quarta-feira, 23 de julho de 2014

CRB dá pontapé inicial a construção de CT e define data de inauguração da primeira etapa

Diretoria lançou na manhã desta quarta-feira pedra fundamental das obras do Ninho do Galo; segundo dirigentes, 31 de janeiro de 2015 é a data de inauguração do CT

A diretoria do CRB finalmente deu início as obras do novo Complexo de Treinamentos do clube, na Barra de São Miguel. Foi lançada oficialmente nesta quarta-feira (23) a pedra fundamental das obras do Ninho do Galo, que deve ficar pronto em janeiro do ano que vem.

Ao site oficial do clube os dirigentes informaram que a previsão de inauguração da primeira etapa de conclusão das obras é dia 31 de janeiro de 2015, quando se encerra o contrato de aluguel do Estádio Nelson Peixoto Feijó, que o CRB utiliza atualmente como Centro de Treinamento.

A solenidade de lançamento teve a presença de ex e atuais lideranças políticas do CRB e engenheiros e membros da construtora responsável pelo projeto. Além destes, importantes figuras políticas do Estado, como o Senador Fernando Collor de Melo e o prefeito da Barra de São Miguel, Jose Medeiros Nicolau, o Zezeco, marcaram presença no evento.

Neste início de obras o engenheiro Rodrigo Monteiro, responsável pela construtora que dará andamento ao trabalho, informou que galpões e escritórios começaram a ser instalados enquanto máquinas estão fazendo limpeza do local para que seja iniciada de fato a execução da obra.

A concepção do CT apresenta uma estrutura grandiosa, com cinco campos oficiais, dois módulos de alojamentos com 13 apartamentos para o profissional e 10 para a base, poços artesianos para irrigação e manutenção do CT, academia com 400 m² com equipamentos modernos, refeitório climatizado, cozinha industrial, módulo administrativo e mini-auditório.

Para que o projeto fosse concebido o CRB precisou se desfazer de seu maior patrimônio, até então, o lendário Estádio Severiano Gomes Filho, no bairro da Pajuçara. A venda da área de mais de 25 mil m², foi negociada a uma empresa multinacional do ramo de supermercados, por um valor estimado em R$ 20 milhões, que servirá para, além da construção do novo CT, quitar dívidas trabalhistas e fiscais.

Fonte: cadaminuto.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão