quinta-feira, 8 de maio de 2014

São Paulo faz 3×0 e CRB se despede da Copa do Brasil

O CRB está eliminado da Copa do Brasil. Na noite desta quarta-feira (07), o Galo voltou a campo para o jogo de volta com o São Paulo, no Pacaembum depois de bater o Tricolor paulista por 2×1, em Maceió. O representante alagoano entrou em campo com a vantagem de jogar por qualquer empate, chegou a acertar bola na trave, em cabeceio de Tozin no segundo tempo, mas acabou falhando em lances de bola parada, com o time do Morumbi confirmando a classificação à terceira fase, diante de seu torcedor.
 
O São Paulo, que venceu com gols de Osvaldo, Lucas Silva e Rogério Ceni (marcou em cobrança de pênalti), agora se prepara para encarar o vencedor do duelo entre Bragantino e Figueirense-SC, derrotado também na noite desta quarta, em Bragança Paulista. Antes, porém, terá pela frente mais um clássico contra o Corinthians, no domingo, pela Série A do Brasileiro.
 
Foi o São Paulo quem, precisando vencer diante de seu torcedor, criou a primeira chance de gol do jogo, logo aos seis minutos, quando o meia Souza recebeu pela direita e viu Pato conseguir o cabeceio, antecipando-se à marcação. A bola passou por cima do gol de Júlio César, que, por segurança, acompanhar a redonda sair pela linha de fundo.
 
O Galo – que começou com Bruno Martins no lugar de Tiago Maciel – adiantava a marcação para explorar o contragolpe, mas tinha dificuldade para sair jogando, com Bruno Martins, a quem cabia a criação, sumido na partida. Foi quando, ais 17’, o Tricolor abriu o placar no Pacaembu. Ganso recebeu de Luís Fabiano pela direita e, livre de marcação, cruzou no segundo pau, com o atacante Osvaldo tocando na saída de Júlio César.
 
O CRB, porém, não sentiu o gol e quase chegou ao empate já aos 39 minutos. Em jogada pela esquerda, o atacante Diego Rosa ajeitou de cabeça para Tozin, que recebeu nas costas da zaga e chutou rasteiro, mas Rogério Ceni fez grande defesa com os pés.
 
No entanto, o time visitante não imprimia velocidade quando com a posse da bola, sem explorar as laterais a contento. O Tricolor, apesar do maior volume de jogo, diminuiu o ritmo e só voltou a assustar aos 47’, quando Luíz Fabiano recebeu passe pela esquerda e chutou de bico, na saída de Júlio César, que salvou o Galo com os pés.
 
Para o segundo tempo, o técnico Eduardo Souza resolveu trocar o volante Audálio pelo atacante Marcelo Maciel, para tentar o gol que lhe daria a classificação. Porém, foi o São Paulo quem voltou a marcar, e logo aos quatro minutos. Ganso cobrou falta da direita e o zagueiro Lucão subiu mais alto que todo mundo, cabeceando, na pequena área, no canto direito de Júlio César, que nem se mexeu: 2×0.
 
O Galo, por sua vez, só conseguiu reagir aos 16’, quando Diego Rosa recebeu bom passe pela esquerda e abriu espaço para o cruzamento rasteiro no segundo pau, mas a bola passou direto e Maciel não conseguiu alcançar a redonda na pequena área.
 
O jogo seguiu o mesmo, com o São Paulo levando ligeira vantagem. O CRB ão criava o bastante e, aos 28 minutos, o lateral João Victor – que havia entrado no lugar do volante Johnnattan, pendurado com o amarelo – cruzou da esquerda e Tozin subiu alto para cabecear no canto direito de Ceni, que nem se mexeu. A bola acertou à trave e saiu em tiro de meta.
 
O tempo passava rápido e, com ele, a confirmação da eliminação regatiana. Até que, já aos 33 minutos, foi a vez de o volante Audálio dar lugar ao veterano atacante Denílson. Porém, um minuto depois, Ademilson – que havia entrado no lugar do também atacante Alexandre Pato – foi derrubado na grande área. Em cima do lance, o árbitro assinalou o pênalti, convertido pelo goleiro Rogério Ceni, que chutou alto, no canto esquerdo de Júlio César, fechando o marcador no Pacaembu: 3×0.
 
Já aos 42’m na última boa chance do jogo, o lateral Luís Ricardo falhou, entregando o ouro para João Victor, mas o jogador alvirrubro chutou para fora.
 
Fonte: valeagoraweb.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão