sábado, 12 de outubro de 2019

Athletico-PR x Flamengo - Já pode chamar de duelo de campeões?

Campeão da Copa do Brasil, o Furacão recebe o líder do Brasileirão, que abriu oito pontos de vantagem sobre Santos e Palmeiras


Curitiba, PR, 12 (AFI) – O líder Flamengo tem mais um desafio complicado no Campeonato Brasileiro. Após abrir oito pontos de vantagem na primeira colocação, o time de Jorge Jesus vai à Arena da Baixada, em Curitiba, enfrentar o Athletico-PR, neste domingo, às 16 horas.
O time da casa é o nono colocado com 35 pontos e está invicto há cinco rodadas. No entanto, apenas cumpre tabela no Campeonato Brasileiro, já que já tem vaga garantida na próxima Libertadores por ter conquistado o título da Copa do Brasil.
Na ponta da tabela, com 55 pontos, o Flamengo segue absoluto e abrindo cada vez mais vantagem em relação aos adversários. NA última rodada, o time carioca bateu o Atlético-MG por 3 a 1 e viu o Palmeiras, que estava em segundo, ser superado pelo Santos por 2 a 0. Agora, os dois paulistas estão empatados na segunda colocação com 47 pontos.

LUCHO DE VOLTA
No Athletico, a tendência é que o técnico Tiago Nunes faça apenas uma mudança em relação ao time que empatou com o Corinthians por 2 a 2 na quinta-feira. O volante Erick, mesmo após o gol marcado e a boa atuação, deve ser sacado para a entrada do experiente Lucho González.

A equipe segue com muitos desfalques importantes como o meia Nikão, lesionado, o goleiro Santos, convocado para a Seleção Brasileira, e o atacante Marco Rúben, que está resolvendo problemas particulares.
AINDA COM DESFALQUES
Assim como na última rodada, o técnico Jorge Jesus não poderá contar com uma série de jogadores. O lateral-esquerdo Filipe Luís e o meia Arrascaeta seguem se recuperando de lesão, enquanto o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Gabigol estão na Seleção Brasileira.

A tendência é que o padrão utilizado na vitória sobre o Atlético-MG se repita. Rhofolfo deve ser o escolhido para atuar ao lado de Pablo Marí na defesa, enquanto o ataque segue sendo formado por Vitinho, Reinier e Bruno Henrique.

Fonte: m.futebolinterior.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carregando...
Brasileirão