quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Carnaval rubro-negro no Maraca! Mengão vence o Del Valle por 3 a 0 e é campeão da Conmebol Recopa

Com grande atuação coletiva, Gabigol e Gerson (2) fizeram os gols da vitória rubro-negra

Carnaval vermelho e preto no Maraca! Na segunda partida da final da Conmebol Recopa, disputada na noite desta quarta-feira (26), o Mengão venceu o Independiente del Valle por 3 a 0 e conquistou seu primeiro título da competição. Os gols rubro-negros foram marcados por Gabigol e Gerson (2), que fizeram a festa da imensa Nação Rubro-negra que lotou o Maracanã. Com o resultado, o Mengão levantou seu terceiro troféu em 2020. 

O jogo
Nos minutos iniciais, o Del Valle conseguia ficar mais tempo com a posse de bola e trocava passes no campo de defesa. O Flamengo, por sua vez, adotava a marcação alta para tentar forçar o erro do adversário e sair para o ataque. Aos poucos, o Mengão foi se organizando e chegava com perigo. Não demorou muito para Gabigol abrir o placar. Aos 18 minutos, o time rubro-negro pressionou a saída de bola dos equatorianos, o zagueiro recuou errado para o goleiro, a bola bateu no travessão e sobrou limpa para o camisa 9 empurrar para o gol: 1 a 0.

Na saída de bola, Willian Arão fez falta dura no círculo central e levou cartão vermelho aos 24'. Mesmo com um a menos, o Mais Querido não abdicava do ataque. Aos 33', Everton Ribeiro roubou a bola no meio-campo e lançou Gabigol, que ganhou na corrida do zagueiro, cortou para o meio e chutou. O goleiro Pinos pulou no canto esquerdo para evitar o segundo. A primeira etapa terminou com vantagem rubro-negra. 

O Flamengo voltou para o segundo tempo com a mesma estratégia de marcar o adversário em seu campo de defesa para forçar os erros. Muito bem taticamente, o time rubro-negro reduzia os espaços e obrigava o Del Valle a fazer lançamentos longos. Aos 16 minutos, o Mengão fez o segundo para delírio da Nação Rubro-negra no Maraca. Em grande jogada individual de Gabigol pela esquerda, Gerson pegou a sobra na grande área e bateu cruzado para fazer 2 a 0. E ainda teve tempo para mais um! Aos 43', em puxada de contra-ataque, Gabigol lançou Vitinho, que conseguiu puxar a marcação e deixar Gerson livre para dominar e bater no cantinho do goleiro para fazer 3 a 0, decretando a conquista de mais um título internacional para o Mengão.

E agora?
O Flamengo estreia na Taça Rio no próximo sábado (29) contra a Cabofriense, às 18h, no Maracanã. 

Escalação do Flamengo
Diego Alves, Rafinha, Gustavo Henrique, Léo Pereira, Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, De Arrascaeta (Vitinho), Everton Ribeiro (Michael), Pedro (Thiago Maia); Gabriel Barbosa.

Fonte: flamengo.com.br

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

Flamengo empata por 2 a 2 com o Del Valle pela Recopa Sul-Americana

Bruno Henrique e Pedro marcaram os gols rubro-negros no Equador

Tudo igual na primeira partida da final da Recopa Sul-Americana. Jogando fora de casa, o Flamengo empatou por 2 a 2 com o Independiente del Valle na noite desta quarta-feira (20), no Equador. Os gols rubro-negros na partida foram marcados por Bruno Henrique e Pedro, que entrou no segundo tempo. O jogo de volta será realizado no próximo dia 26, às 21h30, no Maracanã.

O jogo
A partida começou bastante equilibrada, com os dois times se estudando. O Del Valle tocava a bola na intermediária do Flamengo e tentava criar as jogadas. Aos 19 minutos, os equatorianos abriram o placar. Após Sanchez sofrer falta na entrada da área, Murillo foi para cobrança e acertou o ângulo de Diego Alves: 1 a 0. Aos 26’, após belo lançamento de Arrascaeta, Bruno Henrique avançou para a área, driblou o goleiro e fez o gol. O bandeirinha assinalou impedimento, que foi confirmado pelo VAR. No decorrer do jogo, o Mais Querido passou a tocar a bola de pé em pé e chegou com perigo em algumas oportunidades. Mas a primeira etapa terminou com os donos da casa na frente.

O Rubro-Negro voltou para o segundo tempo tentando ficar por mais tempo no campo de ataque, valorizando a posse de bola. Aos 21’, o Mengão chegou ao empate. Arrascaeta dominou a bola e achou Bruno Henrique na esquerda. O atacante rubro-negro colocou na frente, passou pelo marcador como quis e deu um toque na saída de Pinos para fazer o gol: 1 a 1. Após o empate, o camisa 27 deixou o campo contundido. Aos 40 minutos, o Flamengo conseguiu a virada! Vitinho avançou pela esquerda e cruzou na área. Everton Ribeiro dominou a bola do outro lado, girou com categoria e cruzou para Pedro empurrar para o fundo da rede: 2 a 1. Aos 45’, o Del Valle empatou novamente, com Pellerano em cobrança de pênalti. A partida terminou tudo igual em 2 a 2.

E agora?
O Mengão volta a campo no próximo sábado (22), às 18h, para enfrentar o Boavista pela final da Taça Guanabara, no Maracanã.

Escalação do Flamengo
Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio (Thuler), Gustavo Henrique, Filipe Luís; Willian Arão, Gerson, De Arrascaeta, Everton Ribeiro, Diego (Vitinho); Bruno Henrique (Pedro).

Fonte: flamengo.com.br

domingo, 16 de fevereiro de 2020

Flamengo vence o Athletico-PR por 3 a 0 e conquista a Supercopa do Brasil

Bruno Henrique, Gabigol e De Arrascaeta marcaram os gols do Mais Querido no Mané Garrincha

Deu Mengão mais uma vez! Com uma grande atuação, o Mais Querido venceu o Athletico-PR por 3 a 0, no Mané Garrincha, em Brasília, e conquistou o título da Supercopa do Brasil. O seu primeiro desta competição na história. Os gols rubro-negros foram marcados por Bruno Henrique, Gabigol e De Arrascaeta.

O jogo

O Mengão começou a partida daquele jeito, naquele ritmo alucinante que nós já conhecemos. E o primeiro gol não demorou a sair. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Gabigol recebeu na direita e cruzou para Bruno Henrique marcar de cabeça: 1 a 0 e festa da Nação. O segundo gol veio aos 28 minutos. Márcio Azevedo recuou mal para o goleiro Santos, Gabigol, sempre ele, foi mais rápido e empurrou para a rede: 2 a 0.

No segundo tempo também só deu Mengão. Aos 23 minutos, BH disparou com a bola dominada e tentou lançar Gabigol. O goleiro Santos desviou e a bola parou nos pés do sempre decisivo De Arrascaeta. E aí, não tem jeito. Gol do Mengão: 3 a 0. 

E ficou assim: 3 a 0 com show da Nação nas arquibancadas do Mané Garrincha e show do time de Jorge Jesus em campo!

E agora?

O Mengão volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Independiente del Valle, fora de casa, às 22h30 (horário de Brasília), pelo primeiro jogo da final da Recopa Sul-Americana. Vamos em busca de mais um título!

Fonte: flamengo.com.br

sábado, 15 de fevereiro de 2020

Jorge Jesus destaca evolução da equipe

Técnico afirma que o Flamengo está pronto para encarar o Athletico-PR na final da Supercopa

Preparação finalizada e tudo pronto para a grande final da Supercopa do Brasil, neste domingo  (16), às 11h, no Mané Garrincha, em Brasília. Ao lado do técnico Dorival Jr, do Athletico-PR, o Mister Jorge Jesus concedeu entrevista coletiva no estádio da partida após a atividade da manhã no CT do Brasiliense.  

- Nós estamos evoluindo, vamos para o quarto jogo da equipe. A cada um, damos um passo à frente. Neste domingo vamos estar melhores do que contra o Fluminense. Nos preparamos para evoluir dia a dia. Com muito prazer que estamos aqui. Vamos disputar um troféu importante entre os vencedores. É um troféu que na Europa valorizamos muito. Todos os brasileiros vão valorizar também - destaca Jesus.

Jesus confirmou que o zagueiro Rodrigo Caio está à disposição na partida e que a equipe está focada em buscar o primeiro título da temporada.

- Nossa preocupação defensiva é uma prioridade. Nós temos dois zagueiros diferentes do ano passado. Rodrigo Caio vai entrar e vai jogar, se não acontecer nada diferente. Está em condições. Trabalha há oito meses comigo. Nós queremos melhorar sempre. Vamos em busca de alternativas. Que seja mais criativa, do ponto de vista técnico e tático. Os três jogos que fizemos foram com essa ideia. Acrescentamos coisas que não tínhamos. Nossa intenção é essa - afirma.

Fonte: flamengo.com.br

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

BS2 amplia patrocínio com Flamengo para todas as categorias de futebol

Times feminino e das categorias de base passam a ser patrocinados pelo banco digital

Após um ano espetacular de parceria entre o Clube de Regatas Flamengo e o banco digital BS2, os torcedores rubro-negros podem continuar comemorando. O time carioca e o banco firmaram um acordo para a ampliação do patrocínio para as categorias de base e para o time feminino. Com isso, o BS2 ocupará a posição master nos Mantos de todas as categorias do futebol do clube.

“Nossa parceria com o Flamengo vai além dos gramados!”, ressalta Gabriel Pentagna Guimarães, presidente do Banco BS2. “Ampliamos o apoio ao clube porque acreditamos no potencial do futebol feminino no país e na nova geração de talentos rubro-negros”, completa o executivo.    

O trabalho de expansão do patrocínio é resultado de um ano histórico para o Flamengo, com direito à conquista do Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América pelo time profissional masculino. Com o apoio do BS2, o time alçou voos mais ambiciosos, querendo agora repetir desempenho similar nas demais categorias de futebol.

“Acabamos de viver uma temporada fantástica para o futebol rubro-negro, em todas as categorias dos times masculinos, e nosso time feminino, em cinco anos, conquistou um Brasileirão e a hegemonia no Rio de Janeiro, com um pentacampeonato consecutivo. Para o ano de 2020, queremos alçar voos ainda mais altos e o apoio do BS2 será mais um fator diferencial neste momento”, comenta João Márcio Coelho, gerente de Patrocínios do Departamento de Marketing do Flamengo.

O Flamengo/Marinha já estreou a marca do BS2 no Manto, na partida contra o Santos, pelo Brasileiro de Futebol Feminino A-1, no último sábado (8). Já a equipe sub-20 entra em campo com a marca do novo patrocínio na estreia pela Libertadores da categoria, contra o Nacional, amanhã (15), às 18h.

Sobre o Banco BS2
O Banco BS2 (ex Bonsucesso) nasceu em 1992 e após anos de atuação no crédito consignado, se relançou como Banco Digital em 2018. A instituição tem como público pessoas físicas e jurídicas, para as quais oferta conta digital, investimentos, câmbio, cartões, soluções de pagamento e cobrança. O principal diferencial do BS2 está na gestão descomplicada dos serviços financeiros e no atendimento personalizado aos clientes. Neste ano, o banco passou a patrocinar os times de futebol profissional masculino e e-Sports do Clube de Regatas Flamengo. Agora, também estampa os Mantos do time feminino e de todas as categorias de base do Rubro-Negro.

Fonte: flamengo.com.br

Everton Ribeiro fala sobre a final da Supercopa em Brasília

Meia destaca força da torcida do Flamengo no Distrito Federal

A primeira final da temporada será no próximo domingo, dia 16, no Mané Garrincha (DF). A Supercopa do Brasil está de volta ao calendário e já movimenta o Flamengo em busca de conquistar esta taça. Em coletiva de imprensa realizada nesta manhã no hotel onde a delegação está hospedada em Brasília, o meia Everton Ribeiro conversou com os jornalistas e falou sobre a expectativa de disputar o torneio. 

- É um prestígio disputar essa final desse campeonato. É um início de temporada diferente e já valendo taça. Estar voltando este campeonato, acho importante. Ter uma final logo no começo para ter um prestígio a mais é muito legal. Estamos ansiosos. Esperamos fazer um grande jogo e conquistar essa taça para a Nação - afirma.

Everton Ribeiro destaca que Brasília é um local que o clube já está familiarizado e possui muitos torcedores, o que pode ser um incentivo a mais  para buscar o título.

- É um lugar que tem muito flamenguista. Sempre que venho para cá a atmosfera é muito boa. Temos histórico vencedor aqui também. Que domingo possa continuar isso e a torcida possa comparecer, fazendo uma grande festa - destaca.

O elenco rubro-negro treina na tarde desta sexta-feira (14), às 17h, no CT do Brasiliense.

Fonte: flamengo.com.br

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

CRB deslancha no segundo tempo e goleia o ASA no Estádio Rei Pelé

O CRB venceu a primeira partida no Alagoano. Na noite desta quarta-feira (12) o time regatiano goleou o ASA por 4 a 0, no Estádio Rei Pelé, pela terceira rodada do Campeonato Alagoano. Léo Gamalho duas vezes, Longuine e Luidy marcaram os gols pelo "Galo". 

Na próximo sábado, o CRB visita o América de Natal, às 16h, na Arena das Dunas, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. 

O JOGO

A bola rolou no estádio Rei Pelé e o ASA quase abria o placar. João Paulo entrou na área, deu um drible de corpo no zagueiro regatiano e chutou colocado. Edson Mardden tocou na bola e bateu na trave regatiana. 

O CRB deu a resposta. Maurinho fez boa jogada pela direita e chutou forte. O goleiro Gideão fez a defesa e no rebote Longuine chutou em cima do arqueiro. 

O time regatiano seguia melhor na partida, com mais posse de bola, enquanto o time alvinegro esperava no seu campo de defesa, para acertar um contra-ataque. 

Em jogada de velocidade, Erik invadiu a área e chutou rasteiro, o goleiro Gideão fez a defesa com o pé. No rebote, o goleiro defendeu novamente. 

O ASA levou perigo na cobrança de falta de Júnior. O meia cobrou bateu no canto e o goleiro Edson Mardden espalmou. No rebote, Lucas Freire chutou colocado, mas a bola foi para a fora. 

Na segunda etapa, o time regatiano começou em ritmo acelerado. Aos 9 minutos, Igor cobrou escanteio rápido para Erik, que rolou para Longuine finalizar de esquerda e abrir o placar do jogo. CRB 1 a 0. 

O “Galo” seguia pressionando o ASA, que não saía do seu campo de defesa. Aos 20 minutos, Luidy recebeu a bola, puxou para dentro e chutou colocado. A bola desviou na defesa e a bola foi para no fundo do gol. CRB 2 a 0.

O time arapiraquense não conseguia manter a mesma performance da primeira etapa. 

O time alvirrubro seguia pressionando, em busca de aumentar o placar da partida. Aos 27 minutos, Longuine chutou, gideão deu rebote e Léo Gamalho sozinho, empurrou para o gol. CRB 3 a 0.

O CRB seguia incansável na partida. Aos 33 minutos, Bruno Lopes robou a bola, entrou na área e tocou para Léo Gamalho empurrar para o gol. CRB 4 a 0.

Final de jogo, CRB 4 x 0 ASA.

Fonte: cadaminuto.com.br

Flamengo vence o Fluminense por 3 a 2 e garante vaga na final da Taça Guanabara

Bruno Henrique, Gabigol e Filipe Luís marcaram os gols do Rubro-Negro

Em noite de clássico pela semifinal da Taça Guanabara 2020, o Flamengo levou a melhor e venceu o Fluminense por 3  a 2, no Maracanã. Os gols rubro-negros na partida foram marcados por Bruno Henrique, Gabriel Barbosa e Filipe Luís. Com o resultado, o Mengão garantiu vaga na final da competição e agora aguarda a definição do seu adversário. 

O jogo 
Início de jogo avassalador do Mengão! No primeiro minuto, após escanteio curto, Arrascaeta recebeu na esquerda e levantou na área. O goleiro Muriel saiu errado do gol, Bruno Henrique subiu no terceiro andar e cabeceou para o fundo das redes para abrir o placar no Maraca: 1 a 0. O Flamengo continuou pressionando o Fluminense em seu campo de defesa e, aos 8 minutos, conseguiu ampliar o placar. Numa falha da defesa tricolor, Gabigol aproveitou para disparar pela direita e invadiu a área para tocar rasteiro na saída do goleiro: 2 a 0. No decorrer da primeira etapa, o Rubro-Negro manteve maior posse de bola e ainda teve chances de fazer o terceiro.

No começo do segundo tempo, a primeira chance de gol foi do Fluminense. Evanilson invadiu a área e bateu rasteiro para excelente defesa de Diego Alves. Mas foi o Mengão que fez seu terceiro! Aos 4 minutos, Gabigol recebeu na área e, com um passe de letra, achou Filipe Luís livre para chutar forte no canto de Muriel: 3 a 0. Aos 15’, o Tricolor descontou com Luccas Claro. Nenê cobrou falta, Yuri desviou a bola para o centro da área e o zagueiro cabeceou para o gol: 3 a 1. Aos 25’, outro gol do Fluminense. No bate-rebate na área, Evanilson ficou com a sobra e deslocou Diego Alves: 3 a 2. No finalzinho, o Fluminense tentou buscar o empate, mas o Flamengo conseguiu segurar a vitória, que lhe garantiu a classificação para a final da Taça Guanabara.

O Mais Querido enfrentará o vencedor da outra semifinal, que será disputada entre Boavista e Volta Redonda no domingo (16).

E agora?
O Flamengo volta a campo no próximo domingo (16), às 11h, para enfrentar o Athletico-PR no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. O confronto é válido pela final da Supercopa do Brasil.  

Escalação do Flamengo
Diego Alves, Rafinha, Léo Pereira, Gustavo Henrique, Filipe Luis; Willian Arão, Gerson (Diego), Everton Ribeiro, De Arrascaeta (Michael), Bruno Henrique (Pedro); Gabriel Barbosa.

Fonte: flamengo.com.br

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

Carioca: Fluminense e Flamengo se reencontram na semifinal da Taça Guanabara

"Esse é o segundo Fla-Flu do ano, (o Flu) conseguiu sair com a vitória no primeiro, mas sabemos que agora é diferente", disse Gilberto

Rio de Janeiro, RJ, 12 - O primeiro clube classificado para a final da Taça Guanabara será conhecido nesta quarta-feira. Após duelarem há duas semanas, os rivais Fluminense e Flamengo se reencontram a partir das 20h30, no confronto que determinará o time grande que disputará a decisão do turno inicial do Campeonato Carioca.

O começo da competição estadual ficou marcado pela queda precoce de Botafogo e Vasco, tradicionalmente favoritos a levar o título da competição ao lado de Fluminense e Flamengo. E o chaveamento das semifinais da Taça Guanabara determinou que só um deles disputará a decisão, agendada para 22 de fevereiro.

O Fluminense foi o melhor time do Grupo B, com 15 pontos somados em seis jogos, e cruzará com o Flamengo, o segundo colocado da chave B, com 13. Na outra semifinal, o Boavista, que ficou à frente do clube da Gávea pelos critérios de desempate, vai encarar o Volta Redonda, no domingo, o que já assegura a presença de um "pequeno" na final.

O clássico desta quarta-feira será o segundo entre os rivais em 2020. Em 29 de janeiro, cheio de desfalques, o Fluminense, com um golaço de letra de Nenê, venceu por 1 a 0 o Flamengo, que naquele momento da temporada atuava com uma equipe composta basicamente por jogadores do sub-20.

O cenário desta quarta-feira será bem diferente, com os times contando com praticamente a força máxima. E o Fluminense, por ter ficado à frente no seu grupo, leva a vantagem de precisar do empate para avançar à decisão da Taça Guanabara.

A presença dos titulares em campo pelo rival e a inesquecível temporada de 2019 do Flamengo, porém, não permite qualquer avaliação de favoritismo para o clube das Laranjeiras.

"Esse é o segundo Fla-Flu do ano, a gente conseguiu sair com a vitória no primeiro, mas sabemos que agora é diferente, eles vêm com o time principal, é outro jogo", afirmou o lateral-direito Gilberto.

Porém, o Fluminense não poderia chegar ao clássico em momento melhor. Afinal, o time derrotou o Botafogo por 3 a 0 no último fim de semana, tendo definido a sua vitória em apenas 37 minutos. E com mais uma atuação brilhante de Nenê, destaque da equipe neste começo de temporada, e autor de dois gols no clássico.
Até por isso, o técnico Odair Hellmann vai repetir a base escalada contra o Botafogo. A única novidade deverá ser o retorno do volante Hudson, que cumpriu suspensão automática no fim de semana. Com isso, Yuri deve deixar o time, embora não esteja descartada a possibilidade de Henrique ser sacado.

No Flamengo, a certeza é a que a fase de testes e pré-temporada para os titulares já passou. A equipe só atuou duas vezes em 2020 com a força máxima, nos triunfos sobre Resende (3 a 1) e Madureira (2 a 0), nas rodadas finais da primeira fase da Taça Guanabara, encarados como testes para os jogadores.

Agora, porém, será diferente. O time fará decisões em sequência em fevereiro, tanto que no fim de semana estará em Brasília para a disputa da Supercopa do Brasil contra o Athletico-PR. E depois terá pela frente o Independiente del Valle pela Recopa Sul-Americana. Assim, convive com a possibilidade de levantar até três taças em fevereiro.

A tendência é que Jorge Jesus repita a escalação dos jogos anteriores no Fla-Flu, com o zagueiro Rodrigo Caio, recém-recuperado de corte no joelho, sendo preparado para atuar no domingo no Mané Garrincha. A principal dúvida envolve a lateral esquerda, pois Filipe Luís ainda não atuou em 2020, com Renê sendo o titular.

O clássico desta quarta também marcará o reencontro de Pedro com o Fluminense, clube onde iniciou a sua carreira profissional. O centroavante ficará como opção no banco de reservas, mas já tem mostrado faro, tanto que marcou nas duas partidas que disputou pelo Flamengo, mesmo tendo ficado em campo por apenas 35 minutos.

"O Pedro é um jogador que completa quando imaginamos que precisamos mudar os pontas de lança", afirmou o técnico Jorge Jesus.

Fonte: m.futebolinterior.com.br

CRB e ASA entram em campo para o primeiro clássico do Campeonato Alagoano

A noite de quarta-feira (12) será de clássico no Estádio Rei Pelé, o primeiro válido pelo Campeonato Alagoano. O CRB busca a primeira vitória no estadual, diante do ASA, que se vencer, assume a liderança da competição.

Em processo de evolução neste início de temporada, o CRB ainda não venceu no Alagoano. Em dois jogos, o galo sofreu uma derrota para o Murici na estreia e empatou com o CSE na segunda rodada.

Para este jogo, o técnico Marcelo Cabo não deve mudar peças e deve manter a base que enfrentou o CSA no último domingo pela Copa do Nordeste. Com isso, o “Galo” pode formar com; Edson Mardden; Lucas Mendes, Xandão, Ewerton Páscoa e Igor Cariús; Claudinei, Carlos Jatobá e Rafael Longuine; Maurinho, Léo Gamalho e Erick.

Do lado alvinegro a empolgação é grande. Campeão da Copa Alagoas, o ASA tem uma vitória e um empate no Campeonato Alagoano e vai buscar a liderança, caso vença o jogo deste meio de semana.

Assim como o adversário, o técnico Maurílio Silva deve mandar à campo o time considerado titular. Assim o “Alvinegro” deve entrar em campo com; Gideão; Adriano Apodi, Jobert, Ricardo Lucena e William; Caio, Gaúcho e Júnior Araújo; Lucas Freire, João Paulo e Reinaldo Alagoano.

As duas equipes se enfrentam às 20h00 no Estádio Rei Pelé, em jogo válido pela 3ª rodada do Campeonato Alagoano.

Fonte: cadaminuto.com.br

terça-feira, 11 de fevereiro de 2020

Brasil vence a Argentina por 3 a 0, na noite desse domingo e garante vaga nas Olimpíadas de Tóquio

Seleção Brasileira venceu os argentinos por 3 a 0, na noite desse domingo, em Bucaramanga, na Colômbia

O atual campeão olímpico masculino de futebol está garantido nos Jogos de Tóquio. A Seleção Brasileira venceu a Argentina por 3 a 0, na noite deste domingo, e garantiu a classificação para as Olimpíadas, em partida disputada em Bucaramanga, na Colômbia.

Depois dos dois empates nas primeiras rodadas do quadrangular final do torneio (diante de Colômbia e Uruguai), o Brasil entrou em campo neste domingo com a obrigação de vencer, por conta do triunfo dos uruguaios sobre os colombianos no primeiro duelo do dia.

Com a Argentina já classificada antecipadamente, a Seleção começou bem a partida e inaugurou o placar logo aos 12 minutos do primeiro tempo. Pedrinho fez um ótimo passe em velocidade para Paulinho, que ajeitou no peito, invadiu a área e finalizou no canto para marcar.

Pouco depois, Matheus Cunha recebeu cruzamento por baixo de Caio Henrique e arrematou. A bola desviou na marcação e acertou o travessão. A equipe de André Jardine continuou pressionando a Argentina, que não conseguia impor dificuldades ao Brasil.

Assim, aos 29 minutos, o time verde e amarelo ampliou. Depois de falha no recuo da defesa adversária, Matheus Cunha apareceu completamente livre e encobriu do goleiro. O atacante ainda correu para completar, mas o defensor apareceu em cima da linha para evitar. No rebote, Matheus Cunha ficou sozinho com o gol aberto e, enfim, marcou o segundo.

Antes do fim do primeiro tempo, o Brasil ainda desperdiçou chance incrível. Reinier recebeu em velocidade pela esquerda, invadiu a área e finalizou, para defesa do goleiro, enquanto Paulinho pedia no meio para que pudesse chutar.

No segundo tempo, a Seleção Brasileira conseguiu o que mais queria: mais um gol rápido. Em cobrança rápida de lateral de Guga, aos 9, Matheus Cunha limpou a marcação pela direita da área e tocou para Paulinho, que devolveu para o atacante bater rasteiro. A bola ainda desviou na zaga antes de entrar no gol.

O Brasil seguiu ditando o ritmo do jogo, desperdiçou chances de ampliar e não foi ameaçado pela Argentina até o apito final, fazendo a festa no gramado do estádio Alfonso López, em Bucaramanga.

Fonte: valeagoraweb.com.br

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Em clássico movimentado, CRB e CSA ficam no empate pela Copa do Nordeste

Um “Clássico das Multidões” disputado, com chances, gols, cartões e muita disputa. Assim foi a partida entre CRB e CSA, na tarde e noite deste domingo (09) no Estádio Rei Pelé, que terminou empatado em 1 a 1 pela Copa do Nordeste.

Na tabela de classificação da competição regional, o CRB ocupa a 5ª posição do Grupo A com 4 pontos e terá pela frente, no dia 16, o América de Natal, fora de casa. Já o CSA é o 7º do Grupo B com 1 ponto conquistado e vai enfrentar o Botafogo da Paraíba, dia 16, no Estádio Rei Pelé.

Agora os times viram a chave e disputam o Campeonato Alagoano. Na quarta-feira o CRB recebe o ASA e na quinta-feira o CSA enfrenta o CSE, ambos os jogos no Estádio Rei Pelé.

O JOGO – 1º TEMPO

Quando a bola rolou no Rei Pelé, as duas equipe se respeitavam e estudavam os movimentos, um do outro. Com isso, os primeiros minutos foram de muito toque de bola e pouco movimento de ataque para ambos os lados.

Aos poucos o CSA ganhou campo e passou a criar. Na sua primeira chance,  o time marujo assustou com Rafinha, que bateu falta, acertou a barreira e viu a bola acertar a rede, pelo lado de fora, levantando a torcida azulina, em menor numero no Rei Pelé.

A superioridade do CSA incomodava o time regatiano. O goleiro Edson Mardden e o técnico Marcelo Cabo receberam amarelo por reclamação. O pior estava por vir. Aos 27 minutos, o time azulino abriu o placar.

Boa jogada de Yago, que lançou para o volante Richard Franco dominar com estilo e bater na saída do goleiro regatiano. Gol azulino no Rei Pelé, que poderia ser da primeira vitória na Copa do Nordeste.

Depois do gol o CSA recuou e viu o CRB crescer na partida. Na reta final do primeiro tempo, lançamento na área e Léo Gamalho cabeceou para grande defesa do goleiro Thiago Rodrigues, que estreava no CSA.

Final do primeiro tempo, CRB 0 x 1 CSA.

2º - TEMPO

Veio o segundo tempo e o CSA começou atacando e por pouco não ampliou. Autor do único gol da partida, Richard Franco deixou Diego Maurício na cara do gol e o atacante perdeu uma grande oportunidade.

O jogo ganhou em movimentação e emoção. As duas equipes se alternavam o ataque. Léo Gamalho e Erik assustaram do lado vermelho, enquanto Yago assustou do lado azul. As torcidas se dividiam entre fazer festa e assistir a partida que era tensa.

Com a partida movimentada, o gol poderia sair para qualquer dos lados. Saiu para o lado do CRB. Aos 34 minutos, bola na área, Luciano Castan não cortou e Rafael Longuine, em boa fase, mandar para o fundo do gol. 1 a 1.

O CSA apresentava queda de rendimento e para piorar, perdeu o zagueiro Alan Costa, expulso por parar jogada de ataque do CRB. Até o final do jogo o time regatiano pressionou, mas o placar se manteve.

Fonte: cadaminuto.com.br

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

CRB vence o Independente, em Belém-PA, e avança à segunda fase da Copa do Brasil

O CRB está na segunda fase da Copa do Brasil. O Galo da Praia derrotou o Independente-PA, na tarde desta quarta-feira (5), por 3 a 2, no Estádio Baenão, em Belém. Rafael Longuine e Léo Gamalho foram os autores dos gols regatianos, enquanto Cabecinha marcou duas vezes para o Galo Elétrico.

Com a classificação, o Regatas acumula agora R$ 1.190.000,00 em premiações. Apenas por participação foram recebidos R$ 540 mil e somou mais R$650 mil pela chegada à segunda fase.

Veja como foi a partida em Tempo Real!

O duelo dos Galos marcou a estreia de ambas equipes na Copa do Brasil. E na capital paraense, o jogo foi movimentado. Antes do primeiro minuto, Erik foi lançado em profundidade mas não conseguiu “ganhar o 10”. E a resposta da equipe paraense veio logo em seguida. Aos dois minutos, Cabecinha cobrou uma falta da entrada da área com perfeição e estufou as redes de Edson Mardden: 1 a 0.

Não demorou muito para a resposta regatiana. Aos cinco minutos, Léo Gamalho arriscou um chute da meia-lua, a bola desviou na defesa paraense e sobrou para Rafael Longuine, que mandou no canto esquerdo de Evandro Gigante, deixando tudo igual no Baenão: 1 a 1.

O Regatas continuou apertando no ataque e novamente a dupla Gamalho-Longuine apareceu, aos 11′: O centroavante regatiano tocou para o camisa 10, que soltou uma bomba de fora da área assustando a defesa do Independente.

Aos 17 minutos, o Galo chegou ao ataque através de uma falta. Longuine foi para a cobrança e Evandro Gigante espalmou, na sobra Dudu apareceu para conferir, mas o goleiro da equipe paraense novamente foi bem, fazendo mais uma boa defesa. Dois minutos depois, aos 19′, o time de Tucuruí chegou ao ataque e balançou as redes, mas, o bandeirinha anulou o gol do volante Wellington Cabeça.

E o Galo Elétrico insistiu mais uma vez. Após falta cobrada, Talisson Carioca marcou e novamente o tento foi anulado. A arbitragem flagrou o atacante em posição de impedimento. Tudo isso aos 24 minutos.

As duas equipes passaram a se estudar e somente aos 40′ os donos da casa chegaram ao ataque: Ramon arrisca o chute e Edson Mardden faz uma grande defesa. No último lance do primeiro tempo, Igor fez o levantamento na área, a defesa paraense bateu cabeça e Ewerton Páscoa cabeceou para fora.

Bem como na etapa inicial, o segundo tempo começou eletrizante. Marcelo Cabo sacou o atacante Dudu e promoveu a entrada do volante Washington. Ainda assim, antes do primeiro minuto, Rafael Longuine virou a partida para o CRB. A bola foi alçada na área, a defesa parou esperando impedimento e o meia regatiano estufou as redes paraenses: 2 a 1.

Somente aos 11?, o Galo Elétrico respondeu. Davi Caça-Rato invadiu a área pela ponta esquerda e achou Ramon na segunda trave, que desviou para fora. Em seguida, Raigol entrou na vaga de Talisson Carioca e Evair foi substituído por Léo Pará, no Independente-PA. Porém, aos 13 minutos, o Regatas ampliou. Xandão cobrou falta, Evandro Gigante espalmou e na sobra Léo Gamalho anotou o seu primeiro gol na temporada: 3 a 1.

Fonte: valeagoraweb.com.br
Carregando...
Brasileirão