domingo, 17 de agosto de 2014

Coritiba 0 x 1 Flamengo - Jogando como time pequeno, Mengo vence Coxa e deixa zona de rebaixamento

O Flamengo conseguiu sua segunda vitória consecutiva ao bater o Coritiba, por 1 a 0, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, neste domingo à tarde, pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro Chevrolet. O time carioca não jogou bem, mas fez o suficiente para deixar a zona de rebaixamento, com 16 pontos, em 13.º lugar. O Coxa continua na lanterna, com apenas 12 pontos.

Este jogo foi transmitido pela Rádio Banda B, de Curitiba, e pela Rádio manchete do rio de Janeiro. Ambas são parceiras da Rádio FUTEBOL INTERIOR, que conta com mais de 100 parceiros em todo o Brasil.

BOM COMEÇO
O jogo começou “pegado”, com o Flamengo um pouco mais recuado para tentar explorar a velocidade pelas laterais do campo. Na primeira chance que teve, fez seu gol. Baraka tentou ajeitar com a cabeça e deixou a bola nos pés de Everton. Ele desceu em velocidade, entrou na grande área e bateu no lado da trave esquerda do goleiro Vanderlei.

O Coxa tentou dominar as ações no meio-campo, mas continuo refém dos contra-ataques cariocas. Everton desceu pelo lado esquerdo do ataque e cruzou forte. Na pequena área, Alecsandro esticou o pé direito e, incrível, mandou para fora. Tinha tudo para aumentar o placar.
Mas o time da casa quase empatou, aos 29 minutos, quando Norberto arriscou o chute da entrada da área, a bola desviou num marcador e subiu. Paulo Victor subiu e tocou por cima do travessão. Aos 44 minutos, o zagueirão Marcelo deu susto. Após cruzamento do lado ele tentou cortar e quase marcou contra.

MUDANÇAS NOS TIMES
Na volta para o segundo tempo, os dois times mudaram. No Flamengo, saiu o inoperante Eduardo da Silva, atacante, para a entrada do meia Carlos Mugni. Pelo Coritiba, duas mudanças. Baraka, que desceu para os vestiários vaiado, saiu para a entrada de Hélder. E o lateral Reginaldo deu seu lugar para o atacante Keirrison.

O Flamengo jogou como time pequeno, todo fechadinho, esperando a movimentação do adversário. O técnico Vanderlei Luxemburgo tem defendido esta tese:

Luxemburgo quer Flamengo vencendo a qualquer preço, até com futebol feio, de time pequeno.
Luxemburgo quer Flamengo vencendo a qualquer preço, até com futebol feio, de time pequeno.
“Nossa missão é deixar a zona do rebaixamento. Não importa como, mas temos que somar pontos”.

O Coritiba, desta vez sem o talentoso meia Alex, que vai pendurar as chuteiras no fim do ano, não mostrou objetividade e nem eficiência na finalização. Como já aconteceu nos outros jogos, quem não chute, não marca.

Aos oito minutos, Zé Eduardo “Love” tentou cruzar, a bola ganhou efeito e tocou em cima do travessão, porém, saiu. No mais, nenhuma chance. Aos 35 minutos, Robinho segurou a camisa de um adversário e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso. Com um jogador a menos, não deu mais para o Coxa pensar em reagir.

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a campo, quarta-feira à noite, pela 16.ª rodada. Às 21 horas, o Coritiba vai receber o Vitória, enquanto o Flamengo vai receber, a partir das 22 horas, o Atlético Mineiro. O artilheiro Alecsandro será desfalque por ter recebido o terceiro cartão amarelo.

Fonte: Futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão