou. O meia Tiago Real fez o corta-luz e David, na marca do pênalti, chutou em cima de Felipe. Aos 45, o atacante Welinton Júnior pegou sobra, na entrada da área, mas mandou fraco nas mãos do arqueiro rubro-negro.
 
Próximos Jogos
No próximo domingo, às 16 horas, o Flamengo volta a campo para enfrentar o Corinthians, no Pacaembu, em São Paulo. Por outro lado, o Goiás joga contra o Criciúma, no mesmo dia, no Estádio Juscelino Kubitschek, em Itumbiara, já que o time goiano perdeu dois mandos no Brasileirão passado.
 
Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão