terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Recadastramento dos servidores de Viçosa se encerra dia 10, sexta-feira

Teve inicio no dia 23 de janeiro e vai até a próxima sexta-feira (10), o recadastramento dos servidores municipais de Viçosa e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE). O Prefeito de Viçosa, David Brandão, baixou o Decreto nº 605, de 18 de janeiro de 2017, determinando o recadastramento obrigatório dos servidores públicos municipais efetivos, comissionados e contratados, com a finalidade de atualizar os dados cadastrais e funcionais.
O recadastramento é importante para que sejam verificadas as informações constantes na folha de pagamento, como, por exemplo, a real existência de todos os funcionários cujos nomes estão contidos. Os servidores do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAAE, que é uma autarquia pertencente ao município, também estão obrigados a realizar o recadastramento.
O atendimento vai das 08h às 12h e de 13h às 17h e se encerra nesta sexta-feira, dia 10 de fevereiro, no prédio sede da Prefeitura Municipal para todos os servidores da administração direta e na sede do SAAE  para os servidores da autarquia, seguindo o mesmo período e horário dos demais.
No ato do recadastramento, cada funcionário deve entregar uma foto 3×4, além de apresentar originais e cópias, que não precisam ser autenticadas, dos seguintes documentos: Carteira de Identidade, CPF, Título Eleitoral, carteira do PIS/PASEP, comprovante de residência atualizado, Carteira Profissional, Portaria de Nomeação, Certidão de Nascimento ou de Casamento, comprovante de escolaridade, para os ocupantes de cargos de nível médio ou superior, e Certidão de Nascimento de filhos menores de 14 anos.

Fonte: valeagoraweb.com.br

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

União reconhece situação de emergência em Viçosa

O município de Viçosa teve sua situação de emergência por conta da seca reconhecida pelo Governo Federal. A portaria que reconhece a situação e autoriza a tomada de medidas de contenção dos efeitos da seca foi publicada na edição desta sexta-feira (03) do Diário Oficial da União.

O documento é assinado pelo Secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, do Ministério da Integração Nacional, e reconhece os pedidos realizados pelos governos estaduais de 15 municípios do país.

Os municípios descreveram a grave situação enfrentada por conta da estiagem e seus efeitos na economia e outras áreas do município no Formulário de Informações de Desastre (FIDE). No documento, Viçosa relatou situação de emergência por conta da seca.

No dia 16 de dezembro do ano passado o decreto sobre a situação da cidade foi publicada no Diário Oficial do Estado. Nele, o prefeito Manoel Passos Vilela relatou os efeitos da seca e a dificuldade do município em vários setores.

O município ficou autorizado a realizar medidas emergenciais, como dispensa de licitação para aquisição de bens necessários ao combate a seca, entre outras medidas por um prazo de 180 dias.

Fonte: cadaminuto.com.br
Carregando...
Brasileirão