quinta-feira, 8 de maio de 2014

‘Daqui a um ano e oito meses, CSA não terá uma pendência trabalhista’, diz vice

Na posse do novo presidente do CSA, Roberto Mendes, nesta terça-feira (06), no Mutange, o atual vice-presidente financeiro, Rafael Tenório, afirmou, em entrevista à Rádio Gazetaweb, que em menos de dois anos o clube da capital terá quitado todas as pendências trabalhistas. O dirigente ainda destacou que a última gestão não contraiu dívidas e cumpriu com os contratos e acordos realizadas junto à Justiça do Trabalho.
 
“Pode aguardar. Daqui a um ano e oito meses, o CSA não terá uma pendência trabalhista. Além do mais, na nossa gestão nós não temos um real atrasado e estamos honrando os acordos que foram feitos na Justiça do Trabalho”, exaltou.
 
Quanto à continuação no cargo com a chegada do novo gestor, o vice-presidente foi categórico em relação à sua disposição na vice-presidência financeira.
 
“Eu coloquei meu cargo à disposição porque quando um novo presidente assume, ele pode querer colocar pessoas de sua confiança nos cargos. E não colocar o seu cargo à disposição, as isto pode inibir o gestor de tomar essa decisão. Houve o reconhecimento de alguns amigos, de alguns conselheiros pedindo que eu continuasse no cargo, por isso irei conversar com o Roberto para conhecer o projeto dele”, explicou.
 
Reunião com os vice-presidentes
 
Uma reunião entre o novo gestor, Roberto Mendes, e os vice-presidentes está marcada para esta sexta-feira (09). O objetivo do encontro é definir as ações futuras para o clube e analisar a situação atual no Mutange.
 
Ainda em sua posse, Roberto Mendes pediu que houvesse maior união entre todos os dirigentes, onde o presidente definiu que “as divergências foram discutidas democraticamente, ouvindo torcedores e dirigentes, para assim, o CSA voltar com toda a força”.
 
Fonte: valeagoraweb.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão